sexta-feira, julho 21, 2006

SEIXAL - DA FICÇÃO PARA A REALIDADE






















É este o excelente artigo do Publico, assinado por Claudia Veloso (clique sobre a imagem para aumentar e ler) , da sua leitura poderá compreender o desespero de quem ainda apoia este projecto e começa a não ter qualquer argumento que o justifique. De salientar a dança de proprietários, o favorecimento que esses especuladores receberam por parte da Câmara do Seixal, o protocolo secreto que o presidente Alfredo Monteiro não queria que fosse conhecido, mas que algum funcionário terá, e bem, introduzido no processo, para desespero do Presidente de Câmara (ao qual chama "erro dos serviços").


Posteriormente esse documento foi adulterado e reintroduzido, já numerado, no processo...

Espera-se agora que a investigação em curso por parte da Policia Judiciária recaia também sobre as ilegalidades ocorridas com o proprio dossier em fase de "Consulta Publica" e esclareça também outras situações menos claras de toda esta já longa novela,mas cuja trama se renova a cada dia que passa...

________________________________________________

Leia aqui outras noticias do Setubal on line (Clique) . Aqui também (clique) . Veja aqui a Contestação Cívica ao projecto da Flôr da Mata / Pinhal dos Frades (CLIQUE)

- E aqui no blogue de Pinhal dos Frades outros recortes de imprensa.

8 comentários:

joão poço disse...

Não há dúvida que há um grande cambalacho atrás disto tudo, claro que há um grande poder e dinheiropor detrás de quem insiste no betão numa zona protegida e quem autoriza...

O papel que a Câmara colou na porta do meu prédio chama mentirosos a quem contestou, se não conhecesse a lei que esses "mentirosos" divulgaram e publicada no Diário da República talvez caísse na esparrela da Câmara. Pergunto, se esses cidadãos são "mentirosos" o que se pode chamar a quem insiste? A quem utiliza meios da autarquia para caluniar os cidadãos? MAFIOSOS?

Anónimo disse...

Então? Isto não é mais um episódio dos Sopranos filmados na Margem Sul ? Se não é parece!

Anónimo disse...

Eu sou morador do Seixal e não estou contra a urbanização a custos controlados na Flor da Mata, desde que feita com o devido enquadramento urbanístico tendo em conta a zona envolvente antes isso que uma nova zona de moradias contra as quais alguns já não contestariam e seria bem pior para a zona.

Anónimo disse...

Este anónimo só lhe falta dizer em que numero se encontra inscrito nessa fabulosa urbanização, agora parece que é para funcionários do partido???...quem lhe disse que a alternativa a prédios são moradias? Os pinheiros e os sobreiros fazem-lhe confusão? É quie nada do que ali se pretende construir é permitido por lei.

Anónimo disse...

"A JSD Seixal, através da sua Comissão Política, vem, por este meio,protestar contra a actual situação do novo bairro da Flor Da Mata composto por moradores do antigo bairro de Vale de Chícharos. Por se tratar de um complexo habitacional que não privilegia a integração, por estar completamente isolado geograficamente do resto do concelho e da sua rede de transportes, escolas, comércio entre outras; por se tratar de uma construção mais do que desajustada ao espaço da sua localização, a JSD Seixal não pode deixar em claro uma situação que, infelizmente, começa a ser uma prática reiterada no nosso País, em geral. Faz-se, assim, um apelo a quem de direito para que a conjuntura se veja alterada, a bem de todos os munícipes seixalenses.

O Presidente da Comissão Políticca da JSD Seixal
Miguel Pina Martins"

Joana disse...

Será possivel que só a oposição veja que se vai fazer mais um disparate? Porquê?
Porquê pôr um Bairro isolado de tudo e no meio de uma zona protegida?
Porquê destruir uma zona protegida? Porquê não ouvir os cidadãos?
Que interesses há escondidos?

Anónimo disse...

Então hoje não temos o Afonso a defender o indefensável?
Só com ele é qu isto atinge um grau de diversão digno de nota! Faça o favor de aparecer!

Anónimo disse...

O João deve ter ido com "a voz" oficial do Seixal, o homem da Harley até Faro...