terça-feira, março 31, 2009

A TRIBO DO FUTEBOL


Não cabe aqui , eu que não sou um seguidor do fenómeno, analisar a histeria futebolistica ou as suas estrelas que ganham mais que o comum dos mortais , e que em campo mostram ser dos profissionais com menor ética , para os seus pares , ou para quem paga um bilhete para assistir a "um espectáculo" com suar de camisola e verdade desportiva ... mas não é por aqui que quero ir...

A questão foi levantada na blogoesfera local, na necessidade ou não de um Estádio Municipal no Seixal de forma a receber as competições das várias equipas locais.

Esta seria uma forma , quanto a mim , racional de canalizar verbas dispersas em alcatifamento de campos de futebol de equipas dignas de figurarem naquele programa de entretrenimento "Liga dos Últimos".


Estão orçamentados só no Seixal e para alcatifar dois campos , quase um milhão de euros , isto em tempo de crise, de carência várias... mas claro ... também de eleições !!!

Escandalizado com estas decisões um candidato questionou esta aplicação de verbas, o que despoletou uma estranha reacção das forças apoiantes da continuidade CDU , que logo criticaram a ousadia oposicionista .

Digo que a reacção da CDU é extemporânea e estranha contra a criação de um único Estádio.

Porquê ?

- Porque está consubestanciado no negócio ainda hoje pouco claro entre Vale e Azevedo / Benfica , a Câmara do Seixal , a Euroárea ... a cedência de um espaço para a construção do referido Estádio (Cidade Desportiva ... lembram-se ? ) , junto ao Centro de Estágios do Benfica.


Agora, das duas uma , ou alguém está a tentar destinar aquele espaço para outro fim ... ou está a querer ganhar votos e a gastar um milhão de euros a compra-los com uma questão bairrista , ou está a tentar ganhar espaço de debate com uma questão menor.

Uma coisa é certa , há campos de futebol a mais no Seixal (Corroios, Paio Pires, Amora, Arrentela, Seixal , Albano ... + 6 no Centro Estágios ) há também mais desportos, movimentando muitos mais atletas , com apoios muito menores do que o alcatifamento de campos da "Liga dos Últimos" , a maioria , completamente ignorados ( basta não ter um director de clube ou seccionista CDU ! ) ... E sobretudo há uma Baía excepcional que está desaproveitada em termos de desportos náuticos !

Mas , mesmo não tendo olhos , nem inteligência para mais nada , porque não abrir o Centro de Estágios do Benfica e o seu Estádio e campos anexos, a estes praticantes de futebol das colectividades do Seixal ?

Se a autarquia está tão preocupada com o futebol, seria por aí, e por pôr em prática os protocolos assinados com o Benfica e as promessas feitas à população , com o que o Seixal ganharia ao perder património para mais construção a favor de uma empresa espanhola ... que deveria começar! (só na imagem vejo meia dúzia desse rectângulos verdes )

segunda-feira, março 30, 2009

A TERRA A QUEM A TRABALHA!


Vivemos , quanto a mim, só o principio de tempos que vão ser ainda bem mais difíceis, que só anteveria para os meu filhos e netos , mas inevitáveis face ao irracionalismo insustentável destes "tempos".

A época é, no entanto já , de mudança de paradigma embora a maioria dos politicos enfie ainda a cabeça na areia a fingir que nada se passa. No entanto os apelos vêm de todos os lados , sobretudo dos que menos têm
.

Uns acham que a coisa se resolve com manifestações , outros com uma arma na mão, outros ainda , recorrendo e exigindo ao "Estado" ... outros r
esolvem fazê-lo à antiga, arregaçando as mangas e trabalhando!
Foi isso que um grupo de cidadãos de origem africana fez nas últim
as semanas no fértil terreno do nó da A2 do Fogueteiro.

Arregaçaram as mangas e resolveram aproveitar aquela nesga fértil de terra abandonada , para a trabalhar à mão cultivando-a e esperando para breve uma colheita já que as primeiras sementes despontavam e prometiam aconchegar estômagos e amparar parcos rendimentos...


Esperavam , só que entretanto , não sei que entidade, se a BRISA , se as Estradas de Portugal , entidades onde não abunda gente de arregaças as mangas...ou se a Câmara do Seixal (nem quero pensar que isto foi obra da Câmara !!! ) resolveram acabar com a aventura e arrazar com aquele projecto com uma máquina , porventura paga pelo erário público.

Aquela lição de mudança de pareadigma que população de pele mais escura estava a dar às mentes pensantes e governantes , convém assumir , não caíu bem ...

É que os governantes e pensantes pretendem resolver estas questões de maneira mais clean , é que africanos destes parecem não interessar , são mais giros os grupos subsidiados de Kuduro ou de Hip-op ou os que só levantam desacatos e despoletam úteis "conflitos étnicos" ... depois de devidamente arrumados em caixotes ditos "sociais" .

Estes que têm um outro projecto produtivo e de integração, não interessam ... há que os impedir de realizar a sua horta... para entrarem no "bom caminho" !!!

Quem manda um dia decretará que se coma betão ou se cultive sobre fértil alcatrão, quando descobrirem que não é possível, já teremos todos morrido à fome... mas com a barriga cheia de "manifs"...

domingo, março 29, 2009

PAISAGENS IMPROVÁVEIS


Há paisagens improváveis assim, não não é a Escandinávia , podia até ser melhor que a Escandinávia se tivessemos durante a ditadura, ou depois dela , investido na educação e não continuássemos a suportar pequenos ditadores, como se fosse essa a nossa sina.

Imaginem as possibilidades deste espaço com o património construído preservado , a cultua defendida, a memória viva. Imaginem as potencialidade economicas e sociais de uma outra orientação politica , de desenvolvimento sustentável e de protecção do ambiente e da paisagem.

Imagine a imagem sem a politica do
quanto pior melhor de trinta e cinco anos CDU!


Local, junto à A2, Estação de Serviço Seixal , para memória futura.

sábado, março 28, 2009

SUSTENTABILIDADE


O Economista João César das Neves publicou no Diário de Noticias de 23 de Março o texto intitulado desenvolvimento Insustentável, que sendo da autoria de um cerebral economista e não de um radical ecologista , gostava de citar alguns excertos (aqui o artigo na íntegra) .

« O conceito de desenvolvimento sustentado é uma das bases intelectuais da actual intervenção social. Nascido nos meios ecológicos, partiu da certeza de que um dos fundamentos da protecção ao ambiente vem da inclusão dos interesses das gerações futuras nas nossas decisões. Depois integraram-se outras dimensões, passando a falar-se de sustentabilidade humana, económica, energética, alimentar, cultural, ética e, na crise actual, até financeira.

Todas estas considerações, interessante e decisivas, centram-se apenas num dos dois lados do processo dinâmico. O tempo não tem só futuro. Também tem passado. Um desenvolvimento será sólido e equilibrado se tiver em conta não apenas as próximas gerações mas também as anteriores. A natureza ensina-nos que a sustentabilidade de uma árvore está nas suas raízes e que um rio só mantém uma torrente sustentável na sua ligação à nascente. Infelizmente, na ânsia do progresso, este é precisamente o aspecto mais esquecido, mesmo pelos fervorosos defensores da sustentabilidade. A história está cheia de exemplos de desastres daqui resultantes. (...)

Os avanços técnicos dos últimos 200 anos deram ao ser humano enorme poder sobre a natureza, eliminando velhos flagelos que o assolavam desde as cavernas, do fumo das lareiras à tuberculose, passando pela escravatura, ignorância e isolamento. Mas, embriagado pelas notáveis capacidades, o homem ameaça o equilíbrio da natureza física e humana. Consciente de poder comprometer o futuro, a humanidade assumiu preocupações de sustentabilidade. Mas os perigos globais vêm de muitos lados, não apenas dos aspectos agora consensuais. Aliás os piores riscos estão não no clima ou ambiente que todos reconhecem mas nos temas que o nosso tempo descura ou discute. Quem esquece a História condena-se a repeti-la.»

sexta-feira, março 27, 2009

ELES EXISTEM


Eles, refiro-me à Associação Autarquias Areeiros para o Ambiente no Seixal, ou coisa parecida, é a tal associação de "mérito municipal" que ninguém sabe quem é, o que faz , que projectos executou , quais as suas acções...

Eis que ontem passou por mim um garboso "ecologista" montado em seu Land Rover com as cores da dita Associação, ainda pensei estar perante uma assombração ... afinal eles existem... não se sabe é para quê !!!

quinta-feira, março 26, 2009

A FLORESTA NO SEIXAL


Chegada esta altura do ano a hipocrisia assenta arraiais no Seixal com as comemorações politicamente correctas do dia da Árvore, do Ambiente , da Água... como se tal tivesse algum reflexo na prática e nos restantes dias do ano.

Nos dois últimos mandatos sob a égie de Alfredo Monteiro no seguimento do que tem sido a gestão CDU , atingiu-se o fundo no capítulo ambiental e de protecção da floresta.

Nem uma só vez foram accionados meios que segundo o PDM obrigam a florestar área ardida ou indevidamente cortada, pior , sempre que questionada , a autarqia apareceu sempre na defesa de quem cortou, de quem queimou ...

Basta um "voo" através do Google Earth e utilizar a ferramenta que permite recuar no tempo , para ver do que é que falo , mas mais fácil mesmo é ver o que se passa , junto à EN 10 na zona do Casal do Marco , na EN 378 Flôr da Mata ou junto à A2 , Área de Serviço Seixal (na imagem) , este tem sido o mote (insustentável ) dos últimos anos:

- CORTAR ... QUEIMAR ... CONSTRUÍR !

quarta-feira, março 25, 2009

LUBRIFICAR


Não deixa de ser caricata a denúncia feita pelo vereador Samuel Cruz sobre o estado pouco lubrificado da maquinaria seixalense, diz o comunicado de imprensa sobre um caso também denunciado no seu blogue Rumo a Bombordo , algo que contrasta com os valores canalizados para propaganda, para o embelezamento de rotundas ... para festas.... foguetes... espectáculos... alcatifamento de campos de futebol...:

«O Vereador Samuel Cruz, candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal do Seixal, em comunicado de Imprensa, sublinha que – “há já algumas semanas que acabou o óleo - nas oficinas onde os veículos pertencentes à autarquia fazem as suas manutenções - encontrando-se estas em funcionamento reduzido porque, sem óleo para os motores, a tarefa afigura-se impossível.

Nem óleo, nem valvolina essencial para a viscosidade das caixas de velocidades.”
Divulgamos o texto integral do comunicado enviado para a nossa redacção: Serve o presente, para dar a conhecer algo irreal que se passa nas oficinas de manutenção da Câmara Municipal do Seixal.

Há já algumas semanas que acabou o óleo - nas oficinas onde os veículos pertencentes à autarquia fazem as suas manutenções - encontrando-se estas em funcionamento reduzido porque, sem óleo para os motores, a tarefa afigura-se impossível. Nem óleo, nem valvolina essencial para a viscosidade das caixas de velocidades.

Mais, existindo já, neste momento, veículos a circular em condições que põem em causa a sua manutenção e até a segurança dos trabalhadores que os utilizam. Este caso, revelador da anarquia que grassa na CM Seixal, põe em causa o bom funcionamento dos equipamentos, a segurança dos que os utilizam e cria desperdício quer pela inactividade a que são forçados os funcionários do sector das oficinas, quer pelo desgaste imposto aos veículos que assim é superior.

O facto que relato não pode ter outra razão de ser que não seja, a falta de programação causada pela má gestão, que apenas pode ser imputada ao executivo CDU que lidera a autarquia há mais de 34 anos.


Acresce que, esta não é a primeira vez que tal situação ocorre.»

terça-feira, março 24, 2009

H2O


Acerca da água , pense nestes números , os litros (de referência) necessários para produzir ...


1 Automóvel.................. 400 000 litros

1 Computador............... 1 500 litros

1 Kg de aluminio........... 100 000 litros

1 Kg de frango.....................4 000 litros

1 Kg de porco...................... 5 000 litros

1 Kg de vaca.......................20 700 litros

1 Kg de Trigo .......................2 000 litros

1 litro de leite....................... 860 litros

1 Kg de Manteiga ..............18 000 litros

1 Kg de Arroz....................... 3 000 litros

1 litro cerveja...............................7 litros


Por isto é tão importante preservar a água , as florestas e matas , evitar o desperdicio e a poluição dos recursos hidricos e a impermeabilização dos solos...

segunda-feira, março 23, 2009

UMA AUTARQUIA CDU DIFERENTE


Estamos habituados cá pela Margem Sul , a associar a gestão CDU a uma expanção urbana desregrada, a opções de massificação urbana e a um profundo e total desrespeito pelo meio ambiente e pelo património natural e construído.

Estamos também habituados a associar a gestão CDU a uma perda da área florestal e a um igual aumento de área construída , a uma subserviência ao mundo do futebol e a um gasto diário em formas de propaganda que nada acrescentam de qualidade ao dia a dia das populações.


Depois há a desculpa de que , se não se faz outro tipo de obras ou de investimento, tal é culpa do poder central que boicota as iniciativas do PCP , as autarquias CDU. Remetendo-nos depois , para o domínio das promessas e nas sempre necessárias contrapartidas ao reino do betão, a mais uma alteração de uso do solo, a mais uma urbanização, a mais uma licença para a construção de um condomínio fechado...

Mas não tem de ser assim , veja-se por exemplo o projecto da Central Solar da Granja-Amareleja , ou o Fluviário de Mora ... ambos contrastam com a ausência de projectos sustentáveis na Margem Sul, onde está ausente qualquer investimento em energias renováveis e onde as promessas da criação de um Museu Cargaleiro no Seixal continuam a ser isso mesmo...promessas...

Enquanto isso, uma câmara CDU, não assente na exploração betonizadora e especuladora dos solos, continua a mostrar que (apesar de algumas criticas locais) continua a mostrar que é possível, na CDU , uma politica diferente da dos seus autarcas de Almada...Seixal...Moita...Alcochete... esse exemplo vem-nos mais uma vez de Mora, cujo Fluviário acaba de completar tês anos , com um total de 340 mil visitantes e com o objectivo de criação de um novo espaço, com investimento também numa área laboratorial ... É OBRA! Parabéns !

Isto contrasta com as opções CDU para o Seixal, onde se vai gastar quase a mesma quantia que em Mora se vai investir na ampliação do Fluviário ... alcatifando dois (DOIS!!!) campos de futebol ...

domingo, março 22, 2009

VEIO O METRO, FOI-SE O DESCANSO


É preciso um jornal do Norte para dar voz às gentes do Sul:

« Os moradores da rua Lopes Mendonça, em Almada, perderam o sossego com a passagem do Metro Sul do Tejo. Queixam-se do ruído causado pelo ranger dos comboios nos carris e pelas buzinas usadas pelos maquinistas.

O barulho naquela rua próxima do centro de Almada é tal que a maioria das cerca das 125 famílias que ali residem já optou por colocar vidros duplos nas janelas. Muitas também decidiram pôr a casa à venda. "Só neste prédio estão quatro apartamentos e eu também não quero ficar aqui", referiu, ao JN, Manuel Amendoeira, salientando que já "não há a tranquilidade que existia".


Lembrando que tudo foi feito para evitar que o MST passasse naquela rua, incluindo a apresentação de um plano alternativo, o morador recorda que "durante a noite o silêncio torna o barulho ensurdecedor". "Conheço pessoas que nos primeiros tempos não foram capazes de aqui permanecer por causa do barulho", conta José Ganhão, outro morador, frisando que "o metro veio incomodar o sossego das pessoas", devido ao tocar das campainhas e ao simples passar das composições pelos carris, que se torna mais forte nas curvas existentes nas extremidades da rua.

O descanso para estes moradores dura apenas três horas, entre as 2 e as 5 horas, período em que os comboios não circulam entre Cacilhas e a Universidade, a única linha do MST - projecto que custou 390 milhões de euros - que passa pelo meio do arruamento.
Sentindo-se lesados no seu bem-estar, os moradores da Rua Lopes Mendonça apresentaram no início do ano uma queixa à Inspecção-Geral do Ambiente e Ordenamento do Território (IGAOT), que originou a realização de uma inspecção no passado dia 2 de Fevereiro. O relatório, a que o JN teve acesso, reconhece que em alguns dos locais monitorizados os níveis de ruído ultrapassam o estabelecido por lei, mas frisa que a situação ocorre mesmo quando o metro não está a circular, devendo-se ao trânsito rodoviário. A IGAOT conclui assim que a actividade normal do MST "cumpre os requisitos legais aplicáveis a ruído", tendo em conta que quando os limites são ultrapassados "também o são na ausência do tráfego ferroviário". Sobre a utilização de buzinas, o documento lembra que é "obrigatório o toque da campainha dos veículos quando duas composições se cruzam, de modo que os transeuntes sejam avisados da existência de um comboio encoberto". Estas conclusões não satisfazem os moradores, que enviaram ontem uma carta a contestar o relatório. "A resposta não é correcta. Não é a realidade. Eu gostava era de ver os resultados da monitorização", afirmou, ao JN, Vítor Costa, que encabeçou a reclamação apresentada à IGAOT. "Eu já aqui moro há 20 anos e sei bem o barulho que faziam os carros. O metro faz muito mais", garante, dizendo preferir ter duas faixas de trânsito automóvel em cada sentido do que o MST.

A concessionária Metro Transportes do Sul (MTS) assegura, por seu lado, que está a cumprir a Declaração de Impacto Ambiental, embora lamente o incómodo provocado pelo ruído criado pela passagem dos comboios naquela rua.
"É legítimo que se possam incomodar.

É uma rua relativamente estreita em que há uma proximidade grande entre a via e as fachadas das casas", declara o presidente da MTS, José Luís Brandão, revelando, porém, que "não há muito a fazer".
»

SANDRA BRAZINHA JN

sexta-feira, março 20, 2009

MONUMENTO AO DESPESISMO


A autarquia de Almada, projecta em tempo de DEPRESSÃO económica, em tempo de profundas dificuldades da população, um novo monumento na principal rotunda de Almada.

Desconheço o teor ou o autor de tal monumento, não são os seus aspectos formais ou artisticos que aqui cabem ser discutidos, a questão é o desperdicio de dinheiros publicos numa altura em que falta em tantos lados, sobretudo nos bolsos dos contribuintes .

É que são os contribuintes quem alimenta os cofres do Estado e das Autarquias... qualquer promessa que estes fazem aos contribuintes, é de gastar as suas contribuições que se trata e não de presentes dos bolsos dos politicos e dos autarcas.

Chega de pouca vergonha!

quinta-feira, março 19, 2009

PROMESSAS COM PROJECTOS ALHEIOS...

A Câmara de Almada não construíu estacionamentos com vista a compensar a retirada de lugares de estacionamento do centro de Almada, e da proibição de circulação automóvel nessa mesma zona.

Abriu recentemente concurso público para alienação de terrenos e cedência a terceiros, privados , exploração e construção nesses locais de estacionamentos.


No entanto a autarquia Almadense aparece na recente campanha publicitária (ardilosamente enganosa) ... aparecendo a autarquia como executante da promessa ... Grandes Realizações dizem eles...é triste !

quarta-feira, março 18, 2009

VAMOS AO QUE INTERESSA !


Quem está instalado no poder, está hoje , depois das eleições americanas , mais que nunca preocupado com os novos tempos , não só com o acesso á infoormação , mas também com a capacidade de comunicar em rede e em tempo real e a influência que isso tem na mobilização das pessoas , na sua intervenção politica e na sua decisão eleitoral.

A blogoesfera tem sido uma verdadeira dôr de cabeça! É que são textos, são comentários, são fotografias, são artigos e documentos que ficam online daí a necessidade de criar uma contra-informação a quem interessa tudo menos a discussão dos temas levantados , é simples ... e há sempre algum medíocre pronto a subir na cadeia do poder disposto a tudo fazer para que esse poder não mude...compreende-se que mais seriam capazes de fazer ?

É que pintar e pregar pregos é mais lá para Setembro .


Ao longo dos ultimos dois dias desmontámos a táctica e o personagem para tal destacado, com que no Seixal se tenta disfarçar os casos denunciados quase diáriamente nos blogues de cariz local ou regional , problemas que se pretendem camuflar, onde , com mestria , se dá de tal forma a volta ao texto e aos casos que leva a duvidar que considerem a população , inclusivamente a que os elegeu , como dotados do nível mínimo de inteligência ou capacidade de análise.


Hoje a pergunta que fazemos é simples e até pode ser respondida pelo Vereador Jorge Silva ou Carlos Mateus , ou até por Paulo Silva :

- Porque é que numa autarquia onde se fala em criar ciclovias ... um dos poucos troços construídos (pelo Metro Sul do Tejo) está a ser destruído por uma retro escavadora , isto entre Corroios e o Talaminho ?


Será para inaugurar de novo para uma fotografia num boletim perto de si?

terça-feira, março 17, 2009

SUCEDÂNEOS 2 - A GESTAÇÃO DE UM "COMENTADOR"


( Continuação)

A outra face , muitas das vezes a mais importante , em relação a textos publicados online ( Sites ou Blogues ) com caixa de comentários aberta são exactamente os comentários deixados por leitores . Esses comentários , ditam as regras, podem, tal como os textos , ser asinados, anónimos ou até assinados por pseudónimo ou nikname .

Tal como os textos que lhes dão origem, a sua credibilidade é fácilmente desmontável , tal como fácilmente desmontáveis são aqueles que a sua única finalidade é ameaçar, descredibilizar , evitar ou implodir a discussão de forma a impedir o levantamento de questões incómodas para os poderes e interesses instituídos.

No Seixal, num recente post publicado num blogue da oposição, o blogue do candidato do PSD, levantava-se a questão , não do anonimato na blogoesfera , não do anonimato nas caixas de comentários , mas no anonimato disfarçado por quem , alegadamente , tem responsabilidades politicas assumidas , e que , apesar de servir um partido , utiliza o anonimato como forma de terrorismo politico e de subversão das regras e do gentleman's agreement reinante no mundo da política.

Quem não tem argumentos , arranja qualquer um e o A-Sul pelos vistos não grangeou só um publico vasto , o reconhecimento dos seus pares e de outros orgãos de comunicação , como parece marcar certa agenda local , tendo logo sido apontado (este que é um blogue da sociedade civil) pelos visados (ou visado) pela critica do candidato Paulo Edson Cunha.

Este personagem , assina , alegadamente , entre outros, também sob o nome de João Afonso.
Acontece que o Senhor "João Afonso" deixou , um comentário nesse post onde afirmava que o a-sul tem um " conteúdo totalmente difamatório" ...

Pois senhor Afonso , tem azar, nem o senhor se chama João Afonso como assume (valha-nos isso) como o senhor Dr @ Paulo Silva (alegadamente a mesma pessoa) são sim , os senhores , os verdadeiros detentores há muito , de uma retórica difamatória para quem não alinha pela sua (vossa ?) bitola ou linha de pensamento.


Façamos um pouco de arqueologia internáutica que a net tem estas vantagens e esta memória:

- O primeiro registo que temos de um comentário assinado pelo comentador Paulo Silva foi exactamente num dos textos de Luís Pereira (LP) publicados no Expresso online (Delapidação do Ambiente no Seixal) e datado do dia 30 de Março de 2001 às 10:23 , o mesmo publica este comentário sob o mail (dr.paulosilva@mail.telepac.pt)
onde defende incondicionalmante a Câmara do Seixal.

- O comentário posterior que publica sobre o mesmo tema , data de 2 de Abril, 10.00 , e acusa o autor do texto de "ataques pessoais" , que "nunca senti que a Quinta da Princesa fosse um bairro de marginais" , que os comentários dos que o contestam são "racistas" e que "Não tenho qualquer vínculo à Câmara, e nem pretendo ter" e que o caso da Flôr da Mata onde a autarquia pretendia contra a vontadade da população e contra a letra do PDM e através de negócios off-shore construír habitação dita "social" : «PER Flor da Mata é apenas motivado por uns quantos "doutores" ilustres que não querem gente humilde e trabalhadora perto das suas "mansões" e que por isso tratam de apelidar essas pessoas como "marginais...Todavia o objectivo é servir a população do Seixal , principalmente os humildes, e não uns quantos "doutores"...»... assina dr.paulosilva@mail.telepac.pt ...

- O mesmo Paulo Silva volta ao tema em defesa da construção dos dois guetos , na Flor da Mata e na Quinta da Cucena ( parece que estavam certos os que então contestavam estes Bairros, numa formula já então posta em causa pela população mas defendida pelo ilustre "dr" Paulo Silva) .

- Volta o Dr.Paulo Silva@ mail a comentar a 7 de Abril 11.49 em contraponto a um comentário do hoje deputado Luís Rodrigues e depois às 12.14 em defesa do PER nas zonas contestadas e não destinadas pelo PDM do Seixal para habitação - uma era zona industrial (Cucena) , outra Mata e maciço arbóreo (Flor da Mata) . Negando que a Construção social seja "um negócio de milhões" ...

Não houve mais entradas posteriores de Paulo Silva , enquanto tal neste forum.

- Posteriormente volta sim para comentar o outro texto de LP publicado no Expresso online « Caos ambiental na Margem Sul» a 31 de a Maio de 2001 , 22.18 e que utiliza o vocabulário já nosso conhecido, acusa o autor de ser
"pseudo ambientalista" de querer "unicamente atacar a Câmara" , de ter « bons conhecimentos no Expresso que lhe permitem em pouco tempo escrever dois artigos de igual conteúdo e igual objectivo "atacar a Câmara do Seixal" (...) "para ver se consegue ser eleito vereador pelo P.S.Pelos vistos senhor Luís Pereira não sou eu que ando a procura de um lugar... »

- O curioso é que apesar de ter procurado, não encontro hoje em 2009 , um vereador no P.S. ou noutro Partido Chamado Luis Pereira e encontro um eleito CDU chamado Paulo Silva !!!

- O comentário anterior posto por Paulo Silva foi como já referi a 31 de Maio de 2001, às 22 .18 , é curioso que minutos antes um tal João Paulo põe um comentário às 22.06 que elogia o Seixal como "um dos concelhos com maior índice de desenvolvimento" e que "é por isso que tipos como Luis Pereira vêm para cá viver" e antes (21.08 ) entra um tal João António a verificar que «o Luis Pereira se assemelha a um "cantor pimba" que tem um sucesso e canta sempre a mesma canção » (...) «quando se sabe que o teu objectivo é seres eleito pelo P.S. ficas completamente desacreditado» ...

E finalmente no dia seguinte , 1 de Junho , depois de Paulo Silva , de João António e de João Paulo , nasce finalmente ... JOÃO AFONSO... que leva a discussão para um patamar superior.

Excelente altura para uma nova identidaade, é que João Afonso vai acusar o autor do texto atirando o "barro à parede como é sua filosofia" ou seja , difamatóriamente , de « derrubar árvores para, em zona em que era proíbida construção, construírem as suas casas. Todas essas construções foram efectuadas sem planificação e sem licenciamento municipal. Agora passados anos falam como se fossem paladinos do ambiente! Deviam ter vergonha na cara...E estarem muito bem calados . »


Ah Valente ! Para primeiro comentário e para quem hoje, oito anos e muitos comentários depois acusa o A-Sul de "conteúdo difamatório" ... o senhor não começou nada mal ! (continua)

segunda-feira, março 16, 2009

SUCEDÂNEOS 1) - O REGRESSO DA VACA FRIA


Em 2001 a internet das redes sociais , dava em Portugal os seus primeiros passos e usavam-se ligações ronceiras que caíam com facilidade . A blogoesfera como hoje a conhecemos era uma curiosidade para geeks.

No entanto experimentava-se a interactividade e a democratização opinativa, em sites pioneiros como o
Expresso online que , publicava nesse início de 2001 dois textos assinados por Luís Pereira ; « Delapidação do Ambiente no Seixal » e « Caos Ambiental na Margem Sul» . Não sei se o autor assinava com nome próprio ou pseudónimo , mas sei que foram dados a ambos os textos, pelo Expresso , grande destaque e atingido os mesmos , recordes de comentários .

Eram despoletadas , pela primeira vez no Seixal e via Internet , questões postas de forma directa, aberta e alargada pela sociedade civil .

Até aquela altura estas questões eram "abafadas" dentro da "paróquia" onde iam morrendo em infindáveis reuniões ou comissões de moradores, de utentes ou meramente adhoc e depois , perfeitamente controladas na imprensa local , pela autarquia visada , uma autarquia que era também pela primeira vez posta em causa por um Movimento de Cidadãos em defesa de uma zona verde, protegida no PDM , a Flôr da Mata.


Com esta nova fórmula, o Expresso abria também as «caixas de comentários» a anónimos, a pseudónimos, a nomes próprios porque o que interessava, era o debate de ideias .

No debate , sobre temas locais , a mentira tem perna curta, e esses temas ou têm um tratamento serio, credibilidade e verdade, ou simplesmente sujeitam-se ao descrédito , ao ostracismo ... à justiça! Situação que o pseudónimo ou o anonimato , vindo ele dos textos ou dos comentários não salvaguarda.


De forma que textos, publicados no Expresso online ou nos inúmeros outros sites que a reboque todos os outros orgãos de informação criaram ... ou exponencialmente na blogoesfera entretanto surgida , não escapam a este crivo , a este triângulo , verdade - credibilidade - justiça .


Na Blogoesfera há blogues sobre os mais variados temas, actualizados com maior ou menor frequência , com maior ou menor alcance ... ou número de leitores e comentadores ( um número não traduz forçosamente o outro) ... depois há blogues com assinaturas de notáveis, de aspirantes a notáveis e de quem opte pelo maior dos despegamentos dessa mesma notoriedade , assumindo o anonimato , um pseudónimo ou um nickname ...


O A-Sul anda nestas bolandas blogoesféricas vai para cinco anos , assumiu o seu autor (es ?) , a fórmula de ser um blogue assinado por um pseudónimo , ou melhor , um nickname (Ponto Verde) no sentido de que o que interessava ao seu autor (es ?) era a discussão de problemas e ideias e não a sua fulanização , algo que incomoda sobremaneira a
numenklatura (e não só ... ) apostada exactamente no contrário.

O ataque directo feito por destacados "comandos" locais , usando a descredibilização pessoal , foram a forma com que o PCP local enveredou para fazer frente a esta nova realidade , no Expresso online no exemplo dado (veja-se os comentários ao autor) no primeiro caso e essa postura tem continuado sobre todos os blogues que têm surgido entretanto, incluindo alguns assinados por politicos eleitos pela oposição e outros que simplesmente ousaram ter uma posição diferente, e tido uma voz dissonante da ditadura do PCP na Margem Sul.


Podiamos aqui no A-Sul ter optado por outra forma , assinado os textos como fez Luís Pereira , ír a reuniões de Câmara com dossiers como fazia o saudoso Sr. Amélio ... ou podíamos ter seguido a via partidária ou até criado um movimento cívico , não o fizemos ... optámos dentro do que a constituição e a tecnologia permite , por continuar a ser uma voz incómoda , ireverente e ANÓNIMA !

Mesmo sendo o anonimato a forma mais fácil de ser atacado , o A-Sul continua a assumir essa fórmula com a contrapartida da credibilidade fácilmente comprovada daquilo que aqui vamos publicando , e dos documentos que temos em mãos. Dando voz aos que a não a têm , tratando de temas que a todos preocupam . Uma linha traduzida num número sempre crescente , quer de leitores, quer de comentadores .

Será sobre dois (ou será só um ?) desses comentadores que tratará o post de amanhã

domingo, março 15, 2009

WIKI-SUL



Para efeitos de cultura geral , o horizonte para o qual caminhamos ... se não mudarmos urgentemente! :

« A Camorra é o único fenômeno mafioso proveniente de um meio urbano. Seu lugar de nascimento é Nápoles, Itália; a data, em torno do início do século XIX.

A Camorra controla de perto o território, e é muito integrada ao tecido social, sobretudo junto às camadas mais pobres. Imagina-se que conte atualmente com cerca de 110 famílias operacionais e cerca de 7000 afiliados.

As atividades da Camorra são incontáveis, da
agiotagem à extorsão, do contrabando de cigarros ao tráfico de drogas, da importação irregular de carne à fraude à União Europeia. Sem esquecer os dois sectores "tradicionais" de monopólio: o do jogo clandestino e o de produção de cimento na região da Campania


Wikipédia

sábado, março 14, 2009

AREIAS DA COSTA


«A areia colocada nos últimos anos nas praias da Costa de Caparica, Almada, tem conseguido travar a força do mar. Os bares em maior risco estão actualmente protegidos por dunas e tudo aponta para que não haja estragos.

O Búzio e o Pé Nu, situados na praia de São João, são, de acordo com um estudo do geógrafo José Nunes André, os estabelecimentos que correm maiores riscos. Porém, os proprietários estão confiantes de que o mar não avançará mais.

"Se não tivessem colocado aquela areia, eu já estava com o mesmo problema do ano passado", referiu, ao JN, Carlos Pereira, do bar Pé Nu, que há sensivelmente um ano ficou suspenso.

A praia em frente ao estabelecimento chegou a perder cerca de um metro no início de Fevereiro deste ano, mas actualmente o mar tem assoreado a zona com a areia que foi colocada mais a Sul. "Estou sempre alerta, mas muito mais descansado do que no ano passado. Enquanto o mar for levando só a areia que colocaram, não leva a que lá está. Em princípio não haverá problema", diz.

O dono do bar Búzio, José Torres, partilha do mesmo optimismo. "O mar tem estado a repor a areia e não a tirar", adianta.

Uma análise do estado da Costa de Caparica, elaborada pelo geógrafo José Nunes André, indica precisamente o contrário. "A alimentação artificial de praia não tem tido qualquer efeito positivo, a última o mar retirou-a, quase na totalidade, em apenas quatro meses", aponta o estudo. "Foram colocados um milhão de metros cúbicos em Outubro e em Janeiro toda essa areia tinha ido embora", reforçou o geógrafo, em declarações ao JN.

Para José Nunes André, os problemas da erosão costeira "não se resolvem com aquilo que o Ministério do Ambiente anda a fazer há muitos anos", propondo a solução que tem sido adoptada na União Europeia de "recuo e deslocalização das populações em risco".

O INAG, por seu lado, questiona a credibilidade deste estudo e garante que a intervenção tem cumprido os objectivos. "Temos tido Invernos rigorosos e não temos tido problemas", salientou, ao JN, a vice-presidente Ana Seixas. "As ondas estão a rebentar muito afastadas da costa e é isso que se pretende", realça, avançando que os trabalhos de monitorização estarão concluídos em Abril. Até 2010 serão colocados mais 1,5 milhões de metros cúbicos de areia, numa obra de reforço que irá custar no total cerca de 22 milhões de euros.»

SANDRA BRAZINHA J.N.

sexta-feira, março 13, 2009

OS CÉPTICOS E OS OUTROS


Esta "crise" financeira e económica é nada, comparado com as ameaças que potencialmente aí vêm e provocadas pelo aquecimento global ...mas há quem o negue. Os dois lados na notícia publicada no Publico (11-03-09) , e assinada por Ricardo Garcia :

« O nível do mar poderá subir mais do que se previa, alertaram ontem cientistas reunidos em Copenhaga. Segundo vários especialistas, os últimos cenários do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC, na sigla em inglês) são conservadores, não levando em conta factores agora melhor estudados.

O IPCC previa que o nível do mar poderia subir entre 18 e 59 centímetros, até 2100. Mas agora apontam-se valores maiores. "O limite superior do aumento do nível do mar até 2100 poderá ser de um metro acima da média global", disse Konrad Stef-fen, investigador da Universidade de Colorado, Estados Unidos.

Há, por exemplo, dados novos sobre a Gronelândia, cuja temperatura aumentou quatro graus Celsius desde 1991, segundo um artigo de Steffen - um dos 1600 que foram submetidos à conferência de Copenhaga. A área gelada que se funde no Oeste do continente aumentou em 30 por cento entre 1979 e 2008.

Dados recentes de satélites indicam que o nível do mar tem subido cerca de três milímetros por ano desde 1993. É um ritmo "muito acima da média do século XX", afirmou John Church, do Centro para Investigação Meteorológica e do Clima da Austrália, citado num comunicado.

A conferência de Copenhaga é organizada por de dez universidades da Dinamarca, Suíça, Austrália, Singapura, China, EUA, Reino Unido e Japão. O objectivo é produzir uma síntese do que há de novo, em termos de investigação, desde o último relatório do IPCC, divulgado em 2007 mas baseado na produção científica até 2005.

Uma das áreas em que o conhecimento avançou é precisamente a da subida do nível do mar. O programa da conferência inclui 39 trabalhos sobre o assunto. Segundo Eric Rignot, da Universidade Irvine na Califórnia, acredita-se hoje que a Gronelândia e a Antárctida estão a contribuir mais e mais rapidamente para a subida dos oceanos do que se imaginava.

Do outro lado do Atlântico, em Nova Iorque, uma outra conferência reúne cerca de 700 pessoas - incluindo cientistas, economistas e analistas políticos - em torno da tese de que não existe uma crise climática global. É a segunda reunião do género dos "cépticos" do aquecimento global, promovida pelo Instituto Heartland - que se define como defensor do mercado livre.

Para os cépticos, as alterações climáticas não são um problema, nem têm origem humana. Muitos defendem que a actividade do Sol é que comanda as variações climáticas ou que o aquecimento recente resulta da recuperação da "Pequena Idade do Gelo", que terminou em 1850. Os seus argumentos, até agora, não conseguiram convencer a maior parte da comunidade científica mundial.»

quinta-feira, março 12, 2009

O PARTIDO DOS ANJOS 3



Notícia do Correio da manhã de ontem :


« O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, acusou ontem o Presidente da Câmara de Lisboa , António Costa, de falta de interesse pela segurança dos lisboetas»


Curioso, é que na Margem Sul, onde se começa a ter medo de saír à rua e há instalado um clima real de insegurança com assaltos diários a lojas, estações de serviço , ourivesarias, onde o car-jacking entrou na rotina... o PCP critica, não as autarquias e os autarcas CDU ... mas o Governo Central !


Não é isto falta de coerência , quando autarcas do PCP , como Alfredo Monteiro no Seixal, rejeitam liminarmente discutir sequer a criação de uma polícia municipal ?

quarta-feira, março 11, 2009

O PARTIDO DOS ANJOS 2


Continuando o tema de ontem , cito excertos do artigo bem humorado de Miguel Esteves Cardoso publicado no Jornal Publico:

«O PCP de Bragança está fulo. Acusa o Presidente da Câmara, Jorge Nunes, de esbanjar 25 mil euros num "album fotográfico" em que faz o balanço dos seus três mandatos e onde aparece em 250 fotografias.

(...)
Ora 250 fotografias em dez anos dão 25 por ano, o que dá cerca de duas fotografias por mês (obras municipais e cerimónias públicas) .

Considerando a quantidade de iniciativas camarárias , até nem é muito. A fronha de Jorge Nunes, a bem ver, só aparece, semana sim, semana não. É um retrato quinzenal.


Não acredito que ninguém goste de ser mal fotografado tantas vezes, naquelas poses idiotas e solenes , às vezes com um fatal capacete na tola. Não é assim que se cultiva o glamour . Acho, neste aspecto, os presidentes da câmara são mais vítimas do que outra coisa »

Agora acrescento eu, verdadeiras "vítimas" , são os autarcas CDU da Margem Sul tantas as imagens publicadas nos dispendiosos "orgãos de comunicação" na dependência das respectivas autarquias ...

O PCP tem que se preocupar mais com os seus eleitos... no Boletim do Seixal , quinzenal , temos que no último número #498, Alfredo Monteiro aparece 5 vezes , e no anterior #497 , 8 vezes , o que não é mau .... é que a média anda nos dois digitos... mas dá 13 fotografias num mês , isto sem contar com a Agenda Municipal... o que supera largamente a contabilidade de MEC para Braagança !!!

Até porque o orçamento do Seixal, supera largamente o de Bragança ... é que o PCP tem toda a razão que aplicar 25 mil euros em Bragança é um "esbanjar" escandaloso. Só fico curioso com o que achará dos mais de 500 mil euros orçamentados para igual "esbanjar"... no Seixal !

terça-feira, março 10, 2009

O PARTIDO DOS ANJOS


Há um filme de Wenders em que anjos pairam sobre Berlim . Entre nós a realidade ultrapassa a ficção. Entre nós temos o Partido dos anjos em que milita gente acima de toda a moral...título académico ou discordância...que paira sobre todos nós...

Feito este intróito, gostava de elogiar o PCP por denunciar situações anómalas como algumas aqui levantadas no a-sul.

O PCP , e muito bem, segundo notícia publicada no Público :

« acusou o executivo camarário social democrata (de Bragança) de gastar 25 mil euros dos munícipes num "álbum fotográfico" que faz o balanço de três mandatos autárquicos com 250 fotografias do presidente da câmara. "Um escândalo no contexto difícil que atravessamos" é como os comunistas classificam o dinheiro gasto na última edição do Boletim Municipal, que documenta a obra feita desde 1998 (...) "O PSD lançou a sua campanha eleitoral à custa dos munícipes" acusa o PCP em comunicado. O motivo da polémica é o boletim municipal que a câmara publica e envia gratuitamente aos munícipes, duas vezes por ano (...)

Não podia estar mais de acordo com o PCP, mas como gostaria que esses anjos deambulassem pela Margem Sul ... Almada ... Seixal... Moita... Porque não pairam ? Será porque não há Boletins Municipais propagandisticos , para cá do Marão, pagos a peso de ouro e cheios de propaganda e fotos dos presidentes de Câmara ... do PCP e pagos também pelos contribuintes ?

Quem os paga então ?

segunda-feira, março 09, 2009

A INCAPACIDADE ASSUMIDA


A anunciada recandidatura do aposentado Alfredo Monteiro à Presidência da Câmara do Seixal reflete a incapacidade de regeneração , de criação de alternativas e de renovação do Partido Comunista Português. O há muito apontado como delfim e futuro candidato , vereador Joaquim Santos, parece ter sido descartado depois da argolada da perda de milhões de euros em fundos comunitários .

O caso , tomado na altura , de somenos importância pelas instâncias locais parece afinal ter tido a sua importância em termos partidários, o que não se lamenta, pela ortodoxia politica do personagem , mas que revela que o caquético e patético partido caminha para a extinção por via etária...se dúvidas houver, veja-se aquele almoço...


Mas é pena que o PCP não tenha a capacidade de evoluír, de poder apresentar melhor . Alfredo Monteiro é uma personagem menor , mediocre mesmo , a quem fica ultimamente mal permitir a assumpção académica daquilo que não é, mas isso só podia acontecer neste país de analfabetos e de deferências académicas decalcadas de uma aristocracia sem nível e de uma nobreza sem cheta.

No meio de tudo isto salva-se finalmente a qualidade e a juventude dos escolhidos , quer pelo PS, quer pelo PSD para as próximas autárquicas e que pelas posturas até agora tomadas , tanto um como o outro parecem querer romper, não só com o cinzentismo que a oposiçãao tem até aqui assumido , quer com os erros sucessivos de suposto desenvolvimento e massificação urbana imprimida ao concelho do Seixal , um verdadeiro "abono de família" e balão de soro do PCP em termos financeiros...


A situação é simples, o PCP ontem facilitou a vida aos seixalenses a opção está entre o futuro que nos traz novos desafios para uma classe politica renovada , e o passadismo ultrapassado representado por um jurássico Alfredo Monteiro representante e executante de um modelo errado de desenvolvimento urbano , modelo inclusivamente contrário ás próprias teses do PCP.


Alfredo Monteiro representa também o modelo que vai onerar as futuras gerações com um passivo ambiental tremendo , com problemas sociais gigantescos , mas também com devaneios financeiros mastodônticos como são os arrendamentos dos edifícios camarários ... construídos e propriedade do maior grupo de construção do concelho e que é no mínimo um negócio que toca , em ajuste directo e
a la carte , as fronteiras do vergonhoso .

A opção hoje é simples , os seixalenses têm a escolha facilitada!

sábado, março 07, 2009

A BETONIZAÇÃO DE ALCOCHETE E OS EQUÍVOCOS DO PCP



O Blogue a Praia dos Moinhos publicou recentemente o post que com a devida vénia se reproduz :

« As estatísticas oficiais confirmam que, até 2007, a construção de habitação nova continuou imparável em Alcochete, ano em que já existiam 8092 alojamentos familiares clássicos para 16.813 residentes.
Dos 163 edifícios licenciados pelo município nesse ano, apenas nove não se destinaram a habitação familiar.

Não houve nenhuma reconstrução de edifícios e das construções novas 18 respeitam a edifícios de apartamentos e 134 a moradias.
No mesmo ano ascenderam a 331 os fogos licenciados em construções novas para habitação familiar na área de Alcochete, m
aioritariamente das tipologias T3 e T4 ou mais.

Convém ainda atentar no quadro seguinte, respeitante à estimativa de alojamentos familiares clássicos existentes em Alcochete, os quais cresceram mais de 20% em cinco anos:


Já agora, devo recordar aos distraídos que, desde 1 de Novembro de 2005, o Município de Alcochete é governado por uma maioria comunista. E que, em 24 de Novembro do ano a que se referem as estatísticas acima citadas, na Conferência Nacional Sobre as Questões Económicas, Lino Paulo, da Comissão Nacional de Autarquias do Partido Comunista Português, apresentou um texto cuja leitura recomendo aqui.

Francamente, concordo com quase todo o texto. Desconhecia-o, embora coincida com muito do que aqui tenho escrito sobre o tema habitação.

Mas algo se passa em Alcochete, porque há comportamento desviante da tese oficial. Não sou eu que o digo, são as estatísticas! »

sexta-feira, março 06, 2009

ELEIÇÕES PARA QUÊ ?


Sim, eleições para quê ? Se para o lado dos "grandes democratas" CDU, tudo se resume, no texto de um ideólogo local, que abaixo se publica.

Com tão efusiva tónica na continuidade, não se percebe como fomos capazes , no pós 25 de Abril , de levar a nossa "inexperiente" Democracia a bom termo ... claro que dispensada, foi meses depois , a "experiência politica" do PCP que nos pretendia arrastar numa outra (experimentada) direcção.

Aliás pela sua ordem de ideias, não teria sequer havido 25 Abril, uma Revolução feita por oficiais "aventureiros e inexperientes" e que rompeu com um muito experientado Regime Fascista para em seu lugar formar um sistema democrático para o qual ninguém tinha a experiência para pôr de pé ...


O ilustre ideólogo (eleito CDU) apela ao infelizmente inevitável voto ... no experiente amigo timoneiro e camarada , possivel futuro, re-candidato depois de ter sido gorada a ascenção de um delfim entretanto caído em desgraça (e que lhe reservará um confortável lugar na lista) em deterimento dos "inexperientes aventureiros" da oposição.

Mas não há ninguém que explique a este idiota, perdão , ideólogo que o cerne da Democracia não é a natureza (Bolivariana) vitalicia dos cargos, mas a sua efemeridade , no humilde pressuposto , de que os nossos cemitérios estão pejados de insubstítuíveis?


Recentemente os Estados Unidos optaram , imagine-se , por um "inexperiente" oriundo de uma "aventureira" minoria étnica para governar , na Islândia foi uma "aventureira" minoria sexuaL que levou a melhor ...o povo votou , democraticamente na mudança , venceram novos candidatos sem experiência nos cargos para os quais se candidataram e vencendo barreiras intransponíveis para muitos. Venceram eleitoralmente, sobre ilustres "experientes" e veteranos da politica...

Mas o que se pretende no Seixal espelho da restante Margem Sul , onde estão experientemente instalados há mais de trinta anos ? Pretendem um livre trânsito vitalicio e sem controle ? Pretendem a continuação desta ditadura travestida de democracia plena que é a que nos rege e condiciona, fazendo tábua raza de uma Constituição que dizem ser acérrimos defensores?


Bom, passo a citar o parco texto , o vazio de ideias e de conteúdo que para o autor sublinham a excelsa "experiência" do Kandidato , eu pela minha parte tinha há muito deixado de ser cobaia nesta "experiencia" ultrapassada, de uma minoria que há muito perdeu a noção do presente , da realidade e a mais básica noção de ética politica , de alternância democrática e de Liberdade .


« O PSD e o PS anunciaram recentemente os nomes de Paulo Cunha e de Samuel Cruz como candidatos a Presidente da Câmara Municipal do Seixal. Conhece-os relativamente bem, pois são eleitos dos seus partidos, respectivamente na Assembleia e a Câmara Municipal do Seixal. Em ambos dos casos é patente a sua inexperiência e desconhecimento do concelho do Seixal.

Entendo mesmo que só esse desconhecimento justifica algumas declarações injustificáveis dos mesmos, como foi o caso das críticas de Paulo Cunha à política de integração desenvolvida pela Câmara do Seixal, isto porque a politica de integração desenvolvida pela Câmara Municipal do Seixal é reconhecida a nível nacional como um exemplo a seguir, e ainda recentemente não só foi elogiada pelo Presidente da República, como, em Dezembro de 2007, a Plataforma sobre Políticas de Acolhimento e Integração a Emigrantes, por proposta de um Júri composto por personalidades de reconhecido mérito Nacional e Estrangeiro, distinguiu a Câmara Municipal que pela sua acção melhor interpretou, promoveu e aplicou os Princípios Básicos Comuns para a Integração de Imigrantes.

Entendo mesmo, e por diversas vezes já lho disse, que ao Paulo Cunha falta-lhe residir neste concelho para sentir o pulsar dos Seixalenses, os seus anseios e ambições.
No que concerne à CDU deverá anunciar, espero eu, em breve a recandidatura de Alfredo Monteiro ao cargo de Presidente da Câmara Municipal do Seixal.

Trata-se indubitavelmente de alguém que conhece, como ninguém, a realidade deste concelho, onde reside há muitos anos.

Foi professor numa Escola Secundária deste concelho, onde foi Presidente do Conselho Directivo. Há muitos anos que é autarca no concelho e por isso conhece os anseios e ambições dos habitantes deste concelho. Por importante se refere que ainda recentemente foi eleito pelo Sem Mais Jornal como a Personalidade Politica da Região de Setúbal do ano de 2008, o que demonstra o prestigio que o mesmo tem a nível regional.


É minha forte convicção que o desenvolvimento deste concelho tem de ser feito com pessoas que o conhecem e não com quem se afirma candidatar como se de uma aventura se tratasse. Os tempos são difíceis para embarcarmos em aventuras, como as que nos são propostas pelos candidatos do PS e do PSD.
O desenvolvimento deste concelho tem de ser feito com a experiencia acumulada de um projecto que em poucos anos transformou o Seixal num dos concelhos mais desenvolvidos do Pais, e não com a inexperiência dos candidatos do PS e do PSD.

O desenvolvimento deste concelho tem de ser feito com conhecimento da realidade e com conhecimento dos Seixalenses e não com o desconhecimento demonstrado pelos candidatos do PSD e do PS.

O desenvolvimento deste concelho tem de ser continuado com pessoas experientes e não com aventureiros!
Por tudo o exposto, em Outubro não há duvida que o único voto útil é o voto na CDU! »

Por Paulo Silva (Dr) militante do PCP, eleito CDU

quinta-feira, março 05, 2009

NÓS POR CÁ ... SOMOS GOVERNADOS POR UMAS BESTAS...AMBIENTALMENTE FALANDO



Pois é... é por estas e por outras que os blogues incomodam, esta possibilidade de realçar o efémero de uma reportagem, de ampliar o seu efeito ...

Bom! As "bestas" ambientalmente influentes ( sem desprimor ambiental para os quadrúpedes ) pretendem afugentar a passarada, com palmas e gritos... daí , suponho , a escolha de uma autarquia CDU ...

Agora, os "animais politicos" , primeira alínea , só admitem a "defesa do sapal"...politicamente falando tá claro pá ... e essa "defesa" (Pá...) é tão relativa pois então (Pá...) ...o discurso hoje é bem diferente , é que sempre se vão criar... 4 (QUATRO) postos de trabalho !!!

Incluíndos estarão, aqueles a quem incumbe gritar e bater palmas para espantar os corvos, e aqueles que vão alimentar os peixinhos de engorda com alimentação natural... "camarão" e "carangueijo" ... isto ao lado de uma muito natural ETAR !

Viu acima o Presidente em 2009, veja-o agora (Pá...) em 2001 , realmente as palavras (Pá...) de certos politicos valem o que valem , ainda bem que não são declarações "anónimas" (Pá...) , isso é que era péssimo ... :


quarta-feira, março 04, 2009

VOLTOU A DISCUSSÃO


Voltou a discussão sobre a blogoesfera ... sobre as fontes... a credibilidade... o anonimato...a participação cívica dos cidadãos.

Este fim de semana um conhecido "blogger" José Pacheco Pereira , personagem com acesso privilegiado a outros meios, nomeadamante rádio...jornais...televisão lá zurzia, na sua crónica semanal do Publico , sobre a "bloguização dos jornais" , não sem lá pelo meio deixar as suas farpas à blogoesfera.

Mesmo aqui, alguns posts atrás, me "desafiavam" de novo a assumir uma posição pública e a "revelar-me" como se essa fosse a verdadeira questão do presente e do problema que os politicos enfrentam, primeiro, da sua própria credibilidade , depois do divórcio que se vem acentuando há muito, dos cidadãos com a coisa pública e a participação cívica e politica...e em terceiro, da realidade e credibilidade dos factos aqui descritos.

Agora vem uma série de questões que mereciam discussão e levantadas no blogue Pensar o Seixal e assinada por Aredes Nunes sobre a blogoesfera local e a participaçâo aberta na blogoesfera de eleitos ou candidatos a tal , ainda pouco explorada por cá mas que nos Estados Unidos contribuíu de maneira determinante para a vitória de Obama.

O Mundo mudou, somos agora , para o melhor e para o pior uma sociedade em rede, a credibilidade dos seus intervenientes, não é determinada pelo anonimato , nem a sua credibilidade é afectada por isso embora esse facto continue a incomodar muito boa gente e a fazer que outros tantos enfiem a cabeça na areia, agora afirmar que a blogoesfera não é, per si uma forma de participação cívica o "suficiente" ... é manifestamente exagerado...

terça-feira, março 03, 2009

ELOGIAR O QUE SE FEZ BEM


O Suplemento deste fim de semana do influente Jornal Finantial Times publica uma meia dúzia de páginas sobre Portugal e o avanço que se operou na produção de electricidade a partir de fontes renováveis de energia.


Lá estão os grandes projectos nacionais, dos Parques eólicos ao projecto de aproveitamento de energia das ondas, ás centrais solares alentejanas.


Os Velhos do Restelo vão continuar com o mesmo discurso?

segunda-feira, março 02, 2009

SOBREIRO HI-TECH


Grande artigo na National Geograpic deste mês sobre um produto nacional de alta incorporação tecnológica , a cortiça ... que vem do sobreiro, essa árvore protegida que por cá vamos cortando sempre que podemos para ... no elevado interesse publico , plantarmos betão em seu lugar.