quinta-feira, março 26, 2009

A FLORESTA NO SEIXAL


Chegada esta altura do ano a hipocrisia assenta arraiais no Seixal com as comemorações politicamente correctas do dia da Árvore, do Ambiente , da Água... como se tal tivesse algum reflexo na prática e nos restantes dias do ano.

Nos dois últimos mandatos sob a égie de Alfredo Monteiro no seguimento do que tem sido a gestão CDU , atingiu-se o fundo no capítulo ambiental e de protecção da floresta.

Nem uma só vez foram accionados meios que segundo o PDM obrigam a florestar área ardida ou indevidamente cortada, pior , sempre que questionada , a autarqia apareceu sempre na defesa de quem cortou, de quem queimou ...

Basta um "voo" através do Google Earth e utilizar a ferramenta que permite recuar no tempo , para ver do que é que falo , mas mais fácil mesmo é ver o que se passa , junto à EN 10 na zona do Casal do Marco , na EN 378 Flôr da Mata ou junto à A2 , Área de Serviço Seixal (na imagem) , este tem sido o mote (insustentável ) dos últimos anos:

- CORTAR ... QUEIMAR ... CONSTRUÍR !

22 comentários:

João Afonso disse...

Estimado ponto verde saberá responder onde fica o mercado da Verdizela, tão apregoado pelo seu candidato Drº Samuel? E já agora o que diz à proposta do mesmo candidato de construção de um Estadio Municipal? Parece que o seu candidato começou bem, só falta mesmo vir falar no Hotel para a Ponta dos Corvos...

Anónimo disse...

Se não há mercado na verdizela há em Belverde e muito junto à verdizela e é bem visivel tem dimensões gigantescas está em tijolo em completa degradação há decadas e a camara não fez nada para resolver aquela situação assim como nada faz para resolver outras de interesse da população. Belverde tem um mercado sim por acabar há decadas e a camara incompetente não fez nada para resolver aquele problema.

Daniel Geraldes disse...

Não falo na Verdizela, mas vou falar de Belverde, só no Seixal é que se faz um mega bomba de gasolina ao lado de um futuro hotel... quem permitiu aquele projecto é um visionario.

Anónimo disse...

Por acaso... qual teria sido o parecer dos técnicos da Protecção Civil Municipal do Seixal para essa vizinhança?

Pois porque para além da bomba de gasolina, esse hotel deve ter sistemas de aquecimento, fogões, etc... e não deve ser com bilhazinhas de gás que eles vão cozinhar e aquecer aquela gente toda... fora parque de estacionamento...

A ver vamos...

Anónimo disse...

Hoteis na Ponta dos Corvos...foi projecto que existiu, sim senhor!
E foi-me apresentado pelo Eufrásio em 1995, na presença do Alfredo Monteiro!

Anónimo disse...

Não há duvida que Samuel Cruz é um ignorante que não conhece o concelho do Seixal, nao sabe onde fica a Verdizela ou Belverde... E a questão não é de somenos é que Belverde é freguesia de Amora e Verdizela é freguesia de Corroios! E ainda afirma o moço que nasceu no Seixal...

Anónimo disse...

Pois, mas só quem executar trabalhos geográficos é que pode observar, que por exemplo:

O Lugar de Casal do Marco está dividido entre a Freguesia da Arrentela e de Paio Pires

O Lugar de Santa Marta de Corroios está dividido entre a freguesia de Corroios e da Amora.

O Lugar da Flor da Mata está dividido entre a Freguesia de Fernão Ferro e Arrentela

O Lugar da Foros da Catrapona está dividido entre a Freguesia de Fernão Ferro e Arrentela e Paio Pires

Pequenos pormenores de organização...

Anónimo disse...

Quem conhece o concelho não tem obrigação de conhecer os limites em pormenor das freguesias é mais metro menos metro. O mercado está muito junto à Verdizela podia perfeitamente ser verdizela. Para um presidente de Camara não é importante saber este tipo de geografia para isso a camara tem os técnicos. É por os vereadores da CDU estarem muito interessados em fazer de funcionários da camara e alguns vereadores querem mesmo fazer de chefe de serviços alguns mal sabem ler é que se esqueceram de tomar as decisões politicas para que o povo os mandatou. Ainda bem para a população do concelho do seixal que estão a aparecer candidatos com uma nova mentalidade e nova forma de fazer politica e que não se mostram interessados em ser mangas de alpaca a por vistos em papeis como fazem os vereadores da CDU. Em Outubro Dr Samuel Cruz a Presidente.

Anónimo disse...

Vamos lá ver se eu percebo um Presidente da Câmara não tem de conhecer o concelho? Não em de saber a geografia do concelho? Então o que é que ele tem de saber? Já sei apanhar cães... Nas palavras do PS, desde que saiba apanhar cães já estamos perante um bom presidente, o resto não interessa se vamos a Corroios dizer que vamos fazer as obras da Arrentela, isso não interessa... Meu Deus poupa o Seixal destes ignorantes...

Anónimo disse...

PROJECTO DO ARCO RIBEIRINHO SUL
PROPOSTA DE PLANO ESTRATÉGICO | J ANEIRO 2009

(…)


ESTRUTURAÇÃO DO CORREDOR ECOLÓGICO DO ARCO RIBEIRINHO

Aproveitando as qualidades ambientais e cénicas deste território, pretende-se estruturar um
corredor ecológico ao longo Arco Ribeirinho, através da requalificação de cerca de 60 km da
margem esquerda do estuário do Tejo, entre a Trafaria e o Samouco. Cerca de 10% deste
corredor já se encontram tratados. O objectivo é a criação de uma estrutura verde contínua,
pontuada com equipamentos e infra-estruturas que potenciem a sua utilização para actividades
de lazer e de desporto informal por residentes e/ou visitantes.

As áreas ribeirinhas assumem destaque pelo potencial de valorização da relação com o rio Tejo,
seja em termos paisagísticos e cénicos, seja em termos funcionais (p. ex., prática de desportos
náuticos).

Este corredor poderá ser formado por troços com distintas características naturais (recorte da
linha de costa) e de ocupação humana (perfil socioeconómico), que deverão assumir também
papéis diferentes, sempre articulando as funções ecológicas com as de lazer. As actividades/
/usos a privilegiar poderão ser muito diversificadas: valorização do sistema de vistas
(p. ex. Trafaria), actividades de lazer balnear (p. ex. Baía do Seixal), desportos náuticos
(p. ex. Seixal/Barreiro), utilizações lúdicas ligadas às actividades primárias (p. ex. Moita),
percursos pedonais ou cicláveis ou desporto informal são algumas das possíveis funções.

A implementação deste corredor deverá passar pela criação de estruturas de apoio a essas
várias actividades que deverão potenciar uma utilização de proximidade, constituindo um
complemento aos parques urbanos dos aglomerados contíguos, mas também uma utilização de
nível metropolitano, com capacidade de atracção face a áreas urbanas mais distantes. Deverá
ainda articular-se com a requalificação das frentes ribeirinhas dos principais núcleos urbanos e a
necessidade de ‘permeabilizar’ algumas áreas tais como as actualmente ocupadas com usos
especiais e industriais.

(…)



(…)

Estrutura ecológica´

| Corredor ecológico do Arco Ribeirinho Sul - Municípios de Almada, Seixal, Barreiro, Moita,
Montijo, Alcochete – estimativa de empreitada de cerca de 7 M€.


(…)

O Ministério das Finanças através do Despacho 813/2008 – SETF de 2 de Outubro definiu como
orientação para as empresas do grupo que detêm o essencial dos terrenos públicos a requalificar
no âmbito do projecto do Arco Ribeirinho Sul a sua concentração numa única entidade
empresarial, a Baía do Tejo, S.A. em fase de constituição, processo que se enquadra e que
constitui um agente importante para a solução institucional a adoptar.


(…)


5.2.2 | SIDERURGIA NACIONAL

Para efeitos da presente análise de viabilidade da intervenção a concretizar no território da
Siderurgia Nacional há que ter em conta que:

| O ano 1 corresponde ao ano de aprovação do Plano de Pormenor;

| A operação de reconversão urbanística nos terrenos da Siderurgia Nacional será
desenvolvida num prazo temporal de 12 anos.

O VAL actualizado apurado, sem o terreno, oscila entre 40,2 e 47,3 milhões de euros.

O VAL actualizado apurado, com o valor do terreno, oscila entre 27,4 e 35,5 milhões de euros. De
modo a considerar a recuperação do valor do terreno, seria necessário reduzir o investimento
entre 20% e 40%, correspondendo a um VAL entre 37,7 e 38,7 milhões de euros.

(…)

http://downloads.sol.pt/PDF/relat%C3%B3rioarcoribeirinho.pdf

http://downloads.sol.pt/PDF/arcoribeirinho.pdf

Anónimo disse...

Deixa-me ver se percebi mesmo: então um presidente da Câmara só é bom se meter empregados por cunhas e pagar ordenados exorbitantes a amigos.
Um bom presidente da Câmara tem de andar de motorista.
Um bom presidente da Câmara tem de enxovalhar quem, nas sessõs de câmara acusa a mesma de só avançar com processos de legalização aos amigos, que depois se gabam cá fora do mesmo.
Um bom presidente da câmara so é bom se assinar contratos atrás de contratos com empresas privadas para mais construção no concelho, e manter o lago do Forum Cultural a cair aos bocados e o "jardim" das Paivas para os drogados.
AH, já percebi!!
Samuel, desista, porque voçe não tem perfil para ser um bom presidente da câmara...

Anónimo disse...

Senhor ponto verde, gostaria de ouvir a sua opinião sobre as propostas apresentadas pelos candidatos do PS e do PSD, de construção de um Estádio de Futebol e de criação de uma grande equipa de futebol no concelho do Seixal?

Anónimo disse...

Alguem me esplica este mistério??

os dois jornais locais saem hoje com o mesmo número, o 61.

mas o amigo JHS é mais adiantado e tras a data de amanhºã.

além disso relata hoje a festa que decorreu, pasme-se, hoje á noite.
Alguém me esplica este mistério??
Coincidências??????

Anónimo disse...

Bem se temos PSD e PS a querer um estádio novo para o Seixal realmente os eleitores do Seixal estão entregues à bicharada...

Peguem nesse dinheiro e façam mais parques verdes, mais estruturas de apoio aos idosos e a crianças... recuperem zonas antigas

Um Estádio de Futebol...

Eu já acho o futebol um nojo... temos Estádios novos por causa do Euro, vazios... Os centros comerciais dos mesmos, vazios a apodrecerem...

E agora para se ganhar uns votos, fazem esta proposta...

Acho que conseguem ser mais inteligentes que isto... ainda mais numa época de crise... é um tiro no pé...

Eu se fosse eleitor no Seixal, realmente mudava era de terra, o que lá está, não me agrada o que tem feito, o que tentam lá ir, não conseguem ser superiores a ele...

Está tudo entregue à bicharada...

Esta gente ainda não percebeu que o segredo do futuro do seixal está no futuro aeroporto... é nisso que as propostas dos candidatos têm de ser trabalhadas... ou seja apostarem em zonas verdes, apostarem no birdwatching...turismo e mais turismo... principalmente de natureza e histórico, reconversão urbanística, transportes urbanos, desenvolver uma rede de hortas urbanas, melhores condições no parque industrial para fixar empresas, etc...

Um estádio de futebol para meia dúzia de gatos pingados fanáticos a quererem explorar os próprios filhos para serem um dia um possível ronaldo...

Já pensaram que com o aeroporto, existe muitos turistas que irão mais para as praias da costa do que para o algarve... já pensaram por onde eles vão passar para lá chegar, que concelhos vão atravessar? e por onde eles poderão ficar antes de ir para lá?

Alguém tem presenciado a quantidade de pessoas que têm ido para aquele parque verde recente na Quinta do Conde que construiram ao lado dos supermercados e da N10?

Está ai pequenos exemplos do que as pessoas querem e precisam... E não é um estádio de certeza que precisam...

Anónimo disse...

o amigo Joao paulo afonso silva continua a fazer censura no blogue e só publica o que lhe agrada.

Censurou o que coloquei a pedir para me explicar o mistério da noticia da festa de ontem, que é hoje (que mandei às seis da tarde).

Tá com medo que o JHS lhe corte o espaço pra dizer disparates no Boletim2 ??

e depois vem pra aqui armar em coitadinho e a dizer que lhe cortam os comentários...

Anónimo disse...

Só os idiotas é que podem duvidar que o Samuel, ao escrever Verdizela queria escrever Belverde e nem se apercebeu do lapso.É que eu tenho a certeza que qualquer seixalense medianamente informado,conhece aquele local perfeitamente e sabe bem o que lá se encontra.

Anónimo disse...

o problema é que o Samuel não é medianamente informado...

Anónimo disse...

O Samuel não é medianamente informado mas o analfabeto do Jorge Silva e o semianalfabeto Alfredo Monteiro são.

José António disse...

Tanto o Jorge Silva como o Alfredo Monteiro conhecem o concelho, quanto aos adjectivos só demonstram a falta de argumentos do vereador Samuel, que anda sob a capa do anonimato a insultar os seus adversários politicos, demonstrando assim a sua baixa estatura moral...

Samuel Cruz disse...

Caros Comentadores,

Dois esclarecimentos apenas:
1. Quanto ao mercado da Verdizela enganei-me. Não porque não saiba onde é Belverde e onde fica a Verdizela mas por lapso que não tenho qualquer problema em assumir. Considero que tal não faz de mim nem pior nem melhor candidato à Câmara Municipal do Seixal. Já o facto de dar a conhecer as minhas posições e deixar delas registo penso que valoriza o meu trabalho... Seria bom que a população do Seixal soubesse tão bem o que pensam todos os seus representantes, sobre os mais variados assuntos, como conhece a minha opinião. É que só não erra quem não faz. A Democracia por certo estaria mais forte e talvez não registassemos a maior taxa de abstenção a nível nacional.
2 - Não defendi a criação dum estádio municipal, se lerem o texto que escrevi, verão que o que fiz foi questionar a oportunidade de relvar dois campos de futebol neste altura. Será essa a prioridade de investimento do concelho? Tenho dúvidas... E admitindo que seja esta a prioridade, por mera hipótese académica, a melhor solução é arrelvar dois campos ou optar pela construção dum estádio municipal? Um estádio que possa servir estas e outras equipas do concelho. Foi o que escrevi e penso que é entendível do meu texto, dar-lhe a interpretação exactamente contrária penso que é deliberado e, a assim ser, é também mal intencionado.

Ponto Verde disse...

Caro Senhor Vereador, que eu saiba, quem tem um Estádio Municipal prometido é o senhor Presidente de Câmara , ali...ao lado do Centro de Estágios..ou estará destinado a outro fim? Post em breve sobre o tema!

Samuel Cruz disse...

Exactamente Ponto Verde. Aquando da discussão na Câmara levantei este problema e foi-me dito que independentemente do arrelvamento destes campos o projecto do estádio municipal não foi abandonado. Haja dinheiro que o esbanjamento não pára. É que por exemplo, o Paio Pires Futebol Clube, ainda há dois anos tinha extinguido a prética do futebol por falta de meios para manter a equipa sénior. Não iremos arrelvar aquele campo para estar ao abandono dentro em breve? São interrogações que deixo, numa discussão que não foi suficientemente tida, antes se optando por obras eleitoralistas que tão mau resultado têm dado neste concelho. Veja-se o exemplo da obra da alternativa à EN 10 por exemplo.