segunda-feira, março 23, 2009

UMA AUTARQUIA CDU DIFERENTE


Estamos habituados cá pela Margem Sul , a associar a gestão CDU a uma expanção urbana desregrada, a opções de massificação urbana e a um profundo e total desrespeito pelo meio ambiente e pelo património natural e construído.

Estamos também habituados a associar a gestão CDU a uma perda da área florestal e a um igual aumento de área construída , a uma subserviência ao mundo do futebol e a um gasto diário em formas de propaganda que nada acrescentam de qualidade ao dia a dia das populações.


Depois há a desculpa de que , se não se faz outro tipo de obras ou de investimento, tal é culpa do poder central que boicota as iniciativas do PCP , as autarquias CDU. Remetendo-nos depois , para o domínio das promessas e nas sempre necessárias contrapartidas ao reino do betão, a mais uma alteração de uso do solo, a mais uma urbanização, a mais uma licença para a construção de um condomínio fechado...

Mas não tem de ser assim , veja-se por exemplo o projecto da Central Solar da Granja-Amareleja , ou o Fluviário de Mora ... ambos contrastam com a ausência de projectos sustentáveis na Margem Sul, onde está ausente qualquer investimento em energias renováveis e onde as promessas da criação de um Museu Cargaleiro no Seixal continuam a ser isso mesmo...promessas...

Enquanto isso, uma câmara CDU, não assente na exploração betonizadora e especuladora dos solos, continua a mostrar que (apesar de algumas criticas locais) continua a mostrar que é possível, na CDU , uma politica diferente da dos seus autarcas de Almada...Seixal...Moita...Alcochete... esse exemplo vem-nos mais uma vez de Mora, cujo Fluviário acaba de completar tês anos , com um total de 340 mil visitantes e com o objectivo de criação de um novo espaço, com investimento também numa área laboratorial ... É OBRA! Parabéns !

Isto contrasta com as opções CDU para o Seixal, onde se vai gastar quase a mesma quantia que em Mora se vai investir na ampliação do Fluviário ... alcatifando dois (DOIS!!!) campos de futebol ...

6 comentários:

Anónimo disse...

É importante este tipo de post também... Parabéns :)


Deixo-vos uma história das coisas:

http://video.google.com/videoplay?docid=-3412294239230716755

ex-militante disse...

É o betão CDU da Margem Sul que alimenta o PCP e não os peixinhos de Mora. Aqui no Seixal são mais tubarões e peixes de águas profundas.

Anónimo disse...

Eu queria era esses tubarões e peixes de águas profundas a comer robalinho e douradinha criada na bela piscicultura ao lado da ETAR, carregados de compostos vindos nos efluentes daquelas águas residuais e dos metais pesados do Sapal de Corroios, vigorosamente e ecologicamente protegidos dos corvos marinhos com palmas e gritos e nada de tiros...

Daniel Geraldes disse...

Não acredito que tal seja possivel!!! Só indo mesmo ao local para acreditar.

Anónimo disse...

autarquias

Oficinas de manutenção da Câmara Municipal do Seixal
Em causa o bom funcionamento dos equipamentos e a segurança dos que os utilizam

O Vereador Samuel Cruz, candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal do Seixal, em comunicado de Imprensa, sublinha que – “há já algumas semanas que acabou o óleo - nas oficinas onde os veículos pertencentes à autarquia fazem as suas manutenções - encontrando-se estas em funcionamento reduzido porque, sem óleo para os motores, a tarefa afigura-se impossível. Nem óleo, nem valvolina essencial para a viscosidade das caixas de velocidades.”

Divulgamos o texto integral do comunicado enviado para a nossa redacção:


Serve o presente, para dar a conhecer algo irreal que se passa nas oficinas de manutenção da Câmara Municipal do Seixal.
Há já algumas semanas que acabou o óleo - nas oficinas onde os veículos pertencentes à autarquia fazem as suas manutenções - encontrando-se estas em funcionamento reduzido porque, sem óleo para os motores, a tarefa afigura-se impossível. Nem óleo, nem valvolina essencial para a viscosidade das caixas de velocidades.
Mais, existindo já, neste momento, veículos a circular em condições que põem em causa a sua manutenção e até a segurança dos trabalhadores que os utilizam.
Este caso, revelador da anarquia que grassa na CM Seixal, põe em causa o bom funcionamento dos equipamentos, a segurança dos que os utilizam e cria desperdício quer pela inactividade a que são forçados os funcionários do sector das oficinas, quer pelo desgaste imposto aos veículos que assim é superior. O facto que relato não pode ter outra razão de ser que não seja, a falta de programação causada pela má gestão, que apenas pode ser imputada ao executivo CDU que lidera a autarquia há mais de 34 anos.
Acresce que, esta não é a primeira vez que tal situação ocorre.

Seixal, 23 de Março, 2009

Vereador Samuel Cruz
Candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal do Seixal

Anónimo disse...

Entretanto, o Eixo Situacionista Do Sul prepara a sua Frente Blogosférica do Arco Ribeirinho Sul .

Mudam-se os tempos, mantêm-se os métodos...


http://revolucionaria.wordpress.com/1%c2%ba-encontro-blogosferico/