segunda-feira, novembro 30, 2009

COPENHAGA 2009 - ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS E A SAÚDE DOS PORTUGUESES



«Mais mortes associadas ao calor intenso, problemas do foro cardio-respiratório relacionados com a poluição e doenças transmissíveis através da água ou dos alimentos são consequências das alterações climáticas na população portuguesa.

De acordo com o chefe da Divisão de Saúde Ambiental da Direcção-Geral da Saúde (DGS), Paulo Diegues, o aumento da procura dos serviços de urgência devido a estes problemas de saúde demonstra bem a magnitude do fenómeno.

Um problema que, segundo este especialista, afecta o mundo – confrontado com as alterações climáticas –, mas particularmente a Europa.

“Estima-se que mais de 370 mil pessoas na Europa sejam afectadas por problemas de poluição atmosférica, atribuídos em grande parte às alterações climáticas”, explicou à Lusa.

As ondas de calor de 2003, 2005 e 2006, a seca em 2004 e 2005 e as inundações em Outubro e Novembro de 2006 são exemplos de fenómenos climáticos extremos – intensificados pelas alterações climáticas globais – em Portugal, com graves riscos para a saúde pública.

De acordo com informação da Direcção-Geral da Saúde (DGS), “estas alterações de frequência e intensidade dos fenómenos climáticos extremos constituem graves riscos para a saúde humana”.

A mais famosa onda de calor em Portugal registou-se em 2003, tendo ficado associada a um excesso de mortalidade de mais 1953 óbitos, dos quais 89 por cento com idades iguais ou superiores a 75 anos, segundo dados do Ministério da Saúde.

No seguimento deste fenómeno, as autoridades de saúde implementaram, desde 2004, um plano de contingência para ondas de calor com o objectivo de “minimizar os efeitos negativos do calor na saúde”.

Em 2006 registou-se o quinto Verão mais quente de Portugal desde 1931, com cinco ondas de calor meteorológicas.

Em relação à chuva, as projecções apontam para “uma redução da precipitação durante a Primavera, Verão e Outono, mais evidente na região Sul do país, e para uma maior frequência de episódios de precipitação intensa”.

Os efeitos das alterações climáticas levaram as autoridades de saúde portuguesas a elaborar planos de contingência e a monitorizar, além das ondas de calor, os níveis de ozono.

Estes fenómenos contribuíram igualmente para a reactivação do sistema de vigilância de vectores em Portugal. Neste âmbito, disse Paulo Diegues, estão a ser feitas recolhas de mosquitos que, periodicamente, são investigados para saber se e qual a infecção de que são portadores» Agª LUSA

________________________________________________

«
O Presidente dos Estados Unidos vai estar na conferência climática da ONU em Copenhaga, onde será discutido um substituto ao Protocolo de Quioto»

domingo, novembro 29, 2009

NOVOS RICOS A ARDER


Esperamos que a "moda" não se generalize e que ultrapasse fronteiras. Mas quando há sítios onde há uma manifesta segregação social com a criação de guetos para ricos , há que considerar estas novas formas de contestação social contra o capitalismo urbano que por cá vemos implantado por autarquias ditas Comunistas.

É que se há antagonismos urbanos que crescem a olhos vistos na margem-sul, eles são por um lado os bairros da lata e por outro os condomínios fechados.

Cito :


«Em Berlim, todas as noites ardem automóveis. Este ano, já foram 267, escreve o "Frankfurter Rundschau", citado pelo site Presseurop.eu .

Enquanto a imprensa sensacionalista brada contra os "horríveis anarquistas do fogo", que "aterrorizam" os donos de Mercedes, de BMW ou de Porsche, que são incendiados nos bairros que estão a ser recuperados, como Friedrichshain, Kreuzberg, Berlin-Mitte e Pankow, a polícia continua sem encontrar uma estratégia contra os incendiários.

Segundo as informações gerais disponíveis, estes seriam oriundos dos meios da esquerda apartidária e, explica o jornal, atacariam os sinais exteriores de riqueza dos novos moradores, responsáveis pela expulsão de artistas e estudantes, que dantes viviam nestes bairros populares, agora na moda.»

___________________________________________________

«Apesar de Barack Obama já ter anunciado o compromisso de reduzir a emissão de gases poluentes, o presidente Lula voltou a criticar o governo americano e países europeus por causa da poluição »

sábado, novembro 28, 2009

PRESSÃO URBANA A SUL


O crescimento urbano e a suburbanização começam a ser notórios nos movimentos pendulares dos residentes no Montijo e Alcochete sobretudo no regresso a casa após um dia de trabalho .

Os autarcas desses municípios por sua vez exigem uma nova ligação rodoviária da ponte Vasco da Gama aos respectivos concelhos, de modo a resolver os congestionamentos de tráfego que se registam, em especial na entrada no Montijo.

Segunda, 23/11/2009 - 09:28

A presidente da Câmara do Montijo, Maria Amélia Antunes, afirmou à agência Lusa que a autarquia já efectuou diligências no sentido de avançar para uma nova ligação junto das Estradas de Portugal e da Lusoponte.

“Existe uma grande pressão na entrada da cidade, de quem vem de Lisboa, e faria todo o sentido uma nova ligação rodoviária a partir da praça da portagem. Depois do processo eleitoral, estamos agora em condições de voltar a insistir com quem tem poder de decisão”, frisou.

A autarca explicou que a situação na entrada do Montijo tem estado a evoluir e que os dados sobre a pressão rodoviária estão a aumentar, sendo expectável que ainda venham a aumentar mais.

“É uma necessidade fruto do fluxo de tráfego que é expectável que aumente. São situações que estão a ser equacionadas e que têm de ser resolvidas”, explicou.

Apesar dos problemas de tráfego não serem os mesmos, em Alcochete o autarca Luís Franco explicou à Lusa que é importante que esta nova ligação sirva os dois concelhos.

“Já houve contactos entre os técnicos das suas autarquias. A questão assume maior emergência no Montijo que, nos momentos de maior tráfego, vê as entradas e saídas ficarem congestionadas”, explicou.

Luís Franco defendeu que apesar desta situação não acontecer ainda em Alcochete, é importante que se resolva desde já, independentemente do Novo Aeroporto.

“Os constrangimentos ainda não se colocam em Alcochete, mas tem que se avançar desde já para este objectivo comum das duas autarquias. É uma situação imperiosa, para que no futuro não aconteça em Alcochete o que já acontece no Montijo”, referiu.

Os dois autarcas afirmaram também que esta nova ligação, apesar da sua importância, não vai resolver todos os problemas rodoviários, lembrando a importância na variante da Atalaia, da extensão da A33 (liga Coina e Montijo/Alcochete numa extensão de 22 quilómetris) e dos trabalhos na EN4 (Montijo/Caia).

A Estradas de Portugal respondeu à Lusa através de um comunicado que “não está em análise a ligação em causa”, apesar de se mostrar disponível para a “estudar em colaboração com as entidades competentes”.

___________________________________________________

O ALERTA DE UM MODELO DE BETÃO FALHADO :

«Um artigo publicado na revista «The Economist» considera a Espanha o país europeu que «mais severamente» sofreu com a crise económica, sendo agora o «irmão pobre da Europa». O texto intitulado «Insustentável» sublinha que o sinal mais claro desta crise passa pelos números do desemprego.

O artigo publicado na última edição da «The Economist» explica que estes dados reflectem uma «ressaca estrutural num país que se embriagou de tijolos e argamassa antes de explodir a bolha imobiliária em 2007".»


sexta-feira, novembro 27, 2009

ALMADA NA TV - BAIRRO DA LATA NA TRAFARIA



Na Trafaria nasceu e propaga-se uma Favela clandestina sem que a Câmara de Almada tome as devidas decisões e ilações e muito menos aplique a lei.


Agora, quem paga a luz ?

_____________________________________________

PREOCUPANTE!

«Cada português gasta diariamente 109 litros de água. A esta quantidade há que juntar mais 121 litros correspondentes às perdas e aos consumos autárquicos. Um estudo da Aquapor ontem divulgado»

quinta-feira, novembro 26, 2009

100 MIL CASAS DESOCUPADAS EM PORTUGAL

O jornal « i » publicou há dias um artigo que refere aquilo que aqui denunciamos há anos ... desde os PDM's para 40 milhões de habitantes : - Passo a citar o artigo de Ana Rita Guerra.

«Portugal tem mais de 100 mil casas vazias que ninguém consegue vender. São casas--fantasma que nos últimos anos se multiplicaram nas periferias das grandes cidades, em especial Lisboa e Porto, à espera de uma classe média baixa a quem os bancos fecharam a porta. Muitas ainda estão por estrear quando as tabuletas a dizer "vende-se" começam a enferrujar.

"A maior parte nunca foi ocupada, e se se mantiverem desocupadas estas casas vão-se estragando de dia para dia", sublinha Luís Lima, presidente da Associação de Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), em entrevista ao i. "Não foram pensadas para o arrendamento, e os promotores não as põem nesse mercado porque não funciona", adianta o responsável, que tem vindo a alertar para a necessidade de alterar a legislação aplicável.

Apesar de haver um aumento substancial na procura por arrendamento, cerca de 50% nos primeiros nove meses do ano, a concretização efectiva teve um aumento de apenas 2%. Porquê? "O valor das rendas é incomportável", explica Luís Lima, justificando esta aparente contradição com o enorme risco tomado pelo proprietário. Não só tem uma carga fiscal muito elevada como é obrigado a investir na manutenção do imóvel - sem ter garantias de que o inquilino é despejado rapidamente quando deixa de pagar. Luís Lima frisa que muitos proprietários transferem esse risco para o valor da renda, que acaba por ser demasiado elevado e gera o incumprimento.

Esta situação, aliada à retracção dos bancos na concessão de crédito, originou o cenário peculiar das casas-fantasma. Luís Lima acredita que no final do ano o número de imóveis vendidos vai baixar cerca de 10%, passando de 170 mil em 2008 para algo como 150 mil casas transaccionadas este ano. No entanto, o volume de negócios gerado pelo sector vai crescer. Como se explica este fenómeno? "O mercado médio alto vende-se bem. E mais: a banca está completamente disponível para financiar", detalha o presidente da APEMIP.

Uma das soluções para este problema, além da mudança de lei no arrendamento, pode estar na intervenção do governo. "O parque está construído e o Estado devia pensar se vale a pena continuar a construir habitação social", afirma Luís Lima, para quem muitas destas casas poderiam servir para o alojamento das famílias carenciadas.

Por outro lado, o responsável das empresas de mediação defende que os construtores terão de se virar para outros nichos de mercado, tais como o da habitação para seniores - que têm necessidades específicas devido à idade - e para jovens, que precisam de casas pequenas e baratas enquanto fazem a transição da casa dos pais para a vida adulta. "Todo o promotor que construir sem saber o que as pessoas querem comprar cometerá um erro", avisa o presidente, salientando que "o mercado nunca mais será dominado pela oferta e sim pela procura". Além disso, reflecte, "não se pode pedir por um imóvel usado um valor mais elevado que uma casa nova no mesmo sítio. Tem de custar 30% ou 40% menos". A expectativa de valorização eterna das casas tem os dias contados.

Tags: crise, imobiliário, casas, »
______________________________________________

Ultima Hora!

« A China comprometeu-se a reduzir entre os 40 e os 45 por cento a intensidade das emissões de carbono até 2020, definindo este propósito mesmo como um “objectivo vinculatório” »

quarta-feira, novembro 25, 2009

ALMADA , METRO INSEGURO


Esta notícia é do Correio da Manhã de 14 de Novembro, mas tem sido uma situação recorrente embora sem notícias posteriores. Há um clima de medo e de certa violência que tem demovido algumas pessoas de usarem aquele meio de transporte e a temer pelos seus.

"Um fiscal com “um braço partido em dois sítios”, outro com “a cara toda amassada” e uma guarda-freio com “hematomas nas costas devido aos pontapés”. Este foi o resultado de um ataque ao Metro Sul do Tejo, na quarta-feira à noite, cometido por um grupo de 15 jovens oriundo do Monte da Caparica, Almada. Isto porque os fiscais exigiram que pagassem um bilhete de 85 cêntimos.

Segundo o CM apurou junto de funcionários da empresa, pelas 20h00 de quarta-feira, '15 jovens entraram numa composição do MST na estação do Pragal sem pagar bilhete'. Uma equipa de fiscalização que seguia a bordo confrontou o grupo e exigiu que saísse na paragem seguinte.

No entanto, 'antes da composição chegar à plataforma da Ramalha, elementos do gang accionaram os manípulos de emergência para que o metro não pudesse seguir viagem e puxaram os fiscais para a rua, onde os agrediram brutalmente'. Na altura, o metro seguia 'quase cheio' e terá sido a presença dos passageiros que evitou o pior. 'Sentiram que havia muitas testemunhas e fugiram.' Para trás deixaram três pessoas estendidas no chão."


terça-feira, novembro 24, 2009

OS TUBARÕES NO PÂNTANO EM QUE VIVEMOS


"O mundo está cheio de escroques. Portugal está cheio de escroques com poder" - Pedro Santos Guerreiro , Jornal de Negócios.

A frase acima foi escrita a propósito de mais um potencial caso de corrupção e tráfico de influêcia no país da inveja, do compadrio, do tráfico de influências... e do mais gritante e desigual acesso às oportunidades, não as "Novas" , mas as de sempre.

Em Portugal, não basta ter mérito, não basta trabalhar, não basta pagar impostos e cumprir a sua passagem pelo mundo ,perante a vida , perante a natureza, e perante os outros.

O ponto fulcral está em ter , ou não ter, (poder ou ) acesso ao poder, em ter ou não acesso a informação que emana do(s) poderes) e que o(s) poder(es) transforma(m) a seu bel prazer, e contempla(m) que bem entende(m).


E Portugal está a saque , a margem sul está a saque porque a lei é permeável , e moldável no espaço e no tempo , tudo depende desse tal poder que volta e meia emerge das águas mais limpidas dispostos a comprar tudo , porque julgam que tudo e todos têm um preço, que o silêncio tem um preço !

Claro que a pergunta que vou fazer não tem nada a ver com ilegalidades, com uso de informação privilegiada, com alteração de leis em benefício próprio e da entourage , não tem a ver com o dar com uma mão para receber com a outra...por baixo da mesa, em insuspeitos cafés, em direcção a bolsos próprios com entreposto, ou não por cofres partidários...

Quem serão afinal esses Tubarões que por aí andam , que informação, que garantias terão acesso , que poderes controlarão?

Apitos dourados, furacões, faces ocultas são meras distrações.

segunda-feira, novembro 23, 2009

ALMADA NA TV - ÁRVORES NA VIA



Não nos admira, não nos surpreende , achamos normal dentro da anormalidade que é o espaço público gerido pela Câmara de Almada.

É díficil , muito difícil surpreenderem-nos depois das opções urbanisticas assumidas na requalificação do eixo central de Almada com a instalação do Metro Sul do Tejo .

Mas o país ainda se surpreende , e este vídeo é um destes exemplos de que fora da margem Sul ainda não se ensandeceu .

Nós por cá ... estamos entregues a esta gente !

sábado, novembro 21, 2009

SEIXAL - ÁGUA "ARDENTE" ... EXPLOSIVA MESMO !!!


O a-sul pelos seus leitores e uma notícia do PÚBLICO:

Segundo Jornal PÚBLICO - Ecosfera (link) de ontem, sexta feira alerta para água contaminada que a Câmara Municipal do Seixal está a distribuir na rede aos moradores do concelho do Seixal.

Os constituintes poluentes encontrados na captação das aguas municipais são cancerigenos.

A Câmara do Seixal questionada escondeu as análises.
A Chefe da Divisão de águas da câmara que por acaso é sobrinha do ex vereador da CDU Adelino Tavares veio a público dizer que a água está boa.

Se a água está boa porque esconde a Câmara do Seixal as análises. Isto é um problema de saúde pública e a atitude dos autarcas da CDU é criminosa.
Passo a citar:


« TNT encontrado em furos de abastecimento no Seixal Alguns furos de captação de água para consumo público no Seixal contêm TNT (trinitrotolueno), um composto orgânico possivelmente cancerígeno, deixado por décadas de actividade de uma antiga fábrica de explosivos. A situação - de que se suspeitava há diversos anos - foi agora revelada por uma investigadora portuguesa, numa tese de doutoramento defendida na Suíça. A autarquia do Seixal assegura, contudo, que não há problemas com a água distribuída à população.

A contaminação resulta de despejos de águas residuais, contendo TNT e DNT (dinitrotolueno), efectuados pela SPEL - Sociedade Portuguesa de Explosivos, que funcionou em Santa Marta de Corroios, entre 1949 e 2000. Análises efectuadas em 1999 revelaram que alguns furos privados na região apresentavam níveis elevados de diversos poluentes.

Na altura, acusou-se a presença de TNT e DNT, cuja concentração não foi, porém, quantificada.
Divulgado pelo PÚBLICO em 2001, o caso praticamente caiu no esquecimento. Só agora é que há um retrato mais pormenorizado da situação, graças a uma tese, da geóloga Helena Amaral, desenvolvida no Instituto Federal de Ciências Aquáticas e Tecnologia da Suíça, com o apoio de investigadores do Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG).

Helena Amaral debruçou-se sobre o caso da SPEL, entre outros, testando uma metodologia para avaliar a transformação de poluentes orgânicos na água. Para tal, analisou a água de 29 furos e de duas lagoas numa área de 25 quilómetros quadrados ao redor da antiga fábrica de explosivos.

Os resultados, publicados em Setembro passado na revista científica Chemosphere, revelaram forte contaminação em vários furos. Os mais poluídos - com 25.000 a 33.000 microgramas de TNT por litro de água - são particulares.

Há, no entanto, pelo menos três furos municipais de abastecimento público com valores de 95 a 280 microgramas por litro. A Câmara Municipal do Seixal não considera esses valores preocupantes.


O TNT e o DNT são produtos tóxicos, que entram no corpo humano por inalação ou ingestão. Estão classificados como "possíveis cancerígenos", graças a estudos feitos com animais. Mas, na legislação nacional e europeia, não há limites para a sua concentração na água.


Nos EUA, também não há uma norma federal. Mas pelo menos um estado, Nova Jersey, fixou em um micrograma por litro o limite aceitável. O estudo sobre a contaminação da SPEL foi enviado à Câmara Municipal do Seixal na semana passada. Mas a autarquia já tinha realizado, em Agosto, análises à presença daqueles compostos na zona de abastecimento de Santa Marta. "Os resultados obtidos não demonstram qualquer situação anómala", afirma a câmara, numa resposta escrita ao PÚBLICO, acrescentando que a água distribuída "merece total credibilidade".

A chefe da Divisão da Água, Ana Tavares, disse que os valores obtidos "não foram preocupantes". Mas a autarquia recusou o acesso aos resultados. Na sequência de questões do PÚBLICO, a Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos afirma ter iniciado contactos com a câmara. O seu presidente, Jaime Baptista, diz que as entidades gestoras na região "têm revelado uma excelente qualidade da água nos últimos anos face à legislação existente". »


20.11.2009 Ricardo Garcia

NOTA - Com um agradecimento aos nossos anónimos leitores .

sexta-feira, novembro 20, 2009

OMITINDO A VERDADE VOS ENGANARAM (10)

« ... é obrigação da Câmara informar os munícipes, com verdade, o que está planeado no que respeita a desenvolvimento.O que vejo nos painéis é isso mesmo, e não mais do que isso. (Leal Neto in a-sul 11/12/2009 ) »




Terminamos hoje esta análise dos cartazes postos em período pré eleitoral pela Câmara municipal do Seixal , e que do ponto de vista de consciência nos parece válida e legítima.

Não é a primeira vez que o fazemos (ver imagens acima) e que demonstramos a distância gigantesca que vai da promessa à realidade. mesmo que não fosse por este exercício, que até podem considerar meramente académico, já poderíamos concluír da validade do mesmo.

Um comentador , assinalava sobre a mesma na passada semana, uma opinião contrária que passo a citar:


« Aos costumeiros hipócritas, reflectindo, o que é que há de novo?

Nada. Trata-se apenas da continua intenção de denegrir quem trabalha.

Os painéis? Onde está o problema? A Câmara a assumir?

Claro que assume o que é da sua responsabilidade e não tem problema em expor o que é da responsabilidade de outros. Os painéis tem lá toda a informação para quem a quiser ler.

De resto é obrigação da Câmara informar os munícipes, com verdade, o que está planeado no que respeita a desenvolvimento.

O que vejo nos painéis é isso mesmo, e não mais do que isso.

O resto é especulação ao gosto da "clientela" imbecil que por aqui, neste blog, costuma andar - por Leal Neto
- a-sul 11/12/2009 08:26:00 PM»


Deixo pois , à apreciação dos leitores da blogoesfera livre e aberta , tendo em conta , não só os posts publicados , mas também dos inúmeros comentários recebidos, da validade de uns ou de outros pedindo-vos , claro está, alguma tolerância para o tom e para o conteúdo que o Sr.Neto não consegue evitar .

Também acho que o comentador Leal Leto não se importará que generalizemos o seu critério para os cartazes de 2009 , aos postos pela mesma autarquia em 2004.

quinta-feira, novembro 19, 2009

OMITINDO A VERDADE VOS ENGANARAM (9)


É quase que delirante fazer o percurso do Seixal da Propaganda Virtual , uma propaganda que esconde mais do que informa, que baralha mais , do que esclarece que faz parecer suas, obras que são do Estado ... que afinal somos nós.

Tanta informação sobre obras a serem executadas pelas Estradas de Portugal num município CDU, segundo projecto de uma Câmara CDU e depois ver na imprensa criticas e mais criticas da CDU às Estradas de Portugal ... é curioso !

Continuo com as minhas dúvidas existenciais. Quanto terá custado esta campanha ?


Uma campanha que nos cartazes acima promete "Desenvolvimento económico - e - criação de emprego " e investimento público... "Urbindústria" num cartaz, como todos os outros assinado por Câmara Municipal do Seixal.. lá se omitem todos os imbróglios juridicos que envolvem esse mesmo PIS , a começar por uns terrenos que foram expropriados para outra coisa...

quarta-feira, novembro 18, 2009

OMITINDO A VERDADE VOS ENGANARAM (8)


Como vemos o IC 32 (CRIPS) , foi bem espremido quanto à propaganda pré eleitoral da Câmara do Seixal.

Uma só obra pública , mas muitos cartazes municipais ...

Mas aqui em Coina, as mesmas omissões das Laranjeiras (que é como quem diz , Pinhal dos Frades - Flôr da Mata ) nada de definir qual o caderno de encargos desses 13 Km no Município do Seixal de uma via que vai servir também os municípios de Almada, Barreiro e Moita .

E a questão que surge à cabeça é se vão ser portajados ou não ... mas que grande omissão senhores autarcas !!!

terça-feira, novembro 17, 2009

OMITINDO A VERDADE VOS ENGANARAM (7)



Mais um cartaz pré eleitoral da Câmara Municipal do Seixal , mais uma obra a ser executada pelas ... Estradas de Portugal...
Mais uma ROTUNDA onde existe ... uma "MEIA ROTUNDA" ...

Acham mesmo que somos imbecis !


MAS NÃO VOTARAM NISSO, POIS NÃO ?

POIS ! FORAM ENGANADOS !

segunda-feira, novembro 16, 2009

COM OMISSÃO DA VERDADE VOS ENGANARM (6)



Mais um cartaz, mais uma omissão grosseira, mais uma obra do Governo Sócrates apresentada em fase pré-eleitoral como da órbita municipal...

Mas o mais curioso é que omite de tal forma ostensiva um projecto de grande impacto para aquele local ,e esse sim, resultado de licenciamento camarário, que minha qualidade de cidadão , considero tal omissão, de má-fé .


Então senhores autarcas, têm todo o orgulho em anunciar a construção de mais uma rotunda, mas omitem a construção de mais um mega-shopping exactamente naquele local , e que será o mais directo beneficiário daquela "renovação viária" ?

Pois, passo a informar que naquela nóvel rotunda se instalará o Seixal Retail Park. E o que é afinal essa coisa de nome estrangeiro para o Seixal ? Bom, passo a citar :


« De acordo com o resumo não técnico do Estudo de Impacte Ambiental, o Seixal Retail Park terá um supermercado, restaurantes e uma área de lojas de pequena dimensão. Estão previstos 1.193 lugares de estacionamento. A construção deverá arrancar em Fevereiro de 2009, estando prevista a abertura para a Primavera de 2010 »

Vejam lá o que se esqueceram de pôr naquele cartaz ... que a conclusão daquela obra (1º semestre de 2010) - no mesmo espaço e no mesmo tempo - coincide com a abertura, naquele local , do Retail Shopping ( Primavera de 2010 ) !

Há para aqui sintomas graves de Alzeimer informativo.

domingo, novembro 15, 2009

SEIXAL - MAIS UM FIM DE SEMANA VIOLENTO NA JAMAICA



Este foi mais um fim de semana de tiroteio e violência no chamado e já conhecido nacionalmente ... Bairro da Jamaica no Fogueteiro.

A policia acorreu na sua máxima força impedindo o pior e esteve presente durante toda a madrugada e dia de sábado para controlar a situação e impedir o recrudescer dos desacatos e identificação dos autores dos disparos.

Os moradores da envolvente mostram-se desesperados perante a violência constante , a falta de segurança, os roubos e a destruição dos seus bens e viaturas.
_________________________________________________

A noticia dada pela TSF

« Três pessoas foram, este sábado de manhã, detidas no Bairro da Jamaica, no Seixal, por terem disparado com armas de fogo contra agentes da polícia, informou a PSP. Os polícias responderam a uma chamada devido a uma desordem e acabaram por ter de responder a vários disparos.

Em comunicado, a PSP informa que uma equipa de intervenção rápida da divisão do Seixal foi chamada ao Bairro da Jamaica, devido a uma «desordem entre moradores com recurso a arma de fogo, na sequência de uma festa de aniversário».

No local, os agentes depararam com duas supostas vítimas com ferimentos de bala nas pernas e nos ombros, que se encontram «fora de perigo de vida».

Enquanto a PSP prestava auxílio às vítimas, «começaram a ser efectudos disparos, a partir de prédios adjacentes», por parte de um grupo de «cerca de 20 a 30» pessoas, lê-se no comunicado.

Segundo o documento, a equipa respondeu com disparos de “shot-gun” - as chamadas munições de ordem pública – com o objectivo de «repor a normalidade».

A PSP informa ainda que foram solicitados meios de reforço para o local.

Este incidente terminou com três indivíduos detidos, acusados de terem instigado e participado no «motim», e com a identificação de duas pessoas.

A PSP garantiu, entretanto, que a ordem no local já foi reposta.

sábado, novembro 14, 2009

ELAS SÃO TANTAS , É MELHOR APRENDER : CIRCULAR EM ROTUNDAS



Porque elas cada vez são mais. Porque destas últimas autárquicas nasceram algumas novas dezenas, também por estas bandas. Porque pelo que presencia diáriamente , poucos sabem circular nelas , deixo aqui a minha achega auto-defensiva :


Tendo em conta as disposições aplicáveis do Código da Estrada, na redacção que lhe foi conferida pelo Decreto-Lei nº 44/2005, de 23 de Fevereiro, constantes dos artºs 13º, nº 1; 14º, nºs 1 a 3; 15º, nº 1; 16º, nº 1; 21º; 25º; 31º, nº 1, c) e 43º e as definições referidas no artº 1º do mesmo Código, na circulação em rotundas os condutores devem adoptar o seguinte comportamento:

1. O condutor que pretende tomar a primeira saída da rotunda deve:

  • Ocupar, dentro da rotunda, a via da direita, sinalizando antecipadamente quando pretende sair

2. Se pretende tomar qualquer das outras saídas deve:

  • Ocupar, dentro da rotunda, a via de trânsito mais adequada em função da saída que vai utilizar (2ª saída = 2ª via; 3ª saída = 3ª via);
  • Aproximar-se progressivamente da via da direita;
  • Fazer sinal para a direita depois de passar a saída imediatamente anterior à que pretende utilizar;
  • Mudar para a via de trânsito da direita antes da saída, sinalizando antecipadamente quando for sair.


E mais o Vídeo abaixo :

sexta-feira, novembro 13, 2009

OMITINDO A VERDADE VOS ENGANARAM 5


Aqui, promete-se um infantário... num local onde nunca se deveria ter construído, mas onde vemos construção em toda a envolvente .

E não se deveria construír porquê ?


Porque se trata de um vale ( Foros de Amora ) , porque se trata de uma linha de água , e portanto de uma zona potencialmente alagável.

Os edificios a montante ainda estão construídos sobre pilares , sem rés-do-chão, mas o projecto do Infantário é térreo.

Depois das escolas sob cabos de alta tensão, temos um infantário numa zona potencialmente inundável, não se pode dizer que não há variadade de critérios.

quinta-feira, novembro 12, 2009

OMITINDO A VERDADE VOS ENGANARAM 4

Mais um cartaz, mais um caso , mais uma obra do Estado que a Câmara do Seixal faz de conta que é sua porque em vésperas de eleições nada melhor de confundir para reinar...

E depois as omissões. Então e vão pôr um Bairro Social, daqueles que "promovem a integração" e destinado aos habitantes da actual Jamaica num pinhal, longe de tudo e no meio de um nó de auto-estrada ?

Então e não mencionam que essa tal milagrosa CRIPS , será uma potencial via portajada ?


Então e não mencionam que esse IC-32, com este traçado, vai atravessar e destruír de uma assentada uma Zona Rede Natura 2000, uma Zona de Mata e Maciço Arbóreo protegida no PDM e destruír a várzea do Rio Judeu , uma das mais bonitas paisagens da região e incluída em sede de Reserva Agrícola e Reserva Ecológica do Seixal ?


Então e não mencionam os contemplados com as expropriações, com as alterações de uso do solo, com as licenças de constrrução, com mais um corte de sobreiros?

Esse seria um interessante exercício a ser feito pela Policia Judiciária, o desvendar da face oculta daquele cartaz, as mudanças de donos na Flor da Mata,os valores declarados, os desvios de traçado da tal via ...datas , nomes, testas de ferro...Paraísos Fiscais em Gibraltar ... etc...etc...etc... bem como a localização do Hospital...


- FOI NISTO QUE VOTARAM ?

- AH POIS ! ENGANARAM-VOS FOI O QUE FOI !

quarta-feira, novembro 11, 2009

OMITINDO A VERDADE VOS ENGANARAM 3


Mais um exempo da manipulação de informação , com meios da câmara municipal, mas em proveito de um projecto puramente partidário e pessoal de quem lá pretende continuar.

O Viaduto inacabado que há quatro anos foi o centro da "revolução nas acessibilidades" que se mostrou um logro , lá se mantém, a propaganda passou daquele local para cerca a de dois quilómetros dali , certamente para que o contraste da mentira com a realidade não fosse tão ostensivo.

Ora sobre este este troço que estava apontado para entrar em funcionamento em 2005 no tal « Investimos nas acessibilidades» , continuamos sem explicação in situ sobre a razão pela qual se encontra parado há quatro anos ... mas temos agora a informação do cartaz ... que entrará em funcionamento em ... 2013 ... SIM LERAM BEM DOIS MIL E TREZE ! Possivelmente nas vésperas das próximas autárquicas, daqui a quatro anos e oito anos depois do prometido !

FOI NISTO QUE VOTARAM ?

É QUE SE NÃO FOI ... ENTÃO FORAM BEM ENGANADOS !

terça-feira, novembro 10, 2009

OMITINDO A VERDADE VOS ENGANARAM (2)


Já é grave que as forças politicas em gestão façam às custas do erário público propaganda das obras feitas á custa do orçamento camarário.

Mais grave será ainda que se faça propaganda , utilizando os meios da autarquia, não para "informar" do que foi feito, mas para prometer o que ainda não foi , mas se promete vir a ser.

Junto ao cruzamento do Fogueteiro deparamo-nos com este cartaz com promessas de uma nova rotunda e calendarizações para a execução da mesma. Mas tal como ontem omite-se a torre e outras construções que se pretendem construír junto à mesma .

Já descobriram que o betão já não dá votos , daí nos mentirem e omitirem descaradamente.


E aquela faixa verde o que é ? Uma ciclovia ? O Metro ? Para o primeiro semestre de 2010 ?


Ah! estaremos atentos às promessas e ás datas, não nos esquecemos ainda de outros cartazes de promessas não cumpridas desde há quatro anos, como o alargamento e ciclovia na Ponte da Fraternidade ou o parque de estacionamento Subterrâneo das Paivas .


- Já agora, quanto nos custou cada um destes painéis ?
______________________________________________________

E Também a omissão quanto ao fecho da entrada da Quinta dos Lírios , fechou-se essa entrada e ficamos agora a saber que a alternativa vem em 2010 ... Entretanto por lá ...protesta-se :

«
Concerteza se recordam da novela do fecho do cruzamento da EN10, á entrada do Fogueteiro. Pois é, o cruzamento maldito que era culpado pelo congestionamento da A2 na saida para o Fogueterio. O cruzamento que por ser perigoso, só tinha uma solução, a sua eliminação. Passou practicamente um ano, e os congestionamentos na saida da A2 continuam. O aspecto da EN ao final do dia parece-me igual ou até pior. O que está diferente é a vivencia da Quinta dos Lirios. Menos segurança, menos movimento, menos clientes. O receios demonstrados na altura, hoje confirmam-se. Empresas a fechar, postos de trabalho que se perdem.
Apelámos aos governantes deste concelho, demonstrando-lhe com várias exposições, o que viria a acontecer neste bairro caso não se reabrisse o cruzamento, e expondo mesmo possiveis soluções que permitiam resolver os problemas de insegurança do cruzamento. Com o tempo, compreenderam os nossos problemas, e assumiram o erro de terem fechado o cruzamento, sem que houvesse uma alternativa já executada. Há alguns meses foi feita a promessa de execução de uma rotunda nos semaforos do Fogueteiro, onde é o Millenium BCP. Dizem-nos que foi feito um protocolo com as EP, sendo o projecto da responsabilidade da CMS e execução da EP. Neste momento, só não temos é datas para a execução deste trabalho. Prometer sem datas é fácil, e acalma o povo. Enquanto não aparece rotunda, reabrir o cruzamento poderia ser a solução, caso houvesse vontade da CMS. Mas isso dá trabalho, e custa dinheiro. A Quinta dos Lirios aguenta, é malta tranquila.
Moradores e comerciantes da Quinta dos Lirios »

segunda-feira, novembro 09, 2009

OMITINDO A VERDADE , VOS ENGANARAM !

A imagem acima de um "outdoor" localizado junto aos terrenos das antigas oficinas do Fogueteiro no Seixal, uma estrutura paga pelo erário público e com fins eleitorais , demonstra três coisas:

- A primeira é que há um despudor da parte das forças no poder nas autarquias, em período pré eleitoral, para se autopromoverem e á sua "obra" às custas das finaçcas autárquicas e do dinheiro que é de todos.

- A segunda demonstra que esta gente não tem , nem vergonha na cara , nem qualquer ponta de honestidade , quem olhar para o cartaz não se dará conta do fundamental da obra denominada Plano de Pormenor da Torre da Marinha, na medida em que são omitidas as dezenas de edíficios (incluíndo duas torres gigantescas) que serão construídos e os milhares de fogos que nascerão à entrada do Fogueteiro ... no que deveria ser, segundo a filosofia do PDM , um corredor verde.


- Em terceiro lugar , que a oposição não cumpriu a sua missão de desmontar esta farsa, desculpem os senhores ex-candidatos, mas não ví uma só denúncia a esta "palhaçada" , não vi um único cartaz no mesmo local ou mais longe em contraditírio a esta mentira .


Mais uma vez, com a "sua verdade" nos enganaram !
________________________________________________

Continuam hábeis na manipulação da realidade, mas os muros não duram para sempre .
Há 20 anos caíu um que se pensou eterno.

domingo, novembro 08, 2009

SEIXAL - UM LIVRO E O CONTRÁRIO DE PARAÍSO 2



Outro livro, este acabado de editar e só com alguns dias nas parteleiras das livrarias , mas para o qual chamo a atenção e que , tal como o de Luísa Schmidt , desconstrói o mito de paraíso sobre a Margem Sul, foi lançado no passado domingo e chama-se "As extraordinárias Aventuras da Justiça Portuguesa".

E lá está , para a posteridade e para a história , o Seixal - pagina 99 - Título "O ESGOTO" - mais um caso que se arrasta, mais um caso vergonhoso para quem o protagoniza, mais uma nódoa no Margem Certa do País das Maravilhas .


O tema abordado neste caso é o triste caso da criança que morreu afogada num esgoto no Seixal , o julgamento , o julgamento repetido por causa das cassetes destruídas , o novo julgamento que se anuncia em sede de Tribunal Administrativo , por recurso da parte da Câmara do Seixal que recusa arcar as responsabilidades que moralmente e do senso comum lhe são exigidas.

sábado, novembro 07, 2009

SEIXAL , UM LIVRO E O CONTRÁRIO DO PARAÍSO 1


Acredito até que haja quem esteja convencido que a Margem Sul resultante de três décadas de gestão CDU é o melhor e maior dos paraísos. Infelizmente , não o considero, e diáriamento vão-nos surgindo casos que atestam que assim não é .

Estamos , na realidaade, a anos-luz do desenvolvimento sustentável e harmónico e de outros indicadores de civilidade .


A propaganda , na qual são desperdiçados milhões de euros tenta criar , à imagem da Coreia do Norte um mundo ficcional á parte, mas infelizmente para todos nós, muito distante da realidade.


Este fim-de-semana trago dois livros publicados recentemente, e que registam para a posteridade que o mundo real está afinal muito longe da realidade e que afinal, o destaque para a Margem Sul, e particularmente para o Seixal , tem razão de ser, mas sim pela negativa. Citando Luísa Schmidt em Portugal Insustentável:


«
Câmaras como a do Seixal e Moita chegaram a encomendar Planos Verdes e Parques urbanos, sendo certo que há autarquias que mantêm uma actuação exemplar. Até mesmo na questão ambiental, foi-se conseguindo manter sobreviva uma área florestal, entre Almada, Seixal e Sesimbra , onde o projecto de fazer um «Parque de Monsanto» ao sul do Tejo se propunha compensar o excesso de carga urbana e rodoviária que a zona tem vindo a receber.

Mas chegaram pontes, estradas e comboios e...a «carne» é fraca . Desmentindo tudo quanto parecia ser um resto de bom senso no «lado certo» do Tejo, retoma-se o processo de «sintrização» de uma área que permanece ainda macerada pelos abarracamentos a eito que os «patos bravos» lá foram erguendo. Fogueteiro, Corroios, Amora, Paio Pires, Cova da Piedade, Quinta do Conde, (uma das maiores áreas clandestinas da Europa). E a saga não pára aí. Os casos sucedem-se (...)"

(...) Os índices de construção não têm, aliás, parado desde a construção da ponte 25 de Abril.Comparem-se os mapas de 1970 com os de 1990.A desproporção é bem visível ; o espaço urbanizado desenvolveu-se exponencialmente. Entre 70 e 90, Almada cresceu 100% e Seixal 150%. Na última década, de 1991 para 1999, ambos os concelhos mais do que duplicaram o ritmo de construção de novos fogos por ano.

Mas não é só o que já se construíu, é também aquilo que se prevê construír. Segundo os Planos Directores Municipais (PDM) aprovados, tanto Almada como o Seixal duplicarão a sua oferta urbanística relativamente a 1991. Almada vai aumentar 250% a sua área urbanizável; o Seixal 110% . Palmela e Benavente também duplicam. Montijo e Alcochete triplicam (...) Sesimbra septuplicou. Alcochete é actualmente o concelho com o mais elevado índice de crescimento da AML.»

sexta-feira, novembro 06, 2009

SEIXAL NA TV - LIMPEZA PRECISA-SE



Para quando a remoção dos cartazes e das suas estruturas ? Dos "pendões" e outros artefactos que tais ?

_________________________________________________

AMANHÃ :

Sábado, dia 07 de Novembro, pelas 09h00, Marcha Cívica da População do Pinhal do General.

Sem cariz político, religioso, ideológico, Vamos Alertar para a situação desta pequena localidade limite do Concelho e talvez por isso tão esquecida. O percurso passará por alguns dos Pontos Negros do Pinhal do General e termina no Mercado de Fernão Ferro.

Participa!

www.viverpinhaldogeneral.blogspot.com
_______________________________________________

AINDA "A FRAUDE" , "O GOLPE" ... em Fernão Ferro - COMO SE CONSTRÓI UMA IDEIA :

Do Blogue Horizontalmente :

"
Entretanto, em Fernão Ferro

Por ser imperativo a divulgação das atitudes do PSD, PS e BE na freguesia de Fernão Ferro, concelho do Seixal, que envolvem tentativas de fraude, ameaças, obstrução à democracia e vontade eleitoral, entre outras atitudes atamente prestigiantes para quem as pratica, aconselho a visita aos blogs Seixal Sim e O Flamingo

Do Blogue Aldeia de Paio Pires:

«Oposição de direita (PSD/PS e BE) tenta golpe em Fernão Ferro» (...)


quinta-feira, novembro 05, 2009

O SUPER SILVA NA BLOGOESFERA


Deixámos o desafio , a quem - com responsabilidades politicas e éticas - se diz, num jornal e na blogoesfera, descobridor de uma FRAUDE ELEITORAL ! Que no interesse de todos concretizasse essas acusações até às suas últimas consequências !!!

Quem surgiu em defesa desse senhor, ou ele próprio (?) , optou por baixar o nível da discussão, passando ao ataque pessoal e à ofensa. Isto quando nunca se pôs em causa a denúncia do Dr.Paulo Silva .

Mas de facto não estranhamos esse comportamento ... e não se estranha porquê ?


Então vejamos:

Há já algum tempo fizemos umas pesquisas na Internet sobre as intervenções de um alegado Dr.Paulo Silva na Blogoesfera e dos seus também alegados heterónimos , essa "arqueologia" levou-nos às seguintes possibilidades
:

- O primeiro registo que temos de um comentário assinado pelo comentador Paulo Silva foi num dos textos de Luís Pereira (LP) publicados no então Expresso Online (Delapidação do Ambiente no Seixal) e datado do dia 30 de Março de 2001 às 10:23 , o mesmo publica este comentário sob o mail (dr.paulosilva@mail.telepac.pt)
onde defende incondicionalmente a Câmara do Seixal.

- O comentário posterior que publica sobre o mesmo tema , data de 2 de Abril, 10.00 , e acusa o autor do texto de "ataques pessoais" , que "nunca senti que a Quinta da Princesa fosse um bairro de marginais" , que os comentários dos que o contestam são "racistas" e que "Não tenho qualquer vínculo à Câmara, e nem pretendo ter" e que o caso da Flôr da Mata onde a autarquia pretendia contra a vontadade da população e contra a letra do PDM e através de negócios off-shore construír habitação dita "social" :

«PER Flor da Mata é apenas motivado por uns quantos "doutores" ilustres que não querem gente humilde e trabalhadora perto das suas "mansões" e que por isso tratam de apelidar essas pessoas como "marginais...Todavia o objectivo é servir a população do Seixal , principalmente os humildes, e não uns quantos "doutores"...»
... assina dr.paulosilva@mail.telepac.pt ...

- O mesmo Paulo Silva volta ao tema em defesa da construção dos dois guetos , na Flor da Mata e na Quinta da Cucena ( parece que estavam certos os que então contestavam estes Bairros, numa formula já então posta em causa pela população mas defendida pelo ilustre "dr" Paulo Silva) .

- Volta o Dr.Paulo Silva@ mail a comentar a 7 de Abril 11.49 em contraponto a um comentário do hoje deputado Luís Rodrigues e depois às 12.14 em defesa do PER nas zonas contestadas e não destinadas pelo PDM do Seixal para habitação - uma era zona industrial (Cucena) , outra Mata e maciço arbóreo (Flor da Mata) . Negando que a Construção social seja "um negócio de milhões" ...

Não houve mais entradas posteriores de Paulo Silva , enquanto tal neste forum.

- Posteriormente volta sim para comentar o outro texto de LP publicado no Expresso online « Caos ambiental na Margem Sul» a 31 de a Maio de 2001 , 22.18 e que utiliza o vocabulário já nosso conhecido, acusa o autor de ser
"pseudo ambientalista" de querer "unicamente atacar a Câmara" , de ter « bons conhecimentos no Expresso que lhe permitem em pouco tempo escrever dois artigos de igual conteúdo e igual objectivo "atacar a Câmara do Seixal" (...) "para ver se consegue ser eleito vereador pelo P.S.Pelos vistos senhor Luís Pereira não sou eu que ando a procura de um lugar... »

O curioso é que não encontro concretização dessa acusação de Paulo Silva, pois desde essa data até hoje , nenhum eleito ou vereador PS no Seixal de nome Luis Pereira foi eleito , embora encontre um eleito Paulo Silva pela CDU na Assembleia Municipal ...funções ... Assembleia de Apuramento eleitoral...etc...etc...etc...


- Em relação ao comentário anterior alegadamente posto por Paulo Silva é datado, como já referi , de 31 de Maio de 2001, às 22 .18 . É curioso que minutos antes um tal João Paulo põe um comentário às 22.06 que elogia o Seixal como "um dos concelhos com maior índice de desenvolvimento" - uma frase conhecida de vários textos publicados por ...Paulo Silva - e que "é por isso que tipos como Luis Pereira vêm para cá viver" . Antes (21.08 ) entra um tal João António a verificar que «o Luis Pereira se assemelha a um "cantor pimba" que tem um sucesso e canta sempre a mesma canção » (...) «quando se sabe que o teu objectivo é seres eleito pelo P.S. ficas completamente desacreditado»...

No dia 1 de Junho, depois de Paulo Silva, de João António, de João Paulo, surge pela primeira vez João Afonso que eleva a discussão a um outro patamar .

Excelente altura para criar uma nova identidade se a táctica passasse a ser acusar, atirando o barro à parede" , ou seja , difamatóriamente , acusando o autor do texto, não de fraude eleitoral, não de pretender ser eleito pelo partido B ou C, mas de
« derrubar árvores para, em zona em que era proíbida construção, construírem as suas casas. Todas essas construções foram efectuadas sem planificação e sem licenciamento municipal. Agora passados anos falam como se fossem paladinos do ambiente! Deviam ter vergonha na cara...E estarem muito bem calados . »

_____________________________________________

Tudo isto permite estabelecer um (possível e hipotético ) perfil, uma estratégia , ou uma tática de utilização , manipulação ou contra-informação na Internet.

Ao a-sul, que já por cá anda há muito , e já foi acusado e aos seus autores , de tudo e mais alguma coisa... já nada , nem nenhuma acusação , admira, pelo que a postura inconsequente de quem se diz descobridor de uma fraude eleitoral - um dos crimes mais graves na prática democratica - mas não consubstancia, nem concretiza , leva-nos a lembrar a história de um Pedro e do Lobo dos tempos modernos travestido de inumeras identidades.

Depois de tudo isto, aos gritos de Foi Fraude!!! Foi Fraude!!! De um tal A ou B que não se sabe muito bem quem seria ...

- Quem acredita ?

- Quem não se sente ofendido ?

quarta-feira, novembro 04, 2009

O SEIXAL SOU EU : O SUPER SILVA !

Há egos assim, do tamanho do Mundo , acima de qualquer suspeita ou critica , dignos de um super herói , único detentor da verdade , inquestionável !
Alguém que descobre a conspiração, a fraude , os inimigos do mal , como qualquer super-herói está em todas , nada lhe escapa.

- Obrigado!

Mas que pena não esclarecer o fundamental , e não fazer as denúncias no sítio certo e a quem de direito ...pena não clarificar as acusações que faz em todas as direcções ... menos uma ...


É este senhor licenciado em Direito ... militante de um Partido ao serviço do qual é membro de uma Assembleia Geral de Apuramento Eleitoral . Que no cumprimento dessas funções descobre uma FRAUDE ... e mais nada ? Vem só contar em primeira mão num "artigo de opinião" ...num jornal e depois num blogue ?

Caro senhor, ninguém aqui questiona ou questionou (de "forma vil" ou de qualquer outra forma ) a sua palavra - citada, como abaixo, ipsis-verbis -

Queremos é que na sua qualidade de advogado, representante do seu partido e descobridor de uma FRAUDE ELEITORAL , concretize essas acusações até às suas últimas consequencias !!!

- É que sabe-se lá , o que aconteceu nas mesas onde o Dr.Paulo Silva não esteve presente ...ou esteve em todas ? Ou pode garantir que só houve aquela "fraude" ... e logo ... só por si descoberta ?


Ainda bem que no seu post não fala no a-sul , e até nos ignora , é que não nos revemos em nenhuma das suas acusações blogoesféricas... cito (excertos) :

________________________________________________

« A FRAUDE

Têm alguns escribas da blogosfera Seixalense atacado de forma vil num artigo de opinião sobre as eleições autárquicas relativas aos factos que se verificaram em Fernão Ferro, as afirmações que fize que posteriormente publiquei neste blog. (...)

(Em) Fernão Ferro, na Assembleia-geral de Apuramento de Voto, da qual fiz parte, verificou-se que havia erros nas Actas das mesas 4 e 8 no que concerne à eleição para a Assembleia Municipal. Face a esses erros foi deliberado proceder-se à recontagem dos votos dessas mesas para a Assembleia Municipal.

Efectuada essa recontagem verificou-se que em ambas as mesas tinha havido votos que, no escrutínio provisório, haviam sido indevidamente contabilizados para o PSD.

Achei estranho que em ambas as mesas tivesse acontecido a mesma situação, pelo que, e numa altura em que a eleição do 11.º vereador para a Câmara Municipal era, por um voto, para o PSD, tomei a iniciativa de, na Assembleia-geral de Apuramento, propor que, para que não houvesse dúvidas, fossem contados os votos da mesa 8 para a Câmara Municipal. (...)
Na contagem provisória o PSD na mesa 8 tinha tido 113 votos.

Os votos foram recontados e quem, primeiro, os recontou disse que o PSD apenas tinha tido 112 votos para a Câmara Municipal. Se tal fosse verdade o 11.º Vereador voltaria para o BE. A assembleia decide recontar os votos do PSD e quem faz a recontagem conta 113 votos para o PSD. O 11º Vereador voltava a ser eleito pelo PSD e, enquanto o representante do Bloco desesperava, o representante do PSD na Assembleia já fazia a festa.

É neste contexto que decido agarrar nos votos do PSD e recontá-los novamente.
Todavia para além de os recontar decidi verificar esses votos que estavam a ser contabilizados para o PSD um a um, e eis que descubro que no meio dos votos que, supostamente, deviam de ser todos do PSD, estavam 2 votos que eram do BE e que alguém, na contagem provisória, fraudulentamente, havia colocado no meio dos votos do PSD.
Em consequência da minha iniciativa a eleição do 11.º vereador para a Câmara foi definitivamente para o Bloco de Esquerda.

Ou seja se eu não tivesse tido a decisão de, primeiro, propor a recontagem dos votos para a Câmara Municipal na Mesa 8 de Fernão Ferro e depois verificar um a um os votos do PSD nessa mesa, o 11.º Vereador tinha sido eleito pelo PSD, não por ser essa a vontade da população deste concelho, mas sim porque alguém, que tinha estado na Mesa 8 de Fernão Ferro, tinha feito BATOTA e conseguido que 2 votos que eram do BE fossem contabilizados para o PSD.

Deste modo senão fosse a decisão que tomei, o 11.º Vereador para a Câmara do Seixal teria sido eleito FRAUDULENTAMENTE pelo PSD. E digo FRAUDULENTAMENTE porque, repito, tal eleição não teria sido por vontade da população do concelho do Seixal, mas por alguém que foi indicado por um partido para estar numa mesa de voto fez BATOTA de modo a beneficiar FRAUDULENTAMENTE o PSD!

Quem foi esse alguém, não sei, só sei que era membro, ou delegado, da Mesa 8 de Fernão Ferro, e não acredito, e ninguém acreditará, que esse alguém tivesse sido indicado pela CDU, pelo PS, pelo CDS ou pelo BE, pois é óbvio que ninguém iria ter a ousadia de fazer BATOTA em beneficio de uma força politica que não fosse a sua! É assim para mim óbvio que quem fez BATOTA, que podia ter tido implicações sérias nos resultados eleitorais, foi alguém indicado pelo PSD e o PSD tem de assumir a responsabilidade pelos membros que indica para as mesas.

Tudo o supra exposto pode ser comprovado pelos membros que estiveram na Assembleia-geral de apuramento, onde repito, estava uma Juíza de Direito.

Da minha parte, fiz o que tinha a fazer, primeiro evitei uma fraude e depois denunciei publicamente o ocorrido de modo a que, em futuros actos eleitorais, se tenha mais cuidado com as pessoas que se indicam para as mesas, de modo a que situações como as que descrevi, que em nada abonam a democracia, não se voltem a verificar.

Compreendo a irritação do PSD e dos bloguistas laranjas, mesmo os que se apelidam de verdes, contra a minha pessoa, pois senão fosse eu, tinham eleito, contra a vontade da população do Seixal, o 11.º Vereador.
Em consciência, fiz o que devia ter sido feito, e com isso impedi que a fraude acontecesse, tendo denunciado publicamente a situação, de modo a que, em futuros actos eleitorais, todos tenham mais atenção e estas situações não se voltem a repetir. (...)

Se o PSD me quiser processar pelas decisões que tomei, estão à vontade! Eu estou por cá para me defender e provar tudo aquilo que afirmei, sendo certo que o PSD já devia saber que não tenho medo de ameaças e que não será com processos judiciais que calarão as denuncias que entendo fazer à população deste concelho onde nasci e sempre vivi! - por Paulo Silva in Seixal Sim»

Só mais uma coisa, o que estrá em causa não são as "decisões que tomou" , mas sim as que não tomou na qualidade das funções de que estava investido !

COPENHAGA 2009 - OS ALERTAS VÊM DE HÁ MUITO !


















Hoje descobrimos um suplemento PÚBLICO / World Media sobre o estado do planeta, já lá vão mais de quinze anos , a situação evoluíu para pior face aos medos de então, mas os mesmos de sempre continuam a escamotear as tendências e a evitar as medidas de precaução.

Escrevia-se então sobre a Terra :


"Pensa-se que vivem hoje no planeta 10 ou mesmo 100 milhões de espécies diferentes de planetas e animais -muitas das quais desconhecidas - mas daqui até 2025 a actividade humana terá feito desaparecer para sempre dois milhões destas formas de vida. Elas serão afogadas em esgotos, queimadas, destruídas por resíduos quimicos, asfixiadas por gases venenosos.

E não será só a sua beleza que se perde: quantas destas plantas e animais não encerrariam remédios para tratar as 40.000 crianças com menos de cinco anos que morrem todos os dias, alimentos para os quinhentos milhões que vivem a permanente agonia da fome? Mas não é tudo : a nuvem de fumos e poeiras que envolve o planeta é cada vez mais densa e em muitas cidades é cada vez mais dificil respirar.


O planeta é cada vez menos azul. Para mais a sua temperatura tem subido de forma lenta mas inexorável nos ultimos anos e os gelos dos polos ameaçam derreter. A Terra está a perder a frescura e tem uma respiração cada vez mais pesada.

O próprio Sol é cada vez mais perigoso, destruindo o filtro que anulava as suas radiações letais. Não é a propósito do diagnóstico destes males que surgem as maiores divergências: o problema actual consiste em definir os tratamentos necessários e pô-los em prática. É para isso que cerca de 50.000 pessoas - entre investigadores, ecologistas, politicos - se encontram reunidos no Rio de Janeiro ...Para que a Terra continue azul."


Acrescento agora eu, os problemas estão identificados há muito e os últimos quinze anos para só tomar como referência o pós RIO ECO-92 , os dados cientificos desde então reunidos , vêm infelizmente no sentido de que estes alertas têm razão, têm base cientifica, e têm-se vindo a comprovar bem mais graves os seus efeitos e a ocorrerem num periodo mais curto do que se supunha.

E que é necessário inverter URGENTEMENTE este modelo de curto prazo ao nível da gestão territorial e mudar hábitos e atitudes nomeadamente na forma como se usa a energia, e que fontes de energia usar e quais aquelas a evitar. Os alertas vêm de há muito , até quando pretendem protelar? ( Nota - post publicado originalmente em Fev 2007)

Etiquetas: ,

terça-feira, novembro 03, 2009

SEIXAL NA TV - O POÇO DAS CONTRADIÇÕES



Um dia de 1996 alguém despejou um camião de nafta num poço abandonado , no Talaminho , Seixal.


Há dias, treze anos depois vêm dois técnicos da Câmara do Seixal, denunciar o caso.

Porquê agora ? Porquê num programa de televisão conhecido por denunciar incompetências autárquicas ? Porquê este dar a cara treze anos depois ?

Porque é que nunca vi este caso denunciado nos próprios meios de comunicação da autarquia , e que são muitos ?

Porque nunca se mobilizou a Câmara do Seixal "saudável" durante todos estes anos no sentido da descontaminação daquele poço ?

Porquê uma reportagem (pode ser vista no vídeo acima) com um fiscal e um outro funcionário a dar a cara , e não o vereador do ambiente ou o presidente da Câmara?

Tem piada ver neste programa a Câmara do Seixal queixar-se do "Estado" , no programa em que geralmente os cidadãos se queixam das autarquias !

- Original e desculpabilizante como sempre !