domingo, julho 30, 2006

OS BONS EXEMPLOS NO INTERIOR DA "MARGEM ESQUERDA" - 2 MARVÃO













Marvão, um Património único, uma qualidade de gestão territorial e urbana de excelência.

Marvão tem andado ocupado com a candidatura da vila a Património Mundial da Unesco, houve um trabalho notável na recuperação arquitectónica, na repavimentação, após terem sido refeitas e/ou construídas todas as infraestruturas , as obras ainda não estão concluídas mas o esforço foi notável e de sublinhar o exemplo de uma autarquia que vai projectar para o futuro , toda uma herança patrimonial herdada e que no presente é já um destino turistico e cultural de excepção, promovendo a região e o país , mas não é só com o passado e com os visitantes exteriores que esta autarquia se preocupa, preocupa-se também com os seus residentes , de quem no dia a dia ali vive, nesse sentido e dada a distância que separa da costa, elogia-se o trabalho exemplar das piscinas ao ar livre, da construção de uma zona de lazer bem como a construção de um circuito de manutenção e de instalações desportivas, isto literalmente "no meio do campo".











Na imagem as piscinas naturais e as municipais de Marvão ,associadas a uma zona desportiva e de lazer, isto num dos concelhos mais penalizados pela actual lei das finanças locais (tem3739 habitantes) , e que não tem esquemas de betonização do seu território, alterações de uso do solo para construção de habitação e outros esquemas comuns às autarquias ditas "ricas" mas que há muito maior qualidade de vida do que na Margem Esquerda do estuário do Tejo, isso já, as pessoas aqui parecem contar mais.

O contraste não podia ser mais gritante por exemplo com os concelhos da margem esquerda do estuário do Tejo, apesar de dispôrem de uma vasta frente ribeirinha e de praias fluviais de excepção, tudo praticamente está ao abandono, sem aproveitamento, sem cuidado, sem uma preocupação visivel pelo cidadão, circuitos de manutenção, espaços verdes mantidos... muito menos. Alguns dados para meditar:


MARVÃO
Ano de 2006
Finanças Locais - Indicadores e Aplicação
ImpostosValores em Euros
Contribuição Autárquica 122 488
Imposto Sobre Veículos 28 298
Sisa 46 466
IRS 1 029 511
População
População Residente 3 739
Menores de 15 anos 402
Dormidas 18 610
Residentes + Dormidas 3 789
Outros Indicadores
Área 155 (Km2)
Amplitude Altimétrica 804 (m)
Área x Factor Altimétrico 209
Freguesias 4
IDS 0.84462354659936
FundosValores em Euros
FBM 1 080 268
FCM 1 834 981
FGM 402 793
TOTAL 3 318 042


4 comentários:

cidadao disse...

Isso da Flor da Mata é cada vez mais uma pouca vergonha .

lagarta do pinheiro disse...

Este caso da Flor da Mata está muito mal contado, de quem é aquele terreno que agora aparece no Boletim Municipal cheio de prédios?

Quem vão ser os tais 200 casais jovens? Os Pioneiros do PCP ou os casais modelo da paróquia da Arrentela? Tudo isto é muito estranho.

césar lopes disse...

do proc 2/M/00-Projecto Final-CMS-Plano de Pormenor-Flor da Mata:
.a fls 193 diz a CMS"Relatório-Cadastro-...pertença de um só proprietário, ou seja da Betobela,ldª.Tal parcela encontra-se registada na Conservatória do Registo Predial do Seixal nº05263/980522,Freguesia de Arrentela,Seixal."
Mas na Conerv.Reg.Predial, o registo ap.21/nº05263/980522 -Aquisição a favor de SOFERDI-Empreendimentos Imobiliários,SA..." e "Ap/51/000830-Aquisição provisória por dúvidas...a favor de Medanan Limited...Ap.06/000913-Av.1-convertida em definitiva

a fls.194" A população objecto deste programa constitui-se por individuos de várias etnias profissionalmente ligados à construção civil e comércio ambulante..."

Anónimo disse...

A CMS pelos vistos quer aprovar um projecto que na realidade é um, para as entidades publicas que têm que o tutelar,outro e para os cidadãos ainda outro diferente. Parece que vão ter de ser os tribunais a desempatar.