sábado, julho 15, 2006

EM DEFESA DE UMA ZONA PROTEGIDA - A OPOSIÇÃO VERSUS A COVARDIA E A MENTIRA DA CÂMARA DO SEIXAL (Parte 1 - PS)










Flôr da Mata no Seixal, um pulmão verde a conservar a todo o custo.

Este é o excerto de um artigo publicado no Região de Setubal on-line e assinado por Claudia Veloso, a totalidade do artigo poder ser aqui lido na íntegra (CLIQUE) , outras posições partidárias serão aqui publicadas nos próximos dias.










Na imagem , a posição do PS em 2000


No texto, posição do PS em 2006 :

"O Partido Socialista do Seixal vai pedir uma audiência ao presidente da câmara, Alfredo Monteiro, para manifestar a sua oposição ao projecto de construção de um bairro social com 198 fogos na Flor da Mata.
Na próxima segunda-feira termina o prazo para a consulta pública do Plano de Pormenor e os socialistas querem impedir a câmara de «cometer um erro urbanístico grave». De acordo com Fonseca Gil, presidente da concelhia do PS, a autarquia pode estimular o mercado de arrendamento para casais jovens – o conceito defendido para a Flor da Mata – através da recuperação de casas devolutas existentes no concelho. «Não precisa de construir bairros que, pela sua concentração e sem infra-estruturas, serão focos de instabilidade social», refere o presidente da concelhia, para quem «há já demasiadas experiências negativas deste modelo». Para os terrenos da Flor da Mata, Fonseca Gil propõe a construção de um «centro de lazer e cultura» dada a proximidade à auto-estrada e ao futuro IC32. «Está em curso a revisão do PDM pelo que é o momento ideal para adequar o local ao interesse público e colectivo dos habitantes do concelho», refere."

Claudia Veloso in Região de Setubal on-line

13 comentários:

João Noronha disse...

Não chegamos ao ponto verde mentiroso. Os racistas da Flor da Mata dizem as maiores mentiras e a Câmara Municipal do Seixal não tem o direito de se defender? O que o Ponto verde aqui escreveu é a negação de um direito à defesa por parte da Câmara Municipal do Seixal! O que o Ponto Verde aqui escreveu só demonstra o seu pedantismo, o Jorge Silva como não é doutor, obrigatoriamente é analfabeto. O ponto betinho, o Jorge Silva tem a Universidade da vida e tu nem com mil cursos consegues chegar aos calcanhares dele! Se os teus argumentos não conseguem ser superiores aqueles que aqui demonstraste, não há dúvida que o unico problema na Flor da Mata é o racismo e o chauvinismo de quem já lá está.

salvador disse...

O desespero pelo tacho da Câmara é notório no anterior comentário, subservientes ao grande capital, neste caso à empresa HAGEN,e a várias off-shores e quejandos ...

O Seixal não tem qualidade de vida por causa desta gente "com escola de vida" mas sem qualquer formação para o cargo que desempenham, principio de Peter dixit.

Racistas os da Flor da Mata ? Mas as casas não são para jovens casais... e até vai ter um parque bucólico no futuro, mais um... é que o Seixal está cheio deles...

Parabéns PontoVerde, até obrigastes a Câmara a fazer um "folheto" para se desculpar, pena que este folheto não diga nada e só sirva para o Jorge Silva se enterrar ainda mais, mas ó João, como sabes no Partido, o Jorge é um alvo a abater!

Manuel Reis Pires disse...

Não há duvida que o ponto verde ficou com "as calças na mão" face ao pertinente comentário do João Noronha, e teve de chamar o "salvador" para dar uma ajuda. Quanto a tachos, o único que tenho é para cozer as batatas em casa.
Estes salvadores que só se movimentam por interesses, julgam os outros por aquilo que fazem. Força João Noronha é preciso repor a verdade e desmascarar estes pseudo ambientalistas.

Anónimo disse...

Caro João Manuel Reis Pires Noronha o menino é um génio.

João Poço disse...

MIL E QUINHENTAS ASSINATURAS CONTRA O PROJECTO DA FLÔR DA MATA!!! ENTREGUES HOJE NA CÂMARA:

CIDADÃOS UNIDOS; JAMAIS SERÃO VENVIDOS!

"Vale a pena lutar pelos nossos direitos" Jerónimo de Sousa

Anónimo disse...

Já cá faltava a história do racismo, já não há nem pachorra nem argumentos.

Anónimo disse...

É claro que não tem argumentos contra o racismo, porque é por demais evidente que é isso que vos move.

Anónimo disse...

Se a Cãmara tem razão deve é rebater ponto por ponto a contestação!
Deve explicar que:
-o problema dos esgotos fica solucionado,
-que as escolas existentes em Pinhal de Frades conseguem responder ao aumento demográfico que o Bairro acrreta,
-que a mata se manterá... e explicar claramente:
-quem é o dono do terreno,
-qual o papel Betobeja,
-qual o papel da Hagen,
-a Construção será PER ou CDH,


Se a CMS entende que não consegue explicar as suas razões e desfazer as dúvidas que o projecto levanta, então, DESISTA DO PROJECTO.

O Ponto Verde é um sítio onde se exerce a democracia com toda a liberdade.

João Poço disse...

Diz a Câmara do Seixal sobre o projecto que se destina ´" a várias etnias com profissões ligadas à venda ambulante e à construção cívil" e para isso vão construir um GUETO longe de tudo e de todos. Só autarcas Racistas alimentam projectos com estes argumentos xenófobos e segregacionistas.

Luis Rodrigues disse...

Coitadinhos dos habitantes da Flor da Mata que vivem num gueto, isolados do resto do mundo, sem esgotos (aqui devem ter razão pois parece que a m**** ficou toda lá)e sem escolas para as crianças. Há que resolver este grave problema, a CÂmara Municipal do Seixal não pode ficar indifirente a este grave problema, o melhor é construir lá um bairro PER e resolver o isolamento daqueles coitados.

césar lopes disse...

Ui ! Ui!
Que reboliço....calma meus..., o texto da contestação esteve exposto meia dúzia de dias... nada bului!!!foi entregue na CMS há meia dúzia de horas... e de repente...tanta algazarra?Vamos a ter calma tá, e vejamos as razões da CMS no folheto:1-Diz a CMS que "..decorre inquérito público.."mas pelo DR de 31.05.2006, está -periodo de discussão pública- nos termos do 4. do artº77º do DL 380/99 , o que é substâncialmente diferente, né....; 2-No proc.2/M/00 o projecto final datado de 20.01.2005
tem como titulo"CMS-Plano de Pormenor-Flor da Mata. PER-Programa Especial de Realojamento" e a fls.194" A população objecto deste programa constitui-se por individuos de várias etnias...", mas no folheto passam a ser "jovens casais...(a atribuir por concurso...)", pelo que evidentemente teremos de nos esclarecermos melhor nos dicionários que a CMS fará o favor de nos dispensar, onde por etnia se entendam em portugês "jovens casais", ou será que há outro projecto oculto e que não estava no dossier nos termos da lei????
3-Quanto ao cordel do chouriço oferecido às populações(para quem fica o porco?),digo , o parque de 5 ha, se já no proc. se omitem outras obras concorrentes sobre a zona classificada,(IC-32,Nó Laranjeiras,etc.), exigindo a lei considerarem-se as execuções previsíveis...é mais uma..
Bom, fico por aqui, alguém que veja mais outro bocado que estou com sono...e por mim, não quero enganar mais incautos munícipes.
Calma meus, ponto por ponto, tá!

J.A.S. disse...

Para ja peço desculpa pela falta de acentuaçao mas tal se deve ao facto de o teclado que tenho ao dispor aqui em Bruxelas, nao o permitir.Mao amiga deu-me o contacto deste blog a que devo dar as felicitaçoes.

Li atentamente o documento a que e feita referencia no link para a contestaçao (www.fradescontestam.blogspot.com)e (pinhalfrades.blogspot.com)

Contrariamente ao que o primeiro comentario de Joao Noronha tenta sugerir, o unico racismo evidente o da Camara ao querer construir uma urbanizaçao para "varias etnias..."

E facil arrastar um tema para outro campo quando nao se quer discutir seriamente os problemas ou quando se esta comprometido com algo e se quer desviar as atençoes.

Chamar mentirosos cidadaos que contestam um processo e grave e atentatorio da participaçao civica e da cidadania Europeia, sendo condenavel em qualquer forum.

Realmente como e que em Portugal ainda se fazem estas barbaridades ?

Que justificaçao para destruir um espaço verde?

Que justificaçao para transaçoes off-shore?

Que justificaçao para o caso dos esgotos a ar livre?

Que justificaçao para uma consulta publica onde faltam documentos fundamentais de analise e ponderaçao?

Como nao ha justificaçao para nada disto, mata-se o mensageiro ou seja, quem divulga a noticia, quem se indigna, quem protesta.

Seria impensavel aqui em Bruxelas o presidente de Camara contestar desta forma, atraves de um folheto a chamr mentirosos aos cidadaos, no dia seguinte estaria de malas aviadas para outra funçao, destituido pela propria base politica de apoio.

césar lopes disse...

Oh! Nunca participo nestas coisas , e quando o faço dou bronca. À excepção do Sr. de Bruxelas, por cá tudo emudeceu.
Eu sei que falo pretuguês,que escrevo como falo...tá.
Mas bolas... eu disse ponto por ponto...não disse ponto final!!!!!
tá, retiro-me