domingo, julho 30, 2006

OS BONS EXEMPLOS NO INTERIOR DA "MARGEM ESQUERDA" - 3 MONFORTE















Outro bom exemplo de bem servir as populações vem de Monforte, outra zona onde é necessário estancar a saída de jovens e fixar jovens casais, aqui faz todo o sentido, usar estes mecanismos financeiros para instalar jovens casais onde há uma taxa de jovens maior como no Seixal é que nos parece algo abusivo, para não dizer fraudulento.

Mas voltando a Monforte as imagens permitem mostrar o que é possivel fazer com poucos meios e com pouco dinheiro, basta uma autarquia apostada em criar uma zona de lazer no trecho de um pequeno ribeiro, quanto dariam estes municipios para ter um praias fluviais como as qua abundam no Estuário do Tejo cheias de lixo e ao abandono?

São os custos da interioridade dirão e realmente, só tem 3241 habitantes, mas não vemos urbanizações a crescer nem rotundas a ser construídas sem sentido, nem viadutos feitos a contar com a instalação de mais um hipermercado, o que vêmos é uma arquitectura de dimensão humana e uma politica centrada nas pessoas, não nos negócios fáceis nem nas permutas o alterações à la carte do uso do solo.


MONFORTE
Ano de 2006
Finanças Locais - Indicadores e Aplicação
ImpostosValores em Euros
Contribuição Autárquica 87 419
Imposto Sobre Veículos 23 564
Sisa 25 902
IRS 1 059 444
População
População Residente 3 241
Menores de 15 anos 427




Outros Indicadores
Área 420 (Km2)
Amplitude Altimétrica 358 (m)
Área x Factor Altimétrico 537
Freguesias 4
IDS 0.85300186061828
FundosValores em Euros
FBM 1 080 268
FCM 2 477 514
FGM 382 736
TOTAL 3 940 518

Acima, aqui ficam outros numeros para se meditar sobre o país real...

4 comentários:

salvador disse...

Este Alentejo ainda deslumbra e vai dar cartas como exemplo de modernidade. Pelo menos não se fizeram as destruições em nome do progresso que se fizeram na Margem Sul.

nunocavaco disse...

Bem estas comparações nem lembram o diabo. Já agora compare o número de coelhos vs o de de automóveis.

Carlos Santiago disse...

Se o Ponto Verde compara com o que se passa na Europa está a comparar com países ricos, se mostra exemplos do que se faz com pouco dinheiro no interior de Portugal, a resposta é a do brilhante comentário antes deste, realmente, a Margem Sul é incomparável, não existe comparação possível com tanta mediocridade.

nunocavaco disse...

Bem se acha que estas realidades se podem comparar nem vou contrapor nada, não vale a pena.