quarta-feira, junho 21, 2006

CITAÇÕES E OPINIÕES














Somos sem duvida como povo uns grandes cultivadores de hipocrisia e uns mestres na expressão " agarrem-me senão bato-lhe" depois quando é preciso fazer algo assobiamos e pomos as mãos atrás das costas como se nada fosse conosco.

Deixamos a corrupção absorver o Estado, mas porque temos uma varanda (ilegalmente) fechada a aluminio, não protestamos quando algum tubarão constrói naquele espaço frente ao nosso prédio que sempre fora prometido para espaço verde...contentamo-nos com migalhas, enquanto outros compram Ferraris à custa da nossa demissão como cidadãos.

Abstemo-nos de votar, e de corrigir, e de protestar, mas a inveja vem ao de cima quando os deputados resolvem adaptar noventa minutos da sua agenda para ver a selecção... sobre este ponto gostava de citar a Drª.Manuela Ferreira Leite que alega que tal aconteceu porque , "As pessoas detestam os deputados (...) os deputados não se eximiram do seu trabalho, apenas mudaram o horário que é aquilo que vai fazer todo o português de Norte a Sul "

Para mim é-me indiferente e não é para defender seja quem fôr que aqui trago este assunto em dia de jogo, o ponto importante que a Drª Ferreira Leite menciona é a forma como mais á frente na entrevista dada à Radio Renascença diz:

" A sociedade foge a sete pés de querer saber o que se passa (no mundo do futebol). Quando se dá uma bronca, há uma retracção geral e a intervenção é minima, o que é uma negação do Estado de direito" e sobre o caso Apito Dourado afirmou " Em qualquer país do mundo que não tivesse tolhido, levantava-se o Carmo e a Trindade para saber como foi possivel" que os dirigentes da Judiciária que denunciaram o caso fossem afastados "um para Cabo Verde e outro para o Brasil".

Isto é o que mais me preocupa, não se os senhores deputados têm à sua frente um ecrã de tv durante 90 minutos, incomoda-me é aqueles que têm do cargo exclusivamente a interpertação Queiorosiana do mesmo... e as citações de gente avisada como Saldanha Sanches publicadas ontem no Diabo :

"Há gente que enriquece em Portugal a um ritmo preocupante. E ninguém percebe porquê.Era bom que a máquina fiscal começasse a perceber porquê...As autarquias são a fonte de corrupção mais intensa.Mas na administração central, que é menos visivel, há negócios também mais que suspeitos".
___________________________________________

E Já que estamos com "a mão na massa" ,veja aqui o video (clique) da zona protegidada Flor da Mata que se pretende betonizar . E aqui (CLIQUE) as questões que os politicos não respondem.

2 comentários:

Zé Lérias disse...

Desculpem.
Não é tempo de se falar de coisas sérias.
Este é o tempo a ser consagrado religiosamente ao Mundial 2006.
Por falar nisso: Sabe qual foi o último esperado resultado?
Austália, 4 (galões)
Timor Leste, 1 (galão, para Xanana)

Salvador disse...

O artigo é muito interessante, sobretudo porque as tais citações me passaram despercebidas na imprensa - uma prova que mesmo à imprensa os blogues fazem um grande trabalho de divulgação - mas mais interessante para mim é a "mão na massa" e o filme (que me custou a ver e aceder, não há uma fornma mais simples? Como é possivel destruir um sitio daqueles?) seria bom que começasse-mos a arrumar a casa (País) a começar pelo nosso quarto (autarquia), há muito lixo por aí. Pinhal dos Frades e Seixal TRESANDAM.