sábado, junho 10, 2006

CIDADES CICLÁVEIS O FUTURO
























Nas fotografias imagens de Paris, Frankfurt, Amsterdão e Copenhaga, sobre Copenhaga pode ver aqui (clique) um documentário sobre o que é uma cidade ciclável, aqui um blog nacional dedicado ao tema (clique).

É Junho, faz bom tempo, como aliás é comum nesta altura do ano, mas continuo a ver as ruas das nossas cidades cheias de automóveis, vejo a estrada que vai até Sesimbra engarrafada até ao Fogueteiro, aquela que vai até Cacilhas, engarrafada até ao Fogueteiro, não vejo bicicletas no novo Centro Comercial, aliás, nem vejo sítio para as estacionar, quer no Shopping, quer na estação de comboios ...o que é um absurdo, uma volta até Almada e o mesmo cenário, não vejo, não encontro os duzentos e tal quilómetros de vias cicláveis prometidas por Maria Emilia, a presidente de Câmara antes das eleições, salva-se a ciclovia desgarrada que nunca mais tem lógica de rede ou de uso e que faz parte do nunca mais terminado Metro Sul do Tejo, nas imagens que mostro o cenário é tão diferente...

E não faz sentido com o preço da gasolina e o nivel de vida dos portugueses mais o seu clima, Portugal devia estar a viver um Boom no uso deste meio de transporte não poluente, alternativo e cujo uso traz vantagens acrescidas para a saúde, mas tal não acontece, os nossos autarcas são do século passado na melhor das hipóteses e ainda têm o complexo rural que ter carro é que é sinónimo de bem estar e riqueza (mesmo que a crédito), bicicleta é coisa de pobres... ou será que assim deixariam de fazer sentido as constantes greves no sector dos transportes urbanos???
__________________________________________

Chegaram-nos entretanto imagens que mostram o ultimo abate massivo em Pinhal dos Frades num Pinhal Protegido no PDM, objectivo, mais betão (clique aqui veja o filme)

2 comentários:

Maria Franco disse...

O filme impressiona, sobretudo por mostrar onde pretendem fazer o Bairro. É mesmo aí?

Vi o filme no blog Pinhalfrades mas como não dá para comentar pergunto ao a-sul.

Maria disse...

No 25 de Abril queimaram o pinhal? Nem quero acreditar. Que simbolismo, o 25 de Abril não foi feito para isto. E não foram presos?

Que Deus nos acuda!
Viva a liberdade e viva Portugal