quinta-feira, junho 15, 2006

BLOGOSFERA













Diáriamente o A-Sul é abordado por várias pessoas que pretendem ser mais activas e intervenientes em termos de cidadania depois de terem aqui lido informações sobre assuntos que desconheciam, mas que têm directamente a ver consigo, com o seu mundo.

Isto tem obviamente a ver com a proximidade (e imediatismo) com que num blogue os temas são tratados. Dirão alguns que para isso têm os cidadãos, a imprensa regional, mas têla-ão realmente, ? Sobretudo em questões ambientais ou que ponham em causa politicas e decisões autárquicas? Creio que não, os meios de comunicação locais estão infelizmente muitos deles manietados pela publicidade obtida via camarária ou pelas forças produtivas dos concelhos que muitas das vezes estão na órbita do pato bravismo local o que desde logo acaba por limitar e esvaziar a referida imprensa que salvo raras excepções , pouco mais será , a par dos "Boletins Municipais" que a repetição da voz do dono quer na endoctrinação quer na propaganda...e como tal não convém contrariar

Vem isto a propósito, do artigo de opinião assinado por Pacheco Pereira e publicado hoje no Público numa análise aos BLOGS . Pacheco Pereira é também ele um destacado Blogger e analisa nesta crónica a dimensão do fenómeno a que alguém já chamou "Quinto Poder" .PP fala grosso modo que existem hoje no mundo cerca de 35 milhões de blogues , os que são triados pela empresa Technoraty, empresa que refere que o seu numero duplica a cada seis meses, refere ainda que nos ultimos três anos o volume da blogosfera cresceu 60 vezes com um numero de blogues criados diáriamente na ordem dos 75 mil.

Refere Pacheco Pereira algo fundamental, é que «"criar" e "manter" não é a mesma coisa, e que muitos dos blogues nascentes não passam do acto de criação» e foca depois outro aspecto « Tempo é a chave da novidade dos blogues , os blogues forçam as páginas pessoais a deixarem de ser estatisticas e a tornarem-se diários, locais onde as opiniões, interesses , confissões, desabafos, impressões, são escritos num ecrã que se comporta como um rolo de papel, que se desdobra entre o presente e o passado»

Direi eu que esta vertente de actualidade, associada à memória que qualquer motor de busca pode ir procurar, é hoje uma das armas mais temidas do caciquismo local instalado. Por outro lado , o descurar por parte dos politicos portugueses deste meio, é mais um sintoma do seu provincianismo visto à maneira de Eça de Queiroz que se vivesse esta época seria certamente um blogger potencial.

E porque descuram no geral os politicos portugueses este meio? Apesar do papel catalizador que a blogosfera teve na recente candidatura de Manuel Alegre ?
Certamente terá a ver com a qualidade do politicos que temos , com as suas competências e com a forma como lidam com as "novas" tecnologias.

Eles o dirão... um deputado e um blogue no entanto se destacam dentro do Parlamento - que dispõe de um sistema próprio de alojamento de blogues, mas que só é usado por dois ou três deputados...- trata-se de Luis Carloto Marques e do seu blogue A Cidade e as Serras, um enriquecedor espaço de cidadania e de reflexão ambiental, pena que um dos unicos na nossa assembleia representativa , mas isso é revelador da fibra dos politicos eleitos , os que vão aos locais e aos cidadãos que os elegeram e os que vivem nos locais onde as coisas acontecem mas comoda e confortávelmente alheados do mundo que os rodeia , a blogosfera ou a sua negação é só um dos sintomas visiveis dessas diferentes formas de estar na vida e na politica.

4 comentários:

Anónimo disse...

Elogio com elogio se paga. Luis Carloto Marques elogiou o A-Sul, o Ponto Verde retribui com um elogio. Assim ficam quites. Que Bonito, só é pena é que estes elogios mutuos apenas demonstram a promiscuidade existente na Blogosfera.

João Côrte Real disse...

O Pacheco Pereira também foi elogiado pelo A-Sul, logo o A -Sul não pode ser elogiado pelo Pacheco pereira , pois o anterior comentador acharia que seria promiscuidade... Brilhante

av1 disse...

Independentemente das promiscuidades, e muitas há, mesmo quando são improváveis como a forma como geriam a forma de se ligarem O Acidental e o Barnabé e antes o Blogue de Esquerda e a Coluna Infame, a verdade é que neste momento é possível opinião liberta de condicionalismos imediatos - mesmo se ameaças existem - e isso incomoda os poder(zinhos) de alguns.
Quanto ao resto, a credibilidade ou influência de cada blog mede-se pela audi~encia, pelo impacto que gera nas opiniões locais e nacionais e na forma como fazem com que determinados assuntos surjam para discussão, evitando os abafamentos tão comuns no amiguismo nacional.

Anónimo disse...

Olha o AV ressuscitou para vir ajudar o amigo pontinho. Não há duvida que os tipos andam com as calças na mão.