quinta-feira, janeiro 04, 2007

OS SOBREIROS ARRAZADOS NA "QUINTA FONTE DA PRATA - QUINTA DO CABRAL"







Pedimos desculpa pela ausência de esclarecimento sobre a zona referida no post de ontem, mas problemas informáticos e de corte de linha telefónica obrigaram ao silêncio.

A zona em questão que foi arrazada para construção fica entre a estação Fertagus- Fogueteiro e Continente-Depósito de água da Torre da Marinha (clique), penso que a Norte -Noroeste, e a Torre da Marinha e estrada Casal do Marco - Paio Pires, se a toponínia não estiver correcta peço que me corrijam, mas é o nome que popularmente chamam aquela zona que se alardga até a uma zona também conhecida como Quinta do Cabral.

Pela sua localização e caracteristicas deveria esta zona , fazer parte de um corredor verde que ligasse o rio, através da Quinta da Trindade, Quinta do Álamo, à Flor da Mata e Pinhal dos Frades... e Zona Rede Natura 200 Sítio Fernão Ferro - Lagoa de Albufeira , ligando o Mar da Palha aos Pinhais "interiores" do concelho, até ao Oceano.

13 comentários:

Anónimo disse...

Você sabe quem é o proprietário desta quinta? Olhe que não é a A. Silva & Silva... Essa limitou-se a oferecer o letreiro... em troca de venda de materiais... O proprietário que está a mandar os sobreiros abaixo já foi vereador na Câmara Municipal do Seixal... E não foi eleito pela CDU! Ainda não sabe quem é? Eu dou mais uma ajuda, o senhor é considerado o dono do PSD Seixal e é deputado na Assembleia da Republica... Ainda não sabe o nome depois desta ajuda... É claro o seu nome é LUIS RODRIGUES

Mário da Silva disse...

Caro Anonimo,

Você já tinha dito isso lá no outro comentário ao artigo original.

Não é do A. Silva & Silva. Óptimo. Ficamos a saber. Também tinhamos questionado isso lá no outro artigo.

Lá porque é feito por um ex-vereador do PSD não deve ser denúnciado?
Quer você insinuar que este abate e desmando, lá porque é um bandido de outro partido a fazê-lo, é mais grave dos que as outras coisas aqui já mencionadas?
Quer você dizer que esse senhor não está a fazer isto tão "legalmente" e com a aprovação da CMS ao estilo do que os outros todos apaniguados fazem no concelho?
Será que isto é mais imoral e ilegitimo porque é feito por um senhor do PSD?

Ou isto é uma insinuação de que o Ponto Verde só critica as coisas da A.S&S e da CDU por qualquer revanchismo e sentimento de vendetta e que, por tal, nada deve ser dito?

Ou quer você dizer que só as coisas que os senhores "donos" de outros partidos é que são uns canalhas e bandidos e que só desses é que se deveria falar?

Explique-nos lá isto melhor e não nos "lixe" com insinuações subliminares que a pachorra está curta.

Até mais.

Ponto Verde disse...

Em nenhum lugar afirmei que aquele lugar pertencia ao A.Silva e Silva.

Disse , repito e subscrevo é que a empresa A.Silva & Silva é no Seixal tentacular, estando atrás de muitas outras empresas que ganham obras, que constroem,bairros sociais comprados pela Câmara... que têm nomes em alvarás que fazem obras ...

Sobre a propriedade do exacto local que as imagens mostram, não sei se tem razão ao afirmar que é propriedade do Engº Luis Rodrigues.

Há um loteamento mais acima, em terrenos do Engº Luís Rodrigues ou familia, mas não me parece que seja um loteamento ilegal...e se não é ilegal, é porque foi autorizado, por quem, pela Câmara do Seixal!!!

Ora se destrói sobreiros, uma àrvore protegida, os culpados serão, quem autorizou, e se não foi quem autorizou (CMS), deveria a Câmara ter fiscalizado e actuado. Se não actuou e estamos perante uma ilegalidade, então a CMS é cumplice...

Anónimo disse...

Que eu saiba quem dá autorização para o abate dos sobreiros é a direcção geral de agricultura, que é dependente do Ministério da Agricultura e não da Câmara Municipal do Seixal... Por isso estamos perante mais uma das mentiras do ponto verde! Mas é engraçado ver um ar de incomodado com que se refere ao "Eng" Luis Rodrigues... Se fosse da CDU era serralheiro, mas como é do PSD já é engenheiro, como é hipócrita este ponto verde!

Anónimo disse...

Chamar os bois pelos nomes agora é hipocrisia, essa é boa, hipocrisia é o senhor presidente da Câmara Alfredo Monteiro deixar-se tratar por Doutor, Doutor? Só se fôr da mula russa.
Óbvio que aqueles sobreiros foram cortados sem a autorização ou conhecimento fosse de quem fosse, mas os fiscais da câmara não deram por nada não foi?

Anónimo disse...

Este ultimo anónimo vem para aqui insultar gente honrada, com que direito é que ele chama boi ao eng. Luis Rodrigues

João Afonso disse...

O Ponto Verde queria atacar a Câmara e acabou por dar um tiro no pé e atacar o senhor engenheiro... E de tiro no pé em tiro no pé já afirma que o senhor engenheiro anda a cortar sobreiros sem autorização...

ex-militamte disse...

Senhor Afonso, bons olhos o vejam, então, entusiasmado por mais uma negociata da Câmara com o Grande Capital? Tiros no pé, na mão, na barriga, na cabeça, o PCP parece um passador

Anónimo disse...

Saberá V. Excª o que é uma "negociata"... A aprovação de um loteamento previsto há 10 anos em PDM é uma negociata! Não seja parvo ex ponto verde militante!

Ponto Verde disse...

Parece haver quem tenha delineado uma nova estratégia de abordagem deste espaço para 2007,uma coisa é certa , cada vez se enterram mais.

Esclarecedor disse...

Será que com mentiras se abafa os escândalo da aquisição do novo edíficio da Câmara?
A estratégia parece-me clara.
Foi denunciada publicamente pelo PSD a megalómana aquisição dos serviços administrativos da Câmara, por isso havia que inventar rapidamente um escândalo com a figura local mais conhecida do PSD. Mas enganaram-se totalmente, porque quem aqui mentiu, terá de provar no local próprio a "alegada" verdade do que aqui diz. E aí, talvez perceba que "o crime não compensa"...

Anónimo disse...

Caro Ponto Verde,

Sabemos que nos poderá esclarecer afinal de contas de quem são estes terrenos para que seja reposta a verdade.


Cumprimentos e obrigado

Anónimo disse...

http://www.regiaodesetubalonline.pt/noticia.php?cod_titulo=5&codigo=45A66BF855362