terça-feira, janeiro 09, 2007

QUANDO O PCP É AMBIENTALMENTE EXEMPLAR...









PCP a Norte e a defesa da REN

Outro bom exemplo do Norte vem-nos pela mão do PCP, onde na Trofa, o PCP local denunciou a deposição de uma enorme quantidade de terra junto à ribeira da Aldeia, um afluente do Rio Ave, inserido na Reserva Ecológica Nacional (REN).

O membro eleito pelo PCP na assembleia municipal referiu que “ foram colocados milhares de metros cúbicos de terra numa área de três mil metros quadrados atè à margem da ribeira, até perfazer uma altura de 20 metros. O eleito pelo PCP vai mais longe, exigindo a retirada das terras daquela zona de REN, pretendendo recorrer para entidades governamentais , denunciando a inércia da autarquia (de maioria PSD).

PCP a Sul e o Ambiente às ortigas.

No Seixal, onde tem a maioria na Câmara, só dois casos exactamente o oposto daquilo que enquanto oposição o PCP promove. A Câmara do Seixal autorizou a instalação de uma central betuminosa da firma Gomes Alho junto ao Rio Judeu (nó do Fogueteiro) em terreno de reserva agricola, junto a terrenos Rede Natura 2000, e prejudicando irremediávelmente uma linha de água REN. A instalação desta empresa provocou danos irremediáveis à zona onde está implantada e poluição do ar e sonora para aquela região.

Junto ao mesmo ribeiro, a cerca de 5oo metros deste ponto, outra empresa , junto á mesma linha de água (REN) fez à vista de todos um aterro, em terreno agricola e instalou ali um estalairo de maquinaria pesada.

Quem dera que o ilustre membro pelo PCP , da autarquia de Trofa pudesse fazer uma perninha para criticar os seus camaradas do Seixal, e até vir visitar a sua obra arrazadora para o ambiente que tão bem protege na Trofa!

Senhor deputado Paulo Silva, não arranja uma visita ao seu congénere do Norte?

Podia mostrar o que o PCP Seixal promoveu para a zona REN onde acabaram por instalar o Centro de Estágios e os condominios fechados para ricos da Quinta da Trindade... é que para nós, ao criticarmos muito menos do que ele, os seus camaradas desta Banda , não tiveram o polimento que o Presidente de Câmara Bernardino de Vasconcelos teve para com o Camarada Jaime Toga, assim se chama o distinto membro do seu partido que ao contrário do que fazem na Margem Sul pretende no seu concelho a aplicação das leis de protecção ambiental contra os interesses económicos dominantes e a alegada permissividade autárquica.

11 comentários:

ex-militante disse...

É "exemplar" quando não tem interesses envolvidos, em Fafe tem à volta de 600 votos, por isso está fora dos esquemas do Seixal. Se fosse a maioria em Fafe, portar-se-ía da mesma maneira, com o mesmo despotismo e sobranceria e de costas voltadas para o pov e para o ambiente como na margem sul.

Anónimo disse...

penso que os militantes do PC q vinham ao blog foram proibidos pelo comité central, se não iam expulsos... é pena...

ex-militante disse...

O PCP reconheceu que os centuriões não estavam à altura , raramente refutavam uma denúncia da forma bem documentada que aqui costumamos ler. Foi-lhes nitidamente passado um atestado de incompetência ou então aliciados para a promoção.

ruka disse...

Pois é, é td uma kestão de kapital e de poder. Qd sou poder o money fala + alto. É o caso da margem sul: q se lixe o ambiente, se dá negócio...

Paulo Silva disse...

Senhor Ponto Verde o meu camarada Jaime Toga todos os anos vem ao Seixal, pelo que é desnecessário eu promover qualquer excursão...
Nas visitas que o Jaime faz ao Seixal conhece a realidade local, e o trabalho que aqui se faz da-lhe forças para lutar por uma vida melhor na Trofa. Como diz o Jaime a Câmara da Trofa e das redondezas não chegam aos calcanhares da Câmara do Seixal.
Acresce que o Jaime Toga é da Trofa, pelo que não entendo a referência a Fafe, mas também não posso querer entender os disparates que aqui são escritos!

manuel disse...

Sr Paulo Silva, sff dê a conhecer ao Sr. Jaime Toga este blog. Gostaria que fosse ele o comentador...
Gostaria também que o Sr. Jaime descrevese a política ambiental que é praticada na margem sul. Coitado do Jaime, assim que está a chegar ao Seixal, pela A1, tem logo um presente ambiental: o fedor da lixeira.

Ponto Verde disse...

Senhor Dr. Paulo Silva boa tarde, já sei que "... não posso querer entender os disparates que aqui são escritos!",por isso deve certamente incluír os de sua autoria... - "Nas visitas que o Jaime faz ao Seixal conhece a realidade local, e o trabalho que aqui se faz da-lhe forças para lutar por uma vida melhor na Trofa." - o que sinceramente lhe agradecemos por nos chamar á realidade... e dar-nos a conhecer que afinal Seixal é o paraíso na terra onde os comunistas vêm beber inspiração para a luta...

O PCP práticamente não tem expressão nas terras do seu camarada, e ainda bem, lá ele faz criticas por deposições de terra ilegais, por cá tenta-se a todo o custo betonizar o que ainda é verde no PDM, e acaber com protecções ambientais e o senhor não teve uma única palavra para contrapôr as denuncias aqui feitas, da central de betonagem ou do aterro ilegal entre esta e a estação de serviço da Flor-da-Mata , só para identificar duas do mesmo género da que denuncia o seu camarada... e que aqui não reparam.

Mas se ele quando vem ao Seixal só depara com maravilhas (não vejo nenhuma eleita como tal nesta nova selecção da 7 Maravilhas), eu realmente não consigo vislumbrar nem uma, mas deve ser "disparate" meu!

gerson disse...

Este Dr. Silva é um fartote de rir. Incrível como continua a defender os disparates que pela margem sul são feitos e não comente o que se escreve no texto. Repare que o PCP só defende o ambiente onde não é poder. É para a caça ao voto, né Dr.?

João Afonso disse...

Senhor Doutor Ponto Verde se não vê no Seixal nenhuma maravilha é melhor agarrar na trouxa e zarpar... Só alguém muito estupido é que continua a morar num lugar horrivel como é o Seixal que o senhor pinta! Vá morar para os paraisos capitalistas de Cascais, Oeiras ou Sintra... Ou para o paraíso Socialista do Montijo... Vá, e passado algum tempo irá concluir como era bom viver no Seixal. Ou então vá viver para Gaia, e veja os disparates do Drº Luis Filipe Menezes. Tire as palas e dispa-se de preconceitos que o impedem de ver o trabalho que é feito por gente honesta e trabalhadora. Veja o que a maioria da população do Seixal vê...

outsider disse...

Gostaria de acrescentar que devido aos custos da habitação, da crise... do custo do petróleo e das limitações de construções em zonas qualificadas, nem todos podemos abandonar o concelho que vivemos e nascemos (no meu caso). Mas a verdade caros comentadores deste blog é que: se pudesse estaria a viver noutro local, como de resto alguns dos nossos eleitos. Os mesmos que venderam este o Seixal a retalho entre o 25A e o presente.

Não é um problema PCP/CDU. A questão certamente transcende o partido. É mais um problema de pessoas, e essas meus caros, estão onde estão por que são do PCP.

Anónimo disse...

A questão não é a CDU ser melhor no
norte do que no sul. A questão é...poder.
No norte a CDU não tem câmaras
(e provavelmente nunca virá a ter).
O poder corrompe, é apenas uma questão
de tempo.
Quem vai ao poder toma-lhe o gosto,
e a partir daí age tendo como
1º objectivo a manutenção desse
mesmo poder, mesmo que isso
signifique sacrificar alguma
ideologia.