domingo, janeiro 14, 2007

O "RANKING" EXPRESSO DAS CIDADES - MARGEM SUL NOS PIORES LUGARES















O semanário Expresso publicou no seu suplemento revista da passada semana , um comparativo de 40 cidades portuguesas. Esse ranking, um trabalho jornalistico, assentou a sua análise e o seu ordenamento, num conjunto de 20 critérios de observação. a cada um desses critérios era atríbuída uma pontuação de 1 a 100.

Cada uma das cidades poderia ter atingido, a pontuação máxima de 2000 pontos (100x20).

Os critérios em análise eram os seguintes; acessibilidades ; sinalética; fluidez de tráfego ; oferta cultural: espaços verdes; qualidade urbanistica ; comércio; relação com a água e a paisagem; equipamentos desportivos, estacionamento; segurança; animação nocturna; alojamento turistico; restauração; equipamentos sociais; património; governança e cidadania; capacidade de atracção estudantil; desempenho económico; qualidade dos espaços públicos.

Das 40 cidades analisadas, temos quatro cidades da Peninsula de Setúbal, são elas, Setúbal, Almada, Seixal e Barreiro. O seu ordenamento no ranking das quarenta cidades foi ordenado pela ordem atrás descrita, estando Setúbal a meio da tabela (19º lugar), nas restantes a posição é reveladora dos factos, des criticas e da análise feita no A-Sul, um verdadeiro descalabro, temos assim, Almada (34º lugar) , Seixal (37º lugar) e Barreiro (39º lugar).

Sobre as pontuações absolutas na totalidade dos critérios (2000 pontos possíveis), Setúbal teve 1060 pontos, um "dez á rasquinha" se estivessemos no sistema escolar , enquanto as outras se revelaram maus alunos, muito maus mesmos, Almada (895 pontos) um mediocre , e depois ainda pior , o Seixal (850 pontos ) "oito e meio" e Barreiro (830 pontos).

Os critérios de aferição deste interessante trabalho são-no em referências puramente nacionais, o que nos levaria à vergonha se estivessemos perante os critérios de referência de cidades equivalentes na Europa. Exactamente comprovando o que temos aqui referido ao longo dos anos no A-Sul e sistemáticamente negado pela mediocridade dos envolvidos na gestão do território.

Curiosamente, das autarquias de Península de Setúbal, a cidade com melhor desempenho , Setúbal, viu a presidência da sua autarquia demitida pelo partido pela qual foi eleita, levando a crer que é objectivo da CDU a Sul do Tejo, promover não, a qualidade, mas a mediocridade, pois nos piores classificados não foi levado em consideração a avaliação de MAU desempenho acontecido em Almada, no Seixal ou no Barreiro.
_______________________________________________________

Relembro o nosso e-mail para os que nos têm contactado no sentido de algumas confidências que a caixa de comentários não permite : pontoverdesul@hotmail.com

23 comentários:

Anónimo disse...

Deve ser por estes dados que a deputada Apolónia diz que esta é um litoral à margem do desenvolvimento.

Anónimo disse...

Porque razão o Ponto Verde em vez de responder a este comentário, vem como novos posts? è a fuga para a frente...
Senhor Ponto Verde:
- As oficinas dos serviços operacionais da CMS foram construidas e inauguradas no mandato anterior. Assim sendo a CDU não podia proeter algo que já estava cumprido! O destino dos terrenos onde anteriormente estavam as oficinas também já tinha sido anunciado publicamente, bem como que era o Arq. Manuel Salgado o responsável pelo plano de pormenor para aquela área.
- O novo edificio dos serviços administrativos da CMS e a Reconversão dos terrenos da Siderurgia estavam no programa eleitoral da CDU!
- A localização do Hospital hámuito que estava anunciada, e a unica voz discordante é o senhor que o queria construir numa zona industrial...
- Os 200 Ha de construção nos terrenos da SN só se fosse lá construido, como o senhor queria, o Hospital...
- Sobre a Quinta da Trindade e o Centro de Estágios do SLB já o senhor tinha escrito 935 posts antes das ultimas eleições autárquicas... Pelo que não tinha de estar no programa da CDU.
- Sobre a betonização, devo-lhe lembrar que o PS nas ultimas eleições autárquicas prometeu uma betonização intensiva para a Ponta dos Corvos, o betão era tanto que o terreno não chegava para implantar tanto betão... Qual foi o seu comentário quanto a essa bandeira eleitoral do PS? Nenhum! O que demonstra que para o senhor o PS pode construir em terrenos de Reserva Ecológica! Palavras para quê... O ecologismo do ponto verde é meramente circunstancial e de fachada!
- Qunato às pessoas estarem fartas da CDU, devo-lhe dizer que a sua cassete está gasta! Relembro-lhe que antes das ultimas autárquicas já o senhor afirmava isso e os resultados eleitorais demonstraram o contrário!
Portanto senhor Ponto Verde você é aqui o único mentiroso e as suas mentiras estão gastas, bolorentas e não enganam ninguém.
PS: Os números sobre o endividamento da Câmara e a sua comparação com outras autarquias da AML foram apresentados por mim na Assembleia Municipal e não foram rebatidos, pois são verdade, pela oposição. Por isso antes de afirmar que são falsos, investigue para não cair no ridiculo...

Ponto Verde disse...

O anterior anónimo está a confundir este espaço livre de tutelas, partidos ou querelas politicas com as reuniões do seu partido, ou com o boletim municipal ou outro orgão da imprensa regional controlada e manipulada pelo seu partido.

Os seus argumentos metem dó, e já agora vamos em 668 posts, o que prova que nunca poderiamos ter escrito "935 antes das eleições autárquicas sobre o Centro de Estágios" , para o descansar escreveremos os que considerarmos oportunos sobre esse e os outros temas que nos derem na "real gana", apesar do vosso desconforto e incómodo.

Quanto a investigações, elas estão a ser feitas por quem de direito! Como muito bem sabe.

Anónimo disse...

se o sr anonimo é capaz de dizer que defendeu seja o que for na assembleia municipal, porque não diz quem é? Secalhar porque é converseta

Anónimo disse...

E bom ver a falta de argumentos do ponto verde quando confrontado com factos reais... Os seus argumentos são de uma realidade confrangedora! E quando não tem arumentos começa a desconversar.

André Santos disse...

Eheh, falta de argumentos?
Desconversar?

Estas nem merecem resposta de tão ridiculas que são.
Quem lê este post percebe bem os argumentos do Ponto Verde.
Quem não percebe...pode voltar a ler outra vez.

Grande Ranking!

outsider disse...

Caros colegas de posting, penso ser da maior importância comentar-mos o ranking e a posição do nosso Seixal. Espero que compreendam o óbvio da situação. A suburbanidade alimentada pelas políticas bacocas do actual executivo camarário ( e de certa forma extensível também a Almada e ao Barreiro ) quantificam a catástrofe que este modelo de desenvolvimento trouxe e irá trazer a esta terra. Perante qualquer parâmetro mais objectivo o Seixal e os seus símbolos de modernidade desfalecem ao ritmo das comparações. Só lamento o estrago que faz nas populações... as mesmas que sucessivamente sustentam as maiorias "ausentes" que os lixam à 30 anos.

ex-militante disse...

Este trabalho revela que as estratégia de pretenso desenvolvimento aplicado à margem sul nos últimos trinta anos , conduziu Almada, Seixal, Barreiro, Montijo, Moita, Alcochete... para uma condição idêntica à que conduziram a àrea metropolitana de Lisboa anos antes. Quando os terrenos se esgotaram a Norte , os patos bravos atravessaram a ponte, corromperam-se e aliciaram-se autarcas e hoje é o que se vê, um território sem saídas que agora se vira para condominios fechados com vista para o rio. Não adianta deitarem areia para os olhos toda a gente sente que BASTA de CDU.

Anónimo disse...

Com esse ranking tá-se mesmo a ver que querem destruir o "exemplar" trabalho das cãmaras PCP/CDU.
Coitados são os únicos que trabalham para o povo!
Isso é tudo "manobra das forças reaccionárias".

antónimo disse...

OOpssss....
Claro que sou contrário a alterações estratégicas.-A ESTRATÉGIA NUNCA SE MUDA
Quanto ás alterações táticas, que temos vindo a assistir,...procuremos no envangelho de S.Paulo as respostas às nossas interrogações.
Uiiiii...
ºAmem!

Anónimo disse...

Mau! MAU! Agora vamos rezar?
Então a religião não é o ópio do povo?
Se a religião é o ópio do povo onde está a marijuana do povo?

Caparicano disse...

E falta aí a Costa de Caparica, mais uma a acrescentar à liga dos últimos "Margem Sul" no ranking nacional das cidades.

ex-militante disse...

A Margem Sul é desde há muito gerido como uma coutada partidária, como se fosse uma imensa Quinta da Atalaia em festa permanente, foguetes e rap e musica pimba todo o Verão maravilhas nos boletins municipais pagos pelo erário publico no resto do ano e depois aquelas iniciativas culturalmente ridiculas para pôr as autarquias no mapa.

Nos intervalos inauguram-se hiper, super e minimercados onde calha e onde a Sonae, Leclerc e Lidl estão dispostas a construír mais um acesso, ambelezar mais uma rotunda ou fingir a construção de mais um canteiro e um banco de jardim para depois lhe chamar "zona verde".

Quando é feita uma análise isenta como esta é que vêm ao de cima todos os podres dissimulados, e se tivesse sido analisada a densificação urbana, os problemas sociais e de integração, então não havia cauda de tabela onde a MS coubesse.

Veja-se a rábula do Metro Sul do Tejo e está tudo dito, as autarquias funcionam em função de ciclos eleitorais, compadrio e favorecimento desde que dai tirem contrapartidas. Vão ver a CDU a propagandear o MST como a grande obra desta legislatura, quando há mais de um ano que deveria estar a andar...só que agora temos que esperar até ás próximas eleições.

Anónimo disse...

Apoio tudo aquilo que o Ex-militante disse...

João Afonso disse...

Seria bom que o ponto verde antes de publicar este post, tivesse o cuidado de verificar os diversos itens da classificação. Assim o Seixal teve 0 pontos na rubrica ensino superior. A responsabilidade deste 0 é da Câmara? É evidente que não! A Cãmara do Seixal tudo tem feito para a transferência da Universidade Aberta para o concelho do Seixal. Há 10 anos a Cãmara do Seixal adquiriu a Mundet com o objectivo da instalação da Universidade Aberta. Desde essa data e apesar de multiplas promessas dos vários governos e da Universidade Aberta estar a funcionar em instalações deploraveis e sem quaisquer condições, havendo professores que ficaram sem gabinetes de trabalho por questões de segurança, o certo é que a transferência da Universidade Aberta para o Seixal tem sido adiada. Deste modo a classificação do Seixal tem de ter em consideração as responsabilidades dos vários governos no desinvestimento que tem efectuado na Margem Sul do Tejo.

Anónimo disse...

A mariajuana do povo não sei onde está, mas a mariaemilia está em almada e almada está muito mal classificada, sem precisar da mariajuana.

António disse...

João Afonso, acha que é só por causa do Seixal não ter ensino superior que ficou nos últimos??? Até podíamos ter a melhor universidade que jamais ia-mos ficar nos dez primeiros. Basta ver o caos urbanístico, a falta de espaços verdes, não existe um único parque urbano.. olhe como o parque da paz de Almada! Não estou a falar de canteiros com relva, se bem me entende! Os acessos são aquilo que todos sabemos etc etc. Por exemplo o viaduto em Corroios, ja viu a vergonha que aquilo representa??? Diga-me, aquilo foi ou não uma negociata??? Se não foi por que razões pararam as obras? por falta de dinheiro? não acredito! foi negociata! Se me lembro uns meses antes das eleições vinha no jornal da Câmara que ia estar pronto em Outubro de 2005, estamos em Janeiro de 2007...

Quer mais um exemplo, a ciclo via que construíram à volta da baía poluída. Por que razão só antes das eleições é que foi feita?? Não houve tempo antes? Por que razão não a concluíram? Para que nas próximas eleições haja algo para apresentar como obra feita! É por causa disto e muito mais que estamos nos últimos! O Concelho não tem continuidade, não passa de um agrupamento de urbanizações feitas à vontade dos patos bravos com quem a câmara colabora!

Seja honesto na avaliação que faz!

LB disse...

Almada tem universidades e é bom de ver onde se posiciona no ranking!

Os rankings valem o que valem e só os aceita quem quer mas, convenhamos que não vivemos propriamente no melhor dos concelhos, bem pelo contrário e, quem afirma o contrário das duas uma, ou está de má fé, ou anda a brincar com isto.
Muitas vezes leio por aqui comparações com margem norte, linha de Sintra/Cascais, etc... mas em boa verdade, apetece dizer: O que me interessa a mim que noutros sitios o caos seja pior que no Seixal, se o padrão de desenvolvimento seguido pela CMS é, definitivamente o mesmo?
Nem tudo é mau é verdade, nesta terrinha, mas convenhamos que, no geral, é mau! mauzinho! vai de mal a pior... e o pior é que se continua em discussões partidárias bacocas que, infelizmente não levam a lado nenhum!

hkt disse...

Desgraçadamente a realidade é esta: confunde-se crescimento com desenvolvimento.

"Sustentabilidade"é um conceito que fica bem nos discursos quiçá, entre dois projectos daqueles que se anunciam para amanhã e que no melhor dos casos são executados (parcialmente) dois mandatos depois em vésperas de eleições. Enquanto a realidade não se alterar, o Seixal não sairá da cauda deste ranking.

Manuel Reis Pires disse...

As “Melhores Cidades Portuguesas para se Viver em 2007” foi este o titulo de um trabalho do Expresso, se este estudo fosse feito à trinta anos atrás o Seixal nem sequer aparecia, o Seixal foi elevado a Cidade em 1993, para isso muito contribuiu o grande desenvolvimento que se deu desde o 25 de Abril, o povo do Seixal e o poder local foram determinantes para esta situação, ainda existe trabalho por fazer e novos desafios surgem, que se olhe para o que de bom se fez e se aprenda com os erros cometidos.

o josé disse...

A Amadora também não era cidade há 30 anos, e veja-se em que lugar da classificação ficou (em ultimo). Curiosamente, em "desempenho econónico" a Amadora teve 60 pontos, e o Seixal 20... Portanto, não estou bem a ver como é que um concelho assim pode considerar que o seu crescmento (e não desenvolvimento) foi "sustentável".

Já agora, Vila do Conde é cidade desde 1988. Localizada na margem Norte da foz do rio Ave, Vila do Conde é um importante centro industrial, porto de pesca e zona balnear e turística (palavras da "Wikipédia" - fazem-vos lembrar mais alguma terra?). Ficou em 10º, DÉCIMO lugar.

Ganhem juízo. Aliás, reformulo: ganhem vergonha na cara.

Anónimo disse...

Este é um daqueles casos em que os numeros falam por si... É pena que tal aconteça pois acho que a Margem Sul merecia melhor.

A não rotatividade dos orgãos eleitos no caso em concreto em vez de favorecer a excelência parece ter o efeito contrario: O comodismo, um deixa andar que contribui para um certo marasmo no desenvolvimento da nossa região.

Apenas para dar um exemplo o caso do metro da margem sul ainda estar em estado de "analise"... quanto do dinheiro publico não está ali empatado?

Responsabilidades, certamente haverá muitas, inclusivé do poder local, que não teve problemas a colocar cartazes a anunciar o metro, mas que não se preocupou em resolver os problemas que o impedem que funcionar...

Em suma, a força politica dominante a nivel autarquico não pode atirar agúa do capote para outras, não pode dizer que o antecessor A ou B fez isto ou aquilo porque desde o 25 de Abril que tem o poder.

E se este ranking mostra que a Margem Sul não está ao nivel do resto do país então pede-se que reveja o que andou a fazer neste ultimos 30 anos...

(Uma pequena nota para quem vier dizer que o poder central tambem têm responsabilidades, sem dúvida mas como têm responsabilidades aqui também têm no resto do país. Como são usados os poucos fundos disponiveis é que faz a diferença)

Mário da Silva disse...

- As oficinas dos serviços operacionais da CMS foram construidas e inauguradas no mandato anterior. Assim sendo a CDU não podia proeter algo que já estava cumprido! O destino dos terrenos onde anteriormente estavam as oficinas também já tinha sido anunciado publicamente, bem como que era o Arq. Manuel Salgado o responsável pelo plano de pormenor para aquela área. - anonymous

Ê pá! Então não foi o PCP que esteve no poder no Seixal nos últimos 32 (TRINTA E DOIS) anos?

Se calhar o "mandato anterior" que o camarada anónimo lá do ínicio dos comentários está a falar foi ainda no tempo do Marcelo Caetano ou até mesmo no do Salazar.

Isto até dá vonatde de rir se não fosse tão triste.

Até mais.