sexta-feira, janeiro 12, 2007

RESISTIR - SOBREVIVER AO TOTALITARISMO







Com o novo ano, inauguraram-se as novas “Capitais Europeias da Cultura” . Tiveram este ano essa honra a cidade do Luxemburgo , no estado do mesmo nome e Sibiu na Roménia.

A Roménia, saída da órbita Soviética, acabou de entrar na Comunidade Europeia , assim, Sibiu assinalou neste passasr de ano e em simultâneo duas situações históricas. É uma cidade antiga que se pretende requalificar e colocar no mapa cultural da Europa, a requalificação assente sobretudo no seu centro histórico e na muralha medieval.

Se o desejo das autoridades comunistas ao tempo do ditador Ceausescu tivesse cumprido a sua ideia de “desenvolvimento” , Sibiu não seria certamente “Capital Cultural da Europa”, pois foi o fim do Comunismo que salvou a sua arquitectura, pois durante os anos oitente, Nico Ceausescu (filho do ditador Comunista no poder) tinha um grande projecto , e esse projecto era nada mais nada menos que substituir a parte antiga da cidade por um moderno complexo habitacional... felizmente que o projecto se atrazou e entretanto aconteceu a queda do regime.

Será que esta história pode ser transposta para a Margem Sul?

Penso que sim , há hoje , por cá, uma esquizofrenia que trabalha a contra-relógio para betonizar todo o espaço verde , todo o espaço livre , na Margem Sul.

Parece que o Mundo acaba amanhã e a Margem Sul será como que uma "jangada de pedra" salvadora onde meio Portugal e todos os desabrigados se vêm alojar. Ou então é um porto que dá abrigo a tudo o que é pato bravo operando em território nacional e Espanha, uma vez que as multinacionais do sector já por cá assentaran arraiais (veja-se a Quinta da Trindade no Seixal).

À semelhança da pequena cidade romena que resistiu aos impetos de demolição do filho do ditador, chegou na Margem Sul, o momento em que há que constituír um movimento de resistência para parar esta barbárie, este totalitarismo do betão, sob pena de se o não fizermos estamos a curto prazo a permitir que esta região se torne inabitável e irrecuperável.

26 comentários:

Anónimo disse...

Seixal nunca será a Capital Europeia de Coisa Nenhuma, a menos que do exemplo a não seguir.

Anónimo disse...

O Seixal não quer ser capital europeia de coisa nenhuma, o que o Seixal quer é continuar a crescer de forma sustentável como tem crescido até aqui.
O unico exemplo a não seguir é o triste exemplo do ponto verde...

André Santos disse...

"Seixal" e "crescer de forma sustentável" são palavras que nem por brincadeira se conseguem introduzir na mesma frase...

Anónimo disse...

Se o André tirar as palas vai concluir que só por brincadeira é que se pode afirmar o contrário

Anónimo disse...

começam a surgir os resultados do marketing político de Verão:

http://www.regiaodesetubalonline.pt/noticia.php?codigo=45A7674389E1E

Anónimo disse...

A Margem Sul ainda estará sujeita a este marasmo enquanto determinada força política não for mais plural a nível autárquico. até lá, muitas políticas são concertadas a nível regional e a nível nacional, a zona será sempre perterida em favor de outras, mais favoráveis politicamente.

André Santos disse...

Caro anonimo, felizmente não tenho palas, por isso afirmei o que afirmei.
Quem afirma que o Seixal cresce de forma sustentável é que as deve retirar rápidamente, já que o resultado dos ultimo 30 anos fala por si.

Anónimo disse...

O crescimento da margem sul tem dado uma manutenção (não sustentabilidade) ao PCP, não fossem os negócios com o "grande capital" e a Quinta da Atalaia e o PCP já era história como no resto do mundo. Só aqui, e porque temos que ser nós que aqui nascemos e aqui vivemos a permitir a vida larga desta gente? Destes arrivistas que nem desta terra que os acolheu gostam pelo tanto mal que diáriamente lhe fazem.

João Antero disse...

Este ultimo comentário é uma piada... E de mau gosto... Vejam o que o Ps fez ao Montijo, ou ao Barreiro, em que em 4 anos aprovaram mais urbanizações do que a CDU em 24... Vejam o que o PSD fez em Oeiras e o que o PS e o PSD, em alternância, fizeram a Sintra...
Vejam o que o PS queria fazer ao Seixal se ganhasse as ultimas autárquicas, não se esqueçam que a principal promessa era massificar em betão a ponta dos corvos. Tirem as pala e vejam tudo isso...

HKT disse...

O problema do Seixal, como o de Bucareste é a atitude "progressista". Explico: nada melhor que um prédio de betão para mostrar que houve progresso relativamente aos tempos marcados pelos ritmos da natureza. O socialismo real mostra o seu incómodo e o seu desprezo pela natureza em todas as cidades da Europa central e de leste. Edificio altos, enormes cinzentos. O reino do forte e feio. Cidades desumanizadas, poluídas (casas negras em resultado ds fumos das indústrias circundantes). Águas (outrora cristalinas) impróprias para consumo.
O modelo de desenvolvimento da maioria é este. Não admira o que aconteceu neste concelho. Mas a história não pára e temos que reconhecer que o PCP/Seixal tem vindo a transpor com sucesso o modelo chinês: um concelho dois sistemas (socialismo e capitalismo deixaram há muito de ser incompatíveis pelo contrário, é o capital oriundo do consumo desenfreado e da construção civil desenfreada que têm vindo a salvar uma CMSeixal cada vez mais falida (de dinheiro e soluções).

Jofre Alves disse...

Passei para desejar óptimo fim-de-semana e apreciar esta interessante página, onde impera a qualidade e bom gosto.

João Afonso disse...

Mais outra piada a Câmara Municipal do Seixal falida... Só um ignorante pode afirmar tal coisa, ainda na ultima Assembleia Municipal foi provado que a Câmara Municipal do Seixal é das menos endividadas da Area Metropolitana de Lisboa... Se dividirmos a divida da Câmara pelo número de habitantes de cada concelho concluimos que o Seixal verificamos que a divida per capita é três vezes inferior a Odivelas (maioria PS) e nove vezes inferior a Lisboa(maioria PSD)!

Caparicano disse...

As alternativas políticas à CDU são incipientes e desprovidas de intelecto. Veja-se o PS Almada, onde desde tuneis a atravessar o Tejo a bairros sociais gigantes nas Terras da Costa - tudo foi prometido !

Não quero, porém, dar os parabéns à gestão CDU. Antes pelo contrário. Mas a verdade é que a oposição não tem feito verdadeiramente o seu papel.

Anónimo disse...

Falida? Realmente só pode ser piada!

Com toda a máfia que têm feito e com toda a que ainda hão de fazer, até 2009, estão bem financeiramente...ora pois!

E, se faltar, há sempre formas de contornar o problema, há sempre mais qualquer coisa para arrasar/construir.
As ultimas decadas já permitiram à Camara Municipal do Seixal estudar e avaliar as melhores formas para de 2 fazer 3...don't worry, everything is under control.

Ponto Verde disse...

Ao senhor "Antero":

- Era promessa eleitoral CDU no Seixal o aluguer das oficinas e abandono das então em serviço para posterior terreno de construção (possivelmente ao grupo ASS)?

-Era promessa eleitoral CDU no Seixal o aluguer construção pelo grupo ASS dos futuros Paços do Concelho , com renda orçada no todtal em mais de 150 mil euros mês?

- Era promessa CDU construir um futuro hospital num Sítio Rede Natura 2000?

- Era promessa eleitoral CDU transformar a siderurgia em 200 hectares de construção?

- Era promessa CDU Construir condominios privados na Quinta da Trindade, transformando aquele património municipal em country-club para ricos e futebolistas?

- Era promessa CDU betonizar o território do Seixal da Baía do Seixal até ao Rio Coina, como já fizeram com toda a Amora até Corroios?

- Era promessa CDU alterar o PDM para autorizar mais construção, mesmo em zonas protegidas pelo actual PDM?

- Era promessa CDU não permitir vozes discordantes, utilizar o boletm municipal como veículo de propaganda do PCP e dos grandes grupos económicos e ao mesmo temo censurar todas as opiniões e posições para além das da maioria?

Senhor Antero, Afonso ou Paulo Silva , não queira baralhar e colar-me a qualquer força politica, aqui como sabe, mas pretende escamotear as pessoas estão fartas de CDU, FARTAS!!! e das mentiras dos senhores da CDU, ou melhor PCP e os senhores se ainda o não compreenderam, ainda bem, pois só demonstra que só e sempre governaram em proveito próprio. Os seus "números" são também uma mentira pegada como muito bem sabe.

HTK disse...

O nosso amigo anonymous só pode fazer parte daquela massa anódina que gritava vivas ao rei nas suas sumptuosas vestes até que uma criança na sua ignorância gritou: "O rei, vai nú!"...

Paulo Silva disse...

Senhor Ponto Verde:
- As oficinas dos serviços operacionais da CMS foram construidas e inauguradas no mandato anterior. Assim sendo a CDU não podia proeter algo que já estava cumprido! O destino dos terrenos onde anteriormente estavam as oficinas também já tinha sido anunciado publicamente, bem como que era o Arq. Manuel Salgado o responsável pelo plano de pormenor para aquela área.
- O novo edificio dos serviços administrativos da CMS e a Reconversão dos terrenos da Siderurgia estavam no programa eleitoral da CDU!
- A localização do Hospital hámuito que estava anunciada, e a unica voz discordante é o senhor que o queria construir numa zona industrial...
- Os 200 Ha de construção nos terrenos da SN só se fosse lá construido, como o senhor queria, o Hospital...
- Sobre a Quinta da Trindade e o Centro de Estágios do SLB já o senhor tinha escrito 935 posts antes das ultimas eleições autárquicas... Pelo que não tinha de estar no programa da CDU.
- Sobre a betonização, devo-lhe lembrar que o PS nas ultimas eleições autárquicas prometeu uma betonização intensiva para a Ponta dos Corvos, o betão era tanto que o terreno não chegava para implantar tanto betão... Qual foi o seu comentário quanto a essa bandeira eleitoral do PS? Nenhum! O que demonstra que para o senhor o PS pode construir em terrenos de Reserva Ecológica! Palavras para quê... O ecologismo do ponto verde é meramente circunstancial e de fachada!
- Qunato às pessoas estarem fartas da CDU, devo-lhe dizer que a sua cassete está gasta! Relembro-lhe que antes das ultimas autárquicas já o senhor afirmava isso e os resultados eleitorais demonstraram o contrário!
Portanto senhor Ponto Verde você é aqui o único mentiroso e as suas mentiras estão gastas, bolorentas e não enganam ninguém.
PS: Os números sobre o endividamento da Câmara e a sua comparação com outras autarquias da AML foram apresentados por mim na Assembleia Municipal e não foram rebatidos, pois são verdade, pela oposição. Por isso antes de afirmar que são falsos, investigue para não cair no ridiculo...

hkt disse...

Já agora, só um esclarecimento, os números apresentados foram os do endividamento real ou... esqueceram-se de dizer que algumas receitas futuras já o não serão pois foram cedidas a troco de pagamentos de dívidas antigas? É que uma coisa são as dívidas aos bancos (aquels que carecem de debate e aprovação na CMS e na AM), outra é a realidade.

Anónimo disse...

Que receitas futuras da CMS é que foram vendidas? Ao lançarem "postas de pescada" era bom que exemplificassem!

Anónimo disse...

Não foram as receitas futuras da CMS que foram postas à venda...

...foi mesmo todo o Seixal.

ex-militante disse...

Se a Câmara vai pagar durante vinte anos o leasing das oficinas e mais o leasing dos paços do concelho, que receitas poderão ser afectadas senão "receitas futuras" (?) a menos que já tenha havido entre a CMS e Silvas negociações secretas para retalhar o concelho e garantir "receitas presentes", mas não é isso que contaram aos cidadãos pois não???

Anónimo disse...

Durante 20 anos vai-se pagar instalações que vão perdurar por mais de 50 anos... Quando compramos a nossa casa tam,bém ficamos com uma divida à banca que temos de pagar.

Anónimo disse...

E será que eu posso assumir um compromisso financeiro que é muitissimo superior ao meu mandato? É que o Estado e as autarquias locais não são entes privados. Se como privado quiser assumir um emprestimo por 50 anos ninguém tem nada a ver com isso, agora se for um ente público as coisas já não são bem assim.

Filipe de Arede Nunes

Anónimo disse...

Exmo senhor Doutor e futuro professor Filipe de Arede Nunes, é impossível efectuar-se um trabalho autárquico sério se não se assumir compromissos com prazo de pagamento superior a 4 asnos. Era impossível qualquer Câmara efectuar um investimento de 2 milhões de contos com um prazo de pagamento de 4 anos. A CMS quando comprou os terrenos da Mundet contraiu um empréstimo pagável a 10 anos. Passados esses 10 anos o empréstimo está pago e o imóvel é propriedade da Cãmara e vale milhões, o que demonstra o bom investimento que foi feito. Se a CMS hoje vendesse as instalações da Mundet pagava toda a divida. Pelos vistos se fosse o PSD não comprava a Mundet porque a Cãmara não podia pagar o empréstimo em 4 anos, o que teria sido um péssimo acto de gestão.

Anónimo disse...

Carissimo anónimo e astrologo!
Não falei pelo PSD, apenas escrevi sobre o meu entendimento sobre o assunto.
Por regra sou contra a assunção de obrigações que vinculem as gerações futuras, sejam elas feitas pelas CM PCP ou pelos governos do PSD. Depois sou agravadamente contra que um determinado partido politico vincule a politica de outros que se lhe possam seguir por periodos longos de tempo. 10 anos são dois mandatos e meio, agora 25 correspondem a mais de 6 mandatos!! Além de que é necessário ponderar todos os factores envolvidos. O projecto de construção de novos Paços do Concelho não me parece mau à partida, imagino pelas informações que pude obter que seja mesmo técnicamente bom, resta pesar todos os prós e contras e depois pensar em investir.
Mas ainda não é tudo. O regime em que o edificio será feito é muito pouco satisfatório. Uma empresa faz a obra (a mesma que fez os parques oficinais creio - pelo menos ainda ninguém veio desmentir) e a CMS paga uma renda por 25 anos até que possa pagar a totalidade do "emprestimo" contraido!
Mais, as clausulas penais adjacentes ao contrato são muitissimo más para a CMS: em caso de denúncia pela CMS há a obrigatoriedade de pagamento de uma soma correpondente a 20 anos de "renda"!! Acha mesmo isto bom? Imagino que sim, afinal ficava-lhe mal estar contra a CMS.
A CMS adquiriu a Mundet. Muito bem, mas e em que é que a Mundet foi aproveitada até agora? Não é ironia da minha parte, é apenas desconhecimento, por ventura poderá elucidar-me. Ah! E vale milhões como? Em investimento imobiliário como todo aquele que tem sido realizado ou está prestes a sê-los nos próximos anos?
Bem, questões do nosso tempo, prespectivas pessoais, mas no fundo, aquilo que verdadeiramente é importante é discutirmos, acaloradamente mas com respeito, posições por vezes divergentes, mas posições igualmente aceitaveis.

PS: Mas o que é que será que as minhas habilitações académicas tantas vezes são para aqui chamadas??

Um grande bem haja,

Filipe de Arede Nunes

o josé disse...

O trauma das habilitações deve ser do mesmo género daquele que o Nicolae Ceausescu tinha em relação aos "intelectuais". Para esse senhor, esses constituíram a mão de obra seleccionada para efectuar o trabalho de construção da "Casa Populurui - casa do povo" (hoje palácio do Parlamento), juntamente com os presos políticos e todos os que se manifestassem contra o regime. Os excessos e as provações impostas à população para fazer cumprir a construção do mastodontontico edifício acabaram por ser mais uma das achas que acenderam a revolução de 1989.

Tendo estado em Bucareste no início do passado, não pude deixar de observar uma curiosa e ao msmo tempo arrepiante semelhança arquitectónica com muitas zonas suburbanas que todos conhecemos.

Em termos de obras faraónicas e desprezo pela inteligência e habilitações alheias, dir-se-ia que há uns herdeiros do Ceausismo por estas bandas. Pode ser que tenham o mesmo destino.