terça-feira, agosto 30, 2005

BETÃO DEVORA (MAIS) SOBREIROS NO SEIXAL

















Dois meses e menos algumas dezenas de sobreiros separam estas duas imagens, uma situação de deflorestação já aqui denunciada em Vale da Torre / Quinta do Cabral na Torre da Marinha - Seixal.
- Da primeira imagem todos os sobreiros em primeiro plano desapareceram, os visiveis na segunda são os que se encontravam a cerca de cem metros destes- na imagem aérea significa que a mancha de sobreiros do canto inferior esquerdo já não existe!


Mais umas dezenas de sobreiros protegidos desapareceram em prol do "progresso" e do alcatrão no Seixal , o que podia ser o parque verde da Torre da Marinha, ainda por cima junto ao pavilhão desportivo da Torre da Marinha, encaixado no meio do betão, poderia servir de espaço de lazer de todos aqueles que sem qualquer qualidade urbana dos espaços residem naquela zona da Torre da Marinha. Tinham até agora pelo menos uma fresta de vista sobre o verde dos sobreiros e sobre um vale lindissimo , no futuro , mais alcatrão, mais uma rotunda e mais betão agora no que foi a Quinta de Sta.Rita e Quinta da Teixeira.

A linha de àgua que ali existia pura e simplesmente desapareceu, encanada? e o INAG sabe deste projecto? teve a sua aprovação?

Não importa também se no local há sobreiros protegidos, se a densidade populacional está a rebentar pelas costuras, é preciso é ceder aos interesses instalados que se iniciam junto à Estação da Fertagus, na Quinta da Prata, também ela urbanizada, também ela um cenário idilico de montado, mas agora trocou-se o montado por outra espécie ainda mais rara, o Jaguar... assim é feita a politica... de ambiente em Portugal.

Na imagem é visivel no canto superior esquerdo o Pavilhão Municipal da Torre da Marinha, uma estrutura que custou alguns milhões de euros à autarquia e que podia ser a âncora para tornar aquele local uma zona de lazer e desporto, com ciclovias, percursos pedestres, crcuitos de manutenção ou então deixar o verde existente sempre era ar puro!!! Mas mais uma vez outros valores mais altos prevaleceram.

Mais uma vez a linha férrea a trazer para Sul a Sintrização da Margem Norte. Esta ocupação de solo virgem, talvez a maior de todas os mandatos anteriores vem na senda de outros exemplos de abate selvagem de sobreiros, antes tivemos durante o Inverno passado a deflorestação ilegal da zona protegida no PDM da Flor da Mata, seguiu-se em Maio o abate de cerca de mil sobreiros abatidos ilegalmente na Quinta da Princesa para construção de mais uma grande superficie, o Carrefour que tantas contrapartidas parece ter dado "para bem do Povo"...

A betonização de solo virgem é um flagelo que alastra sem qualquer planeamento inteligivel por todo o concelho (contraria o assumido pela autarquia em sede de PROTAML) , de Sta.Marta do Pinhal, a Corroios, de Paio Pires e Farinheiras, ao Casal do Marco com a versão habitação e pavilhões para alugar (o novo filão imobiliàrio...), não falando da urbanização do Centro de Estágio do Benfica, da Quinta da Mata junto a Vale de Xixaros, para os lados da Baía temos os edificios sobre a encosta da Arrentela e o mais que para aí virá, até de ambos os lados do Forum Municipal em alameda até ao Rio nem a Baía vai escapar!!! Mas ainda temos a reconversão da Siderurgia para mais habitação ...

Este mandato foi fantástico!



29 comentários:

dizcorrendo disse...

Espectaular Reunião na C.M. Moita hoje 29 Ago 2005.
saiba mais em
http://varzeamoitareservaecologicanunca.blogspot.com/

Anónimo disse...

Este tipo devia era ter vivido na idade da pedra...

Rapa na rapaqueca disse...

Era bom que o autor do blogue tivesse vivido na idade da pedra, ao menos não nos andava agora por aqui a chatear na idade do betão. É que o gajo até é capaz de ter razão, é que nos países que vivem na idade da alta tecnologia não se vêm estes disparates de uma economia assente no caos urbano, na especulação imobiliária, no tráfico de infuências e na má qualidade de vida dos cidadão. Caro blogger , vá para a idade da pedra ou para um país civilizado, isto aqui é um caso perdido.

Anónimo disse...

O planeamento não é inteligivel por quem não quer, e se esforça por demonstrar, que o mesmo não é inteligivel...
Todas estas urbanizações estavam previstas em termos de PDM. O PDM foi aprovado por todas as forças politicas existentes na Assembleia e Câmara Municipal, foi aprovado pelo Governo do PS, e vem agora o ponto verde dizer estes disparates.
Aliás o ponto verde, faz-me lembrar um conhecido meu de nome Adelino. O Adelino é próximo do P, tendo há 8 anos sido candidato à Cãmara pelo PS, sempre o ouvi vociferar contra o betão, que era só construção, etc, etc. Há cerca de 3 anos encontrei-o, e logo ele começou a vociferar contra a Câmara do Seixal não por ser só betão, mas sim porque tinha uma Quintinha de 5000 metros em Pinhal de Frades e a Câmara só deixava construir na mesma 2 prédios, e o Adelino considerava um escândalo porque achava que podia lá construir no minimo 5 prédios.
O ponto verde se fosse o proprietário dos terrenos junto ao Pavilhão da torre, queria lá ele saber de zonas verdes...

Anónimo disse...

Com raciocínios desses é que o nosso futuro é já agora, o abismo possivel e nada mais! Temos os Governantes que merecemos!

Anónimo disse...

Errado o PDM não foi aprovado por todas as forças politico-partidárias. Por favor não se tente esconder atrás dos outros.

Meistre disse...

Então mas esta câmara não é CDU?CDU é uma coligação do Partido Comunista com o Partido «os Verdes», este último que é um partido ambientalista...ou melhor tentam impor essa ideia, mas no fundo tão-se «borrifando» para este tipo de problemas. Deviam mudar o vosso nome para «os Cinzentos», assim ao menos assemelhavam-se ao betão.
Parabéns pelo post.

António Pereira disse...

O Ponto Verde podia dizer que esta urbanização é da familia do vereador do PSD Luis Rodrigues, cabeça de lista à Assembleia Municipal desse partido, e com grandes interesses na área da construção civil no concelho.
Se no PSD mandam os construtores civis, no PS os construtores civis mandam. Com efeito, as promessas do cabeça de lista Menezes Rodrigues de construir 500 milhões de euros em betão na Ponta dos Corvos é demonstrativo do que os construtores civis mandam na candidatura do PS.
Como não gosto dos comunas resta-me abster nas próximas autárquicas, pois ninguém merece ganhar.

Anónimo disse...

Errado. Não se trata de terrenos da famílai do Sr. eng. Luís Rodrigues, esses são um pouco mais ao lado e destinam-se á cosntrução de moradias. Não tentem esconder o sol com a peneira!! E é triste que se tragam aqui pessoas que penso nunca aqui terem escrito. Poderiamso falar de muitas pessoas envolvidas, e mesmo funcionários e eleitos da câmara com interesses directos ou através de familiares em empresas que ganham obras públicas atribuidas pela câmara que tanto o comentarista que aqui colocou o anterior comentário como sabem quem são. E mais agarrem-se bem ao poder pois, a primeira coisa que irá ser feita se algum outro partido cganhar as eleições na câmara será uma auditoria, depois é que se vê!!!

Anónimo disse...

Pelos vistos a construção efectuada pela familia do vereador do PSD também é ecológica. Já a construção na Ponta dos Corvos era ecológica! Sou obrigado a concluir que todo o betão idealizado ou efectuado pelos elementos ligados ao PS ou ao PSD neste concelho é de origem ecológica... Bravo

Anónimo disse...

Saúde
por Joaquim Judas
(Médico)



Organizem-se!

As declarações de candidatos do Partido Socialista às autarquias do Seixal a propósito da proposta de construção de um Hospital no Seixal, que melhore resposta de cuidados hospitalares na actual área de referência do Hospital Garcia d’Orta, só merecem comentário porque, mais uma vez, são reveladoras da confusão reinante naquele partido acerca de questões centrais para a vida das pessoas. Não se compreende que tendo os actuais eleitos do PS na autarquia manifestado, por mais de uma vez, durante a vigência dos Governos PSD/CDS, o seu acordo com a vontade expressa pela população sobre esta matéria, surjam agora com a formação do Governo PS absoluto, não se sabe donde, novas figuras do paraquedismo político a afirmar exactamente o contrário, ou seja, que um Hospital no Seixal “é um problema a equacionar”, colocando em dúvida o que é uma evidência. Esta prática devastadora seguida pelo sistema de alternância PS/PSD, de dizerem uma coisa na oposição e fazerem outra no Governo, que vem corroendo os alicerces no regime democrático, tem de ter fim.




Sorrateiramente, entre férias, transferências milionárias de jogadores de futebol e fofocas das estrelas do jet-set, o país arde e o Governo segue na sua senda de destruição de conquistas sociais e de imposição de novos sacrifício aos mais carenciados. Acabou a comparticipação a 100% para medicamentos destinados a tratar algumas doenças crónicas graves e está anunciado o aumento para os doentes do preço dos medicamentos genéricos. Depois do Governo PSD/CDS, o PS absoluto toma agora a dianteira no pelotão neo-liberal.



Todos têm a convicção de que o Governo PS guarda para depois das eleições autárquicas um novo e mais grave pacote de medidas anti-sociais e que terá sido uma mera gestão de calendário um dos motivos da substituição do Ministro das Finanças. O PSD e o CDS esperam obter uma vitória nas eleições autárquicas para com ela levarem Cavaco em ombros até ao Palácio de Belém. É no sentido contrário que deverá ir o voto popular. È necessário que nas próximas eleições autárquicas não só o PS, mas também o PSD e CDS sejam duramente castigados pela situação a que conduzem o País. Só uma viragem clara à esquerda nas eleições autárquicas pode travar a política anti-social que vem sendo seguida e abrir caminho à construção de um Portugal novo, onde a verdade, a justiça e o trabalho sejam valores respeitados. Está nas mãos dos trabalhadores e das populações consegui-lo.



Uni-vos e Organizai-vos!

Anónimo disse...

O Dr.Judas é melhor médico do que político, mas desejo-lhe boa sorte nas eleições.

Quanto ao resto, nada muito a dizer, a CDU autoriza que se construa, o PSD tem lideres com terrenos já preparados, o PS tem um candidato que fala em milhões para construir, o CDS são só betinhos, empresários copos de leite e o BE marca presença.

Não há nenhuma lista de candidatos locais, independentes de partidos ? Se houver é nessa que voto.

Anónimo disse...

É o mesmo Judas de Cascais??? Que foi corrido??

João Antero disse...

Já há algum tempo que não vinha a este blog. Li atentamente os posts e os comentários e o que posso concluir é que existe uma autêntica falta de objectividade no mesmo. De um lado está o autor do blog, que já não esconde o seu ódio aos comunistas e que o único fim deste blog é derrubar a maioria comunista na Câmara, e os seus seguidores para quem tudo aquilo que a Câmara faz está mal feito ou é criminoso. E do outro os defensores da Câmara para quem tudo está bem feito.
Será que a Câmara não fez alguma coisa bem feita em quatro anos, certamente que sim, eu poderia dizer várias obras fundamentais para o desenvolvimento do concelho.
Mas será que a Câmara não cometeu erros, certamente que sim, eu poderia dizer vários.
Todavia uns fazem parte da "equipa do bota abaixo" e outros da "equipa do bota para cima". E assim não vamos a lado nenhum.
Com isto só se demonstra que este blog não é ambiental e que há falta de rigor, isenção e objectividade nos psots e nos comentários. Depois admiram-se de mais de metade da população não votar!

Anónimo disse...

Não sei porque razão o autor do blog faz tanto alarido com a construção.
Nos últimos 15 anos a única quinta que eu tenho conhecimento que foi vendida neste concelho e que não se destinou à construção foi a Quinta da Atalaia!
Esta atitude dos comunistas de preservarem esta Quinta deveria ser elogiada pelo autor do blog e seus compinchas! Qual quê, criticam a existência da quinta, e acham que a Festa do Avante não se devia realizar neste concelho, pelo que fico sem saber o que eles querem...

Anónimo disse...

E A festa do AVante quanto vai custar à câmara do Seixal???? Quanto é gasto pela câmara?? Podiam-me indicar no orçamento quanto está previsto?? E no relatório de contas ddo ano passado??? Não está pois não???Pois...

Anónimo disse...

Pois, mas não é apenas metade da população que não vota.... é mais de metade!! Ronda os 55%!! E vem os responsáveis autárquicos preocupados com isso?? Não pois não !! Como diria o outro:"PORQUE SERÁ???"

Pina Martins disse...

Parece que a Ecologia cai mais uma vez no esquecimento autarquico e o nosso municipio continua a seguir a linha exclusiva do betão.

Espero que os eleitores não se esqueceçam.

Anónimo disse...

Pena é que a linha do betão seja seguida por todos, quer pela actual maioria quer pelas pessoas que dão voz à oposição, pelo que entendo que para pior já basta assim!

Ambientalistas da Amadora disse...

Seixal é apenas mais um concelho da extensa lista de concelhos da grande Lisboa que estão a ser invadidos com várias urbanizações que arruinam os poucos espaços abertos que ainda existem. A Amadora é outro exemplo. Mais informações sobre os planos das grandes empresas para "betonizar" Portugal em:

http://ambientalistasdaamadora.blogspot.com/2005/08/beto-avana-ainda-mais-na-amadora.html

Maria Almeida disse...

Parabéns ao blog e aos posts aqui colocados. Palavras para quê? As imagens falam por si. Boas fotografias, boas reportagens. Continue a colocar em dúvida o que só para alguns é evidente....Bom trabalho!

abstracto disse...

Quando se fala que a quinta da Atalaia foi a unica que foi vendida e não foi betonada, apetece perguntar e qual é a novidade?
Então se foi a própria câmara que declarou aquele imenso espaço como área não urbanizável para que a aquisição deste fosse menos onerosa.
Realmente não percebo a admiração. Obviamente que não critico a existência de um espaço verde daquela dimensão no concelho onde vivo, agora o que é criticável é a câmara só ter tomado essa atitude com aquela quinta. Porque será?
Porque não tomou a mesma iniciativa com a quinta da Fidalga? Se tivesse tomado a mesma iniciativa, talvez podesse ter adquirido a quinta toda para área verde em vez de só adquirir o casario e os jardins (que no entanto é melhor que nada). Nesse caso poderiamos ter um espaço publico para toda a população e não um espaço que práticamente só tem utilidade para 3 dias e a pagar.
Resumindo não se pode criticar a existência do local, pode-se é criticar o meio como foi conseguido e a utilização que lhe é dada.

abstracto disse...

Concordo infelizmente com um dos comentários aqui colocados quando afirma que todos os partidos cedem à pressão do betão. Discordo no entanto quando diz que para pior já basta. Isso é desistir da democracia, se estamos descontentes com a actuação dos nossos governantes devemos expressar isso nas urnas, mesmo que isso signifique alterar sucessivante a nossa tendência de voto. Caso sejam mesmo todos iguais, pelo menos asseguramos uma maior destribuição de riqueza (leia-se destribui-se a mama).

Anónimo disse...

Desculpe-me abstracto mas não me apetece dar mama ao Luis Rodrigues ou ao Menezes Rodrigues.
Ao Luis Rodrigues porque já mama numa teta muito grande, e toda a sua vida tem sido feita a mamar. Ao Menezes Rodrigues porque há anos que anda a mamar na teta do meu Sporting, onde nada faz e aufere um chorudo ordenado numa das empresas criadas para dar tacho aos amigos do Dias da Cunha.

Meistre disse...

Acho impressionante quando existem comments onde se culpa apenas o Eng.Luís Rodrigues e o Sr.Menezes Rodrigues. Então e os senhores que estão eleitos não terão culpa? Olhem menos pró vosso próprio umbigo e ponham as culpas em quem as tem. E por falar em mamas, esquecem-se que Eufrázio pode não ter nascido com grande mama, mas fez-lhe um implante pra ficar maior, pois enquanto presidente da câmara conseguiu ter terrenos no alentejo, oferecer jipes ao seu irmão, bem não quero fazer mais acusações porque vocês hão-de continuar a olhar apenas para o vosso umbigo.

Anónimo disse...

O nivel dso últimos comentários foi algo muito baixo. Chegar-se ao cúmulo de querer branquear a politica camarária de construção é por demais estúpido. Falar em "mamas"?? É de muito baixo nivel que caracteriza sem dúvida o grau intelectual de quem a fez. Mas compreende-se não tem capacidade para mais!!È osmose. Lobotomia, ou palas , como o queiram encarar.

Anónimo disse...

Querem falar de mama??? Falemos do Sr. Eufrazio que ganha 700 contos da reforma da CMS e outros 600 da Região de Turismo da Costa Azul!! Tambem podemos falar de outros, é só pedirem!! Vocês queriam era deixar a população do Concelho do SEixal na ignorância, no sentido que não fossem votar!! Querem fazer a população de burros!! VAMOS VOTAR, E MAIS NADA!!!!!

Anónimo disse...

Pois é...

Citando um cartaz: "Não Votar É Aceitar"

Os seixalenses estão fartos de aceitar esta realidade.

Meistre disse...

Coitadinho do Eufrázio...a santa sé deveria torná-lo santo...