sábado, agosto 27, 2005

URBANISMO E CORRUPÇÃO

















Amsterdão, Holanda - Porque nos escapa esta qualidade de vida? Os comentarios de quem defende o status-quo talvez expliquem o porquê

Mas ajuda um pouco se lermos a entrevista publicada pela Visão (25/08/05) a Paulo Morais, vereador do Urbanismo da Câmara Municipal do Porto e nos faça entender que pouco interiorizámos ainda da EUROPA , copiámos o pior do Terceiro Mundo e da ex. Uniao Soviética. Sem mais comentários passamos a transcrever algumas das suas declarações, porque porventura desenquadradas do contexto aconselhamos a sua leitura na totalidade.

" O Urbanismo é, na maioria das câmaras, a forma mais encapotada e sub-repticia de transferir bens públicos para a mão de privados. A palavra para isto é «roubo» . É a subversão da democracia."

"...Os maiores financiadores das campanhas e dos partidos são os promotores imobiliàrios e os empreiteiros. Para quê? Para ter contrapartidas..."

"...Se os vereadores do urbanismo são os coveiros da Democracia, os partidos são as casas mortuárias. Quando as corporações tomam o poder dentro dos partidos e estes se organizam como bandos de assalto ao poder, os dirigentes são marionetas ao serviço dessas corporações..."

"...os pelouros do urbanismo das maiores cãmaras são o local onde tudo se joga...Existe também as tentativas de obter decisões favoráveis via artificios juridicos. Isto é, forçar a aprovação de projectoa atravéz de formalismos, manobras dilatórias, recursos, etc...para favorecer os mais fortes e quem pode pagar aos melhores juristas..."

"São os pelouros do urbanismo que dão as contrapartidas a quem financia as campanhas eleitorais. Os vereadores do urbanismo que, pelo País fora, aceitam transferir bens publicos para a mão daqueles que dominam de forma corporativa os partidos estão a enriquecer pessoalmente e a destruir a Democracia. Nas mais diversas câmaras do País há projectos imobiliàrios que só podem ter sido aprovados por corruptos ou atrazados mentais"

7 comentários:

Moita Carrasco disse...

Na Margem Sul há pelos vistos muitos..."atrazados mentais" ,pena que só os do Seixal se piquem ou continuem a defender a sua dama ou tacho, e muito se picam eles neste A-SUL. Parabéns

Anónimo disse...

Fico a aguardar o que o vereador Paulo Morais vai dizer à Judiciária. Possivelmente vai dar o dito pelo não dito, e a culpa vai ser dos jornalistas que deturparam as suas palavras... Depois como ele era vereador na Cãmara do Porto, eleito pelo PSD, com o pelouro do urbanismo, deve saber aquilo que fez, quando afirma que "os vereadores do urbanismo são os coveiros da Democracia"...

Anónimo disse...

O vice-presidente da Câmara do Porto, Paulo Morais, vai ser ouvido já para a semana, no âmbito do processo de averiguações preliminares acerca das denúncias que efectuou, anteontem, sobre eventuais pressões de partidos, governos e construtores civis, com vista ao licenciamento de obras. As denúncias do vereador continuam a esbarrar, porém, no silêncio do PSD (ver caixa). A Oposição exige explicações de Rui Rio.

Paulo Morais deverá deslocar-se, na terça-feira, ao Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) para prestar declarações no âmbito de um inquérito aberto a propósito da polémica denúncia de que os negócios imobiliários "financiam partidos, campanhas e dirigentes".

No dia seguinte, o vereador será ouvido, na Câmara Municipal do Porto, por um inspector da Inspecção-Geral da Administração do Território (IGAT), no âmbito de um processo preliminar de averiguações, solicitado, anteontem, pelo secretário de Estado-adjunto e da Administração Local, Eduardo Cabrita.

O governante pediu que a IGAT abrisse com o máximo de urgência o processo de averiguações. Isto porque Eduardo Cabrita deseja que a fase preliminar esteja concluída antes do próximo dia 9. Recorde-se que o secretário de Estado determinou à IGAT que suspenda todas as inspecções e inquéritos às autarquias, desde esse dia e até às eleições, para impedir o uso de eventuais averiguações como arma eleitoral.

VAMOS AGUARDAR PELOS PRÓXIMOS CAPITULOS...

Pina Martins disse...

Muitas das coisas que o vereador da CMP diz são verdade, e infelizmente faz parte do "senso comum popular" que o sistema funciona assim.
Penso que uma das possiveis soluções passaria por retirar este poder de "Urbanizar" ás C. Municipais, pois a corrupção será tanto maior quanto mais perto o poder está da população.

É incompriensivel como é que uma das principais fontes de fincanciamento das C. Municipais seja a construção, gerando interesses e corrupção.

Pina Martins disse...

Muitas das coisas que o vereador da CMP diz são verdade, e infelizmente faz parte do "senso comum popular" que o sistema funciona assim.
Penso que uma das possiveis soluções passaria por retirar este poder de "Urbanizar" ás C. Municipais, pois a corrupção será tanto maior quanto mais perto o poder está da população.

É incompriensivel como é que uma das principais fontes de fincanciamento das C. Municipais seja a construção, gerando interesses e corrupção.

Mário da Silva disse...

pena que só os do Seixal se piquem ou continuem a defender a sua dama ou tacho, e muito se picam eles neste A-SUL

O Plano da Moita
A Várzea da Moita...
Discussão Pública PRPDM Moita
AlhosVedrosAoPoder
Alhos Vedros City
Alhosvedrense
Alhos Vedros no Coração
O Blog do Brocas
O Conde de Alhos Vedros
Zelupi's Blog
Is There a Reason for this Blog?
Arre Macho

Como vê até à muitos mais aqui à volta :)

Anónimo disse...

Os do Seixal não se picam, nem defendem a sua dama e muito menos tacho, porque não os têm! Os do Seixal defendem a verdade e um concelho de Abril, que alguns querem destruir, mas não conseguirão!