segunda-feira, novembro 20, 2006

ALMADA - DE NOVO O METRO , OS SUSPEITOS DO COSTUME DENUNCIAM-SE !















- O Metro Sul do Tejo (clique) tem as suas obras paradas há um ano.

- O Metro Sul do Tejo (clique) tem 25 composições Siemens-Combino paradas numa garagem em Corroios.
- O Metro Sul do Tejo tem largas dezenas de quilómetros de via construída ao abandono .
- O Metro Sul do Tejo tem há um ano estações construídas a serem diáriamente vandalizadas.
- O Metro Sul do Tejo Está parado quando devia ter entrado em funcionamento há um ano.

- Sobre os factos acima a Câmara Municipal de Almada (clique) diz " não ter qualquer responsabilidade neste processo".
- Sobre os factos acima a Câmara já efectuou 15 Forums de discussão com os munícipes.

Os factos acima são indesmentíveis para a Câmara Municipal de Almada. O que não se compreende é , como é que ," não tendo a Câmara nada a ver com a paragem forçada de um ano em todo este processo" , lesiva do País e do ambiente, como é que (agora) pelo facto de a Assembleia Municipal de Almada "aprovar a cedência dos últimos terrenos necessários ao andamento das obras do MST no centro da cidade. A proposta aprovada por unanimidade na última reunião de câmara" (como notíciou ontem o PUBLICO em notícia assinada por Claudia Veloso).

-Afinal bastava uma decisão da Câmara de Almada para desboquear todo este processo.
-Afinal era a Câmara de Almada que estava a bloquear todo este processo!

Ou seja, o MUNICIPIO DE ALMADA MENTE AOS CIDADÃOS , ao tentar enjeitar responsabilidades em toda esta estranha trama. A oposição vai mais longe com o PSD a sublinhar os enormes prejuizos "ambientais e ecológicos" resultantes desta criminosa paragem das obras, e com o PS a tirar quaisquer dúvidas sobre quem é responsavelo por esta situação "A escolha do traçado do metro é da responsabilidade das Câmaras e, nesse sentido, a presidente da Câmara de Almada sabia desde a primeira hora quais os terrenos que seriam necessários" .

Estaria a senhora Maria Emilia a pensar num Metro Virtual, ou numa mera "Ideia" à imagem da pesada "ideia" que na Câmara do Barreiro se queixa de ter herdado?

Só quem tinha poderes para bloquear este projecto durante todo este tempo, com os prejuízos daí decorrentes...os tem para desbloqueou agora a situação.
Se pretendem que o povo seja estúpido e veja nesta atitude heroísmo como pretendem vender, descansem que o Povo há muito viu onde estão os verdadeiros culpados , aqueles que até agora impediam que o Metro assumisse o espaço fisico que lhe era há muito recusado.

O Povo só pretendendo agora que os tribunais cumpram a sua parte a julgar a má-fé, a gestão ruinosa (clique) e danosa para os municípios envolvidos e para perto de 500.000 habitantes por parte da maioria CDU que caprichosamente "gere" Almada. E que a oposição cumpra a sua parte já que nitidamente identifica os culpados, causas , efeitos e motivações.

Pode ver aqui o filme:


6 comentários:

Caparicano disse...

Com tudo feito, é indecente que, por pormenores num pequeno troço de Almada, se deixe em banho maria uma infra-estrutura essencial para a Região.

Enquanto os autarcas não forem directamente responsabilizados pelas asneiradas que fazem, as coisas nunca hão-de mudar.

np disse...

Tudo feito para esteja pronto bem a tempo das autárquicas de 2009, não prejudicando a campanha do ano passado.

Maria Emilia pensa em tudo, depois desculpas de plantas e afins cada um ouve e aceita a que quiser.

Miranda disse...

Simplesmente vergonhoso e criminoso, no trecho entre a Cova da Piedade e o Laranjeiro ocorreram vários atropelamentos alguns mortais, devido às obras do Metro que se arrastaram meses e meses.
Que pese na consciência dos culpados.

zeca disse...

Incrível. Para quando uma reportagem na TV sobre este caso? Para o país saber como são gastos os dinheirinhos dos nossos impostos. E depois andam estes senhores CDUs armados em papagaios a discursarem para que haja uma melhor distribuição da riqueza. É só teoria, porque na prática só se vê miséria e pobreza onde eles mandam

Papoila disse...

Já estamos habituados aos desmentidos da câmra assim como a sua desculpabilização relativa aos atrasos na conclusão do MST.

Enquanto as obras param, o desespero da população aumenta...

lumadian disse...

Nada do que venha da Dª Maria Emilia nem do partido a que ela pertence me admira. Admira-me apenas que toda a população de Almada e arredores, não tenha percebido neste últimos 20 anos que o PCP não é solução e nem o será no futuro. O comunismo morreu há quase 10 anos, perdeu-se no tempo, esfumou-se e aqueles que se dizem de esquerda nos dias de hoje, são iguais ou piores aos de direita.