segunda-feira, novembro 27, 2006

CAVACO O ECOLOGISTA (?)









Ontem em Coimbra o Presidente da República sublinhou da necessidade urgente de se requalificarem as cidades deste país , esperando que esse seja o grande e imediato objectivo dos municípios.

O P.R. declarou a propósito da inauguração de equipamentos no âmbito do Programa Polis : “ Temos de ser capazes de requalificar as cidades, tendo por base as melhores tecnologias e os melhores padrões ambientais (...).”

"A melhoria da qualidade de vida nas cidades , deve constituir um objectivo cimeiro da administração central, local e dos cidadãos. As cidades pelas suas capacidades e recursos , são decisivas para o desenvolvimento da nossa economia”, mostrando-se também preocupado com “os novos fenómenos de degradação do ambiente urbano” agravado pelo aumento das periferias e pelo surgimento “de novos fenómenos de exclusão social”.

Um discurso ecológico e de sustentabilidade ambiental e social , que encontra eco perfeito na Margem Sul, uma zona geográfica que enquadrada estes fenómenos sociais e de expansão urbana irracional.

São posições que aqui temos assumido, apesar de criticas de sectores bem definidos do leque partidário que constituem a representação factual de uma inércia que se arrasta há décadas, á medida que criam condições que só agravam os problemas existentes.

Por isso saudamos com regozijo este agendamento feito pelo Sr.Presidente da República na continuidade do que Jorge Sampaio tinha já assumido como prioridades para Portugal.

____________________________________________________

AGORA A OUTROS CAVACOS E RESPECTIVOS SILVAS

Dois post's atrás parece ter incomodado mais este parágrafo:

"O que fazer deste poder local ? Onde enquadrar a arquitectura em Câmaras (video) em que a formação técnica de um verador do urbanismo pode ser de serralheiro-mecânico ?" - que volto a subscrever e a sublinhar,- do que as responsabilidades que atribuo ao não urbanismo de trinta anos na Margem Sul, ou a conivência das Câmaras no boom de construção clandestina que grassou por todo o lado...e ao presente envenenado em que vivemos.

Dá para ver a cegueira colectiva desta gente, mas convinha explicar que o incómodo de aqui referir que Jorge Silva há muito que atingiu o Princípio de Peter, porque alegadamente...parece que apesar te há muito ter atingido o patamar supremo da incompetência técnica no cargo que desempenha ... parece afinal , haver quem (politicamente) queira dar-lhe mais um degrau para subir, parece que a purga do Sado terá pelo Seixal outros contornos... veja-se o que está a acontecer na bancada parlamentar...moral da história agora adaptado à lei de Murphy... se acha que está mal governado, lembre-se que pode ainda ser pior...

Que fique aqui bem claro, respeito o Senhor Jorge Silva operário, serralheiro mecânico da Sorefame (ponto final ) !, depois é que .... então ao atingir a posição cimeira do urbanismo na Câmara que mais constrói na Região , aí é que a minha admiração e respeito termina, basta ver o resultado!!! Bem como a forma como lida com problemas concretos, com consultas públicas, com abaixo-assinados... e com o cidadão comum (mesmo serralheiro mecânico) que como é óbvio, já não está no seu patamar...

10 comentários:

ex-militante disse...

São todos uns democratas e uns operários da treta. Vejam o Jó Jó, há quanto tempo não põe os pés numa oficina para trabalhar. Por alguma razão vão para a politica. A história do Jorge Silva é outra que tal, contem nos lá a biografia do senhor serralheiro JS, conte lá senhor Cavaco, conte lá senhor Paulo Silva.

nunocavaco disse...

Não me trate por senhor. Deixem lá o homem. Apreciei o post, principalmente pelo carinho demonstrado.

Anónimo disse...

laxiesDeve ter apreciado, muito mais, o "homem" porque lhe tem dado muita massa. Olhe que eu não digo dinheiro a ganhar

Gonçalo André disse...

Analisando este post, parece que aqui pelo a-sul a desorientação é total, tando dizem que o Jorge Silva está prestes a ser "corrido" da Câmara, como a seguir afirmam "parece afinal , haver quem queira dar-lhe mais um degrau para subir"... Ou seja, o ponto verde e os amiguinhos já não sabem o que dizem, caindo frequentemente em contradição. Contradição que é patente quando o ponto verde diz respeitar o serralheiro Jorge Silva, e depois ataca o Jorge Silva por ser serralheiro... Ou seja o ponto verde, apesar de ser doutor, não sabe o que diz, o que demonstra que há muitos doutores que tem de aprender com os serralheiros!

André Santos disse...

Acredite que devem haver muitos doutores que tem que aprender muito com os serralheiros...muitos mesmo.

E apesar de ser um defensor de que não interessa se o Sr. Jorge Silva é serralheiro ou não (só tem é de desempenhar bem a sua função, mais nada) há que ter uma certa atenção no que se fala a respeito dos "doutores", porque os estudos trazem realmente capacidades que não se aprendem com a vida.

Cursos de engenharia e arquitectura, por exemplo, existem por razão que não são desprezáveis.

Nos dias de hoje cada vez mais se exigem (e bem!) especializações e formação.

Anónimo disse...

Da mesma maneira que os cursos trazem saberes que não se aprendem com a vida, a vida dá-nos conhecimentos que não se aprendem em cursos...

Antonio disse...

"Da mesma maneira que os cursos trazem saberes que não se aprendem com a vida, a vida dá-nos conhecimentos que não se aprendem em cursos... "

O problema é que para o conhecimento que a escola nos dá é preciso estudar muito e passar longos anos em escolas e faculdades e após este processo continuar a estudar até ao fim da vida! Coisa que poucos querem! Para o conhecimento que a vida nos dá é preciso apenas viver! Eu podia viver 1000 anos que nunca seria médico, advogado etc se para isso não estudasse! O problema neste país de xicos-espertos é que pessoas que vivem à base de cunhas pensam que por assumir cargos que supostamente é necessário formação superior já são Dr ou eng... é hilariante o valor que algumas pessoas dão a quem tem estudos e é por isso que neste país não se investe em I&D, é por isso que agora os portugueses vão ter o 12º ano sem que para isso tenham ido à escola etc etc.. preferiam andar nos cafés, a vadiar. Muitos desistiram na altura com a argumentação de que “ isto não serve para nada, aprende-se é lá fora.. a trabalhar”. É por desconsiderarmos o conhecimento e o estudo que somos um país atrasado e a mão-de-obra barata da Europa!

Anónimo disse...

Analisando este post, parece que aqui pelo a-sul a desorientação é total, tando dizem que o Jorge Silva está prestes a ser "corrido" da Câmara, como a seguir afirmam "parece afinal , haver quem queira dar-lhe mais um degrau para subir"

Quem parece que anda desorientado è o PCP, ou serà a CDU, ou serao os verdes? Façam là a limpeza, o JoJo prefere o Estqline è?

Anónimo disse...

operario foi ... operario nao mais sera ...

Ponto Verde disse...

Quem é quem no Reino dos Cavacos:

Por ele mesmo:

- Nuno Miguel Fialho Cavaco
Membro da Comissão Concelhia da Moita
do Partido Comunista Português