quinta-feira, outubro 09, 2008

METRO SUL DO TEJO - PERIGOSA INCOMPETÊNCIA


À medida que as obras do MST se encaminham para o final, vão-se aos poucos revelando as fragilidades da obra, algumas tão confrangedoramente evidentes que há que dar a conhecer ( e responsabilizar) quem fez , executou e fiscalizou o projecto , com tanto Forum de Participação, não deve ser dificil arranjar mais um para a apoteose final.

Um dos pontos mais evidentes do atamancamento daquele projecto tem a ver com uma questão tão simples como a drenagem de águas pluviais , se um engenheiro do tempo do Império Romano visse uma o
bra destas perguntaria o que temos andado a fazer de há dois mil anos para cá...

Um projecto destes seria inconcebivel numa cadeira de hidráulica do primeiro ano de Engenharia Civil, não se compreende como é posto em prática num projecto destes ?

Exemplos , bom basta ver o que já sucedeu com os pingos de chuva que caíram ontem , basta caír um aguaceiro á séria para termos em Cacilhas , e noutras zonas baixas , o drama das obras do Polis em Albufeira... é que a coisa é tão simples como isto, as sargetas instaladas não são nem em número suficiente, nem a sua colocação está devidamente projectada , sargetas há que não estão no ponto mais baixo da via, ou têm sequer um pequeno desnível que a elas co
nduza a água.

Uma praça como a dos Perseguidos tem sete sargetas instaladas e unidas por uma valeta de desnível minimo (no circulo intermédio que define a via) , e unicamente duas junto ao pedestal da estátua .






Uma rua refeita totalmente de novo (A rua que conduz ao Tribunal , imagem à esq.) R
ua Fernão Lopes tem unicamente três sargetas exactamente no eixo da via que agora é pedonal , a asneira continua no que dá para nos apercebermos da obra da Rua Luís de Queiroz.





Na Avenida principal (Av. D.Nuno Alvares, ao lado ) o erro repete-se tantas as vezes como as sargetas aí construídas , sem que tentam sido feitas valetas ou sequer , colocado as sargetas na cota mais baixa da via !


O que vai contecer é que com chuva , não só aquela zona se tornará intransitável , como a não retenção e condução da água , resultará em verdadeiras enxurradas em direcção a Cacilhas e Cova da Piedade , e possivelmente teremos inundações na Escola Emidio Navarro.

É notório que isto implicará futuramente mais obras para reparar este erro , claro que só depois das habituais desgraças e prejuizos que ninguém responsável nunca prevê , ou acautela!

16 comentários:

Anónimo disse...

Já fizeram esta afirmação e eu repito, ontem cairam uns pingos de chuva em Almada, a praça Gil Vicente e a praça dos Fugitivos (MFA) transformaram-se em lagos.

micas disse...

Já viram os malucos de fernão ferro?
Parece que fazem parte do greenpece.
Vale a pena ver aqueles tipos.

EMALMADA disse...

Ponto Verde põe a descoberto fragilidades das obras do comboio ( é esta a designação oficial) que podem ser observadas por qualquer cidadão que olhe para o chão, mas não pela Presidente da Cãmara e pelos autarcas porque só têm na retina o comboio e na cabeça a pirotecnia verbal com que pretendem intoxicar os munícipes.

- realmente a drenagem das águas pluviais parece vir a ser um fracasso de consequências muito sérias para a cidade e as pessoas. Basta chover como aconteceu recentemente em Coimbra ou no Algarve.
Os erros no solo são tantos, mas não percebidos por muita gente, que só dará para contar depois as consequências.
Na maior parte dos sumidouros a àgua passa ao lado.
Os planos inclinados construídos nos caminhos-vias estreitas de circulação são autênticos lançadores de água em direcção às zonas mais baixas: Cacilhas e Cova da Piedade.
Se a isto somarmos a intensa impermeabilização dos solos que estas obras fizeram:
- todo o espaço canal está betonizado. Aqui não há infiltração de àgua ( são cerca de 8 metros de largura em todo o Canal do comboio)
-a calçada dos passeios (dita portuguesa, o que não é,é imitação, porque a calçada portuguesa é feita com areão para facilitar a infiltração e não com mistura ciment-areia) tem por baixo da pedra uma mistura de areia e cimento que com a infiltração dos primeiros pingos vais formar uma placa de cimento impeditiva de infiltrações consequentes de águas das chuvas, as quais vão correr para os caminhos de betão e aí escoar para os pontos mais baixos,
- as canalizações entre os diversos sumidouros foram feitas um pouco ou muito à bandalheira,
- muitos passeios foram feitos por motivo das obras, com inclinação descendente para a via de circulação. Toda a àgua escorre para piso impermeável.

Almada em tempo de chuva vai ser provavelmente um conjunto de cursos de àgua, temporários, a desaguar no Rio Tejo.
Que tal em tempo de chuva "Almada, a Veneza da margem sul"?
Vai ser cartaz turístico!

perseguido disse...

Bem observado por Em Almada e Ponto Verde , basta estas no Faraó e ver que o piso daquelas arcadas está mais baixo que a linha de"comboio" e zonas entre esta e os edificios, como o Faraó tem uma cave se chover meis do que o normal adivinhem para onde vai a água.

Anónimo disse...

Sargeta = Este blog

:)

Anónimo disse...

Para a sargeta há-de ir a CDU em 2009 nas próximas eleições.

Anónimo disse...

De quem é a responsabilidade das obras do METRO? Em última análise é do PS e do PSD, porque ou mandaram/mandam na empresa ou são os seus quadros que executam as obras.

Tenham vergonha e preparem-se para mais uma derrota humilhante. Isto já cansa, de quatro em quatro anos bater em mortos não tem interesse nehum.

Apresentem ideias e deixem-se do bota abaixo, pode ser que um dia ganhem e façam todos ganhar alguma coisa com isso.

Anónimo disse...

Pois é!
Um aluno do 1.º ano não faria tamanha asneira, mas os engenheiros que trabalham para a câmara fazem estas e outras mais graves.
São gente anquilosada, que não evoluem porque estão mentalizadas em obediência ao partido.
Tudo fazem para agradar à M.ª Emília.
Porque se não fizerem vão para a prateleira.
As asneiras são muitas e é só observarem-se as obras para se observarem as asneiras.
Todos os dias começam um trabalho e param para ficar dias a fio sem lhes tocar.
Não há um plano de trabalhos.
Fazem um asfalto e no dia seguinte vão abrir valas para fazer uns trabalhos que se esqueceram antes.
Isto é todos os dias.
É só sair à rua para se observarem estas asneiras.
E não é preciso ser técnico para nos apercebermos disso.
Qualquer leigo vê e fala.
Até quando o nosso dinheiro é desbaratado por esta gente?

Não se trata ser gente do PCP, do PS ou PSD.
Seja de que partido for.
É gente incompetente.
Há que correr com eles!
Querem mais informação?
Vejam em www.emalmada.blogspot.com e www.triangulodaramalha.com

Emilinha das sargetas disse...

Diálogo de rua:

- Então não sabes que a Maria Emilia vai saír da Câmara para ir para a administração do Metro.

Se calhar é por isso que há tanta obra mal feita, haverá muitos e longos anos para ir arranjando as asneiras, claro que é o Zé Povinho a pagar, mas isso...

joão disse...

Sou Comunista, sou até ati-fascista e clandestino e sou democrata de livre pensamento.
Não me identifico com a CDU , a CDU tem estragado Almada e outros concelhos da Margem Sul porque não se distingue das politicas capitalistas de direita.
O dinheiro e a politica barata é que mandam nestas câmaras. Acho que o metro é uma boa obra para Almada, mas tem muitos erros o das sargetas é bem observado. Vim agora da rua e é verdade, têm que mudar aquilo.
Têm que aproveitar o que a internet tem de positivo.

Anónimo disse...

Sou militante do PS mas por vezes voto no PSD, mas nas autarquicas voto na CDU porque sei o que o meu partido é!

Anónimo disse...

6 da tarde, Almada e um deserto, ni carros ni pessoas, so bebados.

Anónimo disse...

Aqui, muito fala-se e fala, mas ninguém tem os tomates de sair à rua a protestar. É todo bla, bla, bla...

ex-militante disse...

Votem CDU a CDU é a coligação do PCP e Verdes que até nem são Verdes, e dos outros que para lá inventaram para não serem só dois, que quem inventa dois inventa três, mas que eu nunca me lembro quem são.
Votem CDU onde as água corre para cima o lixo fica por recolher porque passados três dias ainda é feriado que até foi a um domingo.
Votem CDU mesmo que o metro ande vazio e não sirva para nada, mas é bonito vê-lo passar onde as pessoas não vivem, onde as lojas fecharam e de onde os jovens bazaram.
Votem CDU mas depois não se queixem.

Anónimo disse...

Ninguém em seu perfeito estado de saúde mental ou que não ande a viver à conta dos tachos da CDU já aguenta a política bolorenta dos incompetentes comunistas. Todos nós população que trabalha que paga impostos que tem amor à terra onde vive merece melhor e nós não queremos mais PCP disfarçado de CDU. São a foice e o martelo e toda a violência psicologica contra quem não pensa como eles que esses simbolos representam, com todas as provas dadas pela URSS e outros paises com a mesma politica que fizerem e ainda estão a fazer as maiores atrocidades contra a humanidade. CDU nunca mais. Viva a liberdade!

Anónimo disse...

Hoje é muito fácil em Portugal
gritar Viva a Liberdade!
Felizmente que ouve um punhado de homens e mulheres que muito lutaram, e deram as suas vidas por ela, e, entre esses estiveram os
comunistas muitos,muitos,muitos.
Não sabia?