sábado, outubro 18, 2008

SALVEM O MIGUEL !!!


_______________________________________________

Um filme que faz parte de uma campanha internacional em defesa do sobreiro e do uso das rolhas de cortiça , ou quando um actor de Hollywood se dispõe a abraçar gratuitamente uma causa em prol de uma riqueza nacional (económica e ambiental) que os naturais por vezes tanto desprezam e fácilmente trocam por betão.

7 comentários:

Anónimo disse...

Muito bom, mesmo!

Daniel Geraldes disse...

http://www.savemiguel.com/

magali disse...

Muito bem! É preciso preservar os migueis pois além de serem uma enorme riqueza natural eles são económicamente importantes para o país!

ML

Anónimo disse...

Ando por aqui a pensar que o lema deste blog " pensar global agir local", já é coisa do passado.

Nestes tempos conturbados, em o que era verdade ontem, já não o é hoje, vou pensar em desenvolver os fundamentos para um novo lema:

PENSE LOCAL, E PLANTE JÁ UMA COUVE NO QUINTAL

Ponto Verde disse...

Ao anterior comentador , Obrigado pela dica ! Penso que nos tempos presentes será um bom lema e um bom principio, saudável é de certeza!

Antónimo disse...

Exmo(a) Senhor)(a) Ponto Verde

Com displicência, registo ter a minha intervenção anónima merecido de V.Exa um comentário no mínimo jocoso.
Não é meu hábito participar nos comentários, nem muito menos dialogar, embora o último para muitos seja determinante quanto á apreciação da democraticidade e da cidadania, e outras qualidades ou defeitos do interlocutor, condição de validação do conteúdo.
Talvez esteja mal habituado, mas as intervenções que faço, são regra geral elevadas a post pelos detentores dos blogs , sempre com epítetos quanto á lucidez, etc., etc. nomeadamente por V.Exa.
Porém, desta vez intervim como anónimo, e se alguma vez produzi um texto lúcido, realista, com alcance e visão estratégica foi esse.

PENSE LOCAL, E PLANTE JÁ UMA COUVE NO QUINTAL

Antónimo

Ponto Verde disse...

Couves não tenho , mas há coentros e salsa, o ano não foi bom para as uvas, mas as romãs têm saído bem.

Os nabos estão a despontar e as folhas já alimentaram algumas sopas. Os alhos espero que no Natal tenham bico de pardal e as azeitonas estão quase no ponto, de resto o alecrim aromatiza alguns assados e o louro uns bacalhaus.

E nada disto é irónico ou ofensivo , são produtos da horta , sem corantes nem conservantes .

Um hábito que não é mau desenvolver, pelo menos dá-nos humildade perante o que não dominamos.

Saudações verdes