quarta-feira, outubro 15, 2008

BLOG ACTION DAY - POBREZA NO MUNDO



Blog Action Day 2008 Poverty from Blog Action Day on Vimeo.

O Blog Action Day é uma iniciativa da Blogoesfera que promove , num determinado dia, a análise Global de um tema , o tema escolhido para este ano é a Pobreza.


Tema oportuno no meio de uma crise global que afectará inexorávelmente ainda mais, os mais pobres e desprotegidos, mas , ao não ser indiferente à transversalidade social, a todos afectará e contribuirá certamente para a criação de novos pobres , num novo tipo de pobreza, por vezes escondida e disfarçada.

Num mundo onde as diferenças sociais são gritantes, onde os ricos são cada vez mais ricos, os pobres cada vez mais pobres e onde deriva pelo meio uma classe média cada vez mais despojada , vivemos todos sem excepção, a cada dia que passa, num meio ambiente com menor riqueza ambiental e biodiversidade.

O planeta, fica a cada dia que passa, cada vez mais pobre , não há dia que termine sem que, causado pelo Homem, um habitat, um ecossistema ou uma espécie desapareça , aumentando a pobreza global e a nossa pela perda de recursos que dia a dia se vão esgotando.

Vivemos tempos complexos, dos mais complexos que há memória , a pobreza esteriotipada que nos torna por vezes indiferentes é só mais uma dessas imagens de "telejornal" que associamos sempre a terceiros, no entanto ao longo deste ano de 2008, apesar da opulência encenada de uns Jogos Olimpicos , temos sido avassaladoramente invadidos com ameaças sucessivas, graves e concretas de um mundo que terá que mudar para que a humanidade sobreviva.

A exploração desregrada de recursos entregues a um mercado d
esregulado e desregulamentado, a um capitalismo selvagem patrocinado por várias ideologias trouxe só este ano, a escalada dos preços no petróleo que atingiram records, pouco depois foi a vez de matérias primas e alimentos fundamentais terem também eles atingido o máximo do seu valor.

Vivemos agora uma crise sem precedentes no sistema financeiro global que arrastará inevitávelmente a economia planetária para uma recessão (ainda não reconhecida) .

É preciso ir "back to basics" , voltar ao simples , voltarmos a uma vida dentro das nossas possibilidades, dentro daquilo que conseguimos produzir, de forma equilibrada e sustentável...

SUSTENTABILIDADE é hoje a filosofia fundamental para o regresso do progresso económico, para a perenidade do bem estar social e ambiental , para uma melhor distribuição da riqueza e diminuição das assimetrias de bem estar e desenvolvimento global.

É possivelmente a melhor forma de combater a pobreza.


Mas é preciso mudar ! URGENTEMENTE !





__________________________________________________________

ENTRETANTO NUMA ROTUNDA PERTO DE SI...


A Câmara do Seixal gastou este fim-de-semana mais de seis mil euros a promover o Graffiti, diz a Vereadora da Cultura ...

« ...como uma forma de «incentivar os writers [designação atribuída a quem faz graffities]» a pintarem em «espaços organizados, que não incomodassem ninguém». «Decidimos promover o Seixal Graffiti quando nos confrontámos, em vários espaços urbanos, com vários graffitis, alguns deles em habitações e outros em espaços públicos»


- Será então que a senhora Vereadora consegue explicar o que esta tarde faziam estes jovens acompanhados de alguns elementos mais velhos , na rotunda da Torre da Marinha ?


- Reconhece a senhora Vereadora, desta forma, o insucesso pedagógico do Seixal Graffiti?

17 comentários:

ex-militante disse...

Milhões de pessoas vivem com menos de um dólar por dia , um spray de tinta custa €5 ( 7 dólares). Pensem nisto !

Daniel Geraldes disse...

Acabei de passar no Blog Lóbi, o antigo lóbi do chá, e concordo plenamente com a visão do autor sobre a pobreza.

Anónimo disse...

Ena pá, tantos para fazer uma M--- daquelas.

Daniel Geraldes disse...

Mas esta foto é de hoje dia 15 de Outubro?

Ponto Verde disse...

Sim, Daniel Geraldes hoje ás 17.45 !

Anónimo disse...

Grande crime.

ponto verde e ex-militante tenham vergonha!

Um spray de tinta custa 7 dólares e é isto que contribui para a pobreza ou a merda de sistema que tu defendes.

O Durão Barroso custa muito mais e tu sobre isso não referes nada.

Não enganam ninguém, enganem-se a vocês próprios.

Anónimo disse...

Estes comunas estalaram o verniz estão desesperados.

Anónimo disse...

Gosto particularmente do Kota com ar de estar a fazer a segurança para ver se não vem a policia..... espero que o POnto Verde tenha tido a decencia de para além de tirar a fotografia chamara a policia... pois, isto é crime atée mostrarem uma autorização do proprietário para tal... e mais têm de ser identificados para o caso do proprietário querer agir judicialmente contra eles por crime de dano, podendo fazer num prazo de seis meses a contar do conhecimento dos factos.
Isto td para não falar que se trata de propaganda.... e não estamos em campanha existindo, locais apropriados para esse efeito... masi parece que eles já foram identificados como tal pedir à PSP a identificação das pessoas e enviar para a CNE.

Anónimo disse...

Porque é que eu nunca apareço em nenhuma foto?

(já agora sabem o que é o direito de imagem e que não é permitido divulgar fotos de qualquer pessoa assim á vontade...?)

É bom ver tanta preocupação com o muro do senhor ou serão as palavras que pesam na consciência?

AM

Anónimo disse...

Estes CDU PCP ou lá o que são não têm respeito nenhum pela população. Esta fotografia é bem ilustrativa disso mesmo. Esta gente vai gozando com a população mas a brincadeira pode sair-lhe cara. Quem manda nesta gente é o povo e só são eleitos enquanto o povo deixar.

Anónimo disse...

Senhor anónimo (aqui por cima),

Sabes o que é um mural politico?
ao longo da historia foi usado como forma de arte e resistência. Exemplo disso é o nosso país tanto no antes e pós 25 de Abril. A pintura mural é considerada uma forma de arte, bem como o graffiti, a dança contemporânea ou a musica.

A arte quando é usada como forma de resistência não deixa de ser arte!
Antes é uma afirmação de liberdade e de Luta!

E lembro-te que quem manda é o povo (mais ordena como cantava o outro), mas tanto é reprimido e come as vossas tretas do mundo novo e cor de rosa onde tudo é bom, como vos manda abaixo e faz um "mundo novo a serio"!

E o povo deixa..o povo quer e transforma!

"AVANTE COM A LUTA!"

AM

Anónimo disse...

Nós não estamos ao longo da história, nós estamos a viver a história dos nossos dias e vivemos num país democrático onde não há lugar à resistência como luta política e muito menos com alusões a regimes ditatoriais e a ditadores sanguinários comunistas . Portugal é um pais livre onde há lugar ao dialogo e à negociação civilizadamente nas instituições, não é necessária uma luta de resistência à moda antiga como se tivessemos parado no tempo. Lamentavelmente o partido comunista parou no tempo, não percebeu que não estamos a caminho do comunismo estamos em liberdade e que a ditadura já foi destituida pelo moviento dos militares em Abril 74. Neste país o povo só é reprimido nos sítios onde a CDU tem a maioria por isso a luta quando muito seria contra a CDU e o PCP que por acaso até um e outro são a mesma coisa. E para terminar se eu quizer pintar a minha casa e mudar-lhes a cor a Câmara obriga-me a pedir autorização para isso. O muro é branco é propriedade privada e pinta-se lá o que se quer? Talvez este fim de semana próximo eu vá pintar o muro da vivenda do Presidente da Câmara do Seixal e deixar lá a minha mensagem política de Sr. ELEITOR NÃO SE ABSTENHA E NÃO VOTE NA CDU. Que acha Sr anónimo da 1.39?

Rogeriomad disse...

Queres que te faça um enquadramento do graffiti de cariz político, de cariz sindical, de cariz associativo?

A importância que eles têm para as nossas sociedades?


E já agora, para ter uma ideia do teu ponto de vista:
Preferes que se coloque um outdoor publicitário (ilegal, pois a maioria deles são ilegais) ou que se pinte, com autorização, uma parede suja inutilizada?


Gostei da tua visão da Pobreza do Mundo e do teu "É preciso mudar! URGENTEMENTE" Muito bom, mesmo...

Anónimo disse...

O engraçado desta situação é que foi a própria Junta de Freguesia de Arrentela que pintou de branco aquele muro, no sentido de o preparar... e vão ver que se esse "mural" aparecer danificado com umas boas bolas de tinta... a Junta de freguesia vem logo a correr a pintar novamente de branco esperando que a JCP apareça novamente para restaurar o seu desenho.

Anónimo disse...

Rídicula a situação revelada pela foto.
Uma vergonha na honestidade, competência e trabalho. Só digno dos PCs.

Anónimo disse...

oh meus gandas anormais...

façam alguma coisa da vida em vez de me andarem a moer o juizo por exercer um direito que é meu que é o mural politico...

FOI A JCP QUE PINTOU O MURO DE BRANCO...eu tava la, carago!

agr vao coçar a micose pa outro assunto...

Anónimo disse...

Há que distinguir entre graffities " de graffities ": Existem autênticas obras de arte que são formas de afirmação que embelezam alguns espaços vazios e monótonos, como muros, tapumes, e até, por vezes, o chão de algumas ruas pedonais; dos autênticos "abortos", apenas fruto de mentes psico-atormentadas que conspurcam paredes monumentos, fachadas de habitações e tudo quanto é espaço plano (ou não) onde consigam colocar o "sinal", como qualquer animal a demarcar o seu território (cão, gato ou outro bicho). Seria melhor que não gastassem tempo e dinheiro a sujar aquilo que nem sequer foram capazes de ajudar a fazer... Deus lhes perdoe a estupidez!
A nossa sociedade de extremos, quando estiver saturada destes últimos, incapaz de fazer a distinção entre uns e outros, deverá punir todos eles por igual forma, pelo menos é assim que se costuma fazer, infelizmente.