sexta-feira, outubro 31, 2008

O DESCALABRO 2 - FERNÃO FERRO



« Fernão Ferro é uma freguesia portuguesa do concelho do Seixal, com 25,26 km² de área e 10 753 habitantes (2001). Densidade: 425,7 hab/km².

Foi oficialmente criada em 11 de Junho de 1993, por desmembramento das freguesias da Aldeia de Paio Pires, Amora e Arrentela.

Esta freguesia é composta pelas localidades de Fernão Ferro, Pinhal do General, Redondos, Quinta das Laranjeiras, Flor da Mata, Foros da Catrapona, Pinhal de Frades e Quinta da Lobateira, Vila Alegre e Fontainhas.

Fernão Ferro confina a Norte com as freguesias de Aldeia de Paio Pires, Arrentela e Amora e a Sul com a freguesia de Quinta do Conde, do concelho de Sesimbra.

As famílias que eram originárias da terra começaram por desbravar matagais que cobriam a zona e cultivar a terra. Outros trabalhavam para a família Lima onde faziam corte de madeira de pinho, que eram transportadas para Lisboa, para ser usada nos fornos de pão. » (fonte - wikipédia e Setubal na Rede)


No final dos anos setenta , Fernão Ferro foi uma das zonas da Margem Sul que mais construção de génese clandestina viu nascer, por vezes anárquica , outras de gosto arquitectónico duvidoso e quase todas sem infraestruturas como ligações de esgotos à rede municipal , no entanto esse tipo de "urbanismo" teve como positivo a forte ligação á terra e à comunidade , a pouca densidade habitacional e a baixa volumetria dos edificios, na sua maioria unifamiliares e com caracteristicas rurais.

Hoje, o que se constrói , dentro das normas e orientações de promotores imobiliários e da autarquia traz muito maior densidade , arraza com maior área florestal e assume uma maior impermeabilização dos solos e contrasta em carga urbana com as habitações envolventes.


O Caso documentado da Quinta das Laranjeiras , no limite norte de Fernão Ferro é disso um exemplo pela negativa , contrariam tudo o que o saber popular criou, são mais uma vez urbanizações sem alma, desgarradas de tudo e sem quaisquer equipamentos à mão impondo uma quase total dependência do automóvel.

Nota - nem uma habitação com fins sociais ou a custos controlados, ali não se querem pobres nem jovens famílias.

13 comentários:

Anónimo disse...

O partido ecologista "Os Verdes" de Portugal manifestou-se preocupados com a candidatura de quatro câmaras do Baixo Guadiana ao programa Polis XXI, porque "pode conduzir à betonização" da margem esquerda do rio Guadiana . E a Margem esquerda do Rio Tejo ?

Anónimo disse...

Só alguém muito estúpido pode escrever o que este anormal escreveu. Então no final dos anos 70 é que era bom! Já percebi o que queres, mas deixa lá o homem em Santa Comba-Dão.

Anónimo disse...

Se muito estúpido é o que escreve , mais estúpido é aquele que não sabe ler (Ditado popular)

Anónimo disse...

Redondos – 2.681.069 m2 – lotes 4.463 – fogos – 9.590 – PP (Publicado em DR 158 de 11/07/1995 – em curso 72 loteamentos – população estimada – 26.948

- Quinta das Laranjeiras – 3.300.000 m2 – lotes 3.172 – fogos – 7.964 – PP (Publicado em DR 76 de 01/04/1997 – em curso 113 loteamentos – população estimada – 22.379

- Morgados Novos – 275.130 m2 – lotes 525 – fogos 534 – população estimada – 1.501 - PPR encontra-se pendente de parecer favorável da CCDRLVT desde Maio de 2005, tendo obtido um parecer desfavorável. A CTM (Comissão Técnica Municipal) encontra-se a analisar o último parecer emitido em Dezembro de 2005) – Dependente da aprovação em AM (Assembleia Municipal) do mapa do ruído do Município do Seixal.

- Pinhal do General – 2.382.490 m2 – lotes 3.651 (vão ser menos por causa da rectificação a fazer) – fogos - 8.176 – populção estimada – 22.975 – PPR encontra-se dependent e de parecer favorável da CCDRLVT desde Fevereiro de 2003 – Dependente da aprovação em AM (Assembleia Municipal) do mapa do ruído do Município do Seixal – Dependente da Republicação da Carta da REN do Município do Seixal.

Anónimo disse...

Grandes negociatas... compram terrenos rústicos e constroem sem qq licença ou permissão... depois nós que pagamos impostos ainda os temos de aturar... não esquecendo que mais de metade são segundas habitações

António Pereira Soares disse...

O "povo unido" levou mesmo à letra estas palavras aqui na margem sul... estes comunistas estão tão unidos, tão unidos que qualquer dia não têm lugar nem para um manjerico...em nome dos pobrezinhos, fica tudo "fodidinho" e alguns chicos espertinhos cada vez tão mais riquinhos...avante com a manada,avante, porque eles comem tudo, eles comem tudo e não deixam nada!!!!

Anónimo disse...

Ao anónimo das 9.54:
O homem de Santa Comba ao pé dos comunistas da Câmara do Seixal era um Santo. Pode-se concluir a que tipo de gente o concelho do Seixal está entregue.

Anónimo disse...

Maldita democracia não é? Na Margem Sul as pessoas confiam nos comunistas e isso é claro.

Desenganem-se aqueles que pensam que isto vai mudar, a situação não se altera com blogues destes.

O PCP está cada vez mais forte e com mais capacidade interventiva e isso nota-se bem no Seixal.

Espera-se que nas próximas eleições o poder seja reforçado e isso doi.

Anónimo disse...

O povo do concelho do Seixal não vai voltar a dar a maioria à CDU que durante 30 anos os enganou. Fez-se passar por uma força política acima de qualquer suspeita e agora já está tudo a descoberto o que a CDU fez de corrupção na Câmara do Seixal e de ilegalidades e do que deixou fazer. Toda a população sabe do comportamento indigno dos autarcas comunistas, da purga que têm feito na Câmara do Seixal deixando apenas ficar os que têm cartão do partido como se na população do concelho do Seixal os únicos capazes para trabalhar fossem os comunistas. A população sabe como os autarcas comunistas se corrompem e quem escolhem para os rodearem e se corromperem como eles. . Os ligados ao partido comunista da Câmara do seixal estão todos embrulhados nos mesmos interesses. A população não vai abster-se e vai votar e a CDU vai de uma vez por todos para o lugar que à muito já devia estar. Reduzido.

Anónimo disse...

Ao que consta parece que no PCP do Seixal a pessoa mais bem colocada que tem para se candidatar a Presidente da Câmara è a Vereadora Corália. Desde que a Vereadora Corália chegou ao pelouro dos recursos humanos da camara os serviços bloqueram completamente. Desde que lá chegou nunca mais os funcionários da Câmara tiveram classificação de serviço isto com todos os prejuizos que acarreta para as suas promoções na carreira. A Sra vereadora nomeou para a acompanhar uma funcionária para dirigente dos serviços que de tão incompetente que é também não conseguiu por em marcha o processo de classificação de serviço. É é grave na medida em que esta chefe dos recursos humanos e a sra vereadora não estão a cumprir as leis do estado português. A lei de classificação de serviço está em vigor para todos os funcionários e a sra vereadora corália não a aplica e a sra dirigente sujeita ao regulamento de disciplina dos funcionários do estado não cumpre a lei. Desde 2006 que não há classificação de serviço. É esta vereadora que está em condições de ser presidente? Só para rir. Não falando que o pelouro de recursos humanos da sra vereadora parece um campo de concentração para castigados por pensarem diferente.

Ponto Verde disse...

Do comentário anterior foi retirada uma frase , que poderia ser considerada ofensiva para o Director do Urbanismo da CMS, como não tenho provas de que possua "apartamentos no Algarve" ou se os mesmos foram adquiridos de forma menos licíta foi retirada a respectiva acusação.

Anónimo disse...

Pinhal de Frades pertence à Freguesia de Arrentela e não de Fernão Ferro

JORGE GOURGEL disse...

De certeza que tem consciência que a segurança é mais barata do que um acidente.
De certeza que pensa na sua segurança
De certeza que é meticuloso, cauteloso.

Somos uma empresa de assistência técnica ao domicílio( ESQUENTADORES e CALDEIRAS ), que apelamos na antecipação de futuros problemas.
Segundo uma das normas da segurança doméstica, todos os aparelhos a gás devem ter uma vistoria técnica uma vez por ano,
facto esquecidos pelos menos atentos, mas temos a certeza, se abriu este anuncio e continua a ler prova que é ímpar que é o cliente em que apelamos.

Acima de um negócio é nosso objectivo
Promover uma relação de confiança, rigor e transparência com os clientes e outros Stakeholders, no sentido de conhecer, satisfazer e superar as suas expectativas.


Para toda a gama
( Reparação, Revisões, Limpeza, Conversão, Venda, Montagem e testes do CO )

Ligue, esclareça as suas dúvidas
Tlm - 914568291 - 963835035
Jorge Gourgel

Distrito de setubal e Lisboa


" A hora de consertar o telhado é quando o sol está brilhante "
JFK