domingo, outubro 05, 2008

SEMANA DA LÓGICA (7)


Temos andado a tentar encontrar nos últimos dias, uma lógica orientadora, uma lógica de serviço público, uma lógica de racionalidade de recursos, uma lógica de sustentabilidade, uma lógica inserida em Planos Municipais, Regionais, Nacionais , uma lógica dentro de qualquer logica em sete opções encontradas ao acaso em municipios da Margem Sul .

Realmente não encontrámos lógica alguma nos casos apresentados , como não há lógica na revisão do PDM da Moita e desafectação (móvel) de zonas de REN e RAN , como não há lógica para além da do betão , no Montijo e em Alcochete ou no Barreiro...como não há lógica nas opções encontradas no Metro Sul do Tejo...ou na deflorestação e expansão urbana , ou neste modelo que nos pretendem agora convencer no slogan da Cidade das Duas Margens ... o slogan certo hoje é :

- O período de opulência e desperdicio acabou !

Mas ao que parece os nossos autarcas vivem noutro mundo, num mundo sem lógica , ou com uma lógica própria , uma lógica dos pequenos poderes , da "legitimidade eleitoral" que tudo justifica ou de permanência no cargo, na ascenção no Partido ou no aparelho do Estado , tudo menos a preservação e defesa do Bem Público ou da defesa dos interesses do cidadão.

Para terminar esta semana da lógica, só mais um caso que em termos viários representa mais um perigo, a construção de lombas , que surgem do nada e com uma altura considerável, em determinadas vias , sobre as quais por vezes são apostas passadeiras de peões ... uma perigosa originalidade que é potencialmente aumentada ao não ter nenhuma sinalética que avise para aquele obstáculo na via.

Essas lombas "surpresa" encontram-se nos sítios mais dispares, tanto no meio de rectas como em cruzamentos em zonas de aceleração para entrada na via ... e sem que nada o assinale ou alerte !

Na imagem, é dificil a percepção da lomba, e da passadeira , mas elas estão lá , e é isso que acontece aos automobilistas , só muito perto é que se percepciona o perigo e depois já é tarde.

QUAL É A LÓGICA ?

8 comentários:

Mr. de La Palisse disse...

Não é possível encontrar lógica onde ela não existe.

Anónimo disse...

A tropa fandanga e caceteira do PCP anda á toa, atá já se alia ao Bloco de Esquerda, não querem largar o poder nem por nada. E o Louçã vai virar também a casaca?

Fundamental e o Acessório disse...

É engraçado... hoje iniciei algo semelhante, mas do tipo onde "onde está o wally?" mas com a coisas que nos aborrecem realmente. Pormenores, dizem alguns, mas a excelência está nos pormenores.

Saudações

Ana disse...

http://www.ansr.pt/Default.aspx?tabid=100
Este é o endereço da Autoridade Nacional de Segorança Rodóviária onde tem tudo sobre o assunto
INSTALAÇÃO E SINALIZAÇÃO DE LOMBAS REDUTORAS DE VELOCIDADE.
Cumprimentos

Anónimo disse...

Não há lógica nenhuma para as lombas que a Câmaa Municipal do Seixal anda a colocar nas vias dentro e fora de aglomerados urbanos. Algumas já provocaram acidentes graves por não estarem visiveis e obrigarem a travagens bruscas. Além disso estas lombas dentro dos aglomerados urbanos provocam barulho de travagens e de deslocação da suspensão dos carros e camiões perturbando os moradores sobretudo durante a noite. Para redutor de velocidade há outros meios mais adquados e menos perigosos. Mas não se espera da Câmara do Seixal que tanta incompetência tem mostrado que saiba tratar deste assunto do trânsito tal qual não tem sabido tratar de outras questões de interesse para a população. De um Pelouro em que o Vereador que permite que a Câmara perca 6 milhões de euros por atraso de uma candidatura não se espera que saiba fazer melhor do que as monstruosas lombas que têm colocado. É preciso votar. Não queremos mais incompetentes da CDU a governar o nosso concelho.

Anónimo disse...

É curioso que tem sido apresentado pela oposição propostas a exigir mais lombas em aglomerados urbanos. Sendo que por diversas vezes o ponto verde em comentários colocados nos sites oficiais da oposição defendeu a colocação destas lombas... pois é quando a CDU não coloca as lombas é criticada e quando coloca criticada é! Viva a coerência da oposição

Ponto Verde disse...

O senhor do comentário anterior está a mentir!

Segunda questão , o que está aqui em causa não é a colocação de lombas, mas sim, AQUELAS lombas que têm mais de dez centímetros em relação ao plano da via e NÃO ESTÃO ASSINALADAS por sinalização vertical ou outra.

Fernando Sousa da Pena disse...

Falta a lógica das rotundas, dos semáforos nas rotundas, dos declives das rotundas, da rega do piso das rotundas.

Ou do rotundo desperdício de água potável para rega de guardanapos de relva ou até do asfalto, mesmo em dias de chuva.