terça-feira, junho 24, 2008

VERDIZELA ; ENTRADA DE LEÃO...SAÍDA DE... BETÃO




Não estou surpreendido com a "vitória"... alcançada nem pelo comunicado que parece querer pôr uma pedra sobre o assunto e publicado no blogue
Verdizela Viva , vejamos o teor do referido comunicado.

"Foi com muito agrado que nos foi comunicado que existe um novo traçado de acesso à nova urbanização em fase de aprovação.

Agora apenas com 1 faixa para cada lado, sem as mega-rotundas e consequentemente um impacto muito menor, na Verdizela.
Assim que tiver cópias deste novo traçado irei divulga-las.

Faltará repôr a zona verde que foi destruida, e não sei se esta câmara ou o promotor estarão na disposição de o fazer. (...)

Fica o desafio feito a todos os moradores para participarem activamente.
Deverá ser sempre através de uma comissão de moradores forte e dedicada que poderemos conseguir rever estas causas comuns.

Unificando a experiência dos mais velhos com o dinamismo da irreverência dos mais novos." (
Eduardo Martins)

Ou seja , a "Vitória Parcial" anunciada pelo senhor Martins resume-se , não à contenção da construção em Rede Natura , não a parar a cidade que vai ser construída destruíndo um pinhal e junto a uma zona de habitação unifamiliar , que manteve apesar de urbanizada, caracteristicas de baixa densidade e muito verde , nem sequer à redução da alta densidade e à paragem da destruição de uma mancha verde...

A "Vitória" da população no entender do Sr.Martins resume-se à reformulação de um acesso e a um percurso de manutenção "que vai impedir que ali se construa" ?

-
Não posso acreditar nisto !

Apesar do respeito que os envolvidos me merecem , há algo de imcompreensível neste comunicado , e no mínimo de um enorme mau gosto , a frase , de que a participação cívica
"Deverá ser sempre através de uma comissão de moradores forte e dedicada" ... parece saída de um comunicado da autarquia ou do Comité Central , pergunto ; - Mas porquê???

Todos sabemos que esse é o segundo degrau, depois do controleiro , de manietar a contestação popular por parte do PCP nas autarquias CDU ! E é sobretudo uma forma inadmissível no sec XXI , de menorização da participação cívica na vida da Polis.


Caros concidadãos , estarão legítimamente convencidos, ou pretenderão convencer , ou melhor , pretender-vos- ão convencer , que houve uma "vitória" mesmo que parcial.

Infelizmente o que houve, foi mais que uma derrota para o ambiente , que uma perda irreparável de uma Zona considerada habitat a preservar no quadro da União Europeia, o que aconteceu , foi sobretudo , a implosão da ética politica e o abafar da contestação legítima da população e o seu direito à indignação.

Conhecendo os métodos aplicados pela CDU Seixal neste tipo de "negociação" , ficam-me mais dúvidas do que certezas... e no minimo, há uma imensa ingenuidade em tudo isto...

É também curioso ver que enquanto o PCP tenta criar a nível nacional um pseudo ambiente geral de contestação e agitação , onde é poder abafa completamente a mínima faísca de protesto , defendendo cegamente projectos imobiliários patrocinados por grandes empresas nacionais e trans-nacionais , em deterimento da defesa da floresta e do ambiente local e da luta global contra as alterações climáticas .


Espero, para continuar a acreditar ainda em alguma coisa , que esta história não acabe aqui e que a oposição faça deste e de outros casos conhecidos , uma bandeira na defesa do ambiente , que é a única bandeira da defesa do concelho do Seixal .

Que a verdade desta história não fique mais uma vez por contar e que os métodos para tratar estas questões , no futuro sejam bem diferentes.
________________________________________________

Sobre este caso, a opinião de Roberto Robles (clique) publicada no Setúbal na Rede .

8 comentários:

Anónimo disse...

Finalmente vejo alguém preocupado.
Para quando o exemplo de multar a empresa responsável pela destruíção da zona verde.

m. disse...

Nada do que se passa nos surpreende pq estamos a falar de um lobby de petrodólares que quer investir os seus milhões. Contudo têm dinheiro suficiente para respeitar todas as regras ambientais e promover a melhor integração do seu projecto. Segundo percebi um dos principais acessos à nova urbanização tem inicio na verdizela? Parece-me aberrante.

Anónimo disse...

Lamentavelmente as pessoas vendem-se por pouco umas simples migalhas que lhe acenaram e já estão todos a querer negociar com quem os estás a prejudicar. Se julgam que vão conseguir tirar proveito de alguma negociação desiludam-se porque a camara cdu é especialista em ludibriar incautos. Haverá alguem no meio desta historia que já está comprado e que vai tirar proveito disto tudo mas não são de certeza os moradores da Verdizela. É pratica da camara do seixal comprar algumas pessoas no meio dos descontentes para tentar desmobilizar ou outros e garanto-vos que lhe costuma pagar bem. Se for alguem ligado à construção já tem de certeza autorização para construir umas moradiazinhas num sitio onde antes não era permitido, ou outro tipo de alvissaras chorudas. Lamento esperava que a população da Verdizela tivesse outra capacidade de luta e defesa do sitio onde moram.

ex-militante disse...

Claro que que pode haver contestação, mas enquadrada , as Associações / Comissões de Moradores são óptimas para infiltrar e se e quando necessário estoirar. O grande problema é também a falta de participação civíca e os recenseamentos eleitorais. Qual a percentagem da população da Verdizela que está recenseada no Seixal ? Ahhh! Pois é !

Filipe de Arede Nunes disse...

Confesso que acho natural a posição da comissão de moradores, uma vez que estes nunca se manifestaram contra a construção de mais uma urbanização, mas sim contra a estrada que iria prejudicar aqueles que actualmente já lá têm a sua habitação.

Efectivamente, o que me parece, é que o ser humano é tendencialmente egoista e apenas se preocupa com os nefastos efeitos que uma medida pode provocar imediatamente.

Não existe consciência popular da realidade decorrente de mais uma urbanização naquela área. O que importa é salvaguardar a aparente qualidade de vida que ainda têm.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Aguinaldo Azevedo disse...

Que vergonha, ainda pensei em comprar uma casa na Verdizela, mas ainda bem que emigrei há 23 anos para os Estados Unidos . O que se faz em Portugal nos suburbios não era admissível aqui , que vergonha.

Anónimo disse...

O que se faz aqui no concelho do seixal não seria admissivel em parte nenhuma do mundo civilizado. Lamentavelmente não se percebe porque estes senhores autarcas de maioria CDU na camara do seixal ainda não tiveram perda de mandato. Já cometeram muitas e variadas irregularidades das que dão perda de mandato uma das quais o desrespeito pelo Plano Director Municipal e agora o desrespeito pela rede natura. Há muito que os tribunais deveriam ter tirado da camara do seixal o senhor Alfredo Monteiro e os seus vereadores.

Anónimo disse...

Após tantas reuniões e apelos parece que nada serviu para atacar a questão real do problema... a destruição maciça que esta a acontecer naquele local nunca deveria ter sido permitida!
O projecto no site http://www.bclc.pt/portfolio_pt.html - LOTEAMENTO UOP8 - PINHAL DAS FREIRAS, data de 2004, como pode ser possível algo deste tamanho estar a ser pensado á mais de 4 anos e nunca se ter pré-avisado a população ali residente... como pode ser possível destruir tantas árvores pertencentes a rede natura sem uma justificação ou autorização de senso comum! é óbvio que esta mega cidade não vai ter habitantes, nem em 2004 e nunca em 2009... por mais que digam que desviaram o acesso ou que criaram uma parede de areia, nada disso pode tornar menos real o que se vai passar ali durante anos... construir uma autêntica cidade fantasma... e pior... dizem eles que estão cientes do problema económico mundial e que por isso resolveram prolongar ao máximo as obras... será isto uma solução para alguém?? onde é que atrasar as obras será alguma vez uma solução? para nós moradores, será um suplício, o barulho, o pó, os camiões, um perigo constante, o corte das árvores sem nada poder fazer... para quem? para a câmara e para os seus dirigentes que para mim e muitos... mais corruptos seria impossível, e ainda por cima de forma tão descarada!

Num País que se diz democrático não vejo que assim o seja... este é apenas mais um exemplo de muitos em que o cidadão é colocado de parte de qualquer opinião pública, simplesmente decidem por todos nós, não poderá ser este um pais que se diz livre e democrático!

Para que quer a câmara do seixal os seus habitantes?
Para pagarem os impostos e ficarem calados no seu cantinho? sem se queixarem de nada como uns bonecos nas mãos de gente que se diz pelo interesse de todos e do concelho...?!

Acho que é tempo de pensar para onde vão os nossos impostos... para as estradas, iluminação, segurança e melhores condições de circulação é que não vão de certeza... pelo menos, não para quem mora na zona de Belverde, Verdizela, Aroeira entre outros locais do concelho do Seixal...