terça-feira, junho 17, 2008

A BETONIZAÇÃO DE 2ª VAGA , VULGO PDM's DE SEGUNDA GERAÇÃO - MOITA






















Despacho da Agência Lusa sobre uma IMPORTANTÍSSIMA reunião na Moita sobre a revisão do Plano Director Municipal ... agendada para o mesmo dia e hora de um jogo da Selecção no Euro 2008 .

É isto a ética autárquica , é este o planeamento territorial em Portugal ... do outro lado do Rio , Isaltino dirá como Scolari ... "E sou (só) eu o mau ??? E sou (só) eu o Burro ??? E sou (só) eu o Ruím ??? ...:

« A exclusão da Reserva Ecológica Nacional (REN) em faixas de 40 metros de profundidade a contar do eixo das vias municipais, nas zonas dos Brejos da Moita e Barra Cheia, foi a principal novidade da versão final da revisão do Plano Director Municipal (PDM) da Moita.

Numa reunião extraordinária realizada ontem à tarde, o presidente da autarquia, João Lobo (PCP), defendeu que esta alteração no processo de revisão do PDM vem resolver muitos problemas da população, pois os corredores permitem a construção dentro de alguns parâmetros, sendo alternativa à inclusão de REN nos terrenos agrícolas das duas zonas.“Cerca de 60 ou 70 por cento da população pode resolver os seus problemas e não a escolhemos a dedo.

Esta alteração vai permitir resolver uma série de questões para a população na zona, quer a oposição goste ou não”, disse.

João Lobo lembrou que a existência de alguns corredores já tinha sido defendida pela autarquia, mas que a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) inviabilizou a proposta e que agora foi ela própria a retomar a proposta da Câmara da Moita, que foi aprovada pela Comissão Nacional da Reserva Ecológica Nacional (CNREN) em Abril de 2008.

PS local critica processo“Sempre que tínhamos possibilidade tentávamos convencer a Comissão de que a nossa proposta tinha viabilidade e sustentabilidade.
Foi a própria CCDR a retomar a proposta que foi aprovada pela CNREN”, defendeu.

O vereador Vítor Cabral (PS) defendeu que o actual processo de revisão é uma “manta de retalhos” que não reflecte as ideias da CDU, nem da oposição ou da população da Moita.“Esta proposta deixa-nos perplexos. Surgiu em 2005, caiu e foi retomada agora de novo, mas como é possível a CNREN aceitar isto e porquê apenas naquelas zonas?” – questionou.

“O presidente agiu com parcialidade em todo o processo, foi amigo para alguns e carrasco para outros”, disse ainda.

Joaquim Raminhos, vereador do BE, defendeu que elementos da CCDR e CNREN deviam ter estado presentes na reunião extraordinária sobre a versão final da revisão do PDM.

“Andamos a fugir para a frente, este processo foi muito discutido e existem várias situações que deviam ser esclarecidas, como as buscas da Policia Judiciária. Defendo que o processo deve ser parado pois vale a pena ponderar”, afirmou.

PSD queria atenção ao novo aeroporto. Luís Nascimento, do PSD, lembrou as diferenças de valor dos terrenos consoante a sua classificação e disse que um processo que a proximidade do novo aeroporto nada altera, é “demonstrativo do erro” que se comete.

“Existem terrenos que valem zero euros por hectare (REN), terrenos que valem cinco mil euros por hectare (RAN) e terrenos que valem 600 mil euros por hectare (urbanos).
O que está em discussão é que as pessoas vêem que ao vizinho saiu a lotaria e a si a fava, e era importante analisar a quem saiu a lotaria”, acusou.

O presidente voltou a lembrar que o processo de revisão já tinha sido aprovado a 9 de Julho de 2007, com os votos contra de toda a oposição, e que em causa estavam apenas as alterações finais ao processo.

Na votação, a versão final da revisão do PDM foi aprovada por maioria, com votos a favor do executivo da CDU e votos contra de toda a oposição

_________________________________________________

ULTIMA HORA








Não bastava esconderem-se atrás das "argolinhas" e dos "favinhos de mel" das várias versões CDU , agora os militantes do PCP escondem-se atrás de hipotéticas "Comissões ou Movimentos de Utentes"!

O PCP no seu melhor...

Que tal uma Comissão, ou Movimento de Utentes das autarquias da Margem Sul e um protesto à má qualidade de vida, à betonização, à falta de liberdade , à má qualidade do espaço urbano , à poluição do ar , ao aumento do tráfego automóvel pelo alastrar das áreas urbanizadas e pela massificação e densificação populacional ? ...

O que é grave, para além da constante agitação , é a subversão e o descrédito do que são movimentos reais de cidadãos !

Mais uma actuação fraudulenta do Partido Comunista.

21 comentários:

Mário da Silva disse...

De toda esta lenga-lenga a frase mais importante em termos de GESTÃO DO TERRITÓRIO é esta pequena frase:

"pois os corredores permitem a construção dentro de alguns parâmetros, sendo alternativa à inclusão de REN nos terrenos agrícolas das duas zonas"

De notar que isto é, efectivamente, o empurrão final para o fim da agricultura no concelho.

Em que é que corredores com potencialidade de urbanização são solução para a sobreposição da REN e a RAN querem-me explicar?

Os terrenos agrícolas passam a ser cultiváveis? NÃO!

Quem não se quiser dedicar à construção civil de moradias em banda tem outra opção? NÃO!

Isto é tudo uma grossa palhaçada que só ilude as toupeiras deste país, que são infelizmente a maioria.

Mário da Silva disse...

E, já agora, até tinha a sua graça verificar quem são os actuais donos dos corredores e desde quando é que o são, já que "não foram escolhidos a dedo" (Lobo dixit)

Anónimo disse...

Não restam dúvidas quem são as comissões de utentes dos buzinões dos marchões das greves da função pública dos professores etc etc são sempre os mesmos. E com isso o pais está cada vez mais pobre. Quando o pais precisa que os portugueses trabalhem o PCP dedica-se a incendiar os
animos e a enganar o povo com a cassete de há seculos cujo conteudo é cinico e mentiroso porque nem o pais tem condições para dar aos portugueses o que Jerónimo de Sousa finge reinvindicar nem o PCP se estivesse no poder daria ao povo essas reinvindicações mesmo que pudesse.

Anónimo disse...

Então querem calar os apoiantes do PCP ? Então a Ana Avoila, a Luisa Ramos não podem dar a sua opinião como cidadãs. Este Ponto é mesmo facho!

ex-militante disse...

Olhá menina do Sitava ! Está mais velha, também eu . Mas continua fiel.

Anónimo disse...

Para o ponto verde os movimentos de cidadãos são o máximo desde que não tenham comunistas... defende e aplaude os movimentos dos fascistas da Verdizela e da Flor da Mata - os tais que cortaram todos os pinheiros que puderam para construir as suas mansões - mas agora não querem que mais ninguém os incomode... As pessoas que estão à frente destes movimentos são conhecidos como sendo militantes do PSD, do CDS e do PS, mas isso nada tem de importante pois, para o ponto verde, estão como cidadãos... Agora os movimentos de utentes porque tem pessoas ligadas ao PCP já são ilegitimos... Não há dúvida este ponto verde tem duas caras como o feijão frade...

ex-militante disse...

- Os movimentos de utentes não têm elementos PCP, são organizados e orquestrados pelo PCP, ía dizer manipulados, mas opps!!! Isso é impossível!!! Não podem dizer é que são cidadãos anónimos porque não é assim. Estão a gozar com a Democracia , é o que é!
- Fascistas da Flôr da Mata ?
Refere-se por acaso ao Professor Carlos Ribeiro ?

- Então é por considerarem um Homem desta craveira e com o seu curriculum de Fascista , que estão a boicotar a atribuição de uma escola com o seu nome à EB 2+3 de Pinhal dos Frades?
- Não és por nós és contra nós! O oposto de Comunista para um comunista é pois ... Fascista!

Aqui pode encontrar biografia sobre o Dr.Carlos :

http://www.hsm.min-saude.pt/contents/pdfs/eventos/Homenagem_Prof_Dr_Carlos_Ribeiro.pdf

Quanto à outra senhora que deu a cara como cidadã foi funcionária da TAP, presidente do SITAVA e é fervorosa militante do PCP .

Anónimo disse...

Este blogue é um pagode. É normal no distrito de Setúbal haver muitos comunistas, afinal este partido tem muitos milhares de militantes em Setúbal. Este é tão só um pequeno facto que explica muito dos resultados eleitorais na Península.

Para o ponto verde e seus acólitos tudo o que é PCP everia ser exterminado, o que me faz pena porque na margem sul dava muito trabalho, largos milhares de balas que originariam rios de sangue, que ainda por cima é vermelho.

Também é estúpido o ponto verde e seus boys estranharem que nos protestos justos se encontre o PCP. É estúpido porque sempre foi assim e sempre será, o PCP sempre se bateu contra a injustiça, ao contrário de PS e PSD que fecharam as fábricas e boicotaram o distrito de Setúbal só porque este é comunista. Fizeram quase 400 km de estradas na margem norte ao passo que na margem sul fizeram 30 km, é este o poder central que temos. Todos em Setúbal sabemos isso e é por isso que maioritariamente votamos CDU.

Experimenta ponto verde, fazer bem sem olhar a quem ...

Anónimo disse...

Se os militantes PCP são tão orgulhosos de o ser, porque se escondem atrás da CDU e agora de Movimentos de Utentes?
Porque não dão a cara como organização PCP e como militantes PCP.

AMY disse...

O PCP não é aquela coisa que organiza o Rock in Rio dos Pobres? Sim, A Festa do Avante. LOOOOOL!

Anónimo disse...

Quer dizer os tipos do PS, do PSD e do CDS podem arregimentar pseudo movimentos para defenderem as suas quintinhas, que o ponto verde considera esses movimentos legitimos, e os militantes do PCP, só porque o são, estão proibidos de participarem em movimentos civicos!!! Ou seja para o ponto verde os militantes do PCP serão cidadãos de segunda ou de terceira, em que os seus direitos civicos estão reduzidos... Não há dúvida isto é o que defendia o Salazar que considerava que quem fosse militante do PCP para além de ser preso, ficava automaticamente proibido de exercer multiplos direitos, entre os quais o de votar... Este ponto é sem dúvida o grande herdeiro de Salazar, não tarda muito vem aqui defender que a única maneira de acabar com as autarquias comunistas é proibir os comunistas de votarem!!!

Anónimo disse...

Ao anónimo das 4.20 quero lembra-lo de que se o poder central fez 30 Km de estrada no distrito se setubal a camara do seixal ainda fez menos não fez nenhum quilometro porque a maior parte das que cá há já estavam feitas do tempo do outro regime e as poucas que se fizeram depois disso foram feitas pelos privados urbanizadores. E depois que se saiba quem assaltou as fabricas e as levou à falencia foi o PCP. Porque não me consta que outro partido o tenha feito ainda hoje as despropositadas e exageradas greves do PCP em empresas com fracos meios leve-as à falência. Com tantos telhados de vidro andam estes militantes CDU/PCP a mandar pedras para o ar.

Anónimo disse...

No distrito de setubal não se vota maioritariamente CDU pura e simplesmente não se vota tem uma taxa de abstenção estrondosa. A maioria CDU é atingida com uma pequena percentagem de votos. Todos sabemos e a CDU também. No seixal 20%.

Mário da Silva disse...

Caro Ponto Verde,

Evite juntar no mesmo artigo assuntos de interesse evidente e menções acessórias aos controleiros do PCP.

É que assim, e como pode ver pelo artigo presente, a discussão fica-se à volta dos camaradas e pouco mais... e o assunto principal do artigo fica no limbo, como convém aos mesmos camaradas.

Até mais.

Anónimo disse...

Será que alguem sabe o que se está a passar com um dos moinhos da Ponto dos Corvos um dos maiores que até à bem pouco tempo estava com um aspecto de estar cuidado e que desde à pouco tempo duas ou três semanas começou a ter ar de abandono a faltarem-lhe as janelas. Daqui a ser todo destruido é um passo. Aquele moinho foi adquirido à poucos anos por construtor civil das relações do Dr. Paulo Silva. Que terá a camara a reservar ao construtor em termos de PDM que ele está a deixar destruir a sua propria propriedade? É muito estranho. Mais um pedaço da história do nosso concelho que vai desaparecer?

Mário da Silva disse...

Sobre a betonização e os PDM's de 2º Geração (e Terceiro Mundo) convém lêr este artigo n'O Plano da Moita e saber de mais um triste relatório internacional disponibilizado hoje, Dia Internacional da Desertificação.

Paulo Edson Cunha disse...

Boa noite. Penso que se estão a desviar da questão central:óbvio que a Sra. Deputada Municipal e Metropolitana enquanto cidadã, tem todo o direito de fazer parte de qualquer movimento de cidadania, mas quando se pretende passar a ideia de que nasceu um movimento espontâneo de cidadãos e vemos, a dara a cara, um dirigente político, com interesses directos, então já se torna legitimo questionarmos a "espontâneadade" do movimento.
Que diriam se eu liderasse um movimento de cidadãos no Seixal? diriam que não era um movimento de cidadãos, mas sim do PSD, e faria sentido pensarem isso.
Por fim, gostaria de dizer que conheço pessoalmente a Deputada Metropolitana e Municipal Luísa Ramos, que inclusive faz parte de uma comissão da Área Metropolitana onde também estou e, embora com diversas divergências de opinião, algumas que levaram a "acesas discussões" entre nós (uma delas sobre o MST) tenho tido um bom relacionamento pessoal e institucional com ela, facto que entendo ser justo realçar.

Anónimo disse...

A Luisa Ramos deputada municipal do PCP em Almada num Movimento de Utentes?
Tenha vergonha e deixe de fazer teatro. A Srª já está reformada depois de receber da TAP segundo consta, uma indemnização por reforma antecipada ou acordo em pré-reforma,por ser do sindicato, algo que os restantes trabalhadores não receberam então.
Que grande comédia para o Festival de Teatro de Almada
A sra é uma troliteira-funcionária do BCP, perdão é PCP.

Anónimo disse...

Ainda bem que só o PCP tem controleiros e trauliteiros, todos os outros são partidos que defendem o interesse nacional. É por isso é que Portugal está bem e recomenda-se.

Quanto ao encerramento de unidades industriais:

Quem fechou a siderurgia?
Quem acabou com a Setenave? Com a Gestenave? Pois, perguntem ao PS, PSD e ao Vitor Ramalho ....

Anónimo disse...

O ANTERIOR ANÓNIMO RECONHECE OS CACETEIROS NO SEIO DO PCP.

Anónimo disse...

As greves solidárias por tudo e nada fomentadas pelo PCP/Inter foram uma preciosa ajuda para o fecho da Lisnave