terça-feira, junho 10, 2008

A DITADURA DA MARGEM SUL (3)


Bom, e como é que é possível, hoje , que em Portugal , numa das suas regiões mais desenvolvidas , numa União Europeia alargada , na era da Comunicação , da Internet que se mantenha um tal controlo da realidade e da Liberdade ?

A resposta será talvez , da distância que existe entre a vida real e a vida governativa , do controlo que é feito a nível local da informação (total até há bem pouco tempo) , do controle que também poderá existir (garantem-me que existe) ao nível das redacções de jornais nacionais, fazendo uma triagem de notícias não favoráveis e impedindo a sua divulgação , e também o controle e aproveitamento que é feito do próprio sistema democrático em proveito da perpetuação do "Partido" no poder .

Claro que há um distânciamento dos cidadãos da vida pública , um desenraizamento (fomentado e ) compreensível de uma multidão que não nasceu por cá, mas que por cá e em massa se veio fixar, não tendo ainda estabelecido um relacionamento com o novo espaço , o que é conveniente para o poder instituído que passa a sua mensagem de sentido único , virtual e propagandística.


Depois há os que por cá nasceram e sempre viveram , mas que não se identificam com os arrivistas da política, que por cá foram caíndo de pára-quedas , arrivistas esses que quando eleitos foram criando em relação aos "locais" que queriam participar e actuar (mas unica e exclusivamente ao serviço da comunidade) , um distânciamento também ele paulatinamente construído por meio até de ameaças e coacção verbal , a maioria das vezes num tom e numa forma pouco civilizada que levou a que esta gente de bem, cidadãos destas terras , não estivessem dispostos na SUA CASA ( ou seja nos Paços dos seus Concelhos) a ser enchovalhados, por quem fez da sua eleição um livre passe para a prepotência e falta de educação.


Este cenário tem permitido que o poder se tenha eternizado , mesmo que tal signifique que a actual maioria , por exemplo no Seixal, o campeão da abstenção , a "maioria" , o seja , por representar 45% dos votantes , mas mais grave é que esses 45% representam sómente 25 mil votos num universo de 117 mil eleitores e num território onde residem 170 000 pessoas.

(continua)

7 comentários:

Anónimo disse...

Delirante! Este a-sul está absolutamente delirante! O que é bom sintoma. De desespero! Claro, desespero.

Já agora, uma vez que faz tanto esforço para assumir aqui uma posição "ideológica", tente lá também tratar bem a sua língua pátria. Ou será que o Português não é a sua língua pátria? Será que o a-sul é um "paraquedista" da língua portuguesa?

Anónimo disse...

Este naco de prosa é absolutamente edificante. Não resisto em reproduzi-lo aqui, pedidndo, no entanto, porque sou muito burro, que o autor o traduza para português ... se for capaz, é claro. Então, o naco de prosa edificante de que falava é este:

"Este cenário tem permitido que o poder se tenha eternizado , mesmo que tal signifique que a actual maioria , por exemplo no Seixal, o campeão da abstenção , a "maioria" , o seja , por representar 45% dos votantes , mas mais grave é que esses 45% representam sómente 25 mil votos num universo de 117 mil eleitores e num território onde residem 170 000 pessoas."

E esta, hein? Como diria um grande senhor da comunicação ...

outsider disse...

OK, e em relação ao conteúdo:

Qual é a representatividade da maioria CDU, em face aos números das votações?

A questão centra-se neste ponto: A maioria CDU no Seixal é apenas e só a desistência, ou as praias da Fonte da Telha !, ou será ainda devido ao alheamento que as populações subúrbio( que fazem a vida fora daqui... e aparecem ao fim do dia para dormir), dão de valor a estas coisas ?.

Novamente a inteligência precisa-se : Perceber as necessidades e anseios destas populações, que mais uma vez apenas contactam com isto ao fim de semana, (num centro comercial perto de si).

Saudações democráticas

Anónimo disse...

Qual é a representatividade? Este outsider deve ser mesmo outsider. Mas da vida e das regras democráticas. Parte do princípio que os que não votam são todos ... contra a CDU! Coitado. Mais outsider, de facto, não deve haver.

Para além das convicções que dificilmente poderemos qualificar de democráticas que expressa. Então não é este o sistema que temos? Que legitimidade é que o outsider tem para colocar em causa a representatividade?

Já sei, é uma linha de racicínio que parece começar a estar na moda entre aqueles que só contestam por contestar, e nada têm de novo a apresentar a ninguém: arvoram os que se abstêm em "maioria", assim têm bodes espiatórios à mão para as suas próprias incapacidades, e alguém, anónimo, a quem "culpar". Nada mais sério e democrático, sim senhor! Mas "maiorias silenciosas" sabe bem o povo português o que significam. E não quer!

Sejam sérios, vá lá! Não se escondam atrás da realidade, porque ela é transparente. E não sejam deseducados para com os cidadãos que optam (embora não devessem fazê-lo, aqui o afirmo solenemente!) por não votar.

Agora, partir do princípio que estes últimos são todos contra a CDU ... mas vão por esse caminho, pode ser que tropecem em algum escolho que não vejam à vossa frente ...

Mas é o que eu dizia antes: o desespero leva a estas leituras delirantes, esquecendo os próprios princípios do sistema constitucional democrático que nos governa. É pena, mas é a realidade. Deseperados e de vistas turvas. Por essa razão, provavelmente ... o desespero!

Finalmente, outsider, já está satisfeito com o conteúdo? É que o português, caramba, foi mesmo muito mal tratado pelo a-sul, ou não foi? Foi, claro, você próprio já o reconheceu ...

hkt disse...

Porque motivo está o Seixal no top nacional da abstenção nas autárquicas?
Porque razão essa abstenção ultrapassa os 60% em algumas freguesias?
Porque razão no site da CMS se ilude a realidade escondendo-a atrás de percentagens?
Porque está o poder instalado tão satisfeito com a situação que não mexe sequer um dedo para alterá-la?

Porque razão o melhor argumento de alguns dos "anónimos" é que o "delírio"? E, porque razão isso me faz lembrar os hospitais psiquiátricos onde os dissidentes eram internados?...

Anónimo disse...

GRANDE FOTO A DO CAMARADA LENINE!!!
MUITO FIXE :)
PARA QUEM É ANTI-COMUNA TEM MUITO FETIXE COM IMAGENS COMUNISTAS!!!!
AHAHAHAH!!
É MAIS UM RESSABIADO CLARO!!! :)

Anónimo disse...

Meus lindos meninos riam enquanto podem porque é já por pouco tempo termina em 2009.