terça-feira, dezembro 18, 2007

O FERRARI DA ESTRADA DE SESIMBRA (1)




A economia dita informal tem um peso de cerca de 25% no PIB Português , segundo previsões das instâncias internacionais que se dedicam ao estudo deste fenómeno.

Isto quer dizer que o PIB Português é aliviado de um quarto na produção de riqueza...IVA...Seg.Social... por esquemas vários e artimanhas às quais só os trabalhadores por conta de outrém não podem fugir.


Paralelamente a quem tem nestes esquemas meros mecanismos de sobrevivência , a "alface" ou as batatas vendidas sem recibo, ou mesmo a lenha que nos aquece, há outros esquemas mais elaborados que passam pela lavagem de dinheiros obtidos de forma pouco clara em que alegadamente , são preferencialmente usados negócios ligados à construção civil , compra e venda de terrenos , comércio de automóveis usados ...mas também outros que todos, cada vez mais elaborados que todos conhecem...

Pego agora aqui no post publicado pelo vereador do PS na Câmara do Seixal, Dr.Samuel Cruz, no seu blogue Rumo a Bombordo onde se refere ao desregrado comércio automóvel (e não só) existente à beira da estrada Seixal- Sesimbra (EN 378).

Não sei porque cresce de dia para dia aquele tipo de negócio, nem o seu grau de legalidade , tenho no entanto duas certezas, a primeira é que é surrealista ver , em Portugal, numa zona que não é rica , um Ferrari à venda à beira da estrada, não o vi em qualquer outra parte do chamado mundo "rico" ,nem no pobre... mas nós portugueses continuamos com muito para dar ao Mundo...

A segunda certeza que tenho é da ilegalidade da forma como todo aquele comércio ali se instalou e do perigo que representa , contribuindo em muito para a sinistralidade naquela via.

Apesar de a determinada altura a Câmara do Seixal denominar aquela via de "Avenida" , trata-se de uma estrada nacional , uma via perfeitamente desqualificada, abandonada à sua sorte e à "Chico espertice" generalizada, da roulote das bifanas ao Ferrári à venda vale tudo.

Um salve-se quem puder (e tiver boas ligações) só possivel com a cumplicidade da autarquia que tendo mecanismos para actuar e impedir, não actua nem impede , permitindo sim entre o Fogueteiro e o Marco do Grilo, que se tenham feito os maiores atropelos urbanisticos e ambientais e que haja uma "Máfia Informal" que ponha e disponha a seu bel-prazer numa terra que sendo de todos, parece não ser de ninguém.

10 comentários:

WWW.JSDSEIXAL.COM disse...

JSD SEIXAL APRESENTA MOÇÃO SOBRE O MST NA ASSEMBLEIA MUNICIPAL QUE É CHUMBADA PELA MAIORIA COMUNISTA:

WWW.JUVENTUDESEIXAL.BLOGSPOT.COM

WWW.JSDSEIXAL.COM/BLOG

Anónimo disse...

o ponto verde está cada vez mais imparcial , entao nao é que refere uma posiçao do vereador responsavel pela defesa do consumidor no seixal e diz que esse é o exemplo ao mesmo tempo que critica o comércio desregulado no concelho incluindo as rolotes que sao da copetencia estrita desse vereador. de duas uma : ou o ponto nao sabe o que diz o entao sabe mas anda muito mal aconselhado .

ex-militante disse...

O anterior anónimo tem que ir às "segundas oportunidades" para aprender a ler onde é que aqui se diz que é exemplo ? O que o blogue diz é :"Pego agora aqui no post publicado pelo vereador do PS na Câmara do Seixal, Dr.Samuel Cruz, no seu blogue Rumo a Bombordo onde se refere ao desregrado comércio automóvel (e não só) existente à beira da estrada Seixal- Sesimbra (EN 378)."
Ou seja, pega num artigo, interpreta-o e critica-o, não fugindo ao tema que é o da Máfia protegida pelo PCP do comércio na Estrada de Sesimbra que mais parece um Luna Parque.

Samuel Cruz disse...

Caro anónimo,

Está enganado, o Pelouro que tutelo vistoria efectivamente as roulotes de venda de comidas e bebidas mas apenas sob o ponto de vista das suas condições higieno-sanitárias. Esta é uma competência do Gabinete Médico-Veterinário Municipal, área que também tutelo, nada tem que ver com a área da Defesa do Consumidor. Este é o seu primeiro erro, o segundo é que quem autoriza (emite) as licenças de vendedor ambulante, necessárias paar o exercício desta actividade é o Pelouro tutelado pelo Vereador Jorge Silva (Urbanismo)e não o meu, aliás não deixa de ser curiosa esta actividade sob o ponto de vista do seu licenciamento, porque de acordo com o regulamento camarário apenas é permitida a venda ambulante depois do nascer do Sol...
Se não sabe é só perguntar, tamos cá para isso.

Anónimo disse...

O quê ? Esse Jorge Silva está em todas as borradas no Seixal?

cityzen USA disse...

Nem em Hollywood ou L.A. vi Ferraris á venda em stands de beira da estrada, os Tugas do Seixal devem tar cheios da narta. Assim também eu sou comuna.

ricardo disse...

cho que em vez de estar tudo a "bofetada", diviam ir perguntar primeiro ao stan qual o valor do automovel, possivelmente é mais barato que o automovel de algumas pessoas que comentaram esta noticia.
Já agora não tenho cor partidaria, mas tou convicto que não é só o pcp que mete a unha

Mike disse...

Para os interessados convem dizer aqui que aquele Ferrari está à venda mediante proposta em carta fechada. Foi apanhado pelas Finanças a alguém com dívidas...

Anónimo disse...

De facto já cheguei a contar naquela estrada cerca de 24 stands, incluindo de motas e de roulottes.
O problema ali não será só o comércio ilegal. Parece-me que também há muita habituação ilegal.
Eu moro em Sesimbra e passo todos os dias naquela estrada e sei o calvário que é.
Em direcção a Lisboa posso dizer que não há hora do dia em que aquela estrada não se transforme numa autêntica 'procissão dos faróis'.
Há-de haver um dia em que aquela estrada estará estrangulada e Sesimbra definitivamente isolada.
E tudo porque é demasiado fácil e tentdor morar ali mesmo, a 10 minutos da A2.

acelera disse...

Ó PONTOVERDE poque é que esse cromo laranjinha anda com um popi vermelho?