segunda-feira, setembro 10, 2007

TRINDADE DO ABANDONO




É propriedade municipal, e um exemplar de arquitectura e azulejaria, era apontada a sua recuperação como contrapartida da sua urbanização e instalação do Centro de Estágios da Caixa Geral Depósitos.

O Centro (parte desportiva e hoteleira) está em funcionamento , a urbanização cresce assustadoremente sobre o Tejo, e tratam-se ainda dos edidícios mais recuados, aqueles que depois de vendidos (com vista para o rio) vão ficar sem vista logo que os primeiros papalvos sejam enganados e se construa em frente...

Quanto ao Património municipal, o natural da quinta, está o loteamento e arruamentos feitos com o arranque de arvoredo histórico como as monumentais palmeiras, o jardim da quinta está assim reduzido à sua expressão minimalista...


Em relação as património arquitectónico, está ao completo abandono como as imagens documentam. Alguém anda a enganar o Povo não acham?

3 comentários:

ex-militante disse...

A tinta ,e o trabalho com que na passada semana andaram a repintar sem ser preciso (só por causa da Festa do Avante) o muro da Quinta da Fidalga, dava para conservar este belo edifício , é uma opção pelos vistos deixá-lo degradar-se e caír, será para construír mais um condomínio fechado com vista para o rio?
Não se arranjam funcionários voluntários como os que ontem faziam de policias sinaleiros, para ao menos cortar as ervas frente ao edificio propriedade municipal?

jsd seixal disse...

Mais uma prova do desleixo total do que temos de melhor no nosso concelho.

casas disse...

é um pouco por todo o lado assim.
cá pelo algarve é igual, só perto das praias é alguém faz alguma coisa..