quarta-feira, outubro 19, 2005

SOBREIROS, DUAS PERSPECTIVAS


















A imagem acima já aqui foi pubicada, mas dada a actualidade do tema achei oportuno aqui trazê-la de novo. A imagem de um casal a passear no meio de um montado ilustra uma campanha da região de Andaluzia "Andaluzia Gosta de Ti" para captar turistas em Portugal, e foi publicada nos principais jornais durante o passado Verão , enquanto Portugal ardia - Em Espanha, sobreiro é uma a maisvalia turistica e ambiental! Cria emprego.

Há meses que vimos alertando para o corte indiscriminado e ilegal de sobreiros e situações de fogo posto e queimadas que têm vitimado essa mesma espécie ocorridas no Seixal. Finalmente os media têm dado algum destaque a essas situações e ao recente despacho do Ministério da Agricultura que interditará a construção na Quinta da Princesa - Em Portugal o sobreiro é um "impecilho ao "desenvolvimento" e "criação de emprego"...e é Portugal o maior exportador mundial de cortiça!

A zona da Quinta da Princesa tem todas as caracteristicas para se tornar num polo de cultura e turismo ambiental , do ponto de vista arquitectónico com o triângulo Quinta da Princesa, Quinta de Corroios, Paço dos Infantes e com uma zona de paisagem belissima de charneca e montado a terminar no rio, era bom de ver uma campanha publicitária semelhante à da imagem, mas com a frase "Seixal Gosta de Ti" publicada em jornais espanhois...

Isso significaria protecção ambiental e paisagistica e a criação sustentada de muitos mais postos de trabalho que os reivindicados pelo Presidente da Câmara do Seixal com o projecto que vai destruir toda aquela paisagem e já arrazou com mil sobreiros , para mais habitação (num concelho saturado que evoliu de 30000 para 160000 pessoas em trinta anos) e mais um hipermercado agora barrado com a decisão do Ministério da Agricultura. Uma decisão que se elogia e espera se estenda para outros casos no mesmo concelho e no país.

Abaixo temos outras situações em que foram cortados sobreiros no Seixal nos ultimos meses.









Flor da Mata, zona de Floresta "Mata e Maciço Arbóreo" protegida no PDM pela sua valia ecologica, fogo e corte abusivo da àrea florestal de pinhal e sobreir
os no ultimo Inverno , parte significativa durante a noite!!!,o vereador do ambiente classifica como acto de gestão florestal em Dez 2004.






Centro de Estágios do Benfica, corte de sobreiros e outras àrvores de porte para a construção de Campos de treino e
urbanização com 26 hectares, durante o ultimo ano.







Quinta da Princesa, corte indiscriminado de mais de mil sobreiros para construção de mais habitação e mais um hipermercado em Abril deste ano.







Quinta do Cabral Torre da Marinha, corte de sobreiros para arruamentos e mais habitação durante este Verão.

11 comentários:

LB disse...

Pois neste caso não é um problema exclusivo do concelho... é antes um problema nacional! é um problema de todos nós, da nossa atitude perante a preservação do meio ambiente e as necessidades de desenvolvimento do país.

Os nossos "gurus" cá do burgo, enchem a boca para falar de crescimento ou desenvolvimento sustentável, crescimento económico e afins e, no fim de contas, eles, como nós, ligamos tanto à destruição da floresta como ligamos, à poluição dos rios, à extinção de espécies, à qualidade de vida nas cidades etc...

É um problema de mentalidade profundamente enraizada em todos nós que, perante a possibilidade de pensar e agir no longo prazo, escolhemos a via mais fácil de ganhos no curto prazo adiando para amanhã decisões que esperamos, alguém (o outro, o Estado, o que lhe quiserem chamar), há-de tomar quando os problemas nos vierem bater à porta.

Eu, (entendido como, nós os gajos que habitamos cá no burgo) sou contra a destruíção da floresta Amazónica e estou preocupado com a extinção dos grandes primatas de Àfrica mas isso é lá tão longe... Por outro lado, à minha porta, tenho um pinhal, ou um montado, ou uma quinta histórica, um rio, uma paisagem, que é destruída todos os dias e nem sequer me levanto para contestar se não concordo com ela pelo simples facto de que, "é assim!", "eles" é que mandam, "eles" fazem o que querem, "eles", o Estado, o governo, a autarquia, os poderosos, fazem o que querem e levam sempre a sua avante e não há nada que possamos fazer mesmo que não estejamos de acordo com o que é feito.

Assim, assistimos impávidos e serenos à destruição de tudo o que é verde, à destruição de paisagens, de património natural e histórico sem que isso nos tire sequer um minuto de sono. É o progresso, e é isso que todo nós queremos, "O PROGRESSO". 31 anos de "progresso" e é a este ponto que chegámos:
- Cidades caóticas, áreas urbanas mal dimensionadas, destruição ambiental e paisagistica irreversível, problemas graves de transporte, etc...

Eu sou contra a construção de mais uma grande superfície comercial no Concelho do Seixal, sou contra a destruição daquela zona do concelho (bem sei que é bastante apetecível para o "PROGRESSO" do concelho e até vai criar mais uns quantos empregos precários para o bem do "PROGRESSO") e, vou continuar a fazer tudo o que estiver ao meu alcance para que este projecto não possa seguir avante.

Por algum lado há que começar e porque não por aqui?

Manuel disse...

5 estrelas Ib.
Quem fala assim não é gago :-)

António Casaca disse...

Excelente post, realmente actual e bem documentado, o que tem o Sr.Alfredo Monteiro a dizer destas situsções ? Será ainda o "punam-se os criminosos"?
Excelente comentário de LB.Parabéns

Anónimo disse...

façam a festa que nós já mandamos os foguetes no dia 9 de Outubro...

LB disse...

De facto quem não gosta sequer de discutir ideias leva o tempo todo aqui a postar atoardas!

Peço desculpa sr. Anonymous se sou rude, mas não há pachorra!

Meistre disse...

Sr.Anónimo só mostras aquilo que realmente és, a CDU ganhou as eleiçoes no Seixal e isso é que interessa, até podem fazer só "porcaria"(como tÊm sido hábito), mas desde que ganhem mais nada interessa...

Soeiro Pereira Gomes disse...

Não há de facto a noção do que é Democracia, os eleitos tomam-se por donos do concelho e despotas quanto a tudo e contra todos. Aproximam-se mais quatro anos de Ditadura, mas o espaço em que se movimentam é cada vez menor, as verbas do PIDAC também e a betonização tem os dias contados. Isto se entretanto não derem entrada em algum tribunal.Odespotismo não dura para sempre, ponham os olhos no Sadam.Vejam lá se não são agarrados por uma coisa menor, é que as estórias que circulam no Seixal são tantas.

Anónimo disse...

o LB é do SLB ?

LB disse...

Também sou sim! se é que isso para aqui importa...

e estou contente pela vitória nas antas, sim!

Anónimo disse...

É isso mesmo o que interessa são as vitórias do Benfica, o resto é paisagem...

NP disse...

Curiosamente os folhetos turíticos do Seixal, pelo menos os produzidos pela R.T.Costa Azul até mostram algum conteúdo, pelo menos o aceitável para se ficar com uns traços gerais do concelho.

Mostram na sua capa a Baía do Rio Judeu, um local que, ao que se tem lido e ouvido, não está propriamente bem cuidado e que tem sido alvo de promessas de rehabilitação desde que me lembro, há mais de 20 anos.

Na verdade não temos sobreiros e zonas florestais nos folhetos turísticos, como sugere o anónimo autor do blog, mas temos um Rio a necessitar de ser limpo... no fundo vai dar ao mesmo, pois também quase não temos sobreiros e áreas florestais para mostrar a ninguém.