sexta-feira, setembro 30, 2005

NORTE E SUL, AS DUAS FACES DO PARTIDO XIS


















PCP Um partido, dois sistemas, na Margem Norte "Conter o betão"

Na Margem Norte do Tejo temos:

Para Oeiras,
Amilcar Campos , candidato do Partido xis , propõe como tema de campanha o "combate à betonização", defende uma contenção da urbanização do concelho e uma revisão do PDM. Critica o "paradigma de desenvolvimento da gestão anterior em que se favoreceu interesses privados em deterimento do interesse publico"... O estacionamento e a mobilidade são, a par da contensão da urbanização, algumas das questões abordadas no programa referindo " actualmente existe 90 por cento de construção nova e 10 por cento de reabilitação.A nossa posição é conter a nova construção e investir o máximo em tudo o que seja reabilitação do núcleo histórico e das zonas degradadas" , Amilcar Campos considerou o "combate à betonização" como uma das principais prioridades.

Para Sintra, Baptista Alves, vereador e candidato do partido xis defende, também a mobilidade e o combate ao betão como principal prioridade avançar, caso ganhe a autarquia. O IC 19, é o monstro a abater bem como os interesses ligados à betonização do concelho, é aliás conhecida a posição das concelhias vizinhas Sintra e Cascais com Pedro Mendonça, sobre a situação dos respectivos concelhos e formas de actuação, cita-se: "É urgente definir regras bem precisas, que não permitam, sob qualquer pretexto, a especulação ou o atentado paisagistico para que se possa, legar aos vindouros um país onde ainda valha a pena viver e não seja um amontoado de cimento para lucro de meia duzia".

O mesmo para Vila Franca de Xira, onde Carlos Coutinho candidato xis quer "travar a politica de expansão urbana seguida" -numa autarquia em que o PDM que deu as linhas orientadoras foi feito pela CDU - refere também que a mobilidade e acessibilidades se agravaram com a expansão urbana, que as duas grandes ETARS ainda não estão construidas...

Para Lisboa
, Ruben de Carvalho, o candidato do partido xis põe também em primeira linha o combate à betonização diz o candidato " Conter o Betão! A especulação imobiliària é que tem dominado.O Betão alastra. mesmo que não se veja em todos os locais ele vai surgir, são muitos e desastrados os despachos para autorizar loteamento sobre loteamento...É preciso conter o Betão".

A Sul o que temos?

Em Palmela, Ana Teresa Vicente, Presidente de Câmara e re-candidata pelo partido xis promove uma urbanização numa zona de montado, mas segundo a senhora, sem prejudicar ou derrubar nenhum sobreiro, com a QUERCUS em oposição frontal a associação ambientalista é entretanto acusada pela Edil, de má fé e de denegrir a imagem da Câmara, uma Câmara tão ecológica que constroi num montado sem afectar os sobreiros...

Em Setubal o Presidente da Câmara, Carlos Sousa e recandidato pelo partido xis diz-se excelentemente assessorado por um técnico de "reconhecido mérito", para a revisão do PDM o Engº Demétrio Alves (ex. presidente da Câmara de Loures...lembram-se?) e defende o Plano de Pormenor do Vale da Rosa, que intitula de "documento bem feito" não havendo nenhuma razão para não avançar, lembre-se que este projecto implica o corte de 700 sobreiros para que possam então ser construidos um complexo desportivo e zonas verdes (166 hectares) e centro comercial, moradias e blocos de apartamentos nos restantes (90 hectares) o que quer dizer , mais 7500 fogos.

Na Moita, anda-se às voltas - o lema da candidatutra de João Lobo , do partido xis seja um concelho em movimento"- com o PDM que se pôs em discussão publica em pleno periodo de férias de Verão, e , com a localização dos terrenos de Reserva Ecológica Nacional, o que criou o maior movimento de contestação de sempre no concelho , acusando a autarquia de querer betonizar, dando privilégios a alguns nas zonas junto ao Rio, e por outro lado prejudicar a actividade agricola e pecuária tradicional da zona rural do concelho.

Em Almada, Maria Emilia, a candidata do partido xis, continua timoneira das suas frentes de betonização, esgotado que está o Feijó, Cova da Piedade, Laranjeiro e Miratejo , vira-se agora para a Arriba fóssil da Costa da Caparica, com construção em massa nos Capuchos e também na Sobreda e Lazarim, não vendo limites nem muito menos "combate à betonização" como opção...















Na Margem Sul, é "fartar vilanagem", vá de Betonizar tudo o que é espaço verde, sobreiros incluidos


E com Alfredo Monteiro, presidente e candidato do partido xis, Chegámos ao caso actualmente mais preocupante da Margem Sul, o Seixal, bem porquê o Seixal?, é que em trinta anos o Seixal passou de 30 mil para 160 mil habitantes, porque há um avançar descontrolado de betão em todas as frentes do concelho vejamos:

-Centro de Estágio do Benfica com 26 hectares de urbanização, 1325 fogos, 76 edificios, alguns de oito pisos- ( zona de REN e RAN ,com corte de sobreiros e outro arvoredo centenário)
- Santa Marta do Pinhal (zona florestal)
- Farinheiras/Paio Pires, Casal do Marco (antigas quintas e zonas florestais)
- Torre da Marinha estação Fertagus (zona de sobreiros e quintas)
-Projectos para a Flôr da Mata (uma zona verde de pinheiros e sobreiros, protegida no PDM)
-
Pinhal dos Frades/Quinta das Laranjeiras (pinhal)
- Cruz de Pau estação Fertagus (foi pinhal...)
- Hipermercado Carrefour Quinta da Princesa (corte de perto de mil sobreiros) -Hipermercado Leclerc na Amora antiga industria
- Urbanização industrial fora do Parque Industrial do Seixal em Casal do Marco /Pinhal dos Frades (pinhal)
-Quinta dos Franceses (Forum) Urbanização de ambos os lados desde o rio e até ao Forum.
-Para além de mais um mega projecto habitação + industria para a zona dos terrenos da Siderurgia Nacional, e há mais , muito mais... ou seja a ANTÍTESE TOTAL do que os autarcas do mesmo partido defendem, em Sintra, Cascais, Lisboa... como programa e solução unica de sustentabilidade e habitabilidade futura!

Como já perceberam, o partido xis é o mesmo em todos os exemplos dados, e os candidatos, candidatos de um mesmo partido, ao qual gostam de chamar coligação com o "Partido os Verdes", trata-se como é obvio, da CDU, curiosa a inversão de politicas do Norte para o Sul do Tejo e quando no poder ou enquanto minoria uma esquizofrenia de vontades ou duas faces de uma mesma moeda? Uma quando se está instalado no poder, outra quando na oposição? Uma onde não controla, outra onde é dos maiores proprietários ...

Dra. Luisa Shmidt, não está aqui um curioso campo de investigação?... puramente académica claro, longe estou de pensar em tráfico de influências, financiamento de partido ou outras coisas que tais e de para aqui chamar a atenção da Drª Maria José Morgado...

14 comentários:

NP disse...

Este post revela uma visão, no mínimo, curiosa.

São duas faces de uma mesma moeda, no lado onde gerem os tijolos são o parceiro ideal da foice e do martelo, do lado onde são oposição e nem por sombras podem ganhar, os tijolos são "satanás".

Sendo curiosamente o mesmo partido, é porreiro ver como as coisas são. Será que os candidatos no Montijo, em Alcochete e em Sesimbra também se queixam do "betão dos outros" ?

Já se viu que ideias há poucas nesta campanha, todos estão a jogar à defesa e ninguém faz nada, nem apresenta nada de novo, ou que motive as pessoas a votar, no fundo dá ideia que manter tudo como está é o que interessa a todos.

Tenho a expectativa de continuar o anónimo autor deste blog a mantê-lo activo mesmo após as eleições, porque atropelos e problemas vão sempre existir e há que haver alguma voz a levantá-los. Tenho ideia que vai continuar com o blog, mas ficam expressos os meus parabéns por grande parte dos posts aqui colocados. Bem fundamentados, bem documentados e com uma base bibliográfica e fotográfica intocável

Jean-Français Revel disse...

O comunismo promete a abundância e engendra a miséria, promete a liberdade e impõe a servidão, promete a igualdade e conduziu à mais inigualitária das sociedades.

asdrubal disse...

Tendência normal dos PCs tem sido o seu desaparecimento. À medida que vão desaparecendo, essas sociedades vão evoluindo. Reparem nos países escandinavos onde não existem partidos comunistas, nem comunistas. Esses países aparecem na liderança das sociedades mais evoluídas.

Aqui em Portugal, ano após ano o PCP vai definhando. Onde são poder, encontramos atraso, pobreza, falta de democracia e de transparência, falta de projectos e de ideias, enganos, burocracia, perseguições, medos...

Meistre disse...

Meu caro Ponto Verde, espera até ver o que irão fazer à zona da Mundet e arredores, há rumores que será urbanizado, atenção que são apenas rumores...Ah e falando ainda da Freguesia do Seixal, junto à zona fluvial penso que está previsto mais uma zona urbana...

Anónimo disse...

à vossa atenção:
A Câmara Municipal do Seixal já pediu parecer à EDP sobre o projecto de electricidade para a instalação de um posto de venda de combustível, na av da república, em Pinhal de Frades, exactamente atrás da Escola Básica 23 e na frente do Colégio Atlântico, numa zona de pinhal. Para as pessoas ficarem a localizar melhor, este posto ficará por baixo dos cabos de média tensão que atravessam a Escola.

AV disse...

Bem observado.
Só que não há Rubens de Carvalho á discrição.
Só se o clonassem e o mandassem para estas bandas.

Anónimo disse...

Se a CDU vai ganhar nova mente no eixal como pretendem fazer crer.

Não prefere ele ser o candidato CDU a presidente de uma Câmara com um projecto querido para os Seixalenses ; CONTER O BETÃO!!!E A ESPECULAÇÃO IMOBILIÁREA!!!???

Em vez de ser um candidato a modesto vereador em Lisboa?

Laços com o Seixal, a Quinta da Atalaia onde todos os anos monta o circo da Festa do Avante!

É que o Seixal agradecia qualquer um dos candidatos CDU da Margem Norte, ou será que por atravessarem o rio iriam mudar o discurso.

Victor Hugo

João Afonso disse...

Este post revela a desonestidade intelectual do seu autor, desonestidade a que já nos habituou... Deve ter ido a Lisboa numa das bicicletas, pois os automóveis são tão velhos, que não devem poder ir a Lisboa, viu o cartaz do Rubem e zás veio comparar a frase com o trabalho autárquico das Câmaras comunistas da margem sul.
Esquece-se que as realidades são diferentes, na margem sul, devido à planificação e trabalho de ordenamento efectuado pelas Câmaras CDU, não existem os problemas de betonização e guetização existentes na margem norte. Se fosse minimamente honesto, o autor do post teria de compara as duas realidades, como não o é. Faz afirmações destas.
E já agora porque não compara ele, as campanhas dos candidatos do Partido Socialista em Oeiras, Lisboa, Cascais, Sintra e Mafra, com as campanhas do BArreiro, Grandola, Alcochete e Montijo?
A resposta é fácil porque o autor do post não está preocupado minimamente com o ambiente mas apenas com a derrota eleitoral da CDU, principalmente no concelho do Seixal.
Isto demonstra-se com o facto do autor do post ter escrito dezenas de post a atacar a Câmara do Seixal, e nenhum a elogiar. Será que os homens são tão maus que em 30 anos não fizeram nada de jeito?
Acresce que em todos esses posts, o autor apenas apresentou uma unica ideia, o resto foi do bota abaixo.
Bem resta-nos a consolação, que faltam oito dias para o ponto verde por a viola no saco e hibernar por mais quatro anos...
Porque o autor do post do post,

Anónimo disse...

Voc~es são é cegos e pensam que os outros também, para elogiar a vossa bela obra já basta a vossa propaganda, na qual dispendem mais do que em Lisboa como diz no Diario de Noticias de hoje.

Porquê um desperdicio tão grande se sabem que vão ganhar? E não têm medo das comparações, este senhor anterior é patético.José Pinto Soares

Espero que o autor não hiberne, nem para criticar o PS se for caso disso , pois é o PS que vai ganhar finalmente o seixal. Chega da DITADURA!

Anónimo disse...

Trinta anos de crescimento desordenado e anárquico. A Câmara do Seixal com a sua maioria PCP (a CDU é uma ficção) revelou-se no Seixal (mas também em Palmela, Setúbal, Sesimbra, Loures, Amadora...)uma verdadeira falua para navegar à vista de interesses imobiliários. Doutra maneira não se compreendem as AUGI's (ou seria incompetência??), a inexistência de infra-estruturas (culpa dos outros, sempre culpa dos outros...) e o crescimento insustentável.
Não existe guetização nem betonização? Oh, meu amigo! Será que estamos em presença do Prof. Pangloss que julgava que tudo ia bem no melhor dos mundos possíveis?

Meistre disse...

Pois será finalmente o PS a ganhar a CM Seixal?Eu não acho, mas se ganhar irá tudo dar ao mesmo, e isto vê-se pela mudança politica na gestao autarquica em outros concelhos do distrito de Setubal, mudam-s as cores, mantém-s a má gestão...Talvez uma mudança mais radical tivesse melhores resultados...mas a direita portuguesa no distrito de Setúbal continua a ser vista como os «fascistas»...infelizmente...

Maria disse...

Este João Afonso deve mesmo tar a mamar a teta da vaca e anda de palas nos olhos.

Desornedamento, betão, guetos e falta de cuidado com o ambiente, quem quizer que venha a Almada e Seixal, para estudar o que não deve ser feito.

Pois aqui na minha zona a CDU andou a roubar metros nos lotes de cada um de nós e ficou com mais uns lotes para negociar.

E o que fez?

Para pagar as dívidas e favores deu esses lotes a construtores...

Ai se a PJ sabe...

Que Deus nos acudanqp

Anónimo disse...

Caro ponto verde, bom post este. Muito bom. -- JRF

Anónimo disse...

Para este post ser igual a um publicado no blog do brocas só falta o ponto verde dizer que se vivesse em Lisboa votaria no Rubem...