sexta-feira, setembro 23, 2005

DIA SEM CARROS - O VALE TUDO














Dia sem carros no recém-inaugurado "percurso arborizado para peões e bicicletas" nas margens da Baía do Seixal, os ciclistas optaram p
ela estrada...

Do Publico de ontem (22 de Setembro) "Almada é desde ontem o primeiro municipio do país a dispor de uma Rede Ciclável Hierarquizada (RCH). A rede abrange 44 percursos cicláveis e tem uma extensão total de 223 quilómetros.Os beneficios da RCH estão associados ao aumento da utilização da bicicleta e traduzem-se na economia do espaço publico e na "redução dos investimentos em vias de acesso e estacionamento".

Ao ler isto fiquei verde por ter afinal andado a "mentir" a quem lê o A-Sul, é que sou sincero, desconheço estes 223 quilómetros de ciclovia (devidamente sinalizada, com apoios para o parqueamento das bicicletas,desnivelamento nos lancis, sinalização horizontal e vertical, semáforos e outra sinalética existente na Europa e que aqui tenho dado conta e que se considera como "ciclovia") , pensava que em Almada, de ciclovia pouco mais havia que o percurso do Parque da Paz... e uns resquicios abandonados e cheios de ervas na zona do PIS (Picapau Amarelo) mas parece que me enganei, caros leitores, por vontade e por decreto, de um dia para o outro nasceram em Almada 223 quilómetros de ciclovia (Hierarquizada)...o é anedota, veio no PUBLICO!!!


Também do Publico e no parágrafo seguinte " A Câmara do Seixal comemora o "dia sem carros" abrindo um novo percurso arborizado para peões e bicicletas nas margems da Baía do Seixal.A autarquia assinala o dia com o corte do trânsito na marginal e no centro histórico da cidade".

Aqui fiquei de novo estarrecidamente verde pelas "mentiras" que aqui tenho escrito, assinalei já a construção de trezentos metros de passeio pedonal naquela zona, as àrvores (do tal passeio arborizado) muito jovens (mas mesmo muito jovens...) estavam ontem ainda dentro de vasos à espera de serem postas na vertical por diligentes funcionários...

De repente lembrei-me que estava afinal na Margem Sul , e , caí em mim , aliviado e compreendi que afinal era tudo uma questão semântica... nem a autarquia de Almada tinha construido de um dia para o outro 223 quilómetros de ciclovia (Hierarquizada ou como lhe queiram chamar) nem o Seixal tinha construido um percurso arborizado para peões e bicicletas (tal como se entende da leitua) , quanto muito e da visita que lá fiz na manhã de ontem, a Câmara do Seixal , construiu um espaço agradável, não amigo dos desportos náuticos é certo, mas um espaço luxuoso em termos de equipamento urbano , no qual em virtude desse mobiliàrio e arquitectura, conviverão mal, ( se em simultâneo tivermos) peões, carrinhos de bébé e biciletas, mesmo não considerando que esta dinâmica pode ocorrer em dois sentidos .













Vamos agora às comemorações propriamente ditas.Na estrada fechada ao trânsito uma mesa de pingue pongue, um kayak e uma dezena de bicicletas e uns jogos de xadrez, para os mais pequenos vindos de autocarro de uma qualquer escola para abrilhantar o ambiente e a quem eram distribuidas umas camisetas azuis claras com os dizeres "viver a rua", duvido que chegados à sua rua no concelho do Seixal as crianças podessem pôr em prática essa máxima ali aprendida, já estou a ver um inocente a ir jogar pingue-pongue para o meio da Avenida 25 de Abril lá da povoação...

Mas o caricato é que tudo isto se passava numa zona que deveria estar interdita a crianças, adultos e alimentos por estar a ser desratizada e desinfestada...era o dia sem carros, sem ratos e sem insectos...uma verdadeira purga portanto!







E ali fui eu por entre o arvoredo daquele passeio arborizado para peões e bicicletas , muito agradável, o passeio de excelente piso , as frondosas àrvores (dentro de uma ou duas décadas) de um lado (clique na imagem para ver melhor) a beleza da Baía do outro e de quando em vez aqueles estranhos obeliscos paralelipipedos que se erguem teluricos do solo, uteis obstáculos para ciclistas... mas.... ooops que se acaba o passeio que trezentos metros passados logo termina, numa espécie de terreiro cuja lógica será, venha andar de bicicleta...mas traga-a até cá na bela carrinha que aqui poderá estacionar e gozar dos prazeres da pedaleira, no regresso pode de novo dar nas vistas com a bicicleta em cima da viatura...radical... é que a ciclovia não tem continuidade, nem antes nem depois...













O que tem continuidade é que, ou há falta de senso ou o "rei vai nu" no Seixal, é que antes ainda de chegar à placa indicadora daquele fantástico "passeio arborizado para peões e bicicletas" e seu autor no seu inicio no sentido Arrentela- Seixal deparamo-nos com isto (fotos acima, uma vala cheia de lixo)... então não havia um cuidado para esta situação?
Aqui ainda me parecia mais urgente uma desratização do que onde puzeram as crianças no outro extremo...







Só para terminar, outra duvida. Quem pagou a obra, quanto custou? quem construiu, pelo cartaz junto, foi o grupo A.Silva & Silva... mas, quanto pagou a Câmara? É que é vulgar nestes cartazes essa informação... porque falta ela neste caso? Devemos acreditar nas más linguas ? É que há grandes interesses daquele grupo para aquela zona priviligiada da Baía não é???

27 comentários:

Anónimo disse...

Este texto tem uma verdade, o ponto verde há muito que anda a mentir!

Anónimo disse...

nao chamem o sr silva outra vez á conversa. já bastam as oficinas e as lavagens do elefante branco.

abstracto disse...

Efectivamente constata-se que o ponto verde tem andado a mentir, o jeitoso seguidista que me respondeu que pelo pais tem recebido enormes felicitações pelo óptimo concelho que é o Seixal é que tem razão.
Claro que o jornalista se esqueceu de escrever:
-que no Seixal existem generosas áreas verdes onde se incluem antigas quintas transformadas em áreas verdes publicas, que perpetuam o passado do conselho.
-as novas urbanizações foram cotempladas com parques urbanos bem estruturados e não simples rectangulos de relva com fontes de gosto duvidável.
-As novas vias de acesso a essas urbanizações foram projectadas para contemplar corredores verdes e ciclovias.
-Os nucleos históricos encomtram-se praticamente recuperados, após trinta anos de trabalhos.
-Ao longo dos ultimos 30 anos, construiu-se uma piscina coberta a cada 5 anos o que permitiu que actualmente todas as freguesias do concelho possuam pelo menos uma piscina.
-As bombas de gasolina encontram-se fora das áreas habitacionais.
-A ciclovia (denominada rotas dos moinhos) que se encontra à volta da baía e permite esfectuar o percurso: moinho de maré de Corroios / Paio Pires encontra-se construido há 20 anos e foi o percussor no pais destas vias, tendo inspirado inclusive paises como a Holanda.

Pois é deve ser assim que os seguidistas de partido do Seixal vêm assim a sua terra, acreditem eu também gostava de a ver assim e não de a imaginar assim. Mas não NADA disto é verdade e a ciclovia que agora se começou a fazer passados 30 anos não passa de uma feira das vaidades para encher o olho. No fim de semana vou experimentá-la e aki darei conta da experiência, mas parece-me que vou seguir o exemplo dos da fotografia.
Por fim quem é que foi o anormal que escreveu akilo dos 223 quilómetros de ciclóvia no jornal?

Carlos (Brocas) disse...

Eu não conheço muito bem o Seixal mas se calhar eles queriam dizer:

Se percorrerem as Ciclovias 10 vezes fazem 223 Km não seria ?

;)

Anónimo disse...

O brocas, não sejas bronco, os 223 Km são em Almada e não no Seixal, são concelhos distintos, sabias? Vê se aprendes, pois o mundo não acaba na Moita...

Anónimo disse...

Apenas um pequeno apontamento, com a única intenção de dar conhecimento de alguns factos, referentes ao concelho de Almada, não, exactamente, coincidentes com este post:

Para além das ciclovias que o autor diz conhecer, são verificáveis, na zona por onde costumo passar, as seguintes:

Na área do Pia - um pequeno percurso na Rua das Quintas, entre a Rua São Lourenço Nascente e a Quinta de São Francisco de Borja, com a maior parte do percurso ao lado de espaço ajardinado e cuidado.

Em toda a extensão da Avenida Timor Lorosae (entre a Fomega e a Torre de Caparica) - uma extensa ciclovia praticamente pronta.

Não estou em condições de poder afirmar, ou não, que o concelho de Almada conta com 223 Km de ciclovias. Na próxima sessão camarária, que se realizará após as eleições, solicitarei à Câmara, esclarecimento cabal sobre a questão, à semelhança do que faço, para outros casos, quando julgo conveniente.

Quanto às características e integração destas ciclovias, poder-se-ão colocar algumas interrogações do teor daquelas que, frequentemente, o autor coloca.

Dito isto, acrescentarei,parecer-me indispensável que as afirmações sejam o corolário da verificação
fundamentada, actualizada e integral dos factos, sob pena das conclusões não se conformarem com os pressupostos reais.

fernando miguel disse...

Por distracção não me identifiquei.

Fernando Miguel

Anónimo disse...

O que o ponto verde andou só para encontrar um lixinho... Como a obra está bonita, o homem, que parece não ter mais nada para fazer, alguém lhe deve pagar para escrever estas mentiras, faz quilómetros a vasculhar para conseguir um defeitezinho na obra...

Anónimo disse...

Pois é, o lixo é fotomontagem... e as crianças num local em desratização também, mas a "festa tem que continuar..." ontem tb. li no Publico o artigo que falava dos 223 Km de vias cicláveis em Almada gostei do termo Hierarquizadas ou coisa que o valha, ou seja deve ser toda a rede viária à excepção da A2... é só interpertar Código da Estrada

Anónimo disse...

É normal que com o aproximar das eleições as vistas fiquem mais turvas e se leia mal o que está escrito com rigor ou foi tratado ipsis verbis do Publico neste caso.

Nenhum dos comentários contradiz o que existe e está documentado~e não me parece que o autor esteja a inventar...como já deu para perceber..

Anónimo disse...

Eu juro que não ia a dizer nada, mas de repente passou aqui à minha porta uma carrinha da Câmara Municipal do Seixal com uns altifalantes a anunciar "Em Setembro domingos sem carros", uma iniciativa da Câmara. POxa se vissem a fumarada que saia do gasoleo mal queimado da carrinha!! è o desepero total!! palhaçada só equiparada àquela da foto da desratização... mesmo estupidez!!!

Anónimo disse...

"cotempladas" - será tornar em templo?????

Anónimo disse...

sim em almada é que é bom!!! Cada tiro cada melro

Anónimo disse...

Não te preocupes Fernando o pessoal pelo tom de voz percebeu que eras tu!!

Anónimo disse...

"Defeitezinho"??? - esta nem eu consigo saber o que significa.

Anónimo disse...

Um defeitezinho, é um defeito tão pequenino que não chega a ser defeitozinho...

Maria Almeida disse...

Bons artigos! Boas fotografias! Continuação de bom trabalho!
Cumprimentos.

Anónimo disse...

65% dos efluentes não tem tratamento. E agora a culpa é da SIMARSUL. Mas p Senhor Alfredo prometeu que iria acabar com efluentes sem tratamento (no debate) até 2008. Vejam bem!! Das poucas coisas em que se comprometeu foi logo escolher uma que não lhe cabe a ele. Pois, senão tiver cumprido a culpa é da SIMARSUL. È jogar com a boa fé das pessoas!!!

Anónimo disse...

Bela ciclovia

Asdrubal disse...

Que fantochada "dia sem carros" no Seixal. Fui à CGD e toda aquela zona inerdita a carros, tudo mal amanhado. Um polícia por ali, separadores no meio da estrada, um rapazito a andar de trotinete a motor no parque dos bombeiros, música em altos berros...folclore, como estamos habituados. Perguntei: "o que se vai passar por aqui?" responderam-me: "mais uma xaxada da câmara"

E lá fui trabalhar a pensar: "xaxada?", diria: hipócrisia!

Anónimo disse...

Grande Jantar de apoio à candidatura da CDU com a presença entusiástica de mais de 1.000 pessoas.

João Afonso disse...

O Jantar de apoiantes da CDU constitui-o um momento alto da campanha eleitoral, e uma manifestação da certeza da vitória da CDU no próximo dia 9 de Outubro.

AV disse...

223 km ?
Serão em círculo na rotunda do centro Sul ?

João Afonso disse...

Quanto ao PS nem jantar consegue fazer, pois é sabido que o Costa Velho não janta com o Menezes, o Assis não janta com o Ricardo, o Samuel não janta com o Carlos Ferreira e o Vitor Ramalho só janta com o Soares, pois a única coisa que o preocupa são as presidenciais, o resto é acessório...

Anónimo disse...

Se a politica nestes concelhos se fazem em jantares, já sabemos os que os querem bem regados...então estamos mesmo feitos1 Antigamente era os comicios, agora os jantaricios...

Já agora sondagens para quê ? basta contar o numero de bebedeiras para saber quem vai ganhar...

Zé Amora disse...

Este Paulo Silva o quer é jantaradas. Sabe que o poder compensa...

Sr. Dr. advogado, cuidado com a dieta, vigie o colestrol...

asdrubal disse...

No jantar da CDU
1000 Pessoas!

500 são funcionários municipais

100 Fornecedores,empreiteiros e construtores
até la estava o Eng Temporão que foi saneado da Camara A seguir ao 25Abril, pelo PCP

150 eleitos e funcionarios do PCP
100 Que já tem pedidos de emprego para os familiares para o proximo mandato, caso A CDU ganhe
100 Membros das colectividades, que recebem subsidios
50 auxiliares das escolas do ensino basico