quarta-feira, abril 30, 2008

SEIXAL RESORT OU O REGRESSO DO SUPER HERÓI ?





Acho muito criticáveis, embora legitimas do ponto de vista legal , situações em que um politico passa do exercicío de um cargo para uma empresa privada , sobretudo dentro das mesmas áreas de actuação ou tendo sido essas empresas beneficiárias ou de decisões pretéritas ou de potenciais decisões futuras obtidas pelo desempenho do alto cargo público desempenhado.


Óbviamente todos sabem do que falo e que é uma situação que onera quem é poder, os partidos que o nunca foram podem-se arvorar em virgens impolutas , pois nunca tiveram expostos à tentação refiro-me óbviamente à pasagem recente de Jorge Coelho para a Mota-Engil a ou a de Ferreira do Amaral para a Lusoponte e as posições , legitimas do PCP e do BE sobre o assunto.

No entanto, se considero grave este potencial aproveitamento do público em beneficio também potencial do privado , mais abjecto considero o aproveitamento real do público pela xico-espertice de alguns partidos e o oportunismo de alguns fiéis militantes ao utilizarem o público como agência de emprego e financiamento partidário.

Vem isto a propósito de um post do blogue Rumo a Bombordo em que era denunciada a passagem de um militante do PCP , demitido , ou melhor , dispensado pelo PCP em circustâncias nunca esclarecidas , da Câmara de Setúbal ao mesmo tempo que o então Presidente Carlos Sousa , e agora admitido de novo numa autarquia CDU , a do Seixal:

Passo a citar o Rumo a Bombordo:

" Em 23 de Agosto de 2007 a notícia caía que nem uma bomba.

A Comissão Política Concelhia do PCP de Setúbal confirmava a substituição do Presidente da Câmara de Setúbal Carlos Sousa e do Vereador Aranha Figueiredo. Lia-se na nota enviada à imprensa que as saídas de Carlos Sousa e de Aranha Figueiredo e a sua substituição tinham como objectivo "Renovar energias, rejuvenescer e reforçar a equipa para melhor enfrentar os desafios".

Na altura, elementos do PCP avançaram à Lusa que o PCP fazia uma análise "pouco favorável do trabalho autárquico desenvolvido em Setúbal sob a coordenação de Carlos Sousa."
O Presidente Carlos Sousa e o seu Vereador Aranha Figueiredo foram apeados pelo seu Partido para renovar energias... ou seja, estes senhores estavam cansados!!!

Imaginem para onde veio descansar Aranha Figueiredo, exactamente para a esplendorosa Baía do Seixal, com vistas para o rio.

A Câmara Municipal do Seixal precisava de um prestador de serviços com energia renovada e, logo se lembrou do então já cansado Aranha Figueiredo
Mas que veio fazer este ilustre comunista para o nosso município, onde encontra abrigo desde Dezembro de 2007?

Não sei!... mas estou certo que veio ocupar um lugar de relevo, no pelouro do ócio, a avaliar pela choruda prestação mensal que está a receber de cerca de €: 4.400,00 mensais.

Os seixalenses querem saber que mais valia está a dar ao nosso concelho um ex-Vereador que o seu Partido considerou gasto, cansado e sem energia."

_______________________________________________

Ao Senhor Aranha Figueiredo o A-Sul deseja um bom descanso e uma boa estadia ! Tal como os melhores sucessos empresariais !

Já agora, os parabéns pela aprovação da betonização do Vale da Rosa em Setúbal pela qual tanto se bateu e pela Urbanização Nova Setúbal que ali irá nascer , mais uma obra Emílio Catum (?) .

Qual a posição do PCP (Seixal) sobre este assunto?

8 comentários:

Anónimo disse...

Gostaria de saber o que esse servidor dos Seixalenses tem a dizer deste comentário deixado no blogue ARRASTÃO, em http://arrastao.org/sem-categoria/setubal-ja-tem-o-seu-santana-lopes/

"Aranha Figueiredo, o vereador do urbanismo também demitido, é um ortodoxo. Sempre foi. Um seguidor do chamado “centralismo democrático” tão ao gosto dos mais estafados estalinistas. Acatou as decisões centralistas em silêncio. Foi adicionado a este cozinhado para tramar Carlos de Sousa. Ele é apenas um instrumento das tramóias partidárias. O PCP continua a sua política profundamente religiosa. Não há lugar para a contestação às decisões dos cardeais. A razão que leva o partido a transformar Aranha em cordeiro oferecido em sacrifício é que ainda são desconhecidas.
Como em todas as religiões, decide-se no profundo silêncio das sacristias das catedrais. Como nas religiões mais atrasadas, o ser humano é apenas um joguete nas definições de estratégias."

José Teófilo Duarte

Anónimo disse...

Gostaria de saber o que esse servidor dos Seixalenses tem a dizer deste comentário deixado no blogue "DIzer bem" , em:

http://dizer_bem.weblog.com.pt/arquivo/220990.html

"Pois é, a CDU prometeu tudo fazer para conseguir viabilizar o Projecto "Nova Setúbal". Diga-se desde já que ele é de interesse vital para o empreiteiro Emídio Catum, que financiou, e em grande, as duas campanhas da CDU, em Setúbal.
A isto não é extranho o facto da Empresa deste empreiteiro ser parceira de uma outra (CDR) que tem como um dos seus Administradores o vereador, do pelouro do urbanismo e da habitação, Aranha Figueiredo, e onde o mesmo empreiteiro Emídio Catum é vogal.
Pode parecer estranho, mas é verdade. Pois em troca dos financiamentos, o empreiteiro quer ter a garantia que o Prpojecto vai ser aprovado - e com algumas alterações mais vantajosas para a sua empresa.
Agora estão numa situação em que, quanto mais mexem no projecto, se torna mais difícil concluir o tão desejado negócio para Carlos Sousa e a CDU.
Sempre detestei os xicos-espertos; por isso, seria justo que os senhores Emídio Catum, Carlos Sousa, Aranha Figueiredo e Mariano Gonçalves, entre outros, fossem verdadeiramente investigados no sentido de se apurar toda a verdade sobre o mistério desta negociata.

Em suma: cá por mim espero que o Projecto do "Vale da Rosa" nunca seja aprovado, e ao invés disso que se investigue profundamente este processo negocial."

Afixado por: joaquim ribeiro em janeiro 10, 2006 04:55 PM

Anónimo disse...

A posição do PCP sobre este assunto deve ser ficar calado e arrecadar os 10% dos 4 400 euros mensais. E qualquer dia aumentar outra vez a agua e criar outra taxa qualquer para poder pagar a esta gente.

www.jsdseixal.com disse...

JSD SEIXAL LANÇA AUTARCA ONLINE.

VEJAM TUDO NO POST:

"DEMOCRACIA DE PROXIMIDADE"

em


www.juventudeseixal.blogspot.com

www.jsdseixal.com/blog

Ana disse...

Enquanto se continuar a premiar os que dizem "yes" a tudo e que se dispoem a ser executantes de politicas que servem os partidos e a sua eternização no poder e não a causa comum não passaremos de um país pobre, e não direi só no campo material pois na minha opinião a pobreza intelectual é bem pior, cega-nos completamente sem que consigamos ver o melhor caminho.
Este não é o primeiro caso de que tive conhecimento, já houve casos semelhantes e concerteza outros surgirão.
Pergunto para onde iremos se não somos rigorosos com os recursos de que dispomos, se não premiamos as competências, se não gerimos rigorosamente os dinheiros públicos aplicando-os naquilo que é mais necessario.
Não somos um país rico mas poderiamos ser um rico país se houvesse mais rigor na nossa maneira de ser e de estar.

Daniel Geraldes disse...

Vergonhoso, escandaloso!!!
Gostava de ouvir o Presidente da CM Seixal a esclarecer o assunto, e saber exactamente de quem é a responsabilidade directa da contratação deste comunista cansado, sem energia e que precisava de ser renovado em Setúbal!!!!

E quais são exactamente as funções deste senhor para receber um ordenado digno de Presidente de Câmara.

Anónimo disse...

Vejam em
http://www.igal.pt/default.aspx?cn=61116112AAAAAAAAAAAAAAAA
o Inquérito do IGAT à Câmara de Almada.

ex-militante disse...

Palavras para quê?

É assim o PÊCÊPÊ !