sábado, agosto 18, 2007

CIDADANIA E A SUA NEGAÇÃO


Não vamos voltar à velha questão do anonimato na blogosfera, os prós e contras, a credibilidade... são questões que agora não vêm à discussão.

Pelo nosso lado sempre dissemos que numa região onde o défice democrático é acentuado, sublinhado com os vicios de um partido único e pequenos grandes poderes autoritários, lamentávamos o facto, mas a única forma de abordar temas que fugiam à propaganda local e ao controlo dos meios locais de informação, seria pela forma e com a fórmula que temos utilizado.

Assumir o não "anonimato" seria só vantajoso para quem a todo o custo se quer perpetuar no poder (alternância democrática o que será?) e é sustentado no poder pelos grandes grupos económicos da região, nomeadamente aqueles ligados à destruição do espaço natural e que vivem do avanço cego da construção.

Sabíamos das dificuldades sentidas por quem faz oposição a sério,e nas várias sedes do poder eleito, das coacções fisicas e dos danos materiais e também da máquina logo se poria em marcha para eliminar o cidadão e a sua opinião...infelizmente, dia a dia se prova que estamos certos,observando o que foi cerceado em torno dos movimentos cívicos que espontâneamente têm surgido, dos desmandos que têm sido aplicados na gestão descricionária do território...

Exemplos disso tivemo-los em Pinhal dos Frades e na Várzea da Moita, mas não basta a estes pequenos ditadores a calúnia contra quem simplesmante quer ver os seus direitos como cidadãos defendidos, a última está neste blogue, clique criado com a única finalidade de denegrir e atingir um cidadão identificado com nome próprio e que tem assumido corajosamente e exemplarmente as suas posições.

É o jogo sujo e a prepotência de quem tem uma visão muito própria da democracia e do bem público , uma nova forma de cacíquismo e de negação do que é a blogosfera, curioso é recorrerem ao anonimato que tanto contestam.

Só reconhecem publicamente a força que tem este meio e o medo que dele têm , e de com ele verem desmascarada a estrutura mafiosa que se tem instalado no seio de um poder imutável há mais de trinta anos, o esterco ideal para o enraizamento da corrupção!
___________________________________________________

Um destaque para o livro de Pedro Fonseca (na imagem) sobre outras questões levantadas pela blogosfera

12 comentários:

Anónimo disse...

De facto aquela leitura é horrenda e se António Telhado é progressista, ainda é pior. Não interessa se o A Angelo é canhestro ou imbecil ou qualquer coisa de anticomunista etc. etc. O que interessa neste caso é que até prova em contrário ele será até a data do julgamento(?)inocente. Depois é dedilhar no mal-dizer:desde a direcção local do PCP até ao anónimo cidadão. Não se compreende neste tempo condenar antecipadamente... E se..!

Anónimo disse...

De facto aquela leitura é horrenda e se António Telhado é progressista, ainda é pior. Não interessa se o A Angelo é canhestro ou imbecil ou qualquer coisa de anticomunista etc. etc. O que interessa neste caso é que até prova em contrário ele será até a data do julgamento(?)inocente. Depois é dedilhar no mal-dizer:desde a direcção local do PCP até ao anónimo cidadão. Não se compreende neste tempo condenar antecipadamente... E se..!

Mário da Silva disse...

Caro amigo PV,

Quer fazer o favor de incluir no seu blog um banner para esta iniciativa tão interessante: Blog Action Day

Dada a visibilidade que seu blog tem acho que a propagação será excelente pelas nossas bandas.

Se quiser vêr como pode ficar vá a O Plano da Moita e a is there a reason for this blog?™.

Até mais.

hkt disse...

"Politicamente só existe aquilo que o povo sabe que existe", Salazar, em 26 de Outubro de 1933, inauguração do Secretariado de Propaganda Nacional.

smintw disse...

AMIGO UM BLOGUE BEM CRIADO E BEM PENSADO SEM DUVIDA.

UM ABRAÇO

AV disse...

António do Telhado é apenas o mais recente nick de alguém que tem passeado pela blogosfera das zonas da Moita-Barreiro a fazer o trabalho sujo para os que dizem que têm as mãos limpas disso.
É um aparelhista de segunda linha que apenas funciona como agente provocador e merece o desprezo proporcional à sua insignificância.

João Afonso disse...

Este post é hilariante, o ponto verde que cobardemente se esconde atrás do anonimato para difamar pessoas, mentido impunemente, vem agora criticar alguém que faz o mesmo... Já aqui li muito disparate, mas este ultrapassa os limites da estupidez!

Anónimo disse...

Pois e o AV1. São falsos e depois se alguém faz o mesmo ...
Coerência

Anónimo disse...

João Afonso é o "António do Telhado" do Seixal!

João Afonso disse...

Com muita honra

Anónimo disse...

honra?!!!!

Anónimo disse...

O senhor Ângelo, por ser porta-voz de um movimento de cidadãos, está a sofrer na carne as consequências de se opor frontalmente à má governação local.

O objectivo dos pides comunas é fazer com que todos os que lhe queiram seguir as pisadas pensem que podem ter a sua vida pessoal devassada se o fizerem.

É uma forma de coação blogosferica utilizada por não ter resultado a técnica da infiltração (como ficou patente noutros movimentos nos últimos dias...)

E, como no fundo têm vergonha do que lhe estão a fazer, continuam anónimos.

As responsabilidades de um edil são bem diferentes das de um porta-voz de um movimento de cidadãos.