sábado, junho 02, 2007

TRÊS PERGUNTAS "INFANTIS"... E SEM RESPOSTA!














O Centro de Estagios do Benfica no Seixal foi construído em discriminação positiva (nomeadamente ao nível da urbanização associada) face aos demais , no sentido de integrar contrapartidas sociais importantes, como a sua "utilização por crianças desfavorecidas do concelho" ...mas quantas já o fizeram, fazem ou farão realmente...?


___________________________________________________

Uma vez que ontem não obtive respostas por parte dos inúmeros comentadores que por cá costumam passar, "engagées" na defesa das autarquias CDU da margem sul, e nomeadamente à autarquia do Seixal , volto a colocar as questões deixadas no post de ontem... são três perguntas apenas postas a uma auatrquia que supostamente defende questões de integração quer ao nível social (em termos de "classes" - como gostam de sublinhar- e de origens geográficas) :

Será que do Seixal sabem dar resposta a estas questões "infantis" ?

- Quantas crianças desfavorecidas têm frequentado o Centro de Estágios do Benfica ao abrigo do protocolo que permitiu a instalação daquela estrutura e de mais 24 hectares de construção em terrenos parte reserva Agricola e Ecoló
gica?Para já , a única vantagem para a juventude local é verem passar os bólides dos jogadores a alta velocidade e poderem mendigar algum autógrafo, o que como modelo de vida, deixará muito a desejar...

- Quantas crianças desfavorecidas do Seixal, Arrentela... váo poder no Verão , frequentar (quando o projecto estiver concluído) as piscinas e os espaços verdes que farão parte dos condominios fechados a constr
uír naquele local da Quinta da Trindade ?


- Porque razão de uma vez por todas a Câmara do Seixal não assume a culpa , já atribuída em tribunal, na morte da criança num esgoto, responsabilidade da autarquia? Se todos se comovem com a menina desaparecida no Algarve identificando-se e solidarizando-se com os pais, não tocará os nossos autarcas o desgosto e a revolta de uns pais perderem um filho afogado num esgoto descurado?

O Rogério, assim se chamava o menino do Seixal também, tal como Madelleine, tinha quatro anos!

Três perguntas simples, mas sem resposta... no Dia da Criança!

19 comentários:

João Afonso disse...

São as Autarquias Locais geridas pela CDU que combatem as políticas de destruição dos serviços públicos levada a cabo pelo Governo PS, veja-se, por exemplo, o caso do encerramento do Serviço de Atendimento de Doentes Urgentes (SADU) em Setúbal, são as Autarquias Locais geridas pela CDU que combatem as políticas de destruição da qualidade de vida das populações, veja-se, por exemplo, o combate travado e os sucessos obtidos (nomeadamente, em Tribunal) em relação à teimosia do Governo PS em instalar em pleno Parque Natural da Arrábida a co-incineração de Resíduos Industriais Perigosos, são as Autarquias Locais geridas pela CDU que, junto com as populações, exigem mais e melhores condições de vida, mais e melhores equipamentos, mais e melhores serviços públicos, veja-se a luta travada em torno da justa exigência de construção de um Hospital no Seixal.

Babiiee disse...

Não sei mas …. realmente, perder o filho afogado no esgoto deve ser péssimo … =/

Tmb queria q tudo isso mudasse … mas nodia das crianças eu sou só mais uma ^^

=**

Paulo Edson Cunha disse...

Caro Ponto Verde,
Como colocou igualmente esta questão no meu blogue:

http://pauloedsonc.blogspot.com/

dei-lhe lá esta resposta, mas como admito que nem toda a gente que vem aqui, o visite igualmente, opto por lhe deixar aqui a mesma resposta:
"Caro Ponto Verde,
Oportunamente tentarei obter junto da Câmara Municipal resposta às questões colocadas. Talvez mesmo na próxima Assembleia Municipal, que vai decorrer já segunda-feira à noite.
Sobre a questão da criança morta, posso dizer-lhe que já a levantámos em plena Assembleia Municipal, assim como o PS, sem respostas conclusivas e satisfatórias por parte da Câmara, contudo tem de reconhecer que é muito complicado usar políticamente esse tema, pois podemos ser acusados de estarmo-nos a aproveitar da desgraça alheia para fazer política.
Pessoalmente entendo que a posição da Câmara é absolutamente vergonhosa, mas não estou a falar, nem em nome do PSD, nem sequer como advogado, mas sim como um simples cidadão que sabe apenas uma coisa: A VIDA DE UMA CRIANÇA PERDEU-SE por ter caído naquele esgoto!!! penso que era o suficiente para se ter abordado o problema de outra forma. Mas também não se perdeu a vida de um adepto do Sportingo numa final da taça de Portugal e a Federação continua a recorrer????n Infelizmente é o País e são os dirigentes que temos!!!!!!!!"

joão carlos disse...

Resposta deixada no blogue seixalsim:

Senhor «Ponto Verde» (ou perguntador envergonhado - e, por isso - anónimo)

Quanto às duas primeiras perguntas, espanta-me saber que no Seixal - e no país - existam crianças desfavorecidas. Pensava eu que ao fim de quase 33 anos de governos «socialistas» e «social-democratas» (as aspas não são levianas, mas apenas uma atenção em relação aos verdadeiros socialistas e social-democratas), e como frutos das suas «excelentes» políticas económicas e sociais, essa chaga das crianças desfavorecidas já não existisse em Portugal.

Infelizmente - e pela sua anónima confissão - sou forçado a concluir que essa infâmia é uma realidade. Mas, provavelmente, para si trata-se apenas de uma fatalidade do destino, essa coisa de haver ricos muito ricos, e pobres muito pobres. Ou seja, deve subscrever e apoiar as políticas que produzem estas misérias. E ter, para elas, as boas desculpas dos néscios.

Quanto há última pergunta, ela é pertinente. Também eu penso que a atitude da Câmara deveria ter sido outra, independentemente de alguma negligência por parte da mãe e do padrasto.

Contudo, por ser você alguém que não dá a cara (o que acho muito feio, por ser sinónimo de cobardia e ter telhados de vidro) não julgo que seja a pessoa certa para pôr a questão.

Mas deixo-lhe um desafio: diga-me lá você porque existem mais de dois milhões de pessoas que vivem na mais profunda carência em Portugal - e, entre elas, algumas são crianças e vivem no Seixal.

joão carlos disse...

Correcção

Continuação:

Ao reler o meu comentário, verifiquei que caí num erro de palmatória. Em tempo, porém, quero rectificar.

Onde se lê: «Quanto há última pergunta...», de ler-se: «Quanto à última pergunta...».

Obviamente. As minhas desculpas.

João Carlos

EMALMADA disse...

A lógica destas câmaras não é um trabalho honesto para as gerações futuras.
A sua lógica é a do capital, do imobiliário, do que está a dar...

Ponto Verde disse...

O Senhor João Carlos, cidadão incomodado com a minha opção pelo anonimato não responde às quatões colocadas ou, pior, assume que sim senhor, a criança morreu afogada ao caír no esgoto mas porque houve "alguma negligência por parte da mãe e do padrasto."... por isso a Câmara, que tem a mesma posição vai de recurso em recurso, de repetição de julgamento em repstição gastando mais certamente que a indemnização definida no anterior julgamento.

Quanto à necessidade e tentativa de me querer associar aos "33 anos de governos «socialistas» e «social-democratas» " são infrutíferas tal como são infrutíferas as tentativas de me associar aos 33 anos de poder CDU nas autarquias da margem sul.

Como vê , parto do princípio que há pobreza no concelho, e se souber lêr, vê que não atribuo essas culpas ao PCP!

O que questiono são as falsas promessas de que o Centro de Estágios do Benfica é uma benfeitoria para o Seixal... e por isso deram à Euroárea, Vale e Azevedo que passaram para os Espanhóis da Libertas o investimento que só foi possivel autorizar assente numa imensidão de MENTIRAS e de violações da lei!

Tal como é uma mentira a preocupação pelo Povo e pelo direito à habitação, pois as urbanizações ultimamente planeadas, na Quinta da Trindade, na Quinta do Outeiro ou mesmo para junto ao problemático Vale de Chícharos são destinados a Condomínios de luxo onde as tais crianças desfavorecidas do Seixal não têm lugar.

Quanto à sua preocupação pelos blogues anónimos, não é exclusiva sua, também em Democracia (excepto no PCP) o voto é anónimo e não é por isso que tem menor importância!

Anónimo disse...

Não sou do Seixal, logo não conheço essa realidade, no entanto, quando se fala em crianças, penso que quase todos ficamos sensiblizados, digo quase todos, porque infelizmente há quem não fique , especialmente gente com responsabilidades e que poderiam fazer um pouco mais. Outros interesses prevalecem.Na sociedade em que vivemos muito há ainda a fazer, mas nem sempre é prioritário e quando algo se faz, a burocracia e inércia é tanta que o resultado é quase nulo. Estamos numa sociedade em que se reune de mais, mas se resolve de menos. É apenas o poder politico o responsável? Acho que não. A nivel técnico há muito a melhorar, e isso sim, devia ser controlado.

João Afonso disse...

O Ponto Verde depois de andar a repetir perguntas em todos os blogs - o que demonstra que o a-sul caiu em descrédito - ficou gago com o brilhante comentário do João Carlos... E a gaguês foi tão grande que repetiu o seu comentário, certamente para aumentar o número de comentários num blog que já caiu no descrédito!

Ponto Verde disse...

Tem toda a razão! Mas há quanto tempo se anda a convencer disso?

Vá lá dormir descansado!

Entretanto nem uma resposta às três simples questões :

- para quando utilização do Centro de Estágios pela crianças desfavorecidas do Seixal de acordo com as promessas e vantagens concedidas? Ou já se esqueceram?

-vai haver utilização dos espaços verdes e piscinas dos condomínios fechados a construír na Quinta da Trindade? Sempre é o principio da solidariedade num "concelho de Abril"...

- Para quando o assumir de culpas já provadas em tribunal, da responsabilidade da autarquia na morte de uma criança de quatro anos, a mesma idade da menina desaparecida na Aldeia da Luz?

A resposta de João Carlos...noutro blogue disse...

Olha, olha!

O «Ponto Verde» exaltou-se, perdeu as maneiras! E, pior do que isso, escreveu ele o texto. Nota-se pela ortografia. Em suma: enervou-se.

Dou de barato o facto de não ter percebido que a minha posição no caso do garoto que caíu no esgoto não corresponde à sua conclusão, mas aí estamos a falar de limitações interpretativas que não me compete corrigir. De todo o modo, aconselho-o a voltar a ler essa passagem, mas com calma, tentando assimilar o que lá está. Se insistir na deturpação, aí já não será por limitação intelectual, mas por notória má-fé.

Quanto ao resto, saliento que o incomoda mais que as crianças carenciadas não vão aqui ou ali, do que o próprio facto de serem carenciadas.Mas isso são opções, não é?

Por outro lado, também registo que o seu «comentário», tipo «cassete» ou «chapa 5», já tinha sido metido noutro texto deste blog e - como agora aconteceu - não tem nada a ver com o tema. Será falta de imaginação? Ou serão falta de argumentos? Ou será, simplesmente, por pura indigência mental?

Fique bem - e continue a tentar divertir-se. E a escrever, a praticar. Precisa bastante.

anónimo no blog Banheirense disse...

Ó ponto verde então e os crimes ambientais e sociais do PS? porque é que só falas dum partido? és pago para atacar só a CDU? Tem vergonha.

Manuel Coelho disse...

Que o Ponto Verde é pago para atacar a CDU não há duvida! Veja-se que até ficou gago quando o João Carlos, magistralmente, respondeu com as responsabilidades do PS. Acresce que, como qualquer "socialista" tem dores de cotovelo por não poder comprar um apartamento na Quinta da Trindade e daí vai de disparar em direcção a essa Urbanização! Ponto Verde em vez de ficares verde de inveja, porque não pedes um aumento de ordenado ao gajo que te paga para escreveres mentiras neste pasquim?

Anónimo disse...

O comentário anterior que reproduzo (para o caso de ser apagado) é uma pérola assina Manuel Coelho:

"Que o Ponto Verde é pago para atacar a CDU não há duvida! Veja-se que até ficou gago quando o João Carlos, magistralmente, respondeu com as responsabilidades do PS. Acresce que, como qualquer "socialista" tem dores de cotovelo por não poder comprar um apartamento na Quinta da Trindade e daí vai de disparar em direcção a essa Urbanização! Ponto Verde em vez de ficares verde de inveja, porque não pedes um aumento de ordenado ao gajo que te paga para escreveres mentiras neste pasquim?"

É curioso ver Comunistas a defender urbanizações (capitalistas) e gozar com quem as não pode comprar (a maioria do povo trabalhador) , este mundo está às avessas. E já agora, quais os Comunistas que podem comprar na Quinta da Trindade?

Os corruptos certamente

Anónimo disse...

o PS já colocou publicamente o problema do centro de estagios do benfica como infraestrutura para a utilização colectiva e a falta da assinatura do acordo entre a cms e o slb . acordo esse previsto no protocolo que viabilizou o centro de estágios.

Anónimo disse...

os PS assumiu uma posição de que a cms deveria cumprir com a sentença que condenou o municipio a indemnizar os apis da criança que caiu no esgoto e que por isso morreu afogada

aldeia-pp disse...

A mim não me preocupa que as crianças deste país não sejam atendidas no Hospital CUF Descobertas, preocupa-me é que as crianças tenham cada vez menos acesso aos cuidados de saúde que deviam ser uma garantia do estado, a mim também não me preocupa que as crianças deste país não possam ir almoçar ao Tavares Rico todos os dias, mas fico preocupado quando sei que existem milhares de crianças que não fazem uma refeição por dia, já agora aproveito para o informar, ou senão acreditar em mim pergunte perto do jardim-de-infância da sua zona e o mais certo é que lhe digam que algumas das crianças que hoje estão de regresso, desde sexta-feira não comem uma refeição quente, também não me preocupa que as crianças deste país não frequentem o Holmes Place, mas todas deveriam ter acesso a um bem indispensável que é o desporto, também não preocupa que muitas das crianças não tenham o computador de ultima geração ou a consola da moda, mas preocupa-me que existiam muitas crianças que não tenham o seu tempo para ser crianças, também não me preocupa que as crianças não tenham os ténis Nike ou o Ipod mas preocupa-me que os seus pais não os consigam manter a estudar.

O que me preocupa é que os carenciados são cada vez mais e os que já tem muita riqueza estão mais ricos, mas isso a si pouco lhe interessa porque não são essas as suas prioridades.

No que diz respeito à criança que faleceu no esgoto, penso que a atitude da Câmara deveria ter sido outra.

Acho alguma piada ao ver tanta indignação no PS e PSD pelas crianças não usarem o centro de estágio do Benfica, mas não estão preocupados com o empobrecimento cada vez maior dos portugueses, quando foram as politicas do PS e PSD que conduziram a que neste momento cerca de dois milhões de portugueses vivam abaixo do limiar da pobreza, cerca de 20% da população, um em cada cinco portugueses e muitas serão certamente crianças.

Para o PS e PSD é grave as crianças não utilizarem o centro de estágio do Benfica, mas já não é grave recusarem um subsídio de maternidade a mulheres que estão em situação de desemprego de longa duração, a jovens mães adolescentes que ainda não iniciaram a sua actividade profissional ou a trabalhadoras precárias, chegando o PSD ao ridículo de dizer que tendo em conta os apoios prestados pelo estado (que são inexistentes), esta é uma situação que não se justifica, o PS recusou porque não percebeu o papel do pai nesta situação, mas podem as crianças dormir descansadas porque PS e PSD estão atentas ao centro de estagio do Benfica, só tenho pena é que enquanto foram responsáveis pela tutela da Casa Pia não tenham dado a devida atenção ás crianças que lá viviam e que não demonstrem preocupação em encontrar os responsáveis pela destruição da vida de centenas de crianças que estavam sob protecção do estado português.

Ponto Verde disse...

Agradeço a abrangência do anterior comentário, no entanto o que pretendia era a resposta a três questões locais simples.

A questão do Centro de Estágios onde voltaremos por estes dias é mais complicada do que isto e implica questões legais e de verdade que não estão a ser cumpridas.

Anónimo disse...

nestas alturas os chuchas e os seus clones laranjas ficam em silencio.