sábado, junho 16, 2007

MARGEM SUL - VAZIO URBANO OU "A ESQUERDA ACTUAL DEIXOU DE SER ESQUERDA" - TORNOU-SE "ESTÚPIDA" (3)



O grande élan massificador da margem sul está hoje centrado no concelho do Seixal, um concelho a rebentar pelas costuras com as mesmas infraestruturas de quando tinha 30 000 habitantes, mas que hoje tem 160000 e a crescer exponencialmente , vejamos o ritmo alucinante em que a natureza é destruída para dar lugar a betão:

A - É o grande investimento imobiliário do PCP, o seu seguro de vida, a Atalaia pois então...
B - Cruz de Pau, Paivas, a grande Cidade de Amora cujo peso levou a que haja uma betonização acelerada mas do outro lado da baía.
C - A Frente da baía, o Território de uma nova linha de Betão.
D - A Torre da Marinha cresce também na chamada agora Quinta do Rio onde há um importante montado de sobro.
E - Quinta da Trindade Centro de Estágios...
F-Paio Pires , quem diria, depois do fabrico do aço, a produção agora é de prédios e mais prédios.
G- Casal do Marco, a primeira linha de floresta do concelho para quem vinha pela EN 10 está a desaparecer aceleradamente para dar lugas a urbanizações.
H- Com um Parque industrial Infraestruturado e Fábricas ao abandono, constróem-se mega naves industriais, ( para alugar) para quê?
H'-Siderurgia que vai ser reconvertida em...habitação!!!
I - Mata da Machada, finalmente um bom exemplo vindo da anterior vereação da CMB mas bermas não limpas trazem perigo para o Verão.
J- Palhais , Barreiro, Xavier de Lima renasce das cinzas e propõe mais torres de cimento (surreal) e na direcção do Barreiro mais urbanizações novinhas em folha com vista para o rio para onde correm os seus esgotos!!!

Para hoje sugiro no nosso périplo ribeirinho o percurso entre o Seixal e o Barreiro, Sobre o Seixal já aqui analisámos ontem a densificação urbana no Miratejo, a densificação que se está a apostar no Alto do Moinho, contrariando as caracteristicas unifamiliares e as cérceas, e também a aberração máxima que é Santa Marta do Pinhal .

Seguindo este rumo temos a Cruz de Pau, um suburbio feio em qualquer parte do (terceiro) mundo, depois vem a asneira mais uma vez repetida da densificação, desta vez alimentando (-se) da linha férrea com a construção junto da Estação dos Foros de Amora, o único sentido de vida para quem ali more é apanhar o comboio para Lisboa!!! (o que não é muito) , temos depois o Fogueteiro onde se alinha o que se vai fazer das antigas oficinas da Câmara, as tais que saíram daquele local para um edificio do Grupo A.Silva & Silva... ou dos Lanificios da Arrentela ... logo depois para o lado do Seixal, enche-se a Baía de Construção, da Arrentela ao Seixal e depois até à Siderurgia.

Noutro eixo, o que nos conduz ao Barreiro, mais asneira, urbaniza-se também em massa ao Longo da EN 10 de um lado e do outro erguem-se gigantescas naves industriais (outro negócio local) vazias é claro, não há um fim par o qual foram construídas senão a especulação, ao lado antigas unidades Industriais abandonadas ou quase, Fábrica de Tintas, INDELMA... mas constrói-se mais sem saber para quê, vá-se lá saber é porquê ali (?) quando há um Parque Industrial a dois passos ???

Depois Coina está na mesma, mas sem as hortas...Mata da Machada (com as bermas cheias de vegetação) Vale de Zebro... e o Barreiro está a dois passos, em Palhais a construção assentou arraiais e densifica-se também tudo quanto é frente de rio, continua a haver esgotos a serem despejados directamente dessas urbanizações para o rio, vale tudo!

7 comentários:

Anónimo disse...

Se as Câmaras emitem as licenças das duas uma:

1- Ou são obrigadas e são porque se eu possuir um terreno em zona urbana/urbanizável só não construo se não quiser. A Câmara desde que eu respeite as regras não me pode impedir;

2- Ou o modelo de financiamento leva a isto.

Porque não mudar o modelo de financiamento fazendo entrar em linha de conta questões ambientais?

A resposta é simples, porque o PSD e o PS nunca o quiseram.

Nuno Cavaco, autarca CDU Moita

manel disse...

Nuno, há que agarrar o tacho, né? Pelo menos o sr. autarca que se diz de esquerda, aqui na margem esquerda, tem algo de positivo, concorda que estamos a viver num caos urbanistico, porque é necessário financiar a "obra feita". Ok, Nuno, já sabemos da cassete: o poder central é o culpado. Agora há que reivindicar ao governo que legisle financiamento para as autarquias "fazendo entrar em linha de conta questões ambientais". Eis a mentalidade destes "servidores do povo". Lixam-no, porque acham que não há outro caminho. Sim senhor, que grande político temos na Moita eheheheheheh . Precisamos de políticos democráticos, esclarecidos, culturalmente fortes e que tomem decisões que evitem o alastramento de cancros. O concelho do Seixal, como se vê, é a candeia que vai À frente. Que tristeza para quem aí vive :-(

o fode tudo :) disse...

É SÓ DOR DE CORNO..
É NORMAL, O PS E O PSD TÊEM INVEJA DA CDU PORQUE SE FOSSEM ELES A MANDAR TERIAM FEITO MUITO MAS MUITO MAIS MERDA..
ELES SABEM QUE SÃO CAPAZES, BASTA PERCORRER PORTUGAL DE NORTE A SUL PARA VER A MERDA QUE FAZEM..
PS E PSD, MERDA É COM VOÇÊS :)

moraisoares disse...

Essa conversa cheira um bocado mal. não? isto é um espaço de debate não é um W.C. A CDU já mostrou por várias vezes como lida com a oposição e pelos vistos sente-se incomodada. Acho que é chegada a hora de se começar a mostrar respeito por quem quer mudar um distrito.

A.O.S. disse...

Enfim; mais um regresso às origens.

nunocavaco disse...

O comentário acima, assindado por mim, mas não como autarca, não foi colocado aqui pela minha pessoa. O que dá que pensar acerca das estratégias de alguns ...

Anónimo disse...

Como é?
Os posts postos por Nuno Cavaco, mas assinados Nuno Cavaco autarca, que é! Não são postos por ele, Nuno Cavaco vá-se lá saber o quê?
Isto avança rápidamente para a esquizófrenia