quarta-feira, junho 06, 2007

ALFREDO PRÓS - MONTEIRO CONTRAS















É uma situação cómoda, pôr a cabeça na areia às questões concretas e documentadas que fazemos questão de aqui trazer, o trabalho de sapa quando toca a descredibilizar é feito sobretudo por dois personagens ( e um terceiro mais retirado) que diáriamente , por aqui passam para tentar dissimular as situações e os casos que vamos tratando ao sabor da actualidade ou de reavivar na memória questões longe de estarem resolvidas ou arquivadas.

Tais tácticas são fáceis de desmontar tal o baixo nivel intelectual dos interlocutores, vá-se lá saber porquê...têm até subido na nomenklatura local, com coluna e foto na imprensa escrita e electrónica local e o inevitável cargo na autarquia local mais a jeito.

Hoje contrapomos a acusação dessas entidades pardas sobre a nossa "maldicência" para fazer um elogio ao presidente da Câmara do Seixal, revelado um "Patriota" nas questões do novo Aeroporto de Lisboa ,devo dizer que as minhas ideias sobre o aeroporto, até coincidem com as que Alfredo Monteiro citou no programa "Prós e Contras" quer sobre a localização quer sobre a metodologia na escolha da localização...já não sobre o tal "modelo de desenvolvimento da AML"...

Mas devo confessar que foi para mim uma surpresa ouvir o também Presidente da Associação de Municípios de Setúbal vir defender o País (no municipio em que a bandeira maior e mais alta é decalcada da da ex. União Soviética) e foi para mim uma surpresa defender a metodologia da ponderação , citando :

-
"vale a pena parar o que for necessário (...) justifica ver as alternativas, nós não podemos errar (...)justificam-se estudos alternativos (...) há possibilidade de encontar terrenos publicos sem necessidade de expropriação (...)

Ora , eu só gostava que o senhor Alfredo Monteiro aplicasse para a "OTA do Seixal" (o novo hospital) , a mesma metodologia na escolha da localização que propõe para o Aeroporto!

É que é exactamente o inverso que está a acontecer, ou seja, uma posição de intransigência, ausência de estudos , e de alternativas... pretendendo Alfredo Monteiro localizar o novo hospital num Sítio Rede Natura 2000 quando há alternativas, o tal local onde está asteada a tal bandeira, os terrenos reconvertidos da actual Siderurgia, ou o tal lote cedido pela Euroárea-Benfica na Quinta da Trindade... só para citar três exemplos!

Não vale a pena Senhor Alfredo Monteiro "em defesa do país" (...) "estudar alternativas" também aqui ? Ou há interesses escondidos naquela localização ?

7 comentários:

Luis Eme disse...

é a tal diferença entre a teoria e a prática...

outsider disse...

É claro que ninguém no seu juízo perfeito contestará a opinião toda opinada do sr. Monteiro. O problema está ai... a ponderação que pede não é a mesma que a maioria CDU/APU tem feito no Seixal ao longo dos anos. Aqui a ditadura das opções políticas tem deitado tudo a perder... Esperemos que o nosso "engenhoso PM" e sua "entourage" não façam como a Alfredinho e o seu antecessor... na hora de decidir.

P.S. creio que todos sabemos que o camarada Monteiro é aqui o cabecilha do "lobby" da nossa margem. portanto de boas intenções...

Joao Soares disse...

http://bioterra.blogspot.com/2007/06/dossier-ota-noportela1sim.html
Um abraço

alfredo disse...

faz o q eu digo, ñ faças o q eu faço

Papoila disse...

Se o hospital do Seixal pretende servir também o Concelho de Sesimbra, não me parece que a solução Quinta da Trindade ou Siderurgia possam ser boas localizações. Não digo que a prevista também seja boa, deivo à questão dos terrenos serem Rede Natura, mas também temos que pensar numa questão de centralidade.

Ponto Verde disse...

Se a questão é "centralidade" então o local menos central é no Pinhal das Freiras !

Se cara Papoila, a questão é centralidade e servir Sesimbra então o local mais à mão é mesmo a Siderurgia, é o local mais perto da freguesia mais populosa de Sesimbra (Quinta do Conde), se o hospital do Seixal pretende trabalhar em conjunto com o Barreiro, então a Quinta da Trinfdade ou o Siderurgia ganham também em termos de localização pois vai ser construída uma ponte que tornarão aquelas as melhores opções.

É que atente-se uma coisa. O Hospital do Seixal vai ser destinado aos casos ambulatórios e cirurgias. NÃO VAI TER URGÊNCIA!Pelo que a questão acesso à A2 não se põe, e mesmo não se poria caso tivesse Urgência, pois os potenciais clientes vêm da malha urbana que não utiliza a A2.

Monte Sião disse...

Porra! É que eu não percebo patavina do que vocês dizem - ou querem dizer.

Não seria melhor deixarem de se masturbar e arranjar alguém com quem fizessem sexo a sério?

Monte Sião