quinta-feira, janeiro 19, 2006

MAIS PROJECTOS!!!












Será que algum dia vamos ver geradores destes, Made in Península de Setubal plantados algures no Mar da Palha! (imagem ao largo de Copenhaga)

Cada dia que passa , um "par" de projectos no ar,hoje foi um trio, estes três saídos hoje parecem-me de maior seriedade e sustentabilidade do que os que aqui apresentámos ontem, mas será que algum vem para a Margem Sul? É que até podiam!!! Vejam lá senhores autarcas se conseguem trazer para a Margem Sul pelo menos uma das fábricas de aerogeradores (apresentadas pela IBERDROLA), isto porque a central de Biomassa terá no país zonas melhor colocadas e de densificação florestal que a justifique, mas e porque não a fábrica de pilhas de hidrógénio, a energia do futuro???

Pelo acima escrito é visto que os projectos de que falo são, o lançamento do concurso público para centrais de biomassa, traduzido em licenças para 100MW (destinado a valorizar a floresta - matos, residuos de exploração florestal, subprodutos de processamanto de madeira- enquanto combustivel para a produção de electricidade) e um até poderia vir para a nossa região, uma vez que há massa florestal (se retirarmos aquela que o betão tem consumido) critério base e uma vez que o projecto divide o país em 24 lotes com capacidades entre 7MW e 12 MW, o que terá o senhor Lupi Caetano da AFLOPS a dizer sobre este assunto? E as autarquias??? Ah pois é, é capaz de não render o mesmo que as licenças de construção...

Outro projecto tem a ver com a energia eólica e com os planos para a fabricação de aerogeradores, a Margem Sul teria capacidade para alojar uma das cinco unidades previstas...mas parece que tal como o projecto IKEA, estas unidades se vão ficar pelo Norte do País, nós por cá é mais prédios e centros comerciais... Ah e Dysneyland's Lusitanas...

Falta ainda assinalar outro protocolo de intenções assinado entre a Agência Portuguesa para o Investimento e os malaios da AGNI, para um investimento de 60 milhões de euros (mais ou menos o mesmo da Disney da Moita) para a produção de pilhas de combustível e outros equipamentos destinados à tecnologia do hidrogénio (fonte de energia limpa e que para muitos é o futuro - ou o futuro será as encenações da Maria Magalhães e Isabel Alçada? para a Moita e as ordas de turistas que depois se alojarão em Troia e na Costa Alentejana?)

Para quem me acusa de retrógrado... até que o aplauso por estes projectos destinados à utilização de meios de energia renováveis e que empregam gente, e que têm sustentabilidade e parece que futruro, parece até que até nem está mal...

É que retrógrado me parece sim, ser a aplicação de um modelo esgotado e que não nos conduziu a lado nenhum , um modelo de xicoespertismo, favorecimento politico e amiguismo que se baseia no betão e no turismo de massas sem projectos racionais ou profissionais formados em qualidade e em numero e em espaços terceiro mundistas sem o minimo de qualidade, que espero não venha a ser o futuro da Costa de Troia ao Cabo de Sagres.
______________________________________________

Um elogio e um destaque para o blogue www.seixalmemoria.blogspot.com

2 comentários:

alegrete disse...

É de gente como você que a margem Sul precisa, veja também a posição do Dr.Carlos Ribeiro sobre manuel Alegre em www.seixalalegre.blogspot.com e obrigado pelo apoio.

Luis disse...

Estava de passagem...e nem queria acreditar...!!Claro que me identifico com a uma revolta dolorosa que cresce a cada dia!Sentimento de impotência perante rios de interesses.Uma pergunta,se me permintem:O QUE FAZER?
Ninguém é julgado nem preso.
Bem-Hajam