quarta-feira, maio 02, 2007

OPINIÕES AO METRO














Compare-se uma paragem de autocarro certamente "de qualidade" existente há anos no Fogueteiro - Seixal (Av. 23 de Julho - ) entre rails e sem sequer um abrigo ou uma passagem de peões ...













...e uma paragem do MST ... o Povo não é parvo!!!

Não teríamos voltado ao tema, não fosse a "total" ignorância com que a net-imprensa local, os sites das autarquias e a blogosfera local (alinhada...) não o tivesse ensurdecedoramente silenciado, relembro que o Presidente da Autarquia Seixalense tentou mesmo manchar essa inauguração com uma manifestação pela falta de "qualidade" e "segurança" da obra.

Hoje o tema era para ser outro, mas bolas, não é todos os dias que é inaugurado na nossa região um projecto de qualidade (
um investimento de 95 milhões de euros ) que só peca pelo atrazo e pela dimensão , de resto é , como mostrámos a semana passada, um projecto igual a outros a funcionar em várias cidades europeias, no Japão, na Coreia e na Austrália.

O que acaba por destoar e contrastar em tanta qualidade estética e nos arranjos do espaço ocupado pelas vias e envolvente é afinal o enquadramento urbano, o construído (no geral decadente e de má qualidade) e no desordenamento da envolvende.

A população parece ter aderido, e penso que o facto de ter sido inaugurado agora , poderá ser
positivo ao criar uma massa critica que faça pressão sobre todos os agentes interessados em retardar ainda mais o projecto, entre eles a Câmara do Seixal, é curioso a blogosfera local, alinhada com a autarquia e com o Partido Comunista, terem em absoluto ignorado o facto!!!

O Site da Câmara acontece idêntica postura, dando ênfase ainda a uma
reunião organizada (clique) pela autarquia onde se pretendia passar a ideia que o Metro não garantiria segurança e qualidade aos cidadãos e onde Alfredo Monteiro incitava para a condenação da "qualidade da obra".



Ora parece que as preocupações não tiveram eco em cidadãos habituados à falta de qualidade do seu espaço urbano e aos maus transportes rodoviários que os servem,
pelo que aderiram em massa ao projecto e sem medos e mais do que isso, ignoraram o incitamento ao abaixo assinado promovido pela autarquia e a manifestação, é que nem vê-la, aliás a "casa cheia" onde a Câmara pretendeu passar a sua mensagem foi o que foi ...se o que a imagem ao lado é representativo dos 160.000 habitantes do concelho do Seixal ou o apoio à Câmara... ou ao PCP...

________________________________________________
O A-SUL pelos seus leitores
________________________________________________

Sobre o mesmo tema gostaria de citar dois comentários de leitores aqui deixados no post de ontem :

"Outros pontos positivos:

- Retirar passageiros dos trajectos dos TST, nos quais quantidade significativa de condutores parece julgar que conduz transporte de gado.

- Não existência de estacionamento junto às estações (ao contrário do que é defendido pela CMA e CMS como "negativo", esta é na verdade uma opção inteligente pois a ideia é as pessoas NÃO usarem os automóveis.

Claro que o facto de esta linha ir "de lado nenhum para nada" não ajudará ao descongestionamento das estradas, mas é um começo).


- Iluminação das estradas; os postes de iluminação eram manifestamente insuficientes e ineficientes. A nova iluminação da linha vem ajudar bastante à iluminação e segurança das vias.

- Sinalização; Já se tinha compreendido há algum tempo que alguns dos reordenamentos que foram necessários (criação de cruzamentos e "rotundas") eram manifestamente disfuncionais sem a operacionalidade dos semáforos adjuntos. Finalmente estes estão em funcionamento e pode ser que alguns dos caos gerados em certas intersecções melhorem agora.

- O metro é bonito. Os conjuntos "arquitectónicos" da urbe "Al-Seixal" são, basicamente, um vómito. Este comboizinho vem dar uma gotinha de bom-gosto e aspecto de modernidade e funcionalidade a estes subúrbios cinzentos e mal ordenados. "

O.José

_________________________________________

"O metro já começou a funcionar e estou contente por tal, apesar dos atrasos e de a obra estar muito longe do fim, só lá para o final de 2008 é que vai estar concluída. Vi a Sr.ª presidente da câmara de Almada muito simpática e falar do metro na Caparica. Mais valia estar calada ou então assumir as responsabilidades pelos atrasos, só mostra o quanto alguém consegue ser hipócrita! (...)

O Presidente do Seixal tb queria uma manifestação, não pareceu ninguém!
Embora não vá permitir por enquanto grande mobilidade já é um princípio e todos nós devemos estar orgulhosos pelo facto do Seixal e Almada estarem mais modernos e tb mais bonitos "

António

_________________________________________
"Acho que é muito triste que se tenham perdido tantos milhões nos atrasos desta obra, afinal de contas é o dinheiro dos meus e dos vossos impostos que está em causa. Depois, acho incrivel que o metro não vá, pelo menos, até à Cruz de Pau!"

Filipe Aredes Nunes

5 comentários:

Pedro Morgado disse...

O Metro Sul é um investimento que serve as mesmas pessoas de sempre. Capital e arredores.
A terceira região mais populosa do país continua à espera que se lembrem que ela existe.

jsd seixal disse...

Camâra Municipal do Seixal quer retirar Outdoor JSD -

Depois dos vandalos a Camara Municipal também quer calar a JSD, porque será?

Vejam posts sobre está materia:
www.juventudeseixal.blogspot.com
www.jsdseixal.com

Filipe de Arede Nunes disse...

http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Politica/Interior.aspx?content_id=32270

Anónimo disse...

o PS e PSD e também o irrisório CDS/PP (os partidos que desgovernam Portugal há 30 anos) teem inveja dos comunas estarem a frente da Câmara quase desde o 25 de Abril e vai dai andar sempre a dizer mal de tudo o que os comunas fazem. Mesmo que seja bom para a terra dizem mal na mesma. SABEM COMO SERIA ALMADA GERIDA PELO PS OU PSD? IGUAL A OEIRAS, A FELGUEIRAS, A GONDOMAR OU PIOR...A LISBOA!!!

Anónimo disse...

SE avançassem para eleições em Setúbal era um bom passo para a confirmação da apregoada superioridade moral do autarca cdu.
Mas, talvez seja um passo grande demais para quem gosta de criticar sem ser criticado.