segunda-feira, abril 30, 2007

METRO SUL DO TEJO - DIA VIP



O Metro Sul do Tejo lá foi finalmente inaugurado , com pompa e circunstância e com a presença do Primeiro Ministro José Sócrates. Estes dias valem, por serem as poucas circunstâncias em que governantes, de ministros a autarcas, partilham os transportes publicos com os demais cidadãos, nos demais dias já sabemos como é.


De salientar, para além do que a imprensa vai escrever ou a televisão vai mostrar, o facto de nenhum politico ter pedido desculpas aos utentes e contribuintes, pelo atraso de perto de dois anos em que o Metro devia ter entrado em funcionamento, e o facto de o que seria suposto ter sido inaugurado em Dezembro de 1995 era uma distância bem maior que a que entrará em funcionamento amanhã.

Este troço servirá apenas para a estrutura e as composições paradas na garagem há dois anos , não se degradarem mais, pois que este percurso agora inaugurado não será , nem rentável, mem apelativo para a maioria das pessoas uma vez que liga sómente Corroios à Cova da Piedade sem qualquer lógica, e funcionalidade e é redundante , pois é servido por autocarros (em maior extensão) e pelo Comboio Fertagus. Bom, mas sempre é um principio!

De assinalar o fiasco da manifestação convocada pela autarquia ("Comissão de Utentes") do Seixal para protestar contra os erros encontrados no escasso percurso no seu concelho, é que ainda há dias "Alfredo Monteiro assegura que “a Câmara não é responsável” e apela à mobilização da população, cuja participação considera imprescindível, no próximo dia 30 de Abril, aquando da inauguração do primeiro troço do MST que irá fazer a ligação entre Corroios e a Cova da Piedade.

... Assim se vê... o Bluff que é o PÊCÊ!!!
_______________________________________________________
Os agradecimentos à mão amiga que nos fez chegar o vídeo do acontecimento.

5 comentários:

residente disse...

A falta de vergonha e de insultos à democracia continuam.
Soubemos recentemente que mais uma notícia sobre o traçado do MST no Triângulo da Ramalha, ficou na “gaveta” de um jornal diário.
O caso passou-se há pouco mais de 15 dias. Moradores da R. Lopes de Mendonça, foram contactados por jornalista para comentar informações deturpadas, dadas pela CMA a essa pessoa sobre o traçado do MST.
Jornalista em causa, fez a notícia depois de conversar connosco e enviou-a para o jornal. Estranhámos não a ver publicada, dado tratar-se de correspondente e contactámos a pessoa em causa.
Disse-nos : “De facto não foi publicada. Eu redigi a notícia e enviei-a para o jornal. A partir daqui a responsabilidade não é minha”.
Será de algum lápis azul ?
Outras notícias sobre MST e da mesma autoria têm sido publicadas. Aquela, possivelmente alguém achou que "não dispunha de espaço suficiente", não era oportuno ou merecia o lápis azul, em nome da democracia dos interesses privados ou pessoais de alguém!
Não estranhamos estas atitudes nesta falsa democracia, tal como a compreendemos em claros regimes autoritários. Só que neste país, com os nossos verdadeiros democratas há algum ”requinte democrático”.
Já não é a primeira vez que isto acontece connosco, conforme já denunciámos e não é por mero acaso.
Nós residentes da R. Lopes de Mendonça e porque não somos capazes de compreender a transcendência e importância deste “projecto” para Almada é que somos muito mal intencionados e revelamos “desonestidade intelectual” !
Afinal “vivemos” em democracia e os interesses económicos nunca se sobrepõem aos interesses da população devido aos naturais defensores e usurpadores desta democracia benevolente, não é?

publicado por residente

sousa disse...

Esta pequena frase serve para ambos: assim se vê...

Anónimo disse...

JA COMEÇOU A ROLAR O METRO SUL DO TEJO!!! AGORA É SÓ VER MUITO MALDIZENTE A EXPERIMENTAR O TRANSPORTE ÁS ESCONDIDAS AHAHHAHA RESSABIADOS..:)

picabilhetes disse...

Ainda há quem seja suficientemente ignorante para confundir as críticas ao modo de executar um projecto e o próprio projecto ?

São os (maus) exemplos que lhes dão os mentores.

Será que o título de transporte utilizado no mst só é válido quando acompanhado do cartão de militante do pc ?

Anónimo disse...

A inauguração prematura do MST foi uma "burrice" das grandes, por isso aí estão os comboios a circular sem passageiros porque apenas os podem levar a "lugar nenhum", i.e. não chegam a um local que seja um grande destino de passageiros, como será CACILHAS, PRAGAL, UNIVERSIDADE, COSTA DA CAPARICA (se um dia lá chegar) ou SEIXAL (também se um dia lá chegar). Antes de se atingir qualquer um daqueles destinos não conseguirá captar passageiros suficientes que justifique o serviço e o resultado será o inevitável acumular de prejuízos.

Zé da Burra o Alentejano