terça-feira, abril 24, 2007

PORTUGAL AINDA O ATRASO , 33 ANOS E MUITOS FOGUETES DEPOIS














Combino Ulm













Combino Basileia

A Promessa : "Com a disposição de uma estrela de três pontas (Univ. Monte Caparica, Cacilhas e Corroios) a primeira das três fases do metro de superfície deverá ficar concluída em 2005 e terá 19 quilómetros de extensão."

___________________________________________________________________

Este caso ultimamente aqui focado (MST) , um dos maiores escândalos do país de momento , apesar do "alheamento" dos media , mostra a forma como determinados poderes, ditos locais, o têm exercido ao longo destas décadas de democracia.

A forma como é tratado o bem publico e manipulada a informação são duas faces de uma moeda onde a margem sul e o país têm ficado a perder.


Basta saír para a rua em Almada ou no Seixal e olhar para quilómetros de via de metro ... sem uma composição que ali tivesse passado com passageiros nos últimos dois anos para perceber o quanto nos separa ainda da Europa e das imagens aqui publicadas de projectos iguais aplicados a outras cidades...


Helena Matos escreve ainda hoje no Publico, a proposito de França e das eleições francesas, um texto muito inteligente, onde os comunistas (em maioria há trinta anos na margem sul) quase que desapareceram , quanto à analista, por uma falta de resposta a questões novas como aquelas trazidas pela imigração ou/e pela globalização, passo a citar:

"(...) O declínio dos comunistas pode ser explicado pela falta de respostas para questões como estas. Também pelo desaparecimento da URSS. Pela falência do modelo marxista...
Mas esse declinio, que levou a que os militantes comunistas sejam olhados hoje quase como uma reliquia, propiciou o aparecimento duma outra figura, o chamado activista (...)

(...) Os activistas e o activismo deram-se bem com o caldo de culturas resultantes da queda do Muro de Berlim. Mas não só.
Ser activista é sem dúvida muito mais moderno do que ser militante. Por outro lado, o activista é um ser desembaraçado do passado. Não há Gulags que o embaracem, nem odes a Estaline que os comprometam. Não há países amigos. Apenas experiências alternativas e o retrato do Che.

O activismo é uma espécie de militância versão light. Sem sabor, mas não isento de efeitos secundários,. Como bem se vê em França (...)"

O PCP sabe disto, ou não tentasse o partido, fazer passar por activistas na blogosfera alguns dos seus destacados militantes, ou pôr esses seus peões, enquanto militantes a fazer uma guerra a quem como nós provoca humildemente e dentro das nossas posses cidadãs um certo activismo de cidadania ambiental.

É mais um sintoma de desajuste do PCP aos novos tempos, tal como é a guerra surda feita à entrada em funcionamento, o mais breve possível do Metro... protelando esse inicio para o mais próximo das eleições, pouca mossa lhe fazendo ser um gasto brutal para o erário publico, ou um descomunal incómodo para os cidadãos ou mesmo um crime ambientalmente falando.



É mais uma prova da decalage que nos separa da Europa , fácil é identificar na margem sul, o pensamento de quem contribui para esse distanciamento civilizacional, compreensivelmente para retardar a sua extinção mas facilitando a quem está fora do poder e dos circuitos do tráfico de influências a demonstração do como são socialmente parasitários e dispensáveis enquanto meros gestores do seu oportunismo.. em que na realidade se transformaram nas últimas décadas, perdido que foi o romantismo , a clandestinidade e o mito do paternal líder.

4 comentários:

Anónimo disse...

Não sabem o que é cidadana, Entendem sómente que por se dizerem do PCP ou CDUs são mais honestos que os restantes. São fracos, mas fazem muito barulho.
Parecem galinhas quando põem o ovo :carcarejam muito.
As galinhas ainda percebemos porque um ovo pode ser o início de nova vida.

ex-militante disse...

Tão inocentes e manipuláveis que nós eramos.

Anónimo disse...

És uma vergonha seu fascista mascarado de democrata..25 de Abril sempre, corja como tu nunca mais, bandalho fascista!!

Anónimo disse...

um gajo é fascista por expressar opiniões??? esta tá boa...