sexta-feira, setembro 29, 2006

MOVIMENTO CIVICO "MASSA CRITICA" HOJE NO PORTO E EM LISBOA














Hoje, tal como acontece todas as ultimas sextas feiras do mês , o movimento expontâneo "Massa Critica" traz as bicicletas e outras formas de transporte não poluente e alternativo para o centro das cidades.

O que é este movimento? A resposta :

"Bicicletas, skates, patins (e outros transportes não poluentes) desfilarão, por mais de 350 cidades espalhadas pelo mundo, conduzidos por cidadãos comuns, em Portugal realiza-se no Porto e em Lisboa. A Massa Crítica é um evento que se tem vindo a realizar todos os meses, com um número crescente de aderentes. A "Massa Crítica" pretende ser um movimento capaz de congregar todos os cidadãos inconformados com a supremacia automóvel. O objectivo primordial é realizar uma marcha de bicicletas, e outros meios de transporte não poluentes, com uma forte componente reivindicativa, que transmita uma mensagem pedagógica e exija a criação de políticas de mobilidade mais vantajosas para a utilização de meios de transporte ecológicos (bicicletas, patins, andar a pé). A "Massa Crítica" é um movimento espontâneo e livremente organizado, e insere-se numa filosofia mundial de reivindicação dos direitos dos cidadãos face ao despotismo do automóvel e às políticas ecologicamente subdesenvolvidas, divulgando a existência de alternativas viáveis à utilização de transportes motorizados privados. Pretende, para além disso, ser o início de um movimento mais amplo e estruturado de activismo ecológico e social. A "Massa Crítica" não requer grande capacidade física (dado que é uma iniciativa de grupo com uma forte solidariedade entre todos os seus membros). É aconselhável a utilização de capacete de ciclista, máscara anti-poluição e levar água. Muito mais que um protesto, a "Massa Crítica" é uma acção directa saudável, pacifica, didáctica e divertida. Lisboa - Marquês de Pombal - 18h00
Porto - Praça dos Leões - 18h30 "

E agora acrescento:

Não é partidário, não é organizado, não envolve publicidade institucional, verbas municipais, nacionais ou europeias, não mexe com impostos, com interesses partidários ou com propaganda. É um movimento de cidadãos num acto de cidadania e de boa disposição, uma forma saudável de viver a cidade certamente mais participada que qualquer institucional "Dia sem carros" ou "Semana da mobilidade"

Para quando uma Bicicletada ma Margem Sul? A "Massa Critica" existe!!!
_______________________________________________

Veja aqui os videos de outras sextas feiras noutras cidades (clique) ; LONDRES ; MILÃO ; ROMA ;VANCOUVER ; BASILEIA ; NOVA YORQUE ; TOKYO ...

3 comentários:

António disse...

Ontem fui andar de bike na zona de Corroios por volta das 19H. FOI DE LOUCOS!!! Desde sentir-me invisível por parte dos automobilistas (eu tb sou um!) a quase levar com um autocarro em cima, aconteceu tudo de um pouco... mas o que ia pensando era no que leio neste blog sobre ciclo vias e no que tenho visto por essa Europa fora...e a triste conclusão é que não temos locais para andar de bike! Nem a ciclo via do metro é contínua, por exemplo, começa na zona da Siemens e acaba logo à frente para recomeçar apenas no centro de Corroios. Depois temos na zona da Baía mas não é continua...Para quando um parque com condições para a pratica de desporto e/ou com um circuito de manutenção?? Não estou a falar de jardim com umas cadeirinhas mas sim de algo que nos permita sentir que estamos no meio da natureza e que podemos andar tempo suficiente sem ver carros. O parque da paz de Almada já é um bom princípio! Com tanta urbanização nova pq nunca pensaram em construir ciclo vias, teria sido tão fácil, uma vez que tudo foi feito de raiz! Pena que em Portugal prefiram o betão e o alcatrão... depois queixem-se de que as pessoas não praticam desporto e que o número de pessoas com doenças cardiovasculares esteja a aumentar... se investissem em locais aprazíveis para a pratica de desporto poupa-se muito dinheiro na saúde, mas enquanto se preferir em apostar em “festa e fogo de artificio” vamos continuar na mesma!

Para quando uma Bicicletada na Margem Sul? A "Massa Critica" existe!!! Não andaremos a cometer o mesmo pecado do resto do país?? Ou seja, bla bla bla... só conversa e nenhuma acção!?

Ponto Verde disse...

Caro António, hoje também foi de loucos do Marquês à Praça de Espanha e volta, mas temos que tentar inverter esta situação, quanto a nós, blá, blé , blá e não fazer nada...não é bem assim, só que a postura é low profile e não de autopromoção, por isso quando fazemos algo...e fazemos!!! Somos só mais um ...ou mais cidadãos... mas pode crer que estamos lá! Como estivemos hoje no Marquês, amanhã ponho as imagens no Tube com o seu texto como exemplo, apesar de ter agendado um trabalho , mais um, sobre corrupção e tráfico de influências...que também tem tudo a ver com ambiente!!! Abraço e obrigado pela participação, sempre por cá muito respeitada.

Pirate disse...

São necessárias mais iniciativas destas por todo o país e não só por Lisboa e Porto, embora concorde que será maior o impacto destas acções da MC nas grandes urbes. A visibilidade do "protesto" é maior.

Portugal continua a ser ecologicamente subdesenvolvido. O planeamento urbano raramente contempla projectos que viabilizem soluções alternativas aos transportes motorizados e não só na vertente lúdica mas igualmente na óptica utilitária.
A existência de ciclovias promovidas pelas autarquias está longe de atingir um volume adequado mesmo contando com as vias em projecto.
Há muito que se fala por exemplo da grande ciclovia do Algarve do barlavento ao sotavento. Imagine-se só as sinergias que tal projecto iria desencadear.: turismo histórico, cultural, integrado na natureza e com reduzido impacto ambiental.

Perto de Lisboa na Caparica para quando o começo da execução em obra da tão falada ciclovia da Costa até à Fonte da Telha ?
Seria certamente uma alternativa ecológica às intermináveis filas de automóveis, poluentes do ambiente e do espírito, que ocorrem todos os Verões, para além de ser uma benção para a saúde das populações da grande Lisboa e não só.
Resta-nos esperar e continuar a contribuir para as demonstrações de vontades alternativas que confluem em acções como as da "Massa Crítica"

Bem haja ao blogue "a-sul"