quarta-feira, setembro 27, 2006

APLAUSO
























Finalmente uma medida que é digna de aplauso e que tem a ver com a ideia de facilitar a mobilidade dos cidadãos e criar alternativas, um primeiro passo que não vem da parte do Governo, nem das autarquias, mas da iniciativa de três das principais empresas de transporte que operam na Àrea Metropolitava de Lisboa e Margem Sul.


São elas a Transtejo , Soflusa e a CP que segundo noticia do Publico de ontem, assinada por Diana Ralha :

"...vão a partir de 1 de Outubro, incentivar os seus utentes a trazerem as suas bicicletas para Lisboa. Os veículos poderão ser transportados gratuitamente nas carruagens e embarcações das duas transportadoras, com o objectivo de promover uma "intermodalidade" destes dois transportes publicos com um meio de transporte individual não poluente e muito mais económico que o automóvel.
Os clientes da Transtejo e Soflusa poderão usufruir deste serviço gratuito todos os dias úteis, apenas com restrições nos períodos de ponta da manhã e da tarde (interdito entre as 6.30 e 9.30 Sul-Norte e 17 e 20.30 Norte -Sul) Nos "ferries" o transporte de bicicletas será gratuito diáriamente e sem restrições de horários nem lotação. Nas carruagens da CP só será disponibilizado aos fins-de-semana e feriados nacionais, com excepção dos serviços de longo curso. O Metro de Lisboa foi pioneiro em incentivar os utentes a trazerem consigo o seu próprio veículo de duas rodas. A partir de 1 de Setembro o Metro alargou o transporte de bicicletas nas suas carruagens a todos os dias da semana a partir das 21.30 e até ao fim do horário de exploração. É permitido apenas o transporte de duas bicicletas por carruagem e caso não se verifiquem grandes aglomerações de passageiros."

Será ainda pouco, em termos de abrangência de transportes e horários, mas é um passo de gigante com a iniciativa privada a passo do que de mais moderno se faz nessa Europa fora em termos de sistemas integrados de transoporte e da bicicleta, um verdadeiro "simplex" da mobilidade, pena que as autarquias não acompanhem este evoluir dos tempos, ciclovias até às estações ou cais é que não há meio de serem desenhadas ou construídas... talvez num dos próximos ciclos eleitorais...mas quantos quilómetros de ciclovia se construiriam com o dinheiro de uma só rotunda...
__________________________________________

O Video do Dia (clique) , a bicicleta como meio de transporte!

8 comentários:

Paulo Silva disse...

Porque será que o Ponto Verde não aplaude também esta medida:
A presidente da Câmara Municipal de Almada, Maria Emília de Sousa, inaugura hoje o Parque Infantil das Bicicletas, na Cova da Piedade, no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade 2006. Para além da edil, vão estar presentes alunos de duas escolas do concelho, de diferentes níveis de ensino.






O espaço, localizado na Praceta Camilo Castelo Branco, é protegido por árvores de grande porte e oferece um circuito onde os mais novos aprendam a pedalar de bicicleta em segurança. Conta com mais de 50 sinais de trânsito, passadeiras, estacionamentos, entre outras formas de sinalização vertical e horizontal.

No parque existem ainda placas de informação para miúdos e graúdos: os pais podem aprender dicas sobre como ensinar os mais novos a andar de bicicleta, por exemplo, enquanto que as crianças descobrem conselhos para a manutenção deste meio de transporte.


O acesso ao parque também é inovador: as escadas de acesso têm incorporadas umas calhas onde os ciclistas colocam os pneus das biclas, o que lhes permite subir e descer com maior segurança e comodidade.


A Semana Europeia da Mobilidade é organizada pela Câmara Municipal de Almada, em parceria com mais de 50 instituições do concelho, entre 16 a 22 de Setembro. Mude os Hábitos e não o Clima é o mote da programação almadense que, no ano passado, foi destacada pela Comissão Europeia como sendo a melhor do País e uma das 12 melhores da Europa.
Pois é esta medida é de uma autarquia comunista e as palas que o ponto verde tem impedem-no de ver o bom trabalho das autarquias comunistas!

ex. militante disse...

Propaganda...Propaganda é o que as Câmaras PC sabem fazer e o senhor Paulo Silva sabe-o bem!

Ambientalistas da Amadora disse...

No próximo dia 29 de Setembro, como em todas as últimas sextas-feiras
de cada mês, realiza-se mais uma Massa Crítica.

Bicicletas, skates, patins (e outros transportes não poluentes) desfilarão, por mais de 350 cidades espalhadas pelo mundo, conduzidos por cidadãos comuns, em Portugal realiza-se no Porto e em Lisboa.

A Massa Crítica é um evento que se tem vindo a realizar todos os meses, com um número crescente de aderentes.

A "Massa Crítica" pretende ser um movimento capaz de congregar todos os cidadãos inconformados com a supremacia automóvel. O objectivo primordial é realizar uma marcha de bicicletas, e outros meios de transporte não poluentes, com uma forte componente reivindicativa, que transmita uma mensagem pedagógica e exija a criação de políticas de mobilidade mais vantajosas para a utilização de meios de transporte ecológicos (bicicletas, patins, andar a pé).

A "Massa Crítica" é um movimento espontâneo e livremente organizado, e
insere-se numa filosofia mundial de reivindicação dos direitos dos
cidadãos face ao despotismo do automóvel e às políticas ecologicamente
subdesenvolvidas, divulgando a existência de alternativas viáveis à
utilização de transportes motorizados privados. Pretende, para além disso, ser o início de um movimento mais amplo e estruturado de activismo ecológico e social.

A "Massa Crítica" não requer grande capacidade física (dado que é uma
iniciativa de grupo com uma forte solidariedade entre todos os seus
membros). É aconselhável a utilização de capacete de ciclista, máscara
anti-poluição e levar água.

Muito mais que um protesto, a "Massa Crítica" é uma acção directa
saudável, pacifica, didáctica e divertida.

Lisboa - Marquês de Pombal - 18h00
Porto - Praça dos Leões - 18h30

Divulguem!

Ponto Verde disse...

Senhor Paulo Silva vou tentar uma deslocação a Almada para uma visita a tão excelsa decisão da Câmara de Almada, mas mesmo contando com a minha ignorância, certamente que à custa do erário público, através da revista do concelho ou da televisão a CMA não terá deixado por divulgar esta sua iniciativa.

Paulo Silva disse...

Senhor Ponto Verde, Almada inteira aguarda a visita de tão grande individualidade, espero que antes da visita tire as palas porque senão tenho a certeza que não vai conseguir ver... Quanto à divulgação da iniciativa, não quererá V. Excª que a Câmara Municipal de Almada construa o equipamento e depois não divulgue à população a existência do mesmo. Aliás se a Câmara tivesse tal atitude estaria V. Excª a criticar argumentando que um equipamento com semelhante qualidade está às moscas por falta de divulgação. Com pessoas da sua estirpe é-se preso por "ter cão e por não ter cão"...

bello disse...

Mto bem visto sr. Paulo Silva. Ganda obra!
Agora, parece-me é q tem q cuidar tb das suas palas, qd fala do bom trabalho da CMAlmada. eheheheheeh, ñ faça rir o pagode. Sabe perfeitamente ver o estado actual, 3º mundista, da margem sul e q os comunistas sobrevivem graças à propaganda e ao folclore. Dá mtos votos, né?

Paulo Silva disse...

Senhor anonimo. O Estado "terceiro mundista da margem sul" que o senhor apregoa é muito superior ao estado em que se encontra a margem norte da área metropolitana de Lisboa. Deste modo se demonstra a falsidade do seu argumento.

bello disse...

Mto bem sr. anónimo. Pelo - reconhece q estamos , na margem sul, num estado 3º mundista + avançado. Tá a evoluir no seu mind. Bem haja! e continuação de bons progressos