quinta-feira, março 23, 2006

HOSPITAL DO SEIXAL O GRANDE EMBUSTE













Um Hospital como arma de arremesso ou manobra de diversão é baixa politica, é manipular os sentimentos e receios mais básicos de uma população, manipulando-a com fins politicos e escondendo as deficiências de uma organização autárquica esgotada.

Há cada vez mais Bancos por aí, vários em cada rua, arrisco a dizer que há mais Bancos que cafés e não falo desses bancos onde nos sentamos, falo dos outros, sim desses!!! Apesar de haver cada vez mais Bancos, na minha rua, não estou menos pobre do que só quando havia uma instituição chamada a Caderneta da Caixa!!!

Há cada vez mais shoppings por aí, ontem mesmo abriu mais um, ali, quase ao fundo da rua vê-se da minha janela agora com mais néons, mas não tenho a minha casa mais recheada, nem ando melhor vestido e também não era menos feliz quando tinha menos por onde consumir.

Há cada vez mais prédios, com mais mordomias, condominios fechados, aspiração central, ar condicionado, mas isso não significa que todos tenham habitação ou que habite hoje melhor que há dez anos.

Há cada vez mais gente o que não quer dizer que esteja melhor acompanhado, tenha mais amigos ou me sinta mais seguro, ou muito menos que os vizinhos de hoje sejam melhores que os de ontem , "bom dia, boa tarde" , devem pensar que sou anormal quando me cruzo com eles na rua e lhes desejo um Bom Dia!!! também há mais carros e por onde escolher, mas continuamos a conduzir pelas mesmas estradas, cada vez com menos saída.

Dizem por aí que deviamos ter mais hospitais (clique), embora não haja nem mais médicos , nem dinheiro para equipar mais e melhor esses, mais hospitais, e por tudo o que anteriormente escrevi, não me parece que isso me traga mais saúde, melhores tratamentos ou melhor longevidade.

Dizem também que o Seixal deveria ter um hospital (clique), para ocupar o lugar dos Centros de Saúde? que lhe faltam ou são de má qualidade (esses sim necessários) , que um hospital faria as vezes de um sistema que pudesse cuidar de mim em casa quando precisasse , ou depois de uma operação, ou simplesmente quando caír acamado...é que para um hospital eu não quereria/teria ou seria necessário ir, caso tivesse outras alternativas que podem ser postas em prática , e com menos dinheiro.

Não vejo por aí a necessidade de fazer novos hospitais, para mim era bem melhor que melhorassem os existentes onde se chega em alguns minutos, mas exigiria sim ter cuidados continuados , médico de familia que nunca tive, consultas a horas e valências e meios de diagnóstico que não fossem só para ter um sítio num corredor com equipamento a apodrecer porque por exemplo não há técnicos que o possam usar.

Por isso , para mim , essa história do Hospital do Seixal, pode ser uma bela arma de arremesso contra alguém, mas não é de certeza uma solução para mais e melhor saúde, mais e melhores cuidados , mais e melhor longevidade, isso tem mais a ver com melhor ambiente, melhor qualidade de vida se calhar com menos bancos, menos shoppings, menos gente, menos carros, menos poluição e mais vizinhos que me retribuissem um bom dia, ar mais limpo, àgua menos poluída e cuidados e investimento na saúde preventiva, na educação civica e numa melhor alimentação.

Tudo o resto, "cordão humano" incluido, é a mais pura das demagogias!

E Já agora quem está a suportar a gigantesca campanha de propaganda pró-hospital? Quem paga a factura dos cartazes e das campanhas de mobilização itenerantes com postos móveis de internet inclusivé? Quem Paga? A Empresa que
o vai construir????
___________________________________________
Nota 1

A Câmara pretende construir este hipotético Hospital no meio de uma floresta classificada, Sítio Rede Natura 2000!
___________________________________________

Nota 2

Ontem fomos informados que não era possivel aceder ao a-sul, isso aconteceu durante algumas horas, agora informam-nos que o sistema de triagem não aceita comentários...

Pois... era de esperar, não interessam vozes incomodas ou um site dissonante muito menos com consultas online a decorrer...não acreditamos em bruxas , mas....

9 comentários:

Anónimo disse...

se calhar a silva e silva

João Afonso disse...

Como é que alguém sem escrupulos ou etica que utiliza a morte de uma criança como arma de arremesso politico, tem legitimidade para escrever um artigo tão suez!

Ponto Verde disse...

O Senhor anterior está-me a acusar de falta de ética por considerar que a Câmara do Seixal considerada em TRIBUNAL CULPADA E RESPONSABILIZADA pela morte de uma criança numa caixa de esgoto, considera qa esse juizo de valores de "utilizar a morte de uma criança como arma de arremesso politico".

Fique o senhor sabendo que não sendo politico em defesa de qualquer tacho, não me pode acusar seja do que fôr.Aconselho-o até a ler o que foi publicado por todsa a imprensa sobre esse caso e a ver os comentários dos cidadãos e verá que não sou o unico cidadão indignado!

Sobre o Hospital é essa a minha opinião e saiba que não só da Escola de Gestão do Porto, mas de muita gente ao mais alto nível ligada à saúde e à sua problemática e gestão.
Como os senhores têm 60.000 opiniões contrárias e excursões montadas para o folclore do cordão humano não se preocupem portanto com a opinião de "alguém sem escrúpulos"...

O ultimo lobying politico que o PCP fez na Margem Sul foi para garantir o investimento no Metro, conseguiu e veja-se no que deu!!! Não o conseguem acabar e pôr sequer nos carris a funcionar, carruagens que agora apodrecem à espera, tudo porque continuam a querer fazer chicana politica de um investimento publico de grande dimensão, só para fazer finca pé com o poder do outro lado do Rio. Basta de Joões Jardins da Margem Sul!!!

Anónimo disse...

o ponto quer a gestão do hospital pelos bancos. e quer continuar com o garcia de orta . ó ponto o povo ja sabe quem tu representas e o que te motiva .

Anónimo disse...

E quem manda no Seixal? ASilva e Silva...Belmiro...Banca credora...

Voto nulo

k7pirata disse...

É de gritos companheiro, é de gritos.

Anónimo disse...

A falta de argumentos, lá regressa o ponto verde com a teoria da conspiração... Todos o querem sabotar. Ainda me lembro das patéticas afirmações efectuadas pelo Ponto Verde de que por pressão da Câmara Municipal do Seixal o Google o tinha classificado como blog perigoso e ó a-sul deixou de estar disponivel para consulta naquele motor de busca... O ridiculo não para

Rita disse...

Chama-lhe teoria da Conspiração, há quem conheça os vossos métodos torpes e dissimulados, querem pôr o homem no ridiculo, mas quem se acusa são vocês, e quem vos conhece somos todos e do que são capazes.

Carlos (Brocas) disse...

A merda de gente que por aqui vêm ajavardar a conversa é exactamente a mesma que anda pelo Concelho da Moita.
Alternativas ? Sujestões ? Nada!
A unica coisa que os preocupa é que, dos gloriosos tempos dos 70/80% de votação, se encontram reduzidos a 48% e, isso dói, atrevo-me a dizer que começa a haver "Dor de Corno".
Continue com força Ponto Verde!

A Vitória final será da VERDADE !