terça-feira, março 21, 2006

MARGEM SUL IGNORA DIA DA ÀRVORE EXCEPTO O CONCELHO QUE MAIS AS ABATE











Talvez seja melhor assim, longe da hipocrisia, nada melhor que uma realpolitik e deixar a data passar despercebida, afinal é só mais uma em que nada se muda, como o Dia mundial do Ambiente ou os Dias sem Carros, para já não falar no Dia da Água...

Corridos totos os sites das autarquias da Margem Sul, diria que a àrvore e a floresta tal como o inicio da Primavera, passaram quase completamente despercebidas , a Câmara do Seixal, pródiga em demagogia, não faz menção ao dia , mas sim ao "Mês da Àrvore no Seixal" , assim é que é, qual dia... é logo um mês!!! já que nos custa o mesmo...e assim é que mostramos que somos verdadeiros ecologistas!!! Quanto ao programa, vem anunciado da seguinte forma:

- " Comemorações do mês da árvore"


É assim, se quizer consulte o programa completo, que se mistura até com outras iniciativas de rua e de carácter partidário que já aqui comentámos (clique) :

Agora, deixamos ao leitor a escolha de que àrvore, no Seixal, será este mês, é que elas são já tão raras e com os sobreiros protegidos a desaparecerem da manhã para a noite em todo o concelho, este é um concelho que caminha a passos largos para a desertificação, esperemos que não seja um mês da àrvore porque lá vão cortar mais um milhar de sobreiros para um novo hipermercado ou urbanização, as imagens actuais mostram bem o que foi o ultimo "Ano da Àrvore" no Seixal e digam lá se não é de temer o pior?

11 comentários:

Anónimo disse...

Pois, hipócritas!

João Afonso disse...

Este A-Sul não tem emenda. Cai no ridiculo com as suas criticas. Em oposição às mentiras que aqui se escrevem, transcrevo um texto que saiu este fim de semana na revista do Expresso: (...) o Seixal havia de redundar num concelho fortemente industrializado, actualmente diminuido nesse aspecto. Os problemas decorrentes da forte explosão demo´gráfica dos ultimos anos 80 e 90 têm sido galhardamente enfrentados e resolvidos pelo poder local democrático, com aumento da qualidade de vida e dinâmica actividade cultural."
Já sei que o Ponto Verde vai dizer que o expresso não passa de um suplemento do Avante ou então vai, mais uma vez, demonstrar o seu conceito de democracia e apagar este texto.
Se o não fizer vai chamar os amiguinhos, todos com nomes ficticios e estilo de escrita semelehante ao ponto verde (será que não são o próprio ponto verde?) que vão dizer cobras e lagartos de quem escreveu o texto ou então, como fizeram com o Joaquim Letria, dizer que ele vive numa vivenda.
O ridculo vai ser grande e eu vou esperar sentado para ver o nervosismo do Ponto Verde e amigos.
Nervosismo que vai aumentar quando no próximo sábado ver o grande cordão humano que a população do Seixal vai fazer em apoio do Hospital.

Anónimo disse...

A mentira que esse senhor se refere é esta www.cm-seixal.pt/CMSEIXAL/AMBIENTE/PROJECTOS/FP06_ARVORE2006.htm

Anónimo disse...

porque que é que estão a construir mais um prédio colado às piscinas de Corroios??? Não havia mais nenhum local.... em cima das piscinas... eu até acho (mas não tenho a certeza) que está em linha de água... qualquer espaço que exista é para construir... já para n falar do que está a acontecer na quinta dos coelhos, em vale de milhaços! é só construir prédios e destruir espaços verdes que podiam ser aproveitados para a usufruto da população! Mas não! Para quê!!! Colado às piscinas de Corroios… (“lol lol lol”– ah ah ah) não havia mais nenhum sitio para construir??????? Até há falta de habitação neste Concelho! O que não há falta é de zonas verdes e árvores onde as crianças possam estar à sombra e jogar à bola, isto sim, é de fazer desaparecer das plantas do PDM porque são uma praga e fazem muito mal ao bem-estar dos cidadãos! “Xiça” não sei porque é que esta autarquia ainda gasta tanta água nos canteiros e jardins e nas muitas árvores… elas não servem para nada… bem as podiam cortar!!!! Eu até acho que aquele abate ilegal dos 800 sobreiros foi algo racional, sim porque este concelho tem falta de hipermercados, um grande e mais alguns pequenos não chegam..é preciso mais!

E é assim… o nosso concelho.. “uma no cravo e outra na ferradura”

Mas é apenas a minha opinião, com ironia…
ana s.

Martin Salvador disse...

Não me parece que as imagens mintam, o autor teve até o cuidado de fazer um link para o site e o programa da Câmara.

Não percebo como é que o autor deste blog pode ficar nervoso se constroem ou não um Hospital que os senhores pretendem que seja numa zona rede natura 2000, os senhores que vão ganhar com a sua construção e exploração é que parecem nervosos, o cordão é vosso, e o melhor curdão detonante (vulgo rastilho) às vezes dá umas fifias e não faz despoletar coisa nenhuma... é esse o vosso nervosismo? E as excursões de Camaradas da provincia? Organizadas?

Excelentes imagens qu ilustram a forma com que "galhardamente" foram resolvidos os problemas....

E essa do Letria não se percebe.

Ah e não sou o Ponto Verde.

João Afonso disse...

Os amiguinhos vieram logo todos... Parecia que estavam em bicha à espera para escreverem os seus comentários emd efesa do ponto verde! Possivelmente vieram em excursão... da provincia...

Manuel António disse...

Para se provar mais uma mentira do Ponto Verde transcreve-se uma noticia que se pode ler no site Distritoonline:
"Almada

Câmara oferece árvores e arbustos juvenis - Ambiente



Para assinalar a chegada da Primavera e comemorar o Dia Mundial da Árvore, a Casa Municipal do Ambiente vai oferecer, durante cinco dias, árvores e arbustos juvenis. Para plantar, cuidar e contribuir para um bom ambiente.






Quem se deslocar àquele serviço da Câmara Municipal de Almada, nos dias 16, 17, 20, 21 e 22 de Março, poderá levar consigo espécies autóctones, ou seja, originárias da flora típica mediterrânea. A acompanhar a oferta, é disponibilizada informação sobre a forma mais correcta de tratar a espécie que se escolher.

Devido ao grande número de solicitações que normalmente ocorrem nesta iniciativa, só poderá ser oferecida um espécimen por munícipe. Escolas e outras entidades que pretendam receber um número maior de plantas deverão fazer este pedido com antecedência e por escrito para a Ecoteca de Almada.


Contactos da Ecoteca
Rua Bernardo Francisco da Costa, 40, 2800-029 Almada
Tel. 21 272 25 10 Fax 21 272 25 19
ecoteca@cma.m-almada.pt"
Possivelmente este comentário vais er apagado pelo Ponto Verde, o qual vai alegar que os comentários não servem para propaganda do PC, e que esta noticia devia de estar no Avante. É esta a democracia que o Ponto Verde quer para o Seixal, mas que a população do Seixal não quer!

Anónimo disse...

A segunda foto é um eloquente exemplo do TERRORISMO URBANÍSTICO praticado no Concelho.

Ass.

"Amiguinho" da verdade

Anónimo disse...

Sr joão Afonso se tem filhos tenha cuidado para que um deles não caia durante o cordão humano no esgoto e morra lá como o outro menino... sabe, aquele que a câmara decidiu pedir um novo julgamento por causa de umas cassetes mal gravas! Mas tem toda a razão, isto é demagogia! ainda gostava de saber a sua opinião sobre o comportamento da sua câmara sobre este assunto! Demogogia minha, com certeza..

Vamos ao ambiente. Devemos todos estar em festa pq câmara vai comemorar durante um mês a arvore, natureza etc. Que iniciativa linda e maravilhosa que a câmara está a promover! Não se esperava outra coisa, de alguém que concordou através de uma negociata cortar dezenas de sobreiros, que tem um conceito muito apurado de planificação hurbanistica... Mais uma vez esta história dos sobreiros, demagogia com certeza!

n sei se sou o ponto verde!? Serei!? É que de certeza ele deve ser o unico insatisfeito e demagogo no Seixal! estas historias do ambiente e da qualidade de vida n fazem sentido neste concelho é tudo tão bom e funciona tudo tão bem... já agora sabe-me dizer quando é que o carrefour vai acabar o viaduto em corroios? ou já n vai pagar a despesa?

Anónimo disse...

Caro Senhor Manuel António:

Quer falar das iniciativas de Almada???? A Câmara deu árvores, sim senhor, muito bem… para as pessoas colocarem nos seus jardins ou quintais, sim! Porque se for para por em território municipal não sei onde será! Pois um município que tem como únicas zonas verdes (entenda-se zonas verdes como espaços onde a população possa usufruir um pouco de ar puro e estar à sombra e passear sem ter veículos a incomodar, etc) o Parque da Paz!!? (melhor que nada, mas ar puro não tem) e a Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica – por enquanto!!!!! Porque é esta mesma Câmara que quer destruir esta ultima zona… será que as arvorezinhas distribuídas serão para colmatar o mal que este município quer fazer aquela área tão importante para todos nós??!!!!???

A minha opinião
Ana S.

rgomes disse...

"Mês" da árvore? "Dia" da árvore ?
Floresta ? Espaços verdes ? Onde...? A vontade é de rir, quer da iniciativa da c.m. do seixal, quer da iniciativa da c.m. de almada. Estamos num país do faz de conta e o que é triste é ver que alguém ainda acredita nestas "boas intenções" da treta.
Já era tempo de todos abrirmos os olhos e vermos que a árvore só é falada, ou em todos os dias 21 de Março, ou quando milhares delas ardem no verão, iniciativazinhas deste tipo não passam de uma enormissima treta. Esperem pelo próximo verão para verem.