terça-feira, março 14, 2006

DEMAGOGIA AMBIENTAL NO SEIXAL PARTE 2








O Seixal já é conhecido como a Brandoa do século XXI com os grupos económicos locais do betão, a investir na construção, tais Jotas Pimentas ou Xavieres de Lima de segunda geração, com uma autarquia que fomenta tal base de "desenvolvimento" e que paralelamente aplica uma politica de terra queimada nas suas zonas florestais e agricolas com algumas a serem destinadas a aniquilação no próximo PDM - as imagens acima são três exemplos aos quais poderiamos acrescenter mais algumas dezenas de atentados ambientais- relembro o sucedido com a instalação do Grupo Carrefour na Quinta da Princesa por exemplo, só aí, houve o abate ilegal de mil e duzentos sobreiros protegidos. Vem agora demagógicamente fazer as seguintes propostas aqui publicada
como "comentário" :

"No âmbito do Dia Mundial da Árvore e da Floresta (21 de Março), decorre ao longo dos meses de Março e Abril pelo Seixal, o Mês da Árvore. Durante este período acontecem pelo concelho inúmeras iniciativas, dirigidas à comunidade escolar e aos munícipes em geral. Actividades Comunidade Escolar Colocação de placas identificativas das espécies arbóreas nas Escolas Básicas do 1º Ciclo A actividade a realizar nas Escolas Básicas do 1º Ciclo que foram objecto de um inventário do seu património arbóreo, no ano de 2004, no âmbito do projecto Flora na Escola. A sua colocação nas escolas decorrerá entre os meses de Março e Abril."

Ou seja, a hipocrisia politica levada ao seu extremo, por um lado destroem o coberto vegetal e natural, permitem um crescimento urbano explosivo, autorizam a construção de verdadeiras cidades e empreendimentos em zonas de Reserva Agricola e Ecológica (Centro de Estágios do benfica) e até pretendem construír um hospital num Sítio Rede Natura 2000, mas nas àrvores sobreviventes "colocam placas identificadoras" realmente oportuno, tal a raridade de ter uma àrvore no Seixal...


Em vias de extinção, venha tirar uma foto para mostrar aos netos

"Mostra de Fotografia
Árvore nas suas funções estéticas, biológicas e utilitárias
Destina-se a todos os clubes das Escolas do 2º e 3º ciclos e Secundárias
A entrega de prémios e inauguração terá lugar no dia 25 de Março pelas 16.30 horas, na Biblioteca Municipal do Seixal.
A exposição decorre entre os dias 25 de Março e 15 de Abril, na Biblioteca Municipal do Seixal e no Pólos de Amora e Corroios.
Consulte o Regulamento"

Outra, primeiro arrazam milhares de hectares, depois fazem um concurso de fotografia de raridades, pergunto se as fotografias que diàriamente aqui publicamos seriam aceites em tal concurso??? Mas lá estarei para ver a mostra e as imagens politicamente correctas que lá vão estar expostas.



"População em Geral
CicloFotopaper
A iniciativa decorre no dia 25 de Março (Sábado), entre as 9.30 horas e as 12 horas e terá como ponto de partida e de chegada o Jardim Quinta dos Franceses, incidindo sobre locais de interesse ao nível do património natural e construído do Concelho.
As inscrições podem ser feitas já, através de formulário disponível na secção Inscrições Marcações.
Normas de Participação:
- O Ciclofotopaper destina-se a maiores de 16 anos;
- Estarão disponíveis cerca de 20 bicicletas, para os participantes que não a possuírem, podendo ser utilizadas mediante caução a pagar no acto do levantamento da bicicleta. Esta caução é devolvida após a devolução da bicicleta;
- A inscrição pode ser realizada entre os dias 1 e 23 de Março de 2006, através da Internet, Divisão de Ambiente, Gabinete de Turismo e AME-Seixal (contactos disponibilizados no final);
- Os participantes deverão possuir máquina fotográfica

digital e cabo USB, para descarregar num computador da organização, no final do percurso;
- Os participantes deverão escolher apenas uma fotografia por cada local de passagem.
- Estas fotografias serão expostas nas Biblioteca Municipal e respectivos Pólos, integrando a exposição de fotografias escolares."


Um concelho que como ciclovia tem pouco mais que o passeio em frente à Quinta dos Franceses é algo radical propor aos cidadãos deste concelho um ciclofotopaper, sugiro assim que para não se exporem muito os concorrentes fotografem a dita Quinta dos Franceses e a Quinta do Outeiro logo ao lado pois em breve aqueles espaços verdes junto à baía serão uma memória , tais os
projectos de betonização que a autarquia tem para o local.




Embeleze a sua casa com uma flor depois de terem destruído todo o verde à sua volta

Feira das Plantas
18, 21 e 25 de Março 9 horas – 17 horas Os munícipes levantam plantas no Viveiro Municipal do Seixal, em Miratejo, mediante a entrega de um donativo, indicado para cada lote, a uma Instituição Particular de Solidariedade Social do concelho. Concelho em Flor Iniciativa que marca simbolicamente o início da Primavera e decorre dia 25 de Março, nos seguintes locais: Esta iniciativa consiste na distribuição duma pequena planta de flor a cada pessoa inscrita,com o objectivo de contribuir para o embelezamento dos núcleos históricos, incentivar a valorização dos espaços verdes privados, promover a imagem dos estabelecimentos comerciais e sensibilizar para práticas de jardinagem sustentável, através da decoração com flores e plantas dos espaços privados, varandas, janelas, entradas de porta, fachadas, ruas.

Uma iniciativa simpática se o enquadramento urbano permitisse o lado bucólico que a iniciativa pretende sugerir, é que o Seixal de hoje não é certamente o que se pretende inferir desta iniciativa. Quem ler sobre estas iniciativas, mais os Toyota Prius até vai pensar que isto é tudo a sério, é como aquela do "Seixal Saudável"...Pois é!!! O pior é o mundo real, ou melhor dizendo, o Seixal Real!

Mais Informações
Câmara Municipal do Seixal , div.ambiente@cm-seixal.pt, div.espacos.verdes@cm-seixal.pt




5 comentários:

Martin Salvador disse...

Grande disfarçatez dos comunistas ecologistas, como é diversa a prática da teoria, quanto a estes jogos florais, o regime fascista não faria melhor.

Anónimo disse...

Bem trabalhada esta noticia, ou como beber do seu próprio veneno.Requintado este post.

AV disse...

Pelas nossas bandas também há uns panoramas destes.
Vou ver se arranjo fotos do género.
:D

AV1

© JJCN 07 disse...

Qualquer dia as árvores vão ser plantas em perigo de extinção neste país...uma anormalidade gigantesca!!!
Como referiu o A.V., por aqui também nos deparamos com essa prática…
Parabéns pelo teu Blog...uma imagem super realista deste Portugal de contrastes incompreensíveis!!!
Um abraço...
JJCN

antonio ribeiro disse...

Morreu de pé, seco, junto às piscinas municipais da cidade de Évora, a árvore mais carismática da cidade.



Nasceu há pelo menos duas centenas de anos e tornou-se, com o decorrer dos anos, uma árvore majestosa, orgulho dos eborenses.



A sombra da sua enorme copa acolheu, anos a fio, as pessoas nos dias de brasa, até que a câmara local resolveu abrir uma estrada mesmo junto à velha árvore, que até então se tinha mantido pujante e viçosa.



Desde que a estrada foi inaugurada, há cerca de três anos, o enorme sobreiro foi mirrando, depois de terem coberto de asfalto o terreno à volta do seu caule, sem que alguém cuidasse de saber se era doença ou velhice.



Anteontem funcionários camarários munidos de moto-serras cortaram-no em pedaços. Fora transformado, pela incúria dos homens, num perigo para pessoas e viaturas.



Resta agora um monte de lenha que espera o seu destino final, a menos de 50 metros da Direcção Regional de Agricultura do Alentejo.

Público, 16 de Março