segunda-feira, fevereiro 04, 2008

UE E O COMBATE ÁS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS



A Comissão Europeia apresentou na passada semana o seu plano oficial de combate às alterações climáticas no quadro das recomendações do Painel das Nações Unidas.

A fórmula encontrada por Bruxelas teve a ver com a partilha de esforço entre os estados membros tendo como referência o PIB por habitante em cada país de forma a que o maior esforço recaia sobre os mais ricos onde se farão sentir cortes de até 20%.
Portugal será um dos países membro ,de antes dos últimos alargamentos , que terá a possibilidade de aumentar as suas emissões de CO2 até 2020 relativamente aos valores padrão de 2005.

Portugal tem no entanto que atingir objectivos estabelecidos no desenvolvimento de energias renováveis de forma a que a energia limpa produzida venha a atingir uma quota de 30% do consumo total em 2020.

Outras importantes decisões tomadas numa época pós-Quioto têm também a ver resumidamente com: - Instituir um sistema europeu de emissões alargado a novas industrias poluentes, quimica, siderurgica e aviação.

- Possibilidade de medidas excepcionais preventivas para prevenir a saída de determinadas indústrias concorrencialmente mais vulneráveis da UE.


- Estabelecer metas por país para reduzir emissões em 10% face a valores de 2005.

-Estabelecer metas nacionais para aumento das energias renováveis no consumo total com base no PIB.

-Avançar com incentivos económicos para o desenvolvimento de tecnologias para a captura, transporte e armazenamento de carbono.

- Flexibilizar proibição de determinadas ajudas estatais a empresas de forma a incentivar o desenvolvimento de tecnologias inovadoras e de protecção ao ambiente.

3 comentários:

antonio do telhado disse...

O ponto verde substituiu o brocas no curso das novas oportunidades, se bem se lembram o brocas foi expulso devido ao uso de drogas e então o ponto resolveu aproveitar a vaga para aprender a escrever, sim porque os textos dele são copiados dumas folhas dadas pelo deputado laranjita lá do sitio. Aproveita bem rapaz, já sabes que a pensar ninguém te consegue ensinar, mas a escrever é possivel.

antonio do telhado disse...

A-sul é que é o caminho

Li e reli e não percebi nada do que um individuo parecido com uma papeleira anda a escrever num pasquim com o nome de a-sul.blogspot.com, até o título é original, principalmente na parte do blogspot.com. Ele é o antónio para aqui, é o antónio para ali, irrrrrrrrrrrraaaaaaaaaaaaa, chato do caraças. Vê lá se arranjas uma namorada.

Mas depois de perceber que este ser sofre de esquizofrenia pontiaguda coronária (para não usar termos moiteiros) da aorta direita na sufaslégica esquerda, entendi e percebi que devo ser eu a mostrar o caminho. É a sul camarada, a sul. Passas por Alcácer do Sal e continuas, quando chegares a Albufeira continuas, sempre, sempre em frente e paras no tswana Botswana. Vais te sentir em casa porque é muito a sul e podes atacar o poder local, os gafanhotos e as renas (existem renas porque eu já as vi).

O lugar de um ambientalista como tu é ali, ou então, em alternativa podes ir para barrancos alegrar a Malta em Agosto.

Um abraço e cuida da tua sonosplatica engefórmica pedestre.

Anónimo disse...

http://youtube.com/watch?v=bZWqoSPRz08


SOBRE O CAOS DO METRO EM ALMADA