terça-feira, novembro 13, 2007

QUIMIPARQUE, CDU MANDA, QUER, PODE!



Há actualmente em fase de estudo na margem sul , a conversão de três grandes áreas industriais em simultâneo, são elas a Lisnave, a Siderurgia e a Quimigal. São projectos que pelas suas caracteristicas deveriam reflectir um consenso entre todas as forças eleitas com o envolvimento da população.


É sabido que não é isso que está a acontecer, com os projectos mais avançados da Lisnave e Siderurgia tem havido a politica do facto consumado com ideias gerais que são dadas a provar á população,e oposição, mantidas à margem da concepção e dos objectivos de tais projectos.

A situação parece ser idêntica no Barreiro onde a oposição acusa a CDU de não aceitar o seu contributo para a discussão do projecto de requalificação da Quimiparque, acusando mesmo a maioria de manter a população alheia à participação. Só no dia 7 de Dezembro a autarquia realizará um forum de discussão publica sobre o tema.

Voltando ao enquadramento regional desta triologia Lisnave-Siderurgia-Quimiparque ressalta que para além de uma força politica única que gere da forma como se sabe a margem-sul há trinta anos, o país e não só a região deveriam estar envolvidos na discussão acerca da orientação estratégica para aquelas áreas, tanto mais que o que se está a tentar fazer é aumentar ainda mais a macrocefalia da Grande Lisboa, com aumentos brutais de área urbana e habitação.

Esta discusão nacional deveria ter a abrangência de projectos como o TGV ou Novo Aeroporto, tal a alteração de uso do solo a que está a ser sujeito, de industrial para habitação na maioria dos casos, o que pode ser um erro fatal para o país se não forem reservados para o futuro bolsas de terreno nestas zonas para futuros projectos em novas e altas tecnologias que sejam geradores de riqueza e de emprego e não de mero imobiliário de dormitório.

É notório que o projecto da CDU para a região está esgotado e não traz soluções novas, para além de há muito não ser representativo da maioria da população, onde é sufragado por uma minoria, pelo que se duvida que os eleitos CDU, per-se sejam capazer de estabelecer para estas três áreas, objectivos inovadores e de futuro em trâs cenários cujas áreas correspondem grosso modo a três "Expos" , onde para já os espaços de salvaguarda ambiental e de reserva futura práticamente não existem.

3 comentários:

jsd seixal disse...

PARA QUANDO?

O CARTAZ FICA... ESTRADA É QUE NEM AO FUNDO DO TUNEL...

VEJAM EM:

www.juventudeseixal.blogspot.com

www.jsdseixal.com/blog

www.jsdseixal.com disse...

Infelizmente essa forma de fazer politica já habituou a peninsula de setubal... quero posso e mando.

Mais uma vez damos os parabens ao A-Sul e ao serviço publico que o Ponto Verde presta com este Blog.

Bom post.

Anónimo disse...

http://www.psbarreiro.com/noticia.php?id_noticia=142

http://www.psbarreiro.com/noticia.php?id_noticia=141