quarta-feira, julho 25, 2007

A FRAUDE (VERDE) , É ASSIM... (3)














melancias bem quadradas


Do livro de Zita Seabra "Foi assim" concluímos a publicação de excertos referentes à criação do "Partido Ecologista" , «Os Verdes», um gozo à nossa Democracia:


"Não conseguimos implantar «Os Verdes» como um partido autónomo e verdadeiramente ecologista, mas conseguimos que tivessem na Assembleia da República um grupo parlamentar com dois deputados eleitos nas listas do PCP, que ainda por cima ocupavam um tempo completamente desproporcionado face ao que teriam caso fossem dois deputados comunistas normais.

Vinte anos depois de terem sido criados ainda subsistem praticamente inalterados desde o ano da sua fundação.
Confesso que esta foi para mim das tarefas mais divertidas que tive no PCP.

A ideia de me pintar de verde e avançar com um projecto de raiz era bem mais agradável do que fazer sobreviver à força o moribundo MDM/CDE."

Ou seja, andamos há vinte anos a sustentar através dos nossos impostos, um Grupo Parlamentar de um partido que é uma farsa, e por outro lado concorre numa coligação que não o sendo é uma fraude eleitoral...e depois queixem-se da abstenção!!!

5 comentários:

cityzen disse...

Não voto há mais de três anos.É tudo a mesma coisa, veja o que se passa até no Governo com as criancinhas (figurantes)a fazer de conta que aprendem nos computadores do governo em pleno Verão e férias ou os velhotes vindos do norte para a eleição de Lisboa.É este faz de conta, como as habilitações de Socrates ou a Univerdidade Faz de Conta Independente que enojam a politica.
A CDU e os Verdes é a mesma coisa, fazem de conta que são o que não são, bsta viver nesta banda para ver que a ecologia não tem nada a ver com o que é anunciado nos programas eleitorais dos verdes e que os outros de comunistas têm muito pouco, ou só o mau do comunismo.
Por mim chega, só voto se aparecer alguém que não pertença a partidos, nos partidos só pensam em lideranças e em congressos, já não há líderes autênticos como antigamente.

Anónimo disse...

Estamos perante um circo montado ao pormenor por um partido que vai fazendo de nós palhaços. que não tem vegonha de andar a explorar o cidadão. Tudo isto feito com a colaboração benevolente da nossa excelsa "casta política das arábias" que se alterna nas sucessivas governações deste país.
É só mamar!

farto deles disse...

Continuamos a viver num país faz de conta.
Num país a sério esta CDU/fraude eleitoral sustentada à custa dos impostos do povo já há muito tinha sido proíbida.
Os comunistas que concorram no seu PCP e não disfarçados naquilo que não são. Ainda por cima auto-intitulados de "verdes", quando de ecologistas nada têm. Veja-se o estado que deixaram os países de leste e na margem sul, que o "verde" está betonizado

Haja paciência para aturar fantoches e fantochadas.

hkt disse...

Basta consultar as listas autárquicas da CDU para verificar sem margem para dúvidas a representatividade dos Verdes na coligação. Consultem as das últimas autárquicas... eram quase tão difíceis de detectar como uma agulha num palheiro... e no entanto, servem para fingir que não são o que são... e para ganhar tempo de intervenção e dinheiro do erário público.

MC disse...

há vários promenores deliciosos nessa banda pcp/cdu/pev.
A própria página da CDU está num URL acabado em .pcp.pt.. Tal como outra secção do partido qualquer.

Agora a sério, o que mais me aflige é que esta tramóia tem impossibilitado nos últimos 20 anos, que o movimento ambientalista ganhe força política em Portugal. Provavelmente o objectivo número 1 do PCP.