domingo, outubro 29, 2006

ALMADA E A PALAVRA













Os ultimos "outdoors" que nos recebem em Almada, dão destaque a um "municipio da discussão, da participação, do diálogo".




Se a inspiração veio dos (até agora) QUINZE Forums de discussão sobre o Metro Sul do Tejo , isto enquanto as linhas construídas e as estações se degradam e as composições que há já um ano apodrecem na Central de Recolhas de Corroios, poderei estar de acordo, só que é uma discussão monolitica, um diálogo (generalizado aos concelhos vizinhos) com um unico sentido (mais conhecido por monólogo) e mais grave, sem ouvir os cidadãos , nem tomar em conta os seus desejos e necessidades.

Interessante a leitura no Publico local de hoje, o excelente trabalho de Claudia Veloso (que aqui analisaremos amanhã - clique ) sobre a Margem Sul e sobre a transformação das grandes àreas de uso até agora Industrial , no Barreiro, em Cacilhas e no Seixal.

É aterrador o número de habitações que se pretendem vir a construir naqueles locais.

3 comentários:

strobe disse...

Eles falam, falam, falam, falam, e não os vejo a fazer nada!!!

100smog lda. disse...

lol como sempre mordaz as noticias por aqui! É sempre um prazer sorrir por entre as tuas palavras! E realmente só se fala do metro de superficie e vê lo tá complicado! LOL

Anónimo disse...

Território de Participação?!!
E não há ninguém que accione judicialmente a CMALMADA por publicidade enganosa?!!